ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

07.abril.2011 17:11:36

Desarmamento da população coincide com queda abrupta de assassinatos de crianças em SP

A campanha do desarmamento teve seu auge em 2003. Note que, desde então, o número de assassinatos de crianças e adolescentes na cidade de São Paulo despencou. A queda das mortes por arma de fogo na população de 5 a 14 anos foi de 48 homicídios em 2001 para 25 em 2004, 14 em 2005 e 7 no ano passado. Coincidência? Difícil de acreditar que a reversão de uma tendência histórica não tenha a ver com a redução das armas em circulação na cidade.

(clique na imagem para ampliar)

Tags:

Comentários (7) | comente

  • A + A -
7 Comentários Comente também
  • 07/04/2011 - 17:28
    Enviado por: Fernando

    O que você apontou foi uma correlação. E correlação não implica em causalidade. Senão, poderia dizer que o aquecimento global começou com a progressiva diminuição de número de piratas nos oceanos.

    Noruega, com IDH de 0.938, não possui a população desarmada e ainda sim tem as menores taxas de homícidio com armas de fogo do Planeta. Novamente, o problema não são as armas, mas sim a regulação (controle rígido) e toda interação psicossocial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2011 - 19:42
    Enviado por: Míriam Martinho

    O Brasil já tem uma legislação draconiana sobre porte de armas. As armas que causam tantas mortes no país são as ilegais. Estão querendo se aproveitar da tragédia em Realengo para novamente tentar desarmar a população enquanto os bandidos, a polícia e os governos se mantêm armados até os dentes. Já dissemos não ao desarmamento em plebiscito. Favor respeitar a vontade popular.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 08:51
    Enviado por: Realengo: o que me preocupa é o após com nossa inabilidade diante do antes | Maria Frô

    [...] A Capa de Veja durante o referendo sobre o comércio de armas que defendeu abertamente a indústria armamentista. Dados que mostram que o desarmamento provoca a queda abrupta de assassinatos de crianças. [...]

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 09:13
    Enviado por: Fernanda

    Sou a favor do desarmamento. Arma de fogo não é coisa boa nas mãos de ninguém. – Nem mesmo nas desses “pseudo-heróis” que defendem o porte de armas, pensando que assim estarão protegidos e protegendo. Pura ilusão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 16:01
    Enviado por: Realengo: Diante de nossa inabilidade com o antes, nos preocupemos com o após « Blog do EASON

    [...] A Capa de Veja durante o referendo sobre o comércio de armas que defendeu abertamente a indústria armamentista. Dados que mostram que o desarmamento provoca a queda abrupta de assassinatos de crianças. [...]

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 13:37
    Enviado por: Fabrícia

    Eu fico indignada com esse povo (que vota em Tiriricas, que não sai às ruas pra protestar contra a má fiscalização das coisas e que tratam o futebol como uma discussão importantíssima) ficar apoiando a legalização de armas de fogo, sendo que essas pessoas sequer fizeram um estudo aprofundado sobre problema, baseando-se em fatos reais e em estatísticas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2011 - 08:42
    Enviado por: Cris

    Sou totalmente a favor do desarmamento. Na verdade ninguém deveria ter posse de armas de fogo. O ser humano é uma caixinha de surpresas, não é digno de confiança. No decorrer dos anos a pessoa pode passar por uma crise e utilizar a sua arma para se matar ou matar o seu próximo. Pessoas que dizem que bandidos podem andar armados e pessoas de bem não, é ridículo! não devemos se igualar a bandidos e se defender com armas, nossa maior proteção vem de Deus e não das armas. Como diz Seu mandamento: “não matarás”.

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Arquivo

Blogs do Estadão

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo