1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Musicais na Copa do Mundo

Ubiratan Brasil

03 junho 2014 | 14:22

Com a chegada da Copa do Mundo, alguns espetáculos encerram temporada, acreditando que não terão público suficiente durante o Mundial. Entre os musicais, a situação está dividida: enquanto Jesus Cristo Superstar terminou sua temporada no domingo passado, com grande sucesso, outras, como O Rei Leão e Elis – A Musical, continuarão em cartaz, enfrentando a concorrência futebolística.

Jesus Cristo Superstar foi um grande sucesso – aliás, merecido. Nem a tentativa de religiosos em promover boicote ao musical, por causa de uma suposta visão deturpada de Cristo, conseguiu impedir o grande fluxo de público, encantado com a criativa direção de Jorge Takla e as marcantes interpretações de Igor Rickli, Alírio Netto, Negra Li, Fred Silveira e Wellington Nogueira. JCS já deixou sua marca na história dos musicais no Brasil e deverá constar na lista dos principais prêmios de artes cênicas deste ano.

Já Elis e Rei Leão cumprem, com folga, uma larga carreira de sucesso de público e crítica. São dois exemplos bem acabados de como podemos ter produções de alto nível, seja seguindo fielmente o original americano (caso do Rei Leão), seja exibindo as possibilidades da criação nacional. Em meio a um saturamento de notícias futebolísticas e, infelizmente, policiais que enfrentaremos com mais força a partir da semana que vem, a permanência desses dois musicais constitui um bálsamo para quem se dispor a se divertir de forma mais relaxante.