1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quinta-feira 07/08/14

Confiança do consumidor melhora e segura Ibope de Dilma

Dilma Rousseff (PT) não cai nem sobe, mas a avaliação de seu governo está ligeiramente melhor. Estreitou de 6 para 2 pontos a diferença entre quem não aprova e quem aprova sua gestão, um empate técnico que não ocorria desde maio. Foi o bolso. Não por coincidência, a confiança do consumidor medida pela CNI/Ibope cresceu

Ler post
quinta-feira 17/07/14

Datafolha pós-Copa acende luz amarela para Dilma

Como está dentro da margem de erro da pesquisa, a oscilação negativa de Dilma Rousseff (PT) no Datafolha, de 38% para 36%, pode ser uma simples variação estatística, mas é um sinal amarelo para a campanha petista. Aliás, são vários sinais amarelos. O saldo de avaliação do governo Dilma caiu de 9 para 3 pontos

Ler post
sexta-feira 06/06/14

Média das pesquisas aponta estabilidade de presidenciáveis

Screen Shot 2014-06-06 at 07.29.44

A média Estadão Dados das pesquisas mostra uma tendência diferente do Datafolha. Em vez de queda da intenção de voto dos três principais presidenciáveis e crescimento dos eleitores sem candidato – como apontou o instituto nesta sexta-feira -, a ponderação dos levantamentos de todos os institutos indica que a corrida eleitoral entra no período da

Ler post
sexta-feira 09/05/14

Datafolha: branco e nulo vira voto na oposição

A mudança de cenário retratada pela pesquisa Datafolha nesta sexta-feira é muito mais consistente do que a esboçada pelo Sensus na semana passada. Não foi apenas Aécio Neves (PSDB) que cresceu, mas toda a oposição. Mais importante, os votos não foram uma transfusão direta de Dilma Rousseff (PT) para o tucano, mas saíram principalmente da

Ler post
terça-feira 29/04/14

MDA fotografa queda já vista de Dilma e empurra Aécio

Que Dilma Rousseff (PT) perdeu eleitores, Ibope e Datafolha já haviam mostrado em suas pesquisas de abril. A sondagem MDA/CNT não mostra uma nova queda da presidente. É o mesmo tombo, mas acaba contando dobrado (ou triplicado) porque a tradição no Brasil é não comparar pesquisas de institutos diferentes – algo tão lógico quanto não

Ler post
segunda-feira 21/04/14

A taxa mágica de cada um

E se existisse uma taxa mágica, capaz de prever o futuro de uma eleição? De passagem pelo Brasil no começo de fevereiro, Clifford Young, diretor-gerente do Ipsos, um dos maiores e melhores institutos do mundo, calculou em 85% as chances de Dilma Rousseff se reeleger presidente. Faltou dizer que a previsão tinha prazo de validade

Ler post
quinta-feira 17/04/14

Ibope: após perder popularidade, Dilma perde também eleitores

ibope-cenarios-17abr

José Roberto de Toledo ESTADÃO DADOS Após ver sua popularidade diminuir 9 pontos desde dezembro, a presidente Dilma Rousseff (PT) perdeu também eleitores. Pesquisa Ibope concluída esta semana mostra que a intenção de voto dela caiu em todos os cenários. Na hipótese mais provável, que inclui pré-candidatos dos pequenos partidos, Dilma foi de 40%, em

Ler post