1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quinta-feira 27/03/14

Pessimismo econômico derruba popularidade de Dilma ao “piso” pós-protestos

Dilma Ibope VALE

A oposição ganhou a primeira batalha das expectativas econômicas de 2014. Uma guinada negativa na percepção sobre a tendência do emprego, inflação, juros e impostos prevaleceu sobre o moderado otimismo que chegou a haver, brevemente, no final de 2013. O aumento do pessimismo sobre o que vai acontecer com a economia este ano explica a

Ler post
domingo 15/12/13

Governadores em perigo

Clique/toque para interagir

Em 2010, a eleição nos Estados apontou para a continuidade. Dos 27 governadores, 20 concorreram a um segundo mandato, e 13 deles foram reconduzidos ao cargo. Outros três elegeram seu candidato. Para 2014, a bússola virou de ponta-cabeça. Dos 15 governadores aptos à reeleição, só três podem confiar que estão no rumo certo para voltar

Ler post
sexta-feira 13/12/13

Dilma recupera mais popularidade que governadores

DilmaXgov

A presidente Dilma Rousseff está recuperando sua popularidade duas vezes mais rápido do que os governadores. De julho a dezembro, o saldo da popularidade presidencial cresceu 23 pontos, segundo pesquisa Ibope/CNI. Ao mesmo tempo, a média ponderada dos 27 governadores cresceu 10 pontos. O saldo de popularidade é a taxa dos que avaliam o governo

Ler post
segunda-feira 30/09/13

Consumidor desconfiado segura popularidade de Dilma

A estabilidade da confiança do consumidor, medida pelo INEC da CNI/Ibope, explica porque a popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT) parou de crescer. Há quatro meses que o índice Nacional de Expectativa do Consumidor oscila em torno de 110. O de setembro ficou em 110,1. Em agosto, havia sido de 110,3. Não por coincidência, desde

Ler post
quarta-feira 24/07/13

A “terceira” queda de Dilma

Por hábito, os veículos de comunicação brasileiros não comparam pesquisas de institutos diferentes. O resultado é que um mesmo fenômeno da opinião pública acaba noticiado várias vezes como se fossem fenômenos diversos. Quando estão em alta, governantes se beneficiam dessa prática, porque aparecem várias notícias positivas subsequentes sobre sua popularidade. Mas, quando estão em baixa,

Ler post
domingo 05/05/13

Popularidade flutuante

A presidente Dilma Rousseff está perdendo o pé de sua popularidade. O poder de compra do consumidor que lhe dá sustentação voltou a cair, deixando a taxa de aprovação de seu governo a flutuar – nas alturas, é fato, mas a flutuar. Inércia sustenta popularidade por algum tempo, mas não indefinidamente. De duas, uma: ou

Ler post
terça-feira 19/03/13

Percepção positiva do noticiário ajuda popularidade de Dilma

Clique na imagem para ver tudo sobre a pesquisa

  A maior parte dos brasileiros (38%) acha que o noticiário foi mais favorável à presidente Dilma Rousseff nos últimos três meses. Pela primeira vez desde que ela tomou posse essa fatia é maior do que a dos que consideram que houve mais notícias neutras (34%) ou negativas (17%). Dilma não é popular só por

Ler post
sexta-feira 14/12/12

Consumidor confiante segura Dilma em alta

Captura de Tela 2012-12-14 às 16.15.52

A popularidade de Dilma Rousseff continua em alta em todos os segmentos socioeconômicos e regiões do país. A avaliação positiva da presidente e a boa expectativa quanto aos seus próximos dois anos de mandato superam em 55 pontos as opiniões e prognósticos negativos. Em nenhum extrato da sociedade – seja de renda, idade, escolaridade ou

Ler post
segunda-feira 02/07/12

Ora, balões

A popularidade de Dilma Rousseff subiu como um balão em junho. Insuflada pelo otimismo do consumidor, superou 50% de saldo positivo, pelo altímetro Ibope/CNI. Isso significa que, mesmo descontados os que não apreciam seu governo, ela tem a aprovação de mais da metade da população. Quem duvida se uma taxa dessas faz diferença pode consultar

Ler post
quinta-feira 05/04/12

Dilma Teflon – nada gruda na popularidade presidencial

Captura de Tela 2012-04-04 às 13.47.14

A popularidade de Dilma Rousseff está no mesmo nível a que chegou a de Luiz Inacio Lula da Silva aos 15 meses do seu segundo mandato. Foi nesse estágio, em março de 2008, que a aprovação do ex-presidente começou a decolar e a se descolar dos patamares históricos das avaliações presidenciais, elevando-o ao status de

Ler post
quarta-feira 29/02/12

Popularidade presidencial segue confiança do consumidor

Na falta de uma pesquisa mensal e pública sobre a quantas anda a popularidade presidencial, o melhor proxy -indicador por aproximação- disponível é o Índice de Confiança do Consumidor (Inec) da CNI/Ibope. Ele guarda uma forte correlação estatística com a aprovação do presidente de plantão. Assim, a leve queda do Inec de fevereiro é má

Ler post
sábado 17/12/11

Consumidor confiante ainda explica popularidade de Dilma

Enquanto a confiança do consumidor estiver em alta, é improvável que a popularidade do governo mova-se no sentido contrário. Antes de a aprovação de Dilma Rousseff subir, cresceu o Índice de Expectativa do Consumidor (Inec) medido pela mesma dupla CNI/Ibope que aferiu a popularidade presidencial. Quando o bolso está cheio, outros problemas, como notícias de

Ler post
segunda-feira 05/12/11

Escravos do sucesso

A quantidade de prefeitos eleitos por um partido está correlacionada ao que acontece com sua bancada de deputados federais dois anos depois. Em 2008, os principais partidos de oposição ao governo federal elegeram menos prefeitos. Não por coincidência, viram suas cadeiras federais minguarem quase na mesma proporção em 2010. No sentido inverso, o ciclo eleitoral

Ler post