1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Sem Roach, Cotto pode lutar só em 2015

Wilson Baldini Jr.

02 setembro 2014 | 11:14

Porto-riquenho não quer ir às Filipinas, onde técnico orienta Manny Pacquiao

Os rumores vêm de Las Vegas. Segundo Sergio Batarelli, conselheiro de Esquiva Falcão, o porto-riquenho Miguel Cotto pode só voltar aos ringues ano que vem. Tudo porque o campeão mundial dos médios, versão Conselho Mundial de Boxe, não quer ir treinar nas Filipinas, onde seu técnico, Freddie Roach, orienta Manny Pacquiao para o combate de 22 de novembro contra Chris Algieri.

Se Cotto não entrar em um acordo com Roach, sua primeira defesa do título conquistado em 7 de junho diante do argentino Sergio Martinez poderá ficar para 2015. O próximo rival de Cotto já poderá ser Saul Canelo Alvarez. A definição sairá nos próximos dias.

Cotto anunciou há alguns dias que lutaria dia 13 de dezembro, no Madison Square Garden, em Nova York.