1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Desarmamento da população coincide com queda abrupta de assassinatos de crianças em SP

Jose Roberto de Toledo

quinta-feira 07/04/11

A campanha do desarmamento teve seu auge em 2003. Note que, desde então, o número de assassinatos de crianças e adolescentes na cidade de São Paulo despencou. A queda das mortes por arma de fogo na população de 5 a 14 anos foi de 48 homicídios em 2001 para 25 em 2004, 14 em 2005 [...]

A campanha do desarmamento teve seu auge em 2003. Note que, desde então, o número de assassinatos de crianças e adolescentes na cidade de São Paulo despencou. A queda das mortes por arma de fogo na população de 5 a 14 anos foi de 48 homicídios em 2001 para 25 em 2004, 14 em 2005 e 7 no ano passado. Coincidência? Difícil de acreditar que a reversão de uma tendência histórica não tenha a ver com a redução das armas em circulação na cidade.

(clique na imagem para ampliar)

Tags: