1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

LUIZ ALEXANDRE SOUZA VENTURA é jornalista e enfrenta desde os 12 anos a Síndrome de Charcot-Marie-Tooth, doença hereditária e degenerativa que atinge o sistema nervoso periférico (braços e pernas). Já passou por três cirurgias corretivas e convive com algumas sequelas em pés e mãos, além de deformidades na coluna vertebral. Na adolescência, recebeu diagnósticos que o colocavam em uma cadeira de rodas, previsão que jamais se confirmou. Começou a carreira em 1996 no jornal A Tribuna (Santos/SP). Foi editor do estadão.com.br, trabalhou para as rádios Globo e CBN, Editora Abril e jornal Diário do Comércio, além de diversas agências de comunicação corporativa. É formado em jornalismo pela Universidade Santa Cecília (Santos/SP) e pós-graduado em Tecnologias da Informação pelas Faculdades Associadas de São Paulo (FASP).
quarta-feira 04/09/13

Campanha mundial chama atenção para doença degenerativa

AM_2013_FB_Ribbon

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência Uma campanha mundial organizada pela Charcot-Marie-Tooth Association (CMTA), liderada no País pela Associação Brasileira dos Portadores de Charcot-Marie-Tooth (ABCMT), pretende chamar a atenção para essa neuropatia e arrecadar fundos para pesquisas e tratamentos. O ‘Setembro Azul’ é realizado em diversos países e reúne milhares

Ler post
quinta-feira 01/11/12

‘Novembro Verde’ chama a atenção do País para as doenças degenerativas e busca recursos para pesquisas e tratamentos

Laço do 'Novembro Verde', movimento que chama atenção para as doenças degenerativas. Foto: Divulgação

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência Durante o mês de novembro, um grupo formado por pacientes, médicos e pesquisadores, promove uma série de ações com o intuito de chamar a atenção da sociedade civil e do governo para as doenças degenerativas. A ideia surgiu a partir do

Ler post