1. Usuário
Assine o Estadão
assine

TRÂNSITO AGORA: acompanhe o trânsito em São Paulo e o tráfego nas estradas de SP nesta quinta-feira, 22 de maio

Felipe Tau

22 maio 2014 | 05:35

Está com problemas no trânsito? Mande seu relato para o Estado por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 e ajude outros motoristas a fugir dos congestionamentos. Durante todo o dia recebemos informações e imagens de ruas e avenidas paradas com a hashtag #TransitoEstadao no Instagram. Não se esqueça de citar o local, o número aproximado e o sentido. As principais dicas vão aparecer no nosso Instagram e no nosso site. Mande e receba informações sobre o trânsito em São Paulo também pelo Twitter do Estadão, usando a hashtag #TransitoEstadao.

23h03 - Encerramos aqui a cobertura do trânsito em São Paulo . Boa noite!

22h36 – Segundo a CET, não há mais interdições na Ponte Estaiada.

22h30 – Depois de noite acima da média, São Paulo registra 36 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

22h29 - Greve de motoristas se espalha por mais 16 cidades em SP. Leia mais.

22h28 - Chega a 61 o nº de veículos depredados durante greve de ônibus em São Paulo. Leia mais.

22h04 - Pelo menos 60% da frota das cidades de Osasco e Diadema deixou de circular nesta quinta-feira, 22. A estimativa das prefeituras e da categoria é de que cerca de 230 mil passageiros tenham sido afetados. Leia a reportagem completa.

21h51São Paulo registra 92 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

21h43 - Trânsito ainda é complicado na Marginal do Pinheiros. Há 12,1 quilômetros de lentidão na pista expressa, no sentido Interlagos, desde a Rodovia Castelo Branco até a Ponte do Morumbi.

21h39Com chuva forte, manifestação se encerra e sem-teto começam a se dispersar. “Estamos na rua por um motivo muito claro, não porque achamos bonito ocupar a Ponte Estaiada. Temos propostas claras para os governos ouvirem. Não adianta fazer copa, jogá-la nos nossos olhos e esperar que aceitemos calados.  Hoje, queremos dizer que a copa é do povo”, disse Guilherme Boulos em cima do carro de som. (Mônica Reolom/Estadão)

21h36 – Segundo CET, Marginal do Pinheiros tem pista liberada depois de manifestação do MTST.

21h00São Paulo registra 128 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h57 - Com manifestação, trânsito na Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, também é complicado na pista expressa da Rodovia Castelo Branco até a Ponte do Morumbi, com congestionamento de 12,1 quilômetros.

20h53 - Avenida Washington Luis, sentido bairro, tem congestionamento de 6,5 quilômetros do Viaduto João Julião da Costa Aguiar até a Rua Belterra.

20h52Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, com lentidão de 6,5 quilômetros na pista expressa entre as pontes Jaguaré e Cidade Jardim.

20h51Corredor Norte-Sul, sentido aeroporto, tem lentidão de 7,1 quilômetros entre os viadutos Pedroso e João Julião da Costa Aguiar.

20h39Marginal do Pinheiros, sentido Castelo Branco, tem lentidão de 5,5 quilômetros nas pistas local e expressa entre as pontes Morumbi e Eusébio Matoso.

20h34 - Manifestantes param no meio da Ponte Estaiada e vão fazer uma assembleia, segundo Guilherme Boulos.

20h28São Paulo registra 144 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h24Manifestantes sem-teto sobem a Ponte Estaiada. Ato segue pacífico e Marginal do Pinheiros está completamente bloqueada no sentido Interlagos. (Mônica Reolom/Estadão)

Mônica Reolom/Estadão

20h11Avenida Washington Luis, sentido bairro, tem congestionamento de 6,3 quilômetros do Viaduto João Julião da Costa Aguiar até a Rua Belterra.

20h10 - Com manifestação, Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem 6,5 quilômetros de lentidão na pista expressa entre as pontes Cidade Jardim e Jaguaré.

20h09 - Corredor Norte-Sul, sentido aeroporto, com lentidão de 8,7 quilômetros entre a Praça da Bandeira e o Viaduto João Julião da Costa Aguiar.

20h07São Paulo registra 180 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h06 - Após fechar comércio na Faria Lima, protesto de sem-teto chega à Marginal. Leia mais.

Mônica Reolom/Estadão

20h01Greve na Grande SP: cerca de 16 cidades, contando a capital São Paulo, são afetadas. Entenda a situação das empresas afetadas pela greve:

- Mobi Brasil (atende São Bernardo e Diadema): a reunião entre empresários e funcionários da empresa, marcada para a tarde desta quinta, foi suspensa. A empresa protocolou um pedido no Tribunal Regional do Trabalho para julgar a greve e pretende operar com 80% da frota amanhã.

- Miracatiba (atende Itapecirica da Serra e Embu das Artes): 85% da frota está circulando.

- Viação Osasco e Urubupungá (atendem o Consórcio Anhanguera): Osasco está em assembleia e nenhum ônibus circula; Urubupungá opera com 80% da frota.

19h57Todas as pistas da Marginal do Pinheiros, no sentido Interlagos, estão bloqueadas. Manifestantes estão perto do Shopping Cidade Jardim. A animação é grande entre os manifestantes: eles cantam e gritam, e ressaltam que a marginal ficou “vermelha”. (Mônica Reolom/Estadão)

19h43Greve na Grande SP: Viação Mobi Brasil, de Diadema e São Bernardo do Campo, pode funcionar com 80% da frota amanhã.

19h41São Paulo registra 205 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

19h40Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem lentidão de 9,1 quilômetros na pista local desde o Sport Club do Corinthians até a Ponte da Casa Verde.

19h37 - Motoristas e cobradores de Osasco decidem manter greve. Leia mais.

19h35 – Alguns manifestantes sem-teto já chegaram à Marginal do Pinheiros. Outros continuam interditando a Ponte Cidade Jardim. (Mônica Reolom/Estadão)

19h34Manifestantes sem-teto atravessam a Ponte Cidade Jardim gritando “A marginal é nossa!” e “pisa ligeiro, quem não pode com a formiga não atiça o formigueiro”. Agora, a PM estima em 5 mil o número de pessoas no ato. (Mônica Reolom/Estadão)

19h26 - Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo decidem não retomar greve. Leia mais.

19h23Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem lentidão de 7,2 quilômetros na pista expressa entre as pontes Júlio de Mesquita Neto e Vila Guilherme.

19h22São Paulo registra 222 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

19h21 - Protesto de sem-teto faz comércio fechar as portas na Avenida Faria Lima. Leia mais.

19h20Manifestantes sem-teto interditam Avenida Cidade Jardim, no sentido Marginal Pinheiros.

18h58Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, tem lentidão de 7,1 quilômetros da Marginal Pinheiros até o Viaduto Aliomar Baleeiro.

18h55 - Corredor Norte-Sul, sentido aeroporto, com lentidão de 8,7 quilômetros entre a Praça da Bandeira e o Viaduto João Julião da Costa Aguiar.

18h52São Paulo registra 248 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h51 - Trânsito na Avenida Faria Lima, sentido zona sul, atrapalha passagem do protesto, que segue em ritmo lento. (Mônica Reolom/Estadão)

Mônica Reolom/Estadão

18h48 - Segundo a EMTU, as seguintes viações continuam paralisadas na Grande SP: Osasco Filial, Osasco Matriz, Urubupungá (que trabalha com 80% da frota) e Mobi Brasil. A Miracatiba está em processo de normalização gradativa.

18h44Acidente na Estrada do M’Boi Mirim interdita a pista no sentido centro, na altura da Rua Riberalta.

18h42Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem lentidão de 11,7 quilômetros na pista local desde a Ponte Júlio de Mesquita até o Sport Club Corinthians.

18h37 - São Paulo registra 235 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h22Manifestação começa ato pela Avenida Faria Lima no sentido zona sul. Ideia é ir até a Ponte Cidade Jardim, pegar a Marginal do Pinheiros e acabar na Ponte Estaiada.  (Mônica Reolom/Estadão)

18h13 - Segundo PM, há 4 mil manifestantes no Largo da Batata e 100 policiais. Avenida Faria Lima está bloqueada nos dois sentidos. (Mônica Reolom/Estadão)

18h10 - Manifestantes ocupam Avenida Faria Lima no sentido bairro. Eles gritam: “Ei, Alckmin, pode mandar a tropa. Se não atender o povo, não vai ter Copa”. (Mônica Reolom/Estadão)

18h09Paralisação em Diadema afeta 90 mil pessoas, dizem motoristas. Cerca de 400 coletivos da cidade estão presos em garagem localizada na capital. Leia mais.

18h07 - Por causa de falha em trem, Linha 7-rubi da CPTM opera em velocidade reduzida.

18h06 - Por causa da chuva, linhas 2-verde e 3-vermelha do Metrô operam em velocidade reduzida.

18h04 - Rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo, tem lentidão em Guarulhos entre os quilômetros 218 e 221.

17h59Corredor Norte-Sul, sentido aeroporto, com lentidão de 7,8 quilômetros entre os viadutos Jaceguai e João Julião da Costa Aguiar.

17h58 - Agora, no sentido Castelo Branco da Marginal do Tietê, há retenção de 9,9 quilômetros na pista expressa entre as pontes Vila Guilherme e Piqueri. Na pista central, congestionamento de 7,9 quilômetros entre as pontes Bandeiras e Piqueri.

17h56Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, tem lentidão de 10 quilômetros na pista local entre as pontes Freguesia do Ó e Jânio Quadros. Na pista expressa, há retenção de 8,4 quilômetros entre as pontes Freguesia do Ó e Vila Guilherme.

17h49 - Sem-teto fazem protesto no Largo da Batata nesta quinta-feira. Leia mais.

17h48Marginal do Pinheiros, sentido Castelo Branco, tem lentidão de 12,1 quilômetros na pista expressa entre a Ponte do Morumbi e a Avenida Engenheiro Billings.

17h42São Paulo registra 172 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

17h40Integrantes do movimento MTST ocupam o Largo da Batata no fim da tarde desta quinta-feira, 22. Eles pretendem marchar até a Ponte Cidade Jardim e, depois, encerrar o ato na Ponte Estaiada. A PM estima em cerca de 300 manifestantes, mas a impressão é de que tem pelo menos mil, porque eles estão espalhados pelo largo. A chuva amenizou e é possível ver várias bandeiras vermelhas do movimento, além de bandeiras do Brasil e cornetas. Há um carro de som também,  em que um dos líderes convoca para a “quinta vermelha”. O objetivo é protestar por moradia. (Mônica Reolom/Estadão)

Mônica Reolom/Estadão

17h29 - Dois cobradores de Osasco são presos por depredarem ônibus. Leia matéria completa.

17h27 - Segundo a SPTrans, todos os terminais de ônibus na cidade de São Paulo estão abertos e a circulação dos coletivos ocorre normalmente.

17h25 - Rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro, tem seis quilômetros de retenção na pista marginal, em São Paulo. Motorista encontra filas do quilômetro 229 ao 223.

17h20 - A CPTM informa que, por motivo de falha de trem, a Linha 7 – Rubi está operando com maior intervalo entre as Estações Luz e Francisco Morato.

17h18 - Rodovia Castelo Branco, sentido interior, tem três quilômetros de lentidão na pista expressa, em Barueri, entre os quilômetros 21 e 24. Já no sentido capital, há dois quilômetros de filas na pista expressa, em Barueri. Motorista pisa no freio do quilômetro 27 ao 25.

17h13 - Avenida 23 de Maio, sentido Aeroporto, tem quase nove quilômetros de congestionamento a partir da Praça da Bandeira.

17h09 - Rodovia Anhanguera, sentido interior, tem três quilômetros de lentidão na pista expressa, em Jundiaí, do 58 ao 61.

17h08 - Rodovia dos Bandeirantes, sentido capital, tem três quilômetros de tráfego lento na pista expressa, em Jundiaí, do 61 ao 58. Um caminhão quebrado ocupa a faixa 3 da pista.

17h02 - Rodízio municipal está em operação para os veículos com placa final 7 e 8.

17h00 - Linha 5 – Lilás, do Metrô, opera com velocidade reduzida entre as Estações Capão Redondo e Largo Treze, por causa das chuvas. Trens das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha também circulam com velocidade reduzida.

16h58 - Já no sentido Rodovia Ayrton Senna, Marginal do Tietê tem 7,1 quilômetros de tráfego lento na pista expressa, da Ponte Júlio de Mesquita Neto à da Vila Guilherme, e 5,5 quilômetros na pista central, da Rua Cristina Tomas até a Ponte Presidente Jânio Quadros.

16h55 - Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, tem dez quilômetros de lentidão na pista expressa entre as Pontes da Vila Guilherme e do Piqueri. Há, ainda, 7,1 quilômetros de congestionamento, do Arco da Sabesp à Ponte Júlio de Mesquita Neto, na pista local; e 5,4 quilômetros, entre as Pontes Casa Verde e do Piqueri, na central.

16h50 - Avenida 23 de Maio, sentido Aeroporto, tem sete quilômetros de lentidão entre os Viadutos Pedroso e João Julião da Costa Aguiar.

16h45 – São Paulo tem 114 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

16h42 - Dois cobradores de Osasco são presos por ameaçarem motoristas e passageiros. Confira a matéria aqui.

16h24 - As Linhas 1-Azul e 2-Verde também operam com velocidade reduzida por causa das chuvas. Na primeira, a circulação dos trens está comprometida da Estação Tiradentes até a Tucuruvi. Já na segunda, problema afeta da Estação Vila Prudente até Chácara Klabin.

16h20 - Por causa das chuvas, a Linha 3 – Vermelha, do Metrô, opera com velocidade reduzida entre as Estações Corinthians-Itaquera e Palmeiras-Barra Funda.

A Linha 5 – Lilás está operando parcialmente no trecho entre as Estações Capão Redondo e Giovani Gronchi. Houve falha em equipamento elétrico e a previsão de normalização em 15 minutos.

15h54 - Dois funcionários da Viação Osasco foram detidos na tarde desta quinta-feira, 22, após impedir que motoristas e passageiros embarcassem nos ônibus. De acordo com a Polícia Militar, cada um estava montado em uma moto na frente da garagem da empresa  e, armados, ameaçavam quem tentasse interromper a paralisação.

Eles foram reconhecidos como funcionários pelas pessoas que estavam no local. Os dois foram encaminhados para a Delegacia Seccional de Osasco.

15h45 - Segundo a EMTU, as três empresas permanecem afetadas pela greve do motoristas e cobradores de ônibus, prejudicando o transporte em cinco cidades da Grande São Paulo. Duas empresas estão completamente paradas: Viação Osasco, que atende as cidades de Osasco e Carapicuíba, e Mobi Brasil, que circula na região do ABC, nas cidades de São Bernardo e Diadema. Já a Urubungá, que cobre as regiões de Osasco e Barueri, opera com 20% da frota reduzida.

15h26 - Na terça-feira, 20, o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, criticou a ausência da Polícia Militar. O Estado apurou que na reunião de ontem entre a Prefeitura e a Secretaria de Estado de Segurança Pública, o assunto não foi tratado. Dentro da PM a posição é de que, apesar das limitações da GCM, a presença da guarda poderia ajudar na liberação dos terminais. (Rafael Italiani/Estadão)

15h25 - ”Do ponto de vista das empresas, tanto os veículos quanto as suas instalações fixas, por estarem absolutamente vinculados a serviços público, podem ser considerados bens da prefeitura”, disse Christovam. Ainda segundo ele, também foi pedido que a GCM ajudasse a desobstruir vias e terminais com ônibus parados. (Rafael Italiani/Estadão)

15h22 - As empresas responsáveis pelo transporte coletivo em São Paulo cobraram em um ofício que a Guarda Civil Metropolitana (GCM) também estivesse nos terminais e garagens de ônibus para que os veículos pudessem prestar o serviço. O pedido não foi atendido pela Prefeitura, segundo Francisco Christovam, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SP-Urbanuss). (Rafael Italiani/Estadão)

15h02 - Permanece indefinida a situação das empresas Viação Osasco, Mobi Brasil e Urubupungá. Neste momento, empresários se reúnem com funcionários para tentar um acordo que encerre a greve. Desde o início da manhã, todos os ônibus da Viação Osasco e da Mobi Brasil estão parados. Já a Urubupungá opera com 20% da frota reduzida.

14h56 - De acordo com a EMTU, os ônibus da empresa Miracatiba, que realiza transporte intermunicipal nas cidades de Itapecerica da Serra e Embu das Artes, estão voltando a funcionar gradativamente, após a greve de motoristas e cobradores.

14h22 - Veja a imagem da greve de motoristas e cobradores na Grande São Paulo: seis cidades e a região do ABC Paulista foram afetadas.

14h05 - O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (SP-Urbanuss), afirmou que a quantidade de carros danificados pode aumentar. Segundo a entidade, entre ontem e hoje 61 veículos da empresa Sambaíba foram depredados. (Rafael Italiani/Estadão)

14h03 - A SPTrans registrou desde veículos que tiveram retrovisores e vidros quebrados até casos em que as portas foram destruídas e os pneus furados. Hoje, a Polícia Militar precisou intervir na garagem da Viação Santa Brígida para que os veículos pudessem sair do local. (Rafael Italiani/Estadão)

14h01 - Mesmo com o apoio da Polícia Militar, pelo menos 40 ônibus municipais foram depredados por motoristas e cobradores favoráveis  à paralisação, até o início da tarde desta quinta-feira, 22, em São Paulo, segundo a Secretaria Municipal de Transportes. (Rafael Italiani/Estadão)

13h49 - O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira, conversou com a Rádio Estadão sobre a greve de motoristas de ônibus em São Paulo. Confira a entrevista.

13h47 - Haddad vai esperar audiência entre Justiça, trabalhadores e empresas. Leia matéria completa.

13h33 - Confira imagens do terceiro dia de greve dos motoristas e cobradores na cidade de São Paulo.

13h18 - Pelo menos 65% da população de Osasco está sem ônibus, diz prefeito Jorge Lapas. Confira matéria completa aqui.

13h03 - Sobre o pedido de reunião feito pelos trabalhadores, Haddad afirmou que isso foi antes da liminar obtida ontem para a garantia do serviço. “Tem agora na Justiça do trabalho um ambiente adequado para validar os termos de qualquer acordo que seja feito”, disse o prefeito, que esteve na manhã de hoje em um seminário no Hotel Hilton, no Brooklin, na zona sul. (Rafael Italiani/Estadão)

13h01 - Haddad afirmou que foi orientado pelo ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, com a justificativa de que o problema foi judicializado. “Se for possível chegar a um acordo com a intermediação da Justiça, melhor. O próprio ministro me ligou ontem e hoje, e ele próprio orientou nesse sentido”, afirmou o prefeito. (Rafael Italiani/Estadão)

12h59 - O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou nesta quinta-feira, 22, que não irá se reunir com os motoristas e cobradores de ônibus que paralisaram a cidade e que irá aguardar a audiência de conciliação marcada para a tarde de hoje, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), entre os sindicatos dos trabalhadores e empresários. (Rafael Italiani/Estadão)

12h51 - A leitora do Estadão Raquel Claro Dias nos enviou, via Whatsapp para o número (11) 9-7069-8639, o registro da garagem da Viação Osasco, empresa de transporte intermunicipal que está parada nesta quinta-feira, 22. Segundo ela, houve tumulto no local.

Foto: Raquel Claro Dias/Estadão

12h43 – São Paulo tem 52 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

12h13 - Marginal do Tietê tem 6,2 quilômetros de lentidão no sentido Castelo Branco, entre as pontes do Imigrante Nordestino e Jânio Quadros.

12h05 - Avenida Carlos Caldeira Filho, no sentido Centro, tem 2,8 quilômetros de lentidão entre a Estrada do Campo Limpo e a Avenida Giovanni Gronchi.

12h01 – Avenida Washington Luís, no sentido Bairro, tem 3,7 quilômetros de lentidão entre as Avenidas Água Espraiada Manoel dos Reis Araújo.

11h54 – Marginal do Tietê tem 6,2 quilômetros de lentidão na pista Expressa, sentido Castelo Branco, entre as pontes Imigrante Nordestino e Jânio Quadros.

11h41 – Ônibus da Santa Brígida saem da garagem da empresa escoltados pela polícia: leia a matéria clicando aqui.

FOTO:WERTHER SANTANA/ESTADÃO

11h39 - Gradativamente,  o Terminal Pirituba, na zona norte da cidade, volta a funcionar. Como 90% da linhas que operam no terminal são da Santa Brigida, os ônibus só voltaram a circular por volta das 10h30 e, mesmo assim, com longos intervalos. A auxiliar de limpeza Aline Cristiane, de 22 anos, está esperando há 50 minutos pelo ônibus que vai até o itaim bibi. ” É uma sacanagem o que estão fazendo com a população.  Mas eu nao acho que seja culpa dos motoristas,  mas sim do Prefeito”, dissr Aline que ontem já não foi trabalhar por causa da paralisação. (Laura Maia de Castro – O Estado de S. Paulo)

11h36 - Até por volta das 11h20, cerca de 200 ônibus já haviam deixado a maior garagem da empresa Santa Brígida, no Jaguara, na zona norte. Da outra garagem, Mangaló, também na zona norte, saíram 30 veículos. Na garagem do Jaguara há um total de 555 ônibus e na outra, 275. A liberação dos ônibus começou por volta das 9h55, após um tumulto na porta do maior estacionamento.

A empresa estima que  levará ainda cerca de uma hora e meia para que os 75% de ônibus da frota, uma determinação judicial, saia dos pátios. Contudo, ainda há um grupo de motoristas e cobradores em greve. (Caio do Valle – O Estado de S. Paulo)

11h30 - Avenida 23 de Maio, no sentido Santana, tem 3,9 quilômetros de lentidão entre os viadutos João Julião da Costa Aguiar e Euclides Figueiredo.

11h20Avenida dos Bandeirantes tem 4,6 quilômetros de lentidão no sentido Marginal, entre os Viadutos Dante Delmanto e Santo Amaro.

11h11Radial Leste, no sentido Centro, tem 5,6 quilômetros de lentidão entre o Metrô Vila Matilde e o Viaduto Pires do Rio.

11h02 - São Paulo tem 143 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

10h56 - Ônibus da Sambaíba teve o pneu furado em frente ao Terminal Vila Nova Cachoeirinha. (Laura Maia Castro – O Estado de S. Paulo)

Foto: Laura Maia de Castro/Estadão

10h54 - Marginal Pinheiros, no sentido Interlagos, tem 9,3 quilômetros de lentidão na via Expressa, entre o acesso à Castelo e a ponte Cidade Jardim.

10h34 - Juntas, as viações Miracatiba, Osasco e Mobi Brasil operam 850 ônibus e atendem 190 mil pessoas por dia em Itapecerica e Embu (Miracatiba), Osasco e Carapicuíba (Osasco) e ABC e Diadema (Mobi Brasil).  A Urubupungá, que opera co 80% da capacidade, atende outras 80 mil pessoas por dia nas cidades de Osasco e Barueri.

10h33 - Segundo a Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU), que coordena o transporte intermunicipal na região metropolitana, três empresas estão completamente paradas: Miracatiba, Viação Osasco e Mobi Brasil. A Viação Urubupungá tem 20% da sua frota afetada pela paralisação. A manifestação dos motoristas e cobradores afeta passageiros das cidades de seis cidades e a região do ABCOsasco, Barueri e Carapicuiba, Itapecerica da Serra, Embu das Artes e toda a região do ABC e Diadema.

10h18 – Num clima de tensão, ônibus da empresa Santa Brígida começaram a deixar a garagem da viação, na Zona Norte,  por volta das 9h desta quinta-feira, 22. Três veículos articulados chegaram a ser apedrejados por funcionários paralisados e tiveram que retornar. A Polícia Militar interveio. Depois de uma negociação do diretor de operação da Santa Brígida, Danilo Alves dos Santos, os grevistas permitiram a saída de veículos às 9h55.

Ele explicou que a empresa poderia sofrer consequências, como o descredenciamento e a sua exclusão da operação de linhas pela São Paulo Transporte (SPTrans) em caso de continuidade da paralisação.

A Santa Brígida tem cerca de 3 mil motoristas e cobradores e 830 ônibus.  (Caio do Valle – O Estado de S. Paul0)

Foto: Caio do Valle/Estadão

10h14 - Marginal do Tietê, no sentido Castelo Branco, tem 23 quilômetros de lentidão na pista Expressa, entre a ponte do Imigrante Nordestino e o acesso à rodovia.

10h01 - Pelo menos três ônibus tiveram os pneus esvaziados por piquetes na avenida Inajar de Souza. Na altura do número 1145, no sentido centro, dois homens em uma moto abordaram um ônibus da Viação Gato Preto que seguia da Brasilândia para a Praça do Correio com passageiros por volta das 8h40. “A moto encostou na minha janela e um dos homens falou para eu tirar a mão do volante e ficar tranquilo. Depois eles esvaziaram o pneu do lado esquerdo e foram embora”, contou o motorista. Segundo o cobrador, o ônibus estava completamente lotado até mesmo com idosos. “Acho que eles não ficaram com medo, mas sim frustrados de não poderem seguir viagem”.

Funcionários da SPTrans estiveram no local onde o coletivo está parado e registraram com imagens o pneu furado. Até as 9h50, o ônibus ainda aguardava a equipe de manutenção que vem trocar o pneu. Segundo um funcionário da CET, ao todo foram cerca de 7 ônibus que tiveram pneus furados na mesma avenida. (Laura Maia de Castro – O Estado de S. Paulo)

Foto: Laura Maia de Castro/Estadão

09h57 - A Companhia de Engenharia do Tráfego (CET) registrou novo recorde de trânsito para a manhã nesta quinta-feira, 21. Às 9h30, as vias monitoradas pela CET apontavam 168 quilômetros de lentidão. No horário, o normal é que o congestionamento esteja entre 74 e 102 quilômetros.  Na terça-feira, 20, houve recorde para o dia devido ao protesto de motoristas na capital.

09h53 - O leitor Charles Querino enviou imagem do trânsito na Marginal do Pinheiros, sentido  Santo Amaro.  Há 6,6 quilômetros de lentidão no trecho, segundo a CET.

Charles Querino/Whatsapp

09h22 - São Paulo tem 161 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

09h12 - CET registra recorde de trânsito no período da manhã: às 9h, havia 158 quilômetros congestionados nas vias monitoradas pela Companhia.

09h02 – Terminal Capão Redondo está esvaziado. A foto é do leitor Mario Henrique, enviada ao Estado pelo Whatsapp de número  (11) 9-7069-8639.

 

09h00 - Sem se identificar, motoristas e cobradores que estão trabalhando disseram que até as 10h, a circulação estará garantida, mas que depois desse horário o funcionamento das linhas depende do resultado da reunião com o Prefeito. (Laura Maia de Castro – O Estado de São Paulo)

08h59 - Na manhã desta quinta-feira, 22, não há ônibus obstruindo nem a entrada nem a saída do Terminal da Lapa. Depois de dois dias bloqueado por coletivos com pneus esvaziados e estacionados dentro do terminal, hoje há circulação de algumas linhas que operam no local. As quatro linhas da empresa Gato Preto estão circulando com menos ônibus e por isso os intervalos estão prolongados. Duas linhas da Transpass operam normalmente, mas nenhum ônibus das 12 linhas da Santa Brigida saiu da garagem da empresa.  (Laura Maia de Castro – O Estado de São Paulo)

08h54 - SP Trans informa que diversos ônibus, inclusive da operação Paese, tiveram os pneus esvaziados ao longo da Avenida Inajar de Souza, no bairro do Limão. Não confirma, no entanto, se a ação partiu dos motoristas.

Ainda de acordo com a SP Trans, os motoristas tentaram fechar o terminal Cachoeirinha, na zona oeste de São Paulo, mas foram impedidos por funcionários que trabalhavam no local.

08h47 – Marginal do Tietê, sentido rodovia Castelo Branco, tem 23 quilômetros de lentidão da ponte Imigrante Nordestino até a rodovia Castelo Branco, pista expressa.

08h26 – Marginal do Tietê, sentido rodovia Castelo branco, tem 17 quilômetros de lentidão na pista expressa, da ponte Presidente Dutra até a rodovia Castelo Branco. Na pista local, outros 9,4 quilômetros congestionados, da ponte do Limão até a rodovia Castelo Branco.

08h23 - Mesmo com paralisação de algumas linhas de ônibus, o rodízio de veículos está valendo nesta quinta-feira.

08h20 - Lentidão na rodovia Ayrton Senna, sentido interior, do quilômetro 19 ao 18.

08h20 - São Paulo tem 133 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

08h18 - Situação normalizada na estaçao Lapa e linha 8 – Diamante da CPTM.

08h16 – Terminal Engenho Velho, em Embu das Artes, região de Itapecerica da Serra, está vazio. A imagem foi enviada pela leitora Agatha Christie Vieira.

Agatha Christie Vieira/Whatsapp

08h08 – Rodovia Castelo Branco, sentido capital, tem tráfego lento em Jandira, na pista  expressa, do quilômetro 16 ao 18.

08h02 - O leitor Thiago Felipe Alves Fonseca, que mora em Osasco, relata que foi obrigado a descer do ônibus da viação Urubupungá por pessoas que pareciam funcionários da empresa. “Entrei em um ônibus no Terminal Helena Maria, que saiu cheio e andou uns cinco pontos de ônibus. Quando o ônibus parou em um semáforo, passaram uns funcionários da empresa e pediram para a gente descer. O motorista desligou o motor e abriu as três portas.”

08h01 – Linha 8 – Diamante da CPTM ainda opera com velocidade reduzida. A estação Lapa está fechada para redução do número de passageiros. Segundo a empresa, a linha já está em processo de normalização.

 

07h54 - Alunos da USP fazem protesto em frente à garagem da viação Santa Brígida.

Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo

 

07h53 - São Paulo registra 119 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET, valor acima da média para o horário.

07h45 - Estação Lapa está fechada devido ao alto número de passageiros. Um problema de falha de energia afetava a linha 8 – Diamante da CPTM e lotou a estação, mas já foi resolvido.

07h44 – Avenida dos Bandeirantes, sentido marginal, tem 5,1 quilômetros de lentidão da ponte Casa Verde até a ponte Atílio Fontana.

07h42 - São Paulo tem 99 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

07h38 - Imagem enviada pelo leitor Sulivan Bruno Damasceno, que está na estação da CPTM Palmeiras-Barra Funda.

Sulivan Bruno Damasceno/Whatsapp

07h37 - São Paulo está com trânsito acima da média no momento: há 82 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

07h26 - Aviso em cartaz do Metrô afirma que as linhas de ônibus do terminal Capão Redondo estão paralisadas, exceto Vila Louro e Chácara Flórida. Não há previsão de normalização. A imagem foi enviada pelo leitor André Izidoro.

André Izidoro/Whatsapp

07h16 - O leitor  Sulivan Bruno Damasceno enviou imagem da estação Lapa, linha 8 – Diamante da CPTM, que sofre com paralisação por falha em energia desde o início da manhã. Segundo ele, os trens já partem em direção à Barra Funda.

Sulivan Bruno Damasceno/Estadão

07h12 - Ônibus da garagem da viação Gato Preto devem atrasar, pois saíram da garagem uma hora após o horário. A empresa atende as regiões oeste e sudoeste de São Paulo.

07h09 - Pista expressa da Marginal do Tietê, sentido rodovia Castelo Branco, tem 10,8 quilômetros de lentidão desde a rua Brazelisa Alves de Carvalho.

07h04 - Segundo a SP Trans, apenas a viação Santa Brígida mantém as  garagens paralisada em São Paulo. A empresa opera 770 coletivos.

07h04 – 95 ônibus da operação Paese estão acionados em quatro linhas diferentes:

1) Terminal Pirituba – Largo Paiçandu

2) Terminal Piritupa – Praça Ramos de Azevedo

3) Terminal Pinheiros – Vila Iório

4) Terminal Vila Nova Cachoeirinha – Largo Paiçandu

06h55 - São Paulo tem 57 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET. A Marginal do Tietê, sentido rodovia Castelo Branco já registra 9,5 quilômetros de lentidão na pista expressa, da ponte do Limão até a Rodovia Castelo Branco. Na pista local, há sete quilômetros congestionados, desde a ponte Freguesia do Ó.

06h52 - Circulação de trens da linha 8 – Diamante da CPTM está interrompida por causa de falha em energia, entre as estações Julio Prestes e Lapa.

06h49 - Greve de motoristas e cobradores prejudicou pelo menos um milhão de usuários. Leia reportagem de Metrópole.

06h48 - Assista ao resumo da TV Estadão sobre a paralisação de motoristas durante toda a quarta-feira, que ainda persiste na garagem da viação Santa Brígida, na capital.

06h45 - Acidente na Marginal do Pinheiros ocupa quatro faixas no sentido Interlagos, pista expressa, após a ponte Fepasa.

06h44 – Rodovia Ayrton Senna, sentido São Paulo, tem lentidão do quilômetro 19 ao 11.

06h38 - A leitora  Nathália Reis Leite enviou uma imagem da fila que se forma em ponto de ônibus em Osasco.  A paralisação também atinge a região.  A foto é da Avenida Santiago Rodilha, no Jardim Veloso.  Viações Osasco e Urubupungá atendem o município.

Nathália Reis Leite/Whatsapp

06h20 - O leitor Luis Henrique Andrade informa ao Estado, por Whatsapp (11 – 9-7069-9639), que  não há nenhum ônibus circulando em Itapacerica da Serra, região metropolitana de São Paulo, por causa de paralisação da viação Miracatiba.

06h18 – Segundo a SP Trans, a viação Gato Preto retomou as atividades e somente a empresa Santa Brígida ainda mantém a paralisação. A Operação Paese – Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência deve ser acionada em alguns minutos.

06h15 – Rodovia Anchieta tem tráfego lento do quilômetro 16 ao 10, por excesso de veículos, no sentido São Paulo.

06h14 – Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, tem quase três quilômetros de lentidão na pista expressa, da ponte Atílio Fontana até a Rodovia Castelo Branco.

06h04 - Motoristas das viações Santa Brígida e Gato Preto bloqueiam os coletivos nas garagens das empresas na manhã desta quinta-feira. O motorista Joaquim de Jesus, da Santa Brígida, afirmou que “não houve acordo nenhum” e que a paralisação continua, sem previsão de retorno às atividades.  Eles atendem terminais como  Pirituba, Lapa e Cachoeirinha, na zona oeste da cidade.

05h15 - Bom dia! Iniciamos a cobertura do trânsito na cidade de São Paulo, principais rodovias do estado e transporte público na capital.