1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

LUIZ ALEXANDRE SOUZA VENTURA é jornalista e enfrenta desde os 12 anos a Síndrome de Charcot-Marie-Tooth, doença hereditária e degenerativa que atinge o sistema nervoso periférico (braços e pernas). Já passou por três cirurgias corretivas e convive com algumas sequelas em pés e mãos, além de deformidades na coluna vertebral. Na adolescência, recebeu diagnósticos que o colocavam em uma cadeira de rodas, previsão que jamais se confirmou. Começou a carreira em 1996 no jornal A Tribuna (Santos/SP). Foi editor do estadão.com.br, trabalhou para as rádios Globo e CBN, Editora Abril e jornal Diário do Comércio, além de diversas agências de comunicação corporativa. É formado em jornalismo pela Universidade Santa Cecília (Santos/SP) e pós-graduado em Tecnologias da Informação pelas Faculdades Associadas de São Paulo (FASP).
sábado 30/08/14

Aplicativos criados para pessoas com deficiência

ACESSIBILIDADE-BLOG

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência Tecnologia acessível, que possibilita a criação de softwares voltados especificamente para pessoas com deficiência, é um mercado em crescimento. Ainda existem muitas lacunas a serem preenchidas, mas o cenário é promissor, principalmente no que diz respeito ao entendimento das necessidades individuais dos usuários. Neste post, reuni alguns já divulgados, que são bastante elogiados. Ler post

sexta-feira 29/08/14

Palestras em Libras sobre livros obrigatórios para Unicamp e Fuvest

ACESSÍVEL-EM-LIBRAS

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência O Centro Cultural São Paulo promove, entre os dias 6 de setembro e 1 de novembro, uma série de palestras gratuitas sobre nove livros obrigatórios para quem pretende fazer as provas do vestibular de Unicamp e Fuvest. Todas as apresentações terão tradução para Libras (Língua Brasileira de Sinais). Os encontros serão realizados aos ...

Ler post
quinta-feira 28/08/14

Deficiência, independência, autonomia

Imagem: Reprodução

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_3032" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] Conviver diariamente com uma deficiência, temporária ou permamente, pode ser transformador. Mesmo quando a caracterítica é do outro. Essa experiência muda a forma como determinamos nossas prioridades e exige de nós uma reavaliação constante sobre o corpo e sobre como nos relacionamos com a vaidade. Perder a capacidade no movimento, ter ...

Ler post
quarta-feira 27/08/14

O som do braille

Coleção 'Braillinho Tagarela' foi lançada em dezembro de 2013. Imagem: Divulgação

Curta Facebook.com/VencerLimites
Siga @LexVentura
Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com
O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência

Coleção ‘Braillinho Tagarela’ foi lançada em dezembro de 2013. Imagem: Divulgação

Usar a palavra ‘inclusão’ é muito comum quando existe o objetivo de garantir, a qualquer pessoa, acesso a algo, até então, difícil (ou impossível) de alcançar, seja por questões financeiras, estrututurais, logísticas, intelectuais, etc. É uma meta constante em todo planejamento que contempla ações voltadas a pessoas com deficiência. O termo ‘incluir’ também pode ser lido como uma benevolência, uma atitude de boa vontade, de complacência com seres menos afortunados, providência que abre o ‘nosso mundo’ a outros que não conseguem atingí-lo e, desta forma, acaba por colocar qualquer indivíduo ainda não ‘incluído’ em um patamar de inferioridade, mesmo que esta ‘inclusão’ venha cercada de ótimas intenções.

Neste sentido, acima da inclusão deve aparecer a ‘integração’, a abertura de espaços iguais, independente de características físicas, etnias, diferenças sociais ou educacionais. E sem que essa igualdade tenha conotação caridosa, de piedade. A integração caminha na mesma direção da universalização, quando tudo o que existe é criado para todas as pessoas.

Integração é o principal resultado do projeto ‘Braillinho Tagarela’, da Fundação Dorina. Trata-se de uma coleção de livros infantis, com textos impressos em tinta e braille, letras ampliadas e imagens com relevo, tudo acompanhado por um CD que contém a audiodescrição de todo o material. “A coleção foi lançada em 2013 e distribuída em bibliotecas. O retorno foi muito rápido e positivo. Por isso, ampliamos a distribuição para escolas”, explica Regina Caldeira, coordenadora de revisão braille da Fundação Dorina. Todos os volumes foram apresentados na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada até o dia 31, e estão à venda no stand da fundação e também na internet. Para pessoas com deficiência visual e organizações (escolas, institutições, bibliotecas públicas) a distribuição é gratuita. E se você for, por exemplo, pai de uma criança com deficiência, pode fazer o cadastro na biblioteca para receber os exemplares.

Regina Caldeira é cega. Lembra que precisou esperar quase 50 anos para realizar o sonho de entender, na íntegra, o espetáculo de balé ‘O Quebra-N0zes’. “Eu conseguia ouvir tudo, mas como não havia audiodescrição, eu não tinha a experiência completa”. Para a coordenadora, o ideal é que o País não precise criar compensações para que pessoas com deficiência sejam incluídas. “No trabalho, em museus, nas escolas, no cinema, no teatro, o que deve existir é igualdade, de direitos e deveres. A pessoa com deficiência não deve ter uma atitude passiva. Deve exigir o que é garantido por direito, mas também deve cumprir sua parte, para haver oportunidades iguais, com base em capacidade, não por causa de cotas”.

Tecnologia - A Fundação Dorina também apresentou na Bienal deste ano o DDReader, aplicativo gratuito (em português, espanhol e inglês) de leitura de livros digitais, em formato DAISY 3.0. É compatível com livros somente texto, somente áudio com navegação, e texto com áudio. Os livros podem ser lidos por voz sintetizada, narração pré-gravada ou somente em texto na tela. Uma camada com seis áreas de toque permite o acesso a todos os comandos e a navegação por frases, capítulos, itens na biblioteca e no índice.

Imagem: Reprodução

Entre os principais recursos do app estão o acesso a todos os comandos por toque, eco de comandos em voz sintetizada, marcadores e anotações, busca por palavras e expressões, histórico, soletração, zoom ajustável, navegação por até seis níveis de índice, leitura opcional de notas de rodapé e números de página, e (em breve) download de livros a partir de bibliotecas online.

O DDReader foi desenvolvido pela Fundação Dorina em parceria com a Results, empresa de softwares acessíveis.

Ler post
segunda-feira 25/08/14

Isenção de imposto de renda para quem tem doença grave

É necessário preencher o laudo pericial. Clique aqui para fazer o download. Imagem: Reprodução

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_3001" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] Pessoas que têm doenças consideradas graves podem obter isenção de imposto de renda sobre proventos. Segundo a Receita Federal, estão na lista "os rendimentos relativos a aposentadoria, pensão ou reforma (outros rendimentos não são isentos), incluindo a complementação recebida de entidade privada e a pensão alimentícia". O benefício vale para quem tem AIDS, ...

Ler post
sexta-feira 22/08/14

Os adversários do basquete em cadeira de rodas no Brasil

Foto: Divulgação

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_2975" align="aligncenter" width="550"] Foto: Divulgação[/caption] A Seleção Brasileira Masculina de Basquetebol em cadeiras de rodas enfrenta nesta sexta-feira, 22, a equipe da Grã-Bretanha, na última partida de uma série de amistosos entre os dois times. O jogo, realizado a partir das 18h, no Clube Athletico Paulistano, em São Paulo, faz parte de um treinamento ...

Ler post
segunda-feira 18/08/14

Lacunas da Prevent Senior no litoral de SP

Dona Maria de Loudes e o marido Arnaldo. Foto: Arquivo Pessoal

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_2950" align="aligncenter" width="550"] Dona Maria de Loudes e o marido Arnaldo. Foto: Arquivo Pessoal[/caption] Atualizado às 17h50 - Maria de Lourdes Agostinho Damico tem 69 anos, sofre de diabetes e toma remédios para controlar a pressão arterial. Em 2001, sofreu um AVC. Até meados de setembro de 2013, mesmo aposentada, trabalhava em uma farmácia, em Santos, ...

Ler post
quinta-feira 14/08/14

Mergulho nas profundezas dos sentidos

Imagem: Reprodução

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_2938" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] Muito antes de pensar em ser jornalista, pensei em ser ator de teatro. E, naquela época, lá no começo dos anos 1990, decidi que só iria concretizar essa ideia se eu tivesse talento real, vocação para esse trabalho. Desta forma, entrei de cabeça nos estudos do que significa ser ator e ...

Ler post
terça-feira 12/08/14

Homem da bengala

Edifício na esquina da Avenida Conselheiro Nébias com a Rua Alexandre Herculano, em Santos (SP). Imagem: Reprodução/Google Maps

Curta Facebook.com/VencerLimites Siga @LexVentura Mande mensagem para blogvencerlimites@gmail.com O que você precisa saber sobre pessoas com deficiência [caption id="attachment_2927" align="aligncenter" width="550"] Imagem: Reprodução[/caption] Dentro daquele elevador cabem seis pessoas. Quando a porta se fechou, ainda no nono andar, uma placa me chamou atenção. "Idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo ou pessoas com deficiência podem descer no subsolo e utilizar a rampa que dá acesso à rua". A acessibilidade do prédio, na esquina da ...

Ler post