1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Os órfãos do Gabeira

Tutty Vasques

27 agosto 2014 | 00:03

reproduçãoA culpa é do Fernando Gabeira! Foi ele, em seus tempos de candidato a governador e a prefeito do Rio, quem alimentou no povo da praia a marra de eleitor em paz com seu voto. Do Leme ao Pontal, a derrota nas urnas era um detalhe que não cortava a onda de ninguém: o prazer da escolha bastava a essa gente bronzeada que anda por aí agora envergonhada com as opções de voto em Garotinho, Pezão ou Crivella. Órfão do Gabeira, o carioca sente a falta que faz alguém bacana, de preferência que não vá mesmo se eleger, pra gente votar.

Só se falava de outras coisas no último fim de semana de praião em Ipanema! A política no Rio superou o futebol em matéria de vexames que é melhor nem comentar. Não pega ninguém quem puxar assunto tipo “e aí gata, vai votar no Pezão?”! Nem motorista de táxi joga conversa fora sobre eleições. O assunto, em si, é humilhante!

Não sei se isso conforta, mas é preciso levar em conta que seria pior se as alternativas fossem Pezinho e Garotão. Ou não?