1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Palestras em Libras sobre livros obrigatórios para Unicamp e Fuvest

Luiz Ventura

sexta-feira 29/08/14

Participação é gratuita. Serão distribuídos dois ingressos por pessoa, que podem ser retirados com duas horas de antecedência.

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

O Centro Cultural São Paulo promove, entre os dias 6 de setembro e 1 de novembro, uma série de palestras gratuitas sobre nove livros obrigatórios para quem pretende fazer as provas do vestibular de Unicamp e Fuvest. Todas as apresentações terão tradução para Libras (Língua Brasileira de Sinais). Os encontros serão realizados aos sábados, de 10h30 até 12h, na Sala Adoniran Barbosa, que tem 622 lugares. Além do conteúdo das obras, os professores vão detelhar biografia do autor e a escola literária da qual o escritor faz parte. Todos os volumes estão disponíveis para consulta e aluguel nas bibliotecas do centro cultural. Não é necessário fazer inscrição. Serão distribuídos dois ingressos por pessoa, que podem ser retirados com duas horas de antecedência.

Programação:

6 de setembro – Émerson Cruz (USP)
“O Cortiço” de Aluísio Azevedo

13 de setembro – Mário César Lugarinho (USP)
“Til” de José de Alencar

20 de setembro – Rosângela Sarteschi (USP)
“Capitães da Areia” de Jorge Amado

27 de setembro – Hélder Garmes (USP)
“A Cidade e as Serras” de Eça de Queiróz

4 de outubro – Hélio Guimarães (USP)
“Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis

11 de outubro – Marlise Vaz Bridi (USP e Mackenzie)
“Viagens na Minha Terra” de Almeida Garrett

18 de outubro – Vagner Camilo (USP)
“Sentimento do Mundo” de Carlos Drummond de Andrade

25 de outubro – Yudith Rosenbaum (USP)
“Vidas Secas” de Graciliano Ramos

1° de novembro – José Miguel Wisnik (USP)
“Memórias de um Sargento de Milícias” de Manoel Antônio de Almeida

O Centro Cultural São Paulo (CCSP) fica na Rua Vergueiro, nº 1.000, no bairro do Paraíso, perto das estações Paraíso e Vergueiro, do Metrô. Informações pelo telefone (11) 3397-4002.

Imagem: Reprodução

Saiba mais sobre os palestrantes.

Émerson Cruz - Possui graduação em Letras na Universidade Federal Fluminense (1996), mestrado em Letras na Universidade Federal Fluminense (2000) e doutorado em Letras (Letras Vernáculas / Literatura Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), tendo sido orientado pelo prof. Dr. Jorge Fernandes da Silveira. Desde 2006 é professor doutor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, antes disso, ministrava aulas de Literatura e Língua Portuguesa no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia do século 20, Literatura Afrodescendente, Estudos Culturais, Teoria Queer e Estudos Gays e Lésbicas, focalizando a tensão e a convergência destes com a crítica literária, o corpo, a subjetividade, a cultura e a formação dos cânones literários.

Hélder Garmes - Possui graduação em Linguística e em Letras e mestrado em Teoria e História Literária na UNICAMP, doutorado em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na USP, instituição da qual é livre-docente. Realizou estágios pós-doutorais em Paris e em Columbus. É autor do livro Romantismo Paulista, organizador do volume Oriente, Engenho e Arte, além de ser coorganizador de Literatura Portuguesa: História, Memória e Perspectivas, entre outras obras.

Hélio Guimarães - É professor doutor e pesquisador da Universidade de São Paulo, coeditor e membro da comissão executiva da Machado de Assis em linha – revista eletrônica de estudos machadianos, membro da comissão editorial e executiva da Teresa – revista de literatura brasileira. Graduado em Comunicação Social (jornalismo) na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestre e doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas, tem pós-doutorado na University of Manchester, Reino Unido. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: Machado de Assis, recepção crítica, adaptações de textos literários para cinema e televisão. Foi coordenador da área de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas no período 2007-2009 e coordenador da Seção Brasil da Latin American Studies Association (LASA) no período 2006-2009. Atualmente, é vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira na USP.

José Miguel Wisnik - É livre docente em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo, ensaísta e compositor. Em 2006 deu aulas como professor visitante na Universidade da Califórnia, em Berkeley, e, em 2012, na Universidade de Chicago. Publicou O coro dos contrários – a música em torno da Semana de 22, O nacional e o popular na cultura brasileira / Música (em colaboração com Ênio Squeff), O som e o sentido, Sem Receita – ensaios e canções, Veneno remédio – o futebol e o Brasil e Machado maxixe (PubliFolha 2008). Participou também de vários livros coletivos. Como compositor, lançou os CDs autorais: José Miguel Wisnik, São Paulo Rio, Pérolas aos poucos e Indivisível. Foi indicado e recebeu diversas premiações tanto na área literária, quanto na carreira de compositor.

Mário César Lugarinho - Professor Associado da USP na área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa. Possui graduação em Letras e especialização em Teoria Literária pela UERJ, mestrado e doutorado em Letras pela PUC-RJ. Fez estágio de pós-doutoramento na Faculdade de Letras da UFMG e no Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa. Prestou concurso de Livre-docência, para a área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, na FFLCH-USP. Publicou três livros (Portugal, Brasil), vários artigos em revistas especializadas e capítulos de livros, no Brasil e no Exterior.

Marlise Vaz Bridi - É graduada em Letras (1973) e doutorada em Literatura Portuguesa (1982) pela USP. Atualmente é professora titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie e professora doutora da USP. Atua nas áreas de literatura portuguesa, literatura de autoria feminina e ficção contemporânea. Publicou, em 2012, a obra A Sugestão Metafórica em José Cardoso Pires, pela editora Vermelho Marinho, e tem vários estudos publicados em periódicos da área. Atualmente lidera dois grupos de pesquisa: Imagens da Personagem Professor nas Literaturas de Língua Portuguesa e A Literatura Portuguesa de Autoria Feminina.

Rosângela Sarteschi - Possui graduação em Letras – inglês e português e doutorado em Letras (Estudos Comprados de Literaturas de Língua Portuguesa) na USP, instituição na qual é, atualmente, professora doutora no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas. Atua na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, nas seguintes linhas de pesquisa: literatura e história; literatura e sociedade, ensino de literatura e literatura comparada nos países de língua oficial portuguesa.

Vagner Camilo - Vagner Camilo possui graduação em Letras (Língua e Literatura Portuguesas) pela PUC-SP, mestrado em Teoria e História Literárias e doutorado em Teoria e História Literárias pela UNICAMP e livre-docência em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. É membro do projeto de pesquisa LA VOZ DE LOS LIBROS Y EL CAMBIO DIGITAL. FIGURAS DEL ARCHIVO LINGÜÍSTICO-LITERARIO IBÉRICO Y BRASILEÑO DE LOS SIGLOS ÁUREOS A LA ACTUALIDAD, vinculado à Universidad de Salamanca. Possui pesquisas voltadas para os seguintes temas relacionados à historiografia e à crítica literárias: poesia brasileira do século XIX, poesia brasileira do século XX (Carlos Drummond de Andrade, Jorge de Lima, João Cabral…), crítica de poesia (Sérgio Buarque de Holanda), recepção de idéias críticas no Brasil e relações entre lírica, história e sociedade.

Yudith Rosenbaum - Possui graduação em Psicologia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1981), mestrado (1990) em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) e doutorado (1997) em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) na Universidade de São Paulo. Atualmente é professora doutora da Universidade de São Paulo na área de literatura brasileira. Trabalhou como psicóloga educacional durante 15 anos e atendeu por dez anos em clínica psicanalítica. Atua na interface da Literatura com a Psicanálise, especializando-se em autores do século 20, como Manuel Bandeira, Clarice Lispector e Guimarães Rosa. É autora, entre outros, dos livros Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência (Edusp/Imago, 1993) e Metamorfoses do Mal: Uma Leitura de Clarice Lispector (Edusp/Fapesp, 1999).