1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quinta-feira 17/04/14

“Volta, Lula” não é garantia de vitória para o PT

O “volta, Lula” não seria o passeio imaginado pelos petistas que não querem ver Dilma Rousseff disputando a própria reeleição. O Ibope testou um cenário com Luiz Inácio Lula da Silva no lugar de Dilma, enfrentando só Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). O ex-presidente ficou com 42%, apenas três pontos a mais do

Ler post
domingo 03/11/13

Desordem e regresso

Captura de tela 2013-11-03 21.00.41

O Latinobarômetro é o mais tradicional estudo sobre a opinião pública latino-americana. Na edição divulgada sexta-feira, o Brasil foi o país onde a percepção de progresso mais regrediu: 19 pontos a menos de 2011 para 2013. No primeiro ano de governo Dilma, 52% dos brasileiros diziam que o país estava progredindo. Dois anos depois, a

Ler post
segunda-feira 02/09/13

Surfe no tsunami brasileiro

Políticos gostam de aparecer como agentes da mudança. Se alguma coisa boa acontece, assumem a responsabilidade quase tão rapidamente quanto somem quando algo dá errado. Agem assim porque cola. Muito brasileiro crê em salvadores da pátria, em deputado-presidiário e no ET de Varginha. Mas e se os líderes forem uma consequência da mudança social, e

Ler post
quinta-feira 29/08/13

Janela demográfica brasileira começa a se fechar em 10 anos

Captura de Tela 2013-08-29 às 19.39.28

Os brasileiros de 30 anos de idade são a crista da onda demográfica do país. Nunca houve uma corte tão populosa; não há perspectiva de que haverá outra igual neste século. Hoje, a onda demográfica pode ser surfada com grande vantagem econômica. Em 2060, será um problema previdenciário e de saúde pública. Em 2003, quando

Ler post
quarta-feira 14/08/13

Maioria dos brasileiros acha que país está no rumo errado

Pela primeira vez em seis anos, mais brasileiros acham que o país está no rumo errado (58%) do que no rumo certo (42%). A inversão da opinião pública aconteceu em junho, após a série de manifestações de rua, e se manteve em julho, segundo histórico de pesquisas nacionais do instituto Ipsos. Foi uma reversão abrupta,

Ler post
segunda-feira 12/08/13

Despolarização eleitoral

Despolarizar é perder os polos, mas é também perder o rumo. O termo se aplica ao cenário eleitoral brasileiro de hoje. Nem uma, nem duas, mas uma série de pesquisas evidencia que a polarização PT-PSDB está moribunda. Não é pouca coisa matar uma tradição que domina as eleições presidenciais desde 1994. A disputa tucano-petista marcou

Ler post
sábado 10/08/13

Pesquisa Datafolha ajuda mulheres e atrapalha homens

A nova rodada do Datafolha sobre a eleição presidencial é um refresco para Dilma Rousseff (PT), um presente para Marina Silva (em busca de um partido) e um tiro no pé do PSDB. A presidente mostrou resistência e resiliência. Bateu no fundo do poço e, quase tão rapidamente quanto caiu, começou a se recuperar. Ainda

Ler post
terça-feira 30/07/13

IDH-M do Norte/Nordeste cresce duas vezes mais rápido do que do Sul/Sudeste e sustenta popularidade de Dilma

Captura de Tela 2013-07-30 às 10.53.49

  José Roberto de Toledo e Amanda Rossi O mapa do crescimento do IDH municipal entre 2000 e 2010 mostra que a população do Nordeste e Norte se desenvolveu mais rapidamente e conseguiu estreitar a enorme distância econômica, educacional e de longevidade que a separa do resto do país. Os moradores de suas cidades somaram

Ler post
terça-feira 23/07/13

Lula e os boatos

Captura de Tela 2013-07-23 às 19.29.39

Como ocorrera na semana passada quando desmentiu que tinha uma recidiva do câncer, Lula voltou a mostrar vitalidade ao discursar nesta terça-feira durante um festival em Brasília. Mais importante para a presidente Dilma Rousseff, o padrinho voltou a defender a afilhada, com veemência. No seu discurso, foi um cabo-eleitoral de Dilma. Defendeu o Mais Médicos,

Ler post
quinta-feira 18/07/13

Lula é 37% mais forte que Dilma em Ibope sobre 2014

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva seria até 37% mais forte do que a presidente Dilma Rousseff como candidato do PT à Presidência, se a eleição fosse hoje. Isso porque Lula teria 11 pontos porcentuais a mais do que Dilma em um dos cenários testados pela pesquisa nacional Ibope, feita em parceria com o

Ler post
sábado 29/06/13

Nunca houve uma queda de popularidade como a de Dilma

Não há precedente na curta história desde a redemocratização brasileira de uma queda tão abrupta da popularidade de um presidente quanto a experimentada por Dilma Rousseff nas últimas três semanas. Considerado apenas o saldo da avaliação do governo (ótimo+bom descontado de ruim+péssimo), a presidente perdeu 2 pontos por dia entre 7 e 28 de junho,

Ler post
terça-feira 18/06/13

Protesto-ônibus

São Paulo está na vanguarda dos protestos. Foi o local da primeira manifestação, dos primeiros atos de vandalismo, do primeiro bombardeio da polícia, do recuo público dos governantes, do confronto entre os manifestantes e, agora, da tentativa de fazer os jovens voltarem da rua para o Facebook. Mas depois que a pasta de dentes saiu

Ler post
segunda-feira 15/04/13

Em busca do tomate perdido

Captura de Tela 2013-04-15 às 03.12.06

Enquanto presidenciáveis da oposição falam para empresários e públicos já catequizados, Dilma Rousseff (PT) acelera a própria sucessão. Transforma inaugurações em comícios, e pronunciamentos formais em discursos de campanha. O descompasso entre a velocidade da presidente e a lentidão dos opositores faz parecer que são eles e não ela a ostentar intenção de voto recorde.

Ler post
sábado 23/03/13

Nunca houve uma candidata como Dilma

Captura de Tela 2013-03-23 às 12.27.17

José Roberto de Toledo Daniel Bramatti A presidente Dilma Rousseff larga na corrida para sua sucessão com um eleitorado espontâneo três vezes maior do que a soma de todos os seus adversários. Segundo pesquisa nacional do Ibope feita em parceria com o Estado, ela alcança maioria absoluta em todas as simulações de primeiro turno testadas

Ler post
domingo 06/01/13

Chavismo, lulismo e El Cid

Eles foram populistas populares na mesma época e, de tanto poder, intitularam livros que juntaram um “ismo” ao final de seus nomes. O sufixo implica um líder acima dos partidos conduzindo multidões anos a fio. Ambos lideraram movimentos populares, mas quão duradouros? Por vias diversas, os legados de Hugo Chávez e Luiz Inácio Lula da

Ler post