1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quarta-feira 30/04/14

Discurso de Dilma no 1º de Maio muda conforme os tempos

Dilma 2014

50 palavras mais repetidas por Dilma nos seus pronunciamentos do Dia do Trabalho   Em 2012, o discurso da presidente na TV durou pouco mais de 7 minutos. O foco era o desenvolvimento “das pessoas”, equilibrar a economia e diminuir a taxa de juros: ……………………………… Em 2013, pouco antes das manifestações em massa, o discurso presidencial

Ler post
domingo 05/05/13

Quatro candidatos em busca de um script

Qual história cada presidenciável vai contar ao eleitor de 2014? Nenhuma resposta definitiva, mas muito ensaios. Do “é preciso fazer mais” à “nova política”, os motes estão em fase de testes. Nenhum foi aprovado. Por ora, são quatro candidatos em busca de uma narrativa. Mais precisamente, um bando de marqueteiros testando múltiplos roteiros. Tentativas e

Ler post
segunda-feira 15/04/13

Em busca do tomate perdido

Captura de Tela 2013-04-15 às 03.12.06

Enquanto presidenciáveis da oposição falam para empresários e públicos já catequizados, Dilma Rousseff (PT) acelera a própria sucessão. Transforma inaugurações em comícios, e pronunciamentos formais em discursos de campanha. O descompasso entre a velocidade da presidente e a lentidão dos opositores faz parecer que são eles e não ela a ostentar intenção de voto recorde.

Ler post
segunda-feira 11/03/13

“Queridos”, pero no mucho

Captura de Tela 2013-03-15 às 14.41.08

“Queridos e queridas” é o novo “companheiros e companheiras”. Dilma Rousseff voltou a soar seu bordão ao conjurar eleitores na sexta-feira à noite, no seu pronunciamento em rede de rádio e TV. “Meus queridos brasileiros e, muito especialmente, minhas queridas brasileiras” – começou a presidente, antes de anunciar a desoneração da cesta básica, no Dia

Ler post
domingo 30/12/12

Fala, Dilma

Imagine se você tivesse que falar em público quatro dias sem parar. Está no preço de ser presidente. Mesmo pouco expansiva, Dilma Rousseff encarou essa maratona verbal ao longo dos dois anos no cargo. Foram 96 horas de verborragia, diluídas em 730 dias. Um pronunciamento público dia sim, dia não, em média. Acha muito? Ela

Ler post
domingo 10/06/12

Arquivo vivo

Captura de Tela 2012-06-10 às 19.25.23

O arquivo de um jornal é o registro de várias dimensões da história. Marca não apenas a cronologia dos acontecimentos, mas grava as mudanças da língua, e, por tabela, plasma as transformações dos hábitos e interesses de quem a emprega. O arquivo registra quando uma expressão passa a fazer parte do cotidiano, e, atrás dessa

Ler post
segunda-feira 02/01/12

A língua de Dilma

Screen Shot 2012-01-02 at 11.20.31

Contrariando o mito machista de que mulher fala muito, no seu primeiro ano de governo a presidente Dilma Roussef pronunciou-se menos do que seus dois mais recentes antecessores. Foram 189 discursos em 2011 -praticamente uma fala a cada dois dias. Em relação ao primeiro ano de mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma usou

Ler post
quarta-feira 05/10/11

Putin repete Collor, que repete Bush, que repete Mao…

Um assessor de Vladimir Putin confirmou o que o mundo suspeitava: a cena do chefe de governo da Rússia resgatando antiguidades submersas no Mar Negro foi uma armação. Arqueólogos de verdade descobriram os artefatos semanas antes de Putin e depois os recolocaram a pouca profundidade para que o governante pudesse “descobri-los” e trazê-los à tona.

Ler post
quinta-feira 19/05/11

O que Obama disse e o que ele não disse sobre o Oriente Médio

Screen shot 2011-05-19 at 16.08.23

Traduzindo a nuvem: “Gente” “precisa” “mudar” “região” “direito” “democracia”. Parece até que Barack Obama se inspirou nos discursos de Lula ao usar mais a palavra “gente” (“people” pode ser traduzido também como “pessoas”) do que qualquer outra: 46 vezes. É uma mudança de doutrina reconhecer que é melhor a mudança vir pela população local, e

Ler post
terça-feira 12/04/11

FHC e a demofobia

O bem intencionado artigo de Fernando Henrique Cardoso sobre a oposição constata muitas falhas importantes dos partidos que deveriam fazer contrapeso ao governo e propõe alternativas. Mas ficará lembrado como um reforço à imagem de demofobia do PSDB. O ex-presidente escreveu: “Enquanto o PSDB e seus aliados persistirem em disputar com o PT influência sobre

Ler post
segunda-feira 11/04/11

O “Lulômetro” de Dilma

(clique na imagem para ampliar)

Na campanha presidencial de 1960, Jânio Quadros repetia sempre o mesmo discurso moralizador em todos os comícios pelas capitais do País. Seu candidato a vice e 17 anos mais velho, o senador Milton Campos lançava um improviso diferente a cada parada da comitiva. Querendo ser simpático com o companheiro que mais tarde trairia, Jânio puxou

Ler post
domingo 20/03/11

Veni, vidi, vendi

Obama no Brasil

Barack Obama foi aplaudido 23 vezes durante seu discurso no Teatro Municipal, no Rio de Janeiro. Citando Jorge Benjor, Paulo Coelho e fazendo referência ao filme Orfeu Negro, ganhou a simpatia entusiasmada da elite carioca. Não havia sido diferente em Brasília. A políticos no Palácio do Planalto e a empresários no Itamaraty, o presidente norte-americano

Ler post
sábado 19/03/11

Obama em Brasília: palavras diferentes para cada público

Discurso de Obama no Planalto

A Casa Branca acaba de publicar as íntegras dos discursos que Barack Obama fez no Brasil, por enquanto. O primeiro foi ao lado de Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. É protocolar, enfatiza muito o “Brazil”, cita várias vezes a anfitriã (chamada de “madam president”) e põe os “two” países “together” (juntos) em “cooperation”, “international”

Ler post
segunda-feira 07/02/11

A CEO e a presidente

Guia ortodoxo dos mercados, o “Financial Times” descreve o início de Dilma Rousseff na Presidência como “seguro” e “encorajador”. Repórteres que cobrem o dia-a-dia palaciano acham-na “silenciosa”. Auxiliares a definem como “detalhista” e “exigente”. São todas, obviamente, comparações com seu antecessor e patrono. Nessas descrições, Dilma faz um contraponto à imagem percebida de Luiz Inácio

Ler post