1. Usuário
Assine o Estadão
assine


TRÂNSITO AGORA: acompanhe o trânsito em São Paulo e o tráfego nas estradas de SP nesta terça-feira, 18 de fevereiro

Felipe Tau

18 fevereiro 2014 | 06:02

Está com problemas no trânsito? Mande seu relato para o Estado por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 e ajude outros motoristas a fugir dos congestionamentos. Durante todo o dia recebemos informações e imagens de ruas e avenidas paradas com a hashtag #TransitoEstadao no Instagram. Não se esqueça de citar o local, o número aproximado e o sentido. As principais dicas vão aparecer no nosso Instagram e no nosso site. Mande e receba informações sobre o trânsito em São Paulo também pelo Twitter do Estadão, usando a hashtag #TransitoEstadao.

12h29 - Encerramos a cobertura em tempo real do acidente da Rodovia Castelo Branco, que deixou um morto. Para mais informações, continue acompanhando o noticiário do Estado.

12h09 – Rodovia Castelo Branco, sentido Capital, tem ainda cinco quilômetros de lentidão na pista expressa como reflexo do acidente, do quilômetro 40 ao 35, em Santana de Parnaíba.

Já em direção ao interior, há três quilômetros de tráfego lento na pista expressa, do quilômetro 32 ao 35, em Itapevi.

11h32 - Pistas sentido Capital da Rodovia Castelo Branco estão liberadas no quilômetro 35. Já em direção ao interior, a faixa da esquerda foi liberada, mas a da direita segue interditada. A CCR ViaOeste não tem previsão de liberação total da via.

10h41 - Ante a previsão de que a Rodovia Castelo Branco seguirá interditada até o início da tarde, em razão do acidente entre dois caminhões ocorridos na manhã desta terça-feira (18) no quilômetro 35 da pista sentido São Paulo, em Itapevi, às 10 horas a Polícia Rodoviária Estadual autorizou os veículos parados no bloqueio a retornar pelo acostamento, na contramão.

De acordo com o engenheiro químico Rogério Fabiano Damatto, a medida foi tomada depois que policiais constataram que muitos motoristas, parados no local desde a hora do acidente, às 6h23, estavam cruzando o canteiro central para retornar pela outra pista. Muitos usaram placas de sinalização para transpor o canal de drenagem.

Os motoristas foram autorizados a manobrar e voltar pelo acostamento até pegar um retorno no quilômetro 42, em Araçariguama, e seguir para a pista sentido interior. Dali, quem ainda quisesse viajar para São Paulo poderia pegar o acesso a São Roque, no quilômetro 54, e seguir pela Rodovia Raposo Tavares.

“O problema é que todos querem voltar ao mesmo tempo e até para sair do lugar está difícil”, relatou Damatto.
Policiais informaram que a demora na liberação da estrada devia-se ao vazamento do ácido clorídrico, transportado por um dos veículos, e a necessidade de transbordo do produto. Além dos bombeiros, técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) estavam no local para avaliar a operação. (José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo)

10h12 – Rodovia Castelo Branco segue interditada em ambos os sentidos no quilômetro 35 e, como reflexo, está congestionada na região. Em direção à Capital, há nove quilômetros de paralisação, do 60 ao 54, entre Mairinque e São Roque, e no local do acidente, do 38 ao 35, entre Santana de Parnaíba e Itapevi.

Já em direção ao interior, há nove quilômetros de congestionamento, do 24 ao 35, trecho que abrange os municípios de Jandira, Itapevi e Barueri.

09h59 - A Rodovia Cônego Domênico Rangoni voltou a ficar congestionada na manhã desta terça-feira, 18, com o registro de oito quilômetros de congestionamento antes das 9h, em razão do elevado número de carretas e caminhões de carga que se dirigiam aos terminais marítimos de Guarujá, localizados na margem esquerda do Porto de Santos.

Apesar de todo o esforço das autoridades portuárias, para que as cenas registradas no ano passado não se repetissem, desde a segunda-feira, 17, já dava para perceber que os congestionamentos estariam de volta.

O tráfego na Domênico Rangoni, antiga Piaçaguera-Guarujá, ficou travado do quilômetro 270 ao 262, provocando congestionamento no sentido Cubatão da mesma rodovia. Os reflexos do colapso também eram observados na Rodovia Anchieta, com lentidão do quilômetro 65 ao 55, no sentido do litoral, do 38 ao 55, do 58 ao 60 e do 65 ao 55. Na Anchieta também foi registrada lentidão na chegada à Capital, com congestionamento no trecho do 13 ao 10. (Zuleide de Barros, especial para o Estado)

09h53 -A polícia organiza o retorno pelo acostamento da Rodovia Castelo Branco, como flagrou o leitor do Estado Juliano Soares, que nos enviou a foto abaixo por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639.

 Foto: Juliano Soares/Estadão

09h51 - O engenheiro químico Rogério Damatto, que mora em Sorocaba e trabalha na Capital, contou à reportagem do Estado que às 6h50 encontrou a Rodovia Castelo Branco travada no quilômetro 37, a dois quilômetros do local do acidente. Às 8h52, ele continuava no mesmo local, aguardando a liberação da pista. “Neste ponto, não há o que fazer, pois não tem por onde sair”, contou. Alguns motoristas chegaram a  descer dos veículos e sentar no acostamento, à espera da desinterdição da rodovia. (José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo)

09h47 - O desvio do trânsito da Rodovia Castelo Branco para a Raposo Tavares em razão do acidente entre uma carreta com ácido clorídrico e um caminhão no quilômetro 35, em Itapevi, na manhã desta terça-feira, 18, tumultuou o trânsito na região de São Roque. A Rodovia Lívio Tagliassacchi, de pista simples, que liga a Castelo à Raposo, não comportava o volume de tráfego e travou. Às 9 horas, o congestionamento se estendia por 10 quilômetros nessa rodovia e os reflexos atingiam também a Castelo, com o trânsito praticamente parado do quilômetro 54 ao 62, em Mairinque.

De acordo com a concessionária CCR ViaOeste, o acidente entre os dois veículos de carga na Castelo ocorreu às 6h23 na pista sentido capital. Houve vazamento do ácido e a formação de gás, levando à interdição também da pista sentido interior. Reagente químico, o ácido clorídrico é corrosivo e tóxico. Em contato com o ambiente, o produto se transforma em gás de odor forte e pode causar irritações na pele e nas mucosas.

Às 9h20, as duas pistas da rodovia continuavam interditadas. No quilômetro 37, cansados da espera pela liberação da estrada, motoristas improvisaram com pedras e placas de cimento uma passagem pelo canteiro central e pegavam a pista contrária, retornando para o interior. (José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo)

09h21 - Além dos congestionamentos na região, o grave acidente já provoca lentidão na Rodovia Castelo Branco no interior. Há oito quilômetros de retenção no sentido Capital entre os municípios de Mairinque e São Roque, do quilômetro 62 ao 54.

09h14 - A leitora do Estado Maria Claudia nos enviou uma mensagem por WhatsApp para o número  (11) 9-7069-8639 para informar que o trânsito na Avenida Nossa Senhora do Ó, sentido Marginal do Tietê, está travado. Ela disse que ficou mais de 40 minutos sem conseguir chegar à Ponte Júlio de Mesquita Neto, no Limão, zona norte, e recomendou que outros motoristas evitassem a Nossa do Senhora do Ó para acessar a Marginal do Tietê e se encaminhar à região central da Capital.

09h06 - Segundo a CCR ViaOeste, concessionária que administra a Rodovia Castelo Branco, não há previsão para liberação da via, pois a prioridade é o atendimento de uma das vítimas e a retirada dos motoristas que ficaram engarrafados no local.

09h00 - Com o tráfego interrompido no quilômetro 35, a Rodovia Castelo Branco segue com nove quilômetros de congestionamento na pista expressa no sentido interior, do 26 ao 35, e cinco quilômetros em direção à Capital, do 40 ao 35. Além disso, há dois quilômetros de retenção na pista marginal, sentido São Paulo, do 19 ao 21, em Barueri.

Foto: Juliano Soares/Estadão

08h57 - Motoristas realizaram conversões proibidas na Rodovia Castelo Branco para fugir do bloqueio no quilômetro 35. No quilômetro 37, chegaram a improvisar uma “ponte” com as placas indicativas da quilometragem para atravessar o canteiro central da rodovia, como flagrou o leitor do Estado Juliano Soares, que nos enviou as fotos abaixo por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639.

 Foto: Juliano Soares/Estadão

Foto: Juliano Soares/Estadão

08h51 - O leitor do Estado Juliano Soares nos mandou por WhatsApp para o número  (11) 9-7069-8639 imagens da Rodovia Castelo Branco.

Foto: Juliano Soares/Estadão

08h28 - Uma das vítimas da colisão na Rodovia Castelo Branco morreu, informou o Corpo de Bombeiros. Outra foi levada de helicóptero a um pronto-socorro. Profissionais ainda trabalham no local.

08h24 - O leitor do Estado Serg Snak nos enviou uma mensagem por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 e informou que o trânsito na Rua Colégio Pio XII, sentido Panamby, na zona sul, está parado em função da queda de um poste na rua.

08h17 - Com o tráfego interrompido na Rodovia Castelo Branco no quilômetro 35, há nove quilômetros de congestionamento na pista expressa no sentido interior, do 26 ao 35, e cinco quilômetros em direção à Capital, do 40 ao 35. Além disso, há dois quilômetros de retenção na pista marginal, sentido São Paulo, do 19 ao 21, em Barueri.

08h09 - O usuário do Instagram Rodrigo Octavio Rodrigues está parado neste momento na Rodovia Castelo Branco e registrou o congestionamento consequente ao acidente e ao vazamento de gás.

07h58 - O Corpo de Bombeiros confirma que o gás que vazou do caminhão na Rodovia Castelo Branco é ácido clorídrico. Os profissionais trabalham equipados com cilindros de ar para retiras duas vítimas do local.

07h56 - O tráfego no quilômetro 35 da Rodovia Castelo Branco segue interrompido por medida de segurança. Em direção ao interior, já há sete quilômetros de congestionamento na pista expressa, do 28 ao 35, trecho que abrange os municípios de Jandira, Itapevi e Barueri. Há tráfego lento também entre os quilômetros 19 e 21, em Osasco.

Já no sentido Capital, há cinco quilômetros de retenção na pista expressa, do 38 ao 35, entre Santana de Parnaíba e Itapevi, e do 18 ao 16, em Osasco. Na pista marginal, há seis quilômetros de morosidade, do 19 ao 13, na divisa entre Osasco e São Paulo.

07h48 - Todas as linhas do Metrô operam normalmente neste momento.

07h47 – Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas à Rodovia Castelo Branco. O acidente, que envolveu uma carreta e um caminhão, deixou três vítimas.

07h42 - Em função do vazamento de gás após o acidente na Rodovia Castelo Branco, os motoristas devem enfrentar longas paradas na via na manhã desta terça-feira, 18. A leitora do Estado Talita Siqueira enviou uma mensagem por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 e relatou que está parada no quilômetro 36.

07h28 – O produto perigoso que o caminhão transportava na Rodovia Castelo Branco era ácido clorídrico, segundo a TV Globo.

07h22 – Rodovia Ayrton Senna, sentido Capital, tem 12 quilômetros de tráfego lento, do 25 ao 13, por excesso de veículos.

07h20 - Segundo a Polícia Rodoviária, uma carreta bateu em um caminhão que transporta um produto perigoso. Por medida de segurança, os dois sentidos da Rodovia Castelo Branco estão bloqueados. 

07h15 – Acidente grave envolvendo uma carreta interrompe totalmente o tráfego na pista expressa da Rodovia Castelo Branco, sentido interior, no quilômetro 35, em Itapevi. Como reflexo, há quatro quilômetros de congestionamento, do 31 ao 35.

Em direção à Capital, há quatro quilômetros de retenção na pista marginal, em Osasco, do quilômetro 17 ao 13. Já na expressa, há dois quilômetros, do 25 ao 24, em Barueri, e do 17 ao 16, em Osasco.

07h08 – Rodovia Cônego Domênico Rangoni, sentido Guarujá, tem oito quilômetros de congestionamento, do quilômetro 270 ao 262. Em direção a Cubatão, há três quilômetros de lentidão, do 267 ao 270.

07h06 – Rodovia Anchieta tem três quilômetros de tráfego lento na chegada à Capital, do quilômetro 13 ao 10.

07h05 – Rodízio está em operação no Centro Expandido da capital paulista nesta terça-feira, 18, para veículos com placas finais 3 e 4, das 07h00 às 10h00.

07h03 – Rodovia Ayrton Senna, sentido São Paulo, tem quatro quilômetros de lentidão, entre os quilômetros 24 e 20.

06h08 – Rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo, tem sete quilômetros de lentidão na pista expressa, em Guarulhos, do quilômetro 209 ao 215 e do 217 ao 218, onde um acidente interdita parcialmente a pista.

Já na pista marginal, há quatro quilômetros de retenção entre os quilômetros 221 e 225.

06h01 – Bom dia, iniciamos a cobertura do trânsito neste terça-feira, 18.