1. Usuário
Assine o Estadão
assine

TRÂNSITO AGORA: acompanhe o trânsito em São Paulo e o tráfego nas estradas de SP nesta quarta-feira, 21 de maio

Felipe Tau

21 maio 2014 | 05:26

Está com problemas no trânsito? Mande seu relato para o Estado por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 e ajude outros motoristas a fugir dos congestionamentos. Durante todo o dia recebemos informações e imagens de ruas e avenidas paradas com a hashtag #TransitoEstadao no Instagram. Não se esqueça de citar o local, o número aproximado e o sentido. As principais dicas vão aparecer no nosso Instagram e no nosso site. Mande e receba informações sobre o trânsito em São Paulo também pelo Twitter do Estadão, usando a hashtag #TransitoEstadao.

21h50 - Encerramos aqui a cobertura do trânsito em São Paulo . Boa noite!

21h04 - Segundo a SPTrans, ainda há bloqueios somente no terminal Lapa. Os terminais Campo Limpo, Grajaú, Varginha, Parelheiros, Santo Amaro, Jardim Ângela, Sacomã e Mercado estão abertos, mas não há operação de ônibus.Já nos terminais Bandeira, João Dias, Capelinha, Guarapiranga, Pinheiros, Pirituba, Casa Verde, Cachoeirinha, Amaral Gurgel, Penha, São Mateus e Parque Dom Pedro II, há oferta de ônibus inferior à registrada em dias de operação normal do sistema.

20h54 - Com muletas, aposentado caminha quatro quilômetros para chegar a hospital durante paralisação dos ônibus em SP. Leia mais.

20h49São Paulo registra 43 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h45 - O comprador Paulo Eduardo, de 29 anos, trabalha no Brás e estava sofrendo para voltar para casa. Ele teve de pegar o Metrô até a Barra Funda, trem da CPTM para chegar na Lapa e estava aguardando uma van há cerca de meia hora para levá-lo ao Peri. Em dias normais, Eduardo pega dois ônibus e chega em casa em uma hora e meia. “Está sofrido voltar pra casa, desde ontem”, disse. (Mônica Reolo/Estadão)

20h43 - Os ônibus no terminal Lapa começaram a sair em direção às garagens às 20h30. Nenhum vai entrar em circulação nesta quarta. Eles só voltarão à operar normalmente na madrugada de quinta. (Mônica Reolom/Estadão)

20h40Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem congestionamento de 7,2 quilômetros na pista expressa entre as pontes Ary Torres e Transamérica.

20h30 – O leitor do Estadão William Saborido relatou, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, a atividade irregular de vans no Terminal Grajaú que estão cobrando R$ 5 para transportar os passageiros afetados pela greve.

William Saborido/Estadão

20h24São Paulo registra 83 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

20h22 – Confira situação de outros terminais:

Terminais sem circulação de ônibus

Grajaú
Varginha
Parelheiros
Santo Amaro
Jardim Ângela
Sacomã
Mercado

Terminais com funcionamento parcial

Bandeira
João Dias
Capelinha
Guarapiranga
Pinheiros
Pirituba
Casa Verde
Cachoeirinha
Amaral Gurgel
Penha
São Mateus
Parque Dom Pedro II

20h19 - Dois terminais permanecem bloqueados: Lapa e Campo Limpo.

20h09 – A repórter Thais Arbex nos enviou uma imagem da estação Sé do Metrô vazia na plataforma de embarque por volta das 19h30. A Linha 1-Azul também tem movimento tranquilo entre as estações Santa Cruz e Paraíso.

Thais Arbex/Estadão

20h08Corredor Norte-Sul, sentido aeroporto, tem quatro quilômetros de lentidão entre os viadutos Euclides Figueiredo e João Julião da Costa Aguiar.

19h52Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, com retenção de 6,2 quilômetros entre a Rua Octávio de Oliveira Santos e o Viaduto Aliomar Baleeiro.

19h46 - São Paulo registra 131 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

19h41Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, tem lentidão de 7,2 quilômetros na pista expressa entre as pontes Ary Torres e Transamérica.

19h39 - Por causa de falha em trem na estação Sacomã, a Linha 2-Verde do Metrô opera em velocidade reduzida.

19h33Avenida Washington Luis, sentido bairro, com lentidão de oito quilômetros do Viaduto João Julião da Costa Aguiar ate a Avenida Vitor Manzini.

19h30Rodovia Raposo Tavares, sentido capital, com lentidão entre os quilômetros 27 e 22.

19h26 - A Prefeitura de São Paulo pretende endurecer a cobrança do cumprimento dos contratos com as empresas de ônibus que operam na cidade. Leia mais.

19h25 - Grevistas prometem volta ao trabalho, mas exigem reunião com Haddad. Leia mais.

19h23 - O movimento na estação da Sé estava normal por volta das 18h30. Algumas pessoas, no entanto, estavam no local não por opção, mas porque era a única alternativa para voltar para casa. “Hoje de manhã viemos até a Sé de ônibus, normalmente. Agora eu não tenho como voltar para casa”, reclamou a copeira Natércia, de 48 anos, que não quis dizer o sobrenome. Ela e a amiga, a doméstica Mercedes, de 52, moram em Interlagos e não sabiam como iriam voltar para casa. “Nos enganaram. Por que não pararam todos de uma vez? Agora vamos ter de ir até o Jabaquara e tentar pegar as vans que estiverem passando”, disse Natércia. “Amanhã se tiver paralisação, nem saio de casa. É uma falta de respeito com a gente”, afirmou Mercedes, que ontem caminhou da Sé até o Ibirapuera para conseguir achar um ônibus. (Mônica Reolom/Estadão)

19h19Marginal do Tietê, sentido Castelo Branco, com lentidão de 8,7 quilômetros na pista local entre a Rodovia Presidente Dutra e a Ponte Júlio de Mesquita Neto.

19h15São Paulo registra 158 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

19h12 - O sindicato patronal obteve liminar hoje que obriga cada linha de ônibus a circular com no mínimo 75% de sua capacidade amanhã. Se não, será aplicada multa. (Caio do Valle/Estadão)

19h10 - Segundo o superintendente do Ministério do Trabalho Luiz Antonio Medeiros, as empresas estão intransigentes e não aceitaram negociar com os grevistas. Por isso, agora a expectativa dele é de que Haddad possa ajudar a abrir a discussão. O prefeito porém ainda não foi comunicado. (Caio do Valle/Estadão)

19h09 - O grupo de motoristas e cobradores grevistas promete voltar a trabalhar na madrugada desta quinta-feira, 22. A decisão foi anunciada após reunião na Delegacia Regional do Trabalho na tarde desta quarta-feira, 21, e está condicionada a uma reunião com o prefeito Fernando Haddad (PT) às 10h de quinta. A intenção da DRT é que Haddad reabra as negociações da campanha salarial. (Caio do Valle/Estadão)

19h04 - Com medo de retaliações e mais ônibus queimados, viação pede que veículos da concessionária voltem para garagem. Leia mais.

18h55 - Rodovia Régis Bittencourt, sentido São Paulo, tem cinco quilômetros lentidão em Taboão da Serra entre o 277 e 272. No sentido Curitiba, também há quatro quilômetros de retenção em Embu das Artes, do 279 ao 283.

18h53 - Segundo a CET, quatro vias ainda seguem bloqueadas por ônibus enfileirados. São elas: Rua Teodoro Sampaio, Avenida Inajar de Souza, Avenida Rangel Pestana e Estrada do Campo Limpo.

18h50 - Segundo a SPTrans, apenas dois terminais de ônibus seguem paralisados: Lapa e Campo Limpo.

18h36 – São Paulo tem, neste momento, 194 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

18h24 - Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, tem 13,7 quilômetros de lentidão na pista expressa, da Ponte Cruzeiro do Sul até a Rodovia Castelo Branco. Na pista central, há 13 quilômetros de filas entre as Pontes Cruzeiro do Sul e dos Remédios.

18h18 - A leitora do Estadão Sophia Winkel nos mandou, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, uma foto do Terminal Santana.

Foto: Sophia Winkel

18h14 - Segundo SPTrans, nove terminais de ônibus estão bloqueados neste momento. Os terminais prejudicados pela greve de motoristas e cobradores são: Sacomã, Mercado, Lapa, Casa Verde, Pirituba, Santo Amaro, Cachoeirinha, Campo Limpo e Pinheiros.

18h10 - Com medo de retaliações, Viação Cidade Dutra pede que ônibus voltem para garagem. Confira matéria completa.

18h07 – São Paulo tem 144 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET. 18h06 – Acervo Estadão: São Paulo já ficou até nove dias parada por causa de greve de ônibus. Confira matéria na íntegra.

18h04 - O sindicato patronal das operadoras de ônibus de São Paulo (SP Urbanuss) agendou uma audiência para julgar a legalidade da paralisação dos motoristas e cobradores de ônibus no Tribunal Regional do Trabalho às 13h45 da quinta-feira, 22.

O sindicato da categoria (Sindmotoristas) já foi intimado, segundo a Delegacia Regional do Trabalho (DRT) que está mediando uma negociação entre as partes.

Porém, o próprio Sindmotoristas é contra a atual paralisação, que está sendo realizada por um grupo independente de motoristas e cobradores. (Caio do Valle/Estadão)

18h02 - O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que a cidade de São Paulo já tem 15 ocorrências de pessoas armadas que invadiram ônibus, roubaram as chaves dos veículos e cortaram as correias dos motores. Essas pessoas estariam agindo de moto na região sul da cidade (Bruno Ribeiro/Estadão). Leia matéria completa.

18h00 - Antes da reunião, Tatto havia afirmado que homens armados estavam participando de abordagem a coletivos e obrigando motoristas a entregarem as chaves. Grela disse que todos os crimes relacionados a esta onda de protestos serão apurados. (Bruno Ribeiro/Estadão)

17h57 - Após reunião na tarde desta quarta-feira, 21, o secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, e o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella, decidiram manter um agente da SPTrans dentro do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), para acelerar a comunicação entre a Prefeitura e a polícia e combater abandonos de ônibus nas vias públicas.  Confira matéria completa aqui.

17h39 - Avenida Ibirapuera, sentido bairro, tem 3,1 quilômetros de lentidão a partir da Avenida Pedro Álvares Cabral.

17h32 – Avenida 23 de Maio, sentido Aeroporto, tem 5,7 quilômetros de tráfego lento entre os Viadutos Santa Generosa e João Julião da Costa Aguiar.

17h30 - Avenida Washington Luis, sentido bairro, tem oito quilômetros de lentidão do Viaduto João Julião da Costa Aguiar até a Avenida Vitor Manzini.

17h22 - Segundo a SPTrans, neste momento há seis terminais de ônibus bloqueados por causa da greve de motoristas e cobradores. São eles: Lapa, Casa Verde, Pinheiros, Pirituba, Santo Amaro e Cachoeirinha. 17h16 – São Paulo tem 129 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

17h14 - A leitora do Estadão Sophia Winkel nos enviou, por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, a imagem da Estação Pinheiros completamente vazia.

Foto: Sophia Winkel/Estadão

17h11 - Todas as linhas do Metrô e da CPTM operam normalmente.

17h09 - Em conversa com a Rádio Estadão, o promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes disse que paralisação dos ônibus é provocada por “baderneiros e arruaceiros” e fala que o movimento é ilegal. Confira a entrevista na íntegra.

17h06 - Marginal do Pinheiros
, sentido Interlagos, tem sete quilômetros de lentidão na pista expressa, da Rodovia Castelo Branco à Ponte Eusébio Matoso.

17h02 - Já no sentido Rodovia Ayrton Senna, Marginal do Tietê apresenta quase seis quilômetros de filas na pista expressa, a partir da Ponte do Limão. Na pista central, são 3,2 quilômetros entre as Pontes Cruzeiro do Sul e Presidente Jânio Quadros. Por fim, a pista local tem dois pontos de tráfego lento, ambos com 1,6 quilômetro: da Ponte do Rio Tamanduateí à Cruzeiro do Sul; e entre as Pontes Vila Guilherme e Presidente Jânio Quadros.

16h59 - Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, tem 12,2 quilômetros de lentidão na pista expressa da Ponte do Rio Tamanduateí até a Rodovia Castelo Branco. Na central, são dez quilômetros de congestionamento, entre as Pontes da Casa Verde e dos Remédios; enquanto na local há dois pontos de retenção: da Ponte do Piqueri até a Rodovia Castelo Branco (5,4 quilômetros) e entre as Pontes da Casa Verde e Júlio de Mesquita Neto (2,5 quilômetros).

16h54 – São Paulo tem 106 quilômetros de congestionamento nas vias monitoradas pela CET. 16h53 - A leitora do Estadão Bruna Farias nos mandou, por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, o registro da Estação Pinheiros em situação bastante complicada.

Foto: Bruna Farias/Estadão

16h47 - Reunião tenta colocar fim à greve de motoristas e cobradores na cidade de São Paulo. Confira matéria completa aqui.

16h45 - Avenida Paulista está liberada em relação a manifestação. Mais cedo, ato dos servidores do Judiciário bloqueou a via no sentido Consolação.

16h33 - Avenida João Dias, junto ao Terminal João Dias, também está liberada, segundo a CET. 16h29 - Também estão liberadas a Estrada M’Boi Mirim, próximo ao Terminal Jardim Ângela, e a Rua Butantã, em Pinheiros, na zona oeste. As informações são da CET.

16h27 - Segundo a CET, Avenida Professor Francisco Morato começa a ser liberada. Ônibus enfileirados interditavam a via durante esta quarta-feira, 21.

16h26 – São Paulo tem 86 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

16h24 - Servidores do Judiciário realizam ato na Avenida Paulista e bloqueiam a via no sentido Consolação. De acordo com o Sintrajud, a categoria reivindica o direito à data-base, reposição de perdas salariais, defesa da carreira e melhoria das condições trabalho.

16h09 – São Paulo tem, neste momento, 66 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

16h08 - Manifestação bloqueia Avenida Paulista, sentido Consolação.

Foto: Carolina Libardi/Estadão 

16h03 – Manifestação na Avenida Paulista, sentido Consolação, junto à Rua Peixoto Gomide. A leitora do Estadão Carolina Libardi nos enviou uma foto do protesto, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639.

Foto: Carolina Libardi/Estadão

15h53 - O leitor do Estadão Daniel nos enviou, por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, uma foto dos ônibus enfileirados ao lado do Terminal Santo Amaro.
15h45 - 
Na opinião do ministro-chefe da Secretaria Geral, Gilberto Carvalho, greve de ônibus em São Paulo é ‘irresponsabilidade’. Confira matéria completa aqui.

15h38 - Segundo a CET, Avenida Rebouças, bloqueada desde cedo por ônibus enfileirados, também começa a ser liberada.

15h33 - Em nota, a SPTrans afirma que solicitou apoio policial para garantir a operação em algumas garagens. Há paralisações em 11 garagens de cinco empresas concessionárias.

15h29 - Também segundo a SPTrans, outros dez terminais estão com a circulação de ônibus prejudicada, apesar de estarem abertos. São eles: Parque Dom Pedro II, Princesa Isabel, Santana, Barra Funda, Jardim Britânia, Grajaú, Capelinha, Guarapiranga, Aricanduva e AE. Carvalho.

15h27 - Em nota, a SPTrans informa que há nove terminais de ônibus bloqueados neste momento. Os terminais prejudicados pela greve dos motoristas e cobradores são: Mercado, Lapa, Pinheiros, Pirituba, Casa Verde, Sacomã, Santo Amaro, João Dias e Cachoeirinha.

15h22 - A leitora do Estadão Fabiana Botelho nos enviou, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, o registro de ônibus estacionando na Avenida Dona Belmira Marin, no Grajaú. Os passageiros precisam fazer o trajeto a pé.

Foto: Fabiana Botelho/Estadão

15h00 - Ônibus começam a desbloquear a Faria Lima. Desde cedo, coletivos em fila interditavam a via.

14h56 - Segundo a SPTrans, 11 garagens de ônibus estão bloqueadas. Quatro da empresa Sambaíba, duas da Santa Brígida, duas da Gato Preto, duas da Via Sul e a última da VIP (M’Boi Mirim).

14h50 - Todas as linhas do Metrô e da CPTM operam normalmente. 14h47 - Ministério Público abre dois inquéritos para apurar paralisação de ônibus. Confira a matéria completa aqui.

14h44 - Neste momento, há dez terminais de ônibus paralisados, segundo a SPTrans. Sacomã, Mercado, Dom Pedro II, Lapa, Casa Verde, Pinheiros, Pirituba, João Dias, Santo Amaro e Cachoeirinha estão bloqueados por causa do segundo dia de greve de motoristas e cobradores.

Nesta quarta-feira, 21, a cidade de São Paulo chegou a ter 15 terminais bloqueados, também segundo a SPTrans. No entanto, os terminais Capelinha, Guarapiranga, Grajaú, Aricanduva e A.E. Carvalho foram liberados e alguns ônibus já começam a circular.

14h36 – A greve de motoristas e cobradores de ônibus também atinge a cidade de Osasco, na região metropolitana de São Paulo. A leitora do Estadão Juliana Guimarães nos enviou, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, a imagem de policiais tentando controlar o trânsito e evitar conflitos. “A cidade está um caos”, diz. Segundo ela, um motorista que tentava trabalhar teve a chave do ônibus roubada por grevistas. O sindicato também tenta convencer os motoristas a voltarem ao trabalho.

Foto: Juliana Guimarães/Estadão

14h10 - Desde cedo, a Avenida Rebouças está bloqueada nos dois sentidos por ônibus estacionados. (Foto: Laura Maia de Castro/Estadão)
14h07 -
Os corredores da Avenida Rebouças estão bloqueados nos dois sentidos. Desde cedo, dezenas de ônibus estão estacionados na via. Na esquina com a Faria Lima, motoristas em greve abordaram os que ainda tentavam circular. Com os braços, sinalizam de que todos tinham de parar.

Os passageiros, obrigados a descer, ficaram revoltados. “Não consigo voltar para casa desde ontem”, gritava uma passageira enquanto atravessava a rua. “Vou ter de ir andando de novo até o Metrô Butantã. Isso é uma porcaria!”, disse a cozinheira Meira Cardoso, de 34 anos. Ela mora na Raposo Tavares e trabalha em Moema. (Laura Maia de Castro/Estadão)

14h02 - Dezenas de ônibus  estão estacionados na Faria Lima, tanto no corredor de ônibus quanto na faixa esquerda da via, no sentido Pinheiros. Os coletivos estão com o pisca alerta ligado. Em alguns, não há motorista ou cobrador dentro. “Estava passando por volta das 9h, quando alguns companheiros de trabalho da Santa Brígida me mandaram parar. Eles avisaram que, se a gente fosse até o Terminal Pinheiro,  ia ter depredação”, disse um cobrador da Consórcio 7, que atua na zona sul da cidade. Ele preferiu não se identificar. (Laura Maia de Castro/Estadão)

13h51 - Até o meio-dia, ao menos 300 mil passageiros foram prejudicados pela paralisação dos ônibus na cidade de São Paulo, nesta quarta-feira, 21. A informação é da SPTrans.

13h49 - Neste momento, 13 terminais de ônibus estão parados na cidade de São Paulo, no segundo dia de greve dos motoristas e cobradores. De acordo com a SPTrans, os seguintes terminais foram afetados: Sacomã, Mercado, Capelinha, D. Pedro II, Lapa, Casa Verde, Pinheiros, Pirituba, João Dias, Grajaú, Santo Amaro, Guarapiranga e Aricanduva.

13h30 - O leitor do Estadão Caio Rodrigues nos enviou, por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, o registro de um ônibus que parou e obrigou os passageiros a descerem na Faria Lima.

Foto: Caio Rodrigues/Estadão

13h22 – Avenida Professor Francisco Morato está bloqueada por causa da greve de motoristas e cobradores de ônibus. No sentido centro, há 2,6 quilômetros de congestionamento.

13h10 - A leitora do Estadão Cláudia do Amaral nos mandou, via WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, uma imagem dos ônibus estacionados na Rua Tomé de Souza, na Lapa.

Foto: Cláudia do Amaral/Estadão

13h04 - As cinco empresas de ônibus que tiveram as garagens bloqueadas por motoristas, cobradores e funcionários de manutenção nesta quarta-feira, 21, detêm 62% da frota concessionada da capital paulista (Caio do Valle/Estadão). Leia matéria na íntegra.

13h01 - O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, anunciou uma reunião com o secretário de Estado de Segurança Pública, Fernando Grella, às 15h30 desta terça feira, 21, para coordenar ações da Polícia Militar na desobstrução de vias bloqueadas (Bruno Ribeiro/Estadão). Confira a matéria completa aqui.

12h58 - Quatro representantes dos motoristas e cobradores de ônibus representarão a categoria na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) na tarde desta quarta-feira, 21. A decisão foi tomada em uma reunião na garagem da empresa Santa Brígida, na zona norte, da qual participou o superintendente do Ministério do Trabalho, Luiz Antonio Medeiros. Confira a matéria completa aqui.

12h51 - A SPTrans confirma dez terminais de ônibus paralisados nesta quarta-feira, 21, na cidade de São Paulo, por causa da greve de motoristas e cobradores. Os terminais parados são: Sacomã, Mercado, D. Pedro, Lapa, Casa Verde, Pinheiros, Pirituba, João Dias, Grajaú e Santo Amaro.

12h38 - Fila de ônibus bloqueia também o Terminal João Dias, na zona sul da cidade. 12h33 - Dez garagens também estão bloqueadas, segundo a SPTrans, na cidade de São Paulo. Quatro delas são da empresa Sambaíba, duas da Santa Brígida, duas da Gato Preto, uma da Via Sul e a última da VIP (M’Boi).

12h25 - De acordo com a SPTrans, há quatro terminais de ônibus parados: Parque D. Pedro II, Lapa, Expresso Tiradentes e Guarapiranga.

12h20 – São Paulo tem 46 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET. 12h19 - Avenida João Dias, sentido bairro, também está bloqueada junto ao Terminal João Dias.

12h05 - O leitor do Estadão Alex Brown de Resende  envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 um registro da Avenida Professor Francisco Morato. Segundo ele, a fila de ônibus começa no centro de Taboão e vai até a rua do Engenho.

Foto: Alex Brown de Resende/WhatsApp/Divulgação

12h - O secretário de Transporte Jilmar Tatto acaba de anunciar que o rodízio da tarde desta quarta-feira foi suspenso. 11h58 - Nenhum representante dos motoristas e cobradores paralisados em São Paulo compareceu à audiência de conciliação ocorrida na manhã desta quarta-feira, 21, na sede da Delegacia Regional do Trabalho (DRT), no centro. (Caio do Valle – O Estado de S. Paulo)

11h48 - Dezenas de ônibus  estão estacionados  na Faria Lima tanto no corredor de ônibus quanto na faixa esquerda da via sentido Pinheiros. Os coletivos estão com o pisca alerta ligado e alguns nao estao nem com motorista nem cobrador dentro.”Estava passando por volta das 9h e alguns companheiros de trabalho da santa brigida disseram para eu parar e avisaram que se a gente fosse até o terminal pinheiro,  ia ter depredação“, disse um cobrador da consórcio 7, que atua na zona sul da cidade. Ele preferiu nao se identificar. (Laura Maia Castro – O Estado de S. Paulo)

11h32 – A SPTrans informa que 3 terminais estão bloqueados pelos manifestantes no momento:  Parque D. Pedro II Lapa, e o Expresso Tiradentes. O Terminal Capelinha estava fechado até as 10h25, quando foi reaberto. No entanto, os ônibus não conseguem chegar até lá, e a frota que estava no local foi recolhida.

11h17 - A leitora do Estadão Daniela Gomes Silva envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 um registro do Terminal Osasco, que fica ao lado da Estação da CPTM. O Terminal está completamente vazio, no momento.

Foto: Daniela Gomes Silva/WhatsApp/Divulgação

11h13 – Na Avenida Inajar de Souza, sentido Freguesia do Ó, os manifestantes adotam atitude parecida com a de Pinheiros: desligam os ônibus no corredor de ônibus próximo à rua Bartolomeu de Canto e deixam os passageiros descerem.

11h10 – O leitor do Estadão Rafael Salles envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639 um registro da situação na Marginal do Pinheiros, que é bastante afetada pela manifestação dos motoristas e cobradores desta quarta. No momento, são 8,5 quilômetros de lentidão no sentido Castelo Branco, entre o Hotel Transamérica e a Ponte Cidade Jardim.

Foto: Rafael Salles/WhatsApp/Divulgação

11h04 - Motoristas e cobradores estacionam seus ônibus e os deixam vazios nos corredores de ônibus da Avenida Brigadeiro Faria Lima, sentido Pinheiros; Avenida Rebouças, sentido bairro; Avenida Eusébio Matoso, sentido centro; e Rua Butantã, sentido único. Na Faria Lima, uma faixa de veículos também está ocupada. A CET já recomenda que os motoristas evitem a região.

10h46 - Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que cuida dos ônibus intermunicipais, a Viação Osasco, Viação BB, Viação Carapicuiba, Viação Pirajussara, Viação Raposo Tavares e Viação Atual tiveram problemas em algumas de suas linhas.  Um dos principais problemas relatados são ameaças anônimas de vandalismo.

10h40 - A manifestação que caminha na Estrada do M’Boi Mirim, sentido Marginal, ocupa agora os dois sentidos.

10h31 - Pelo menos 300 motoristas da  Viação Santa Brígida estão paralisados em frente à garagem da empresa, na zona oeste da cidade. Eles recusaram o aumento de 10% proposto pelo Sindicato de Motoristas e Cobradores de São Paulo após um boato de que o prefeito Fernando Haddad teria aprovado 19%. “Sabemos que a população foi pega de calças curtas, mas nós também somos pais de família e vivemos em condições precárias”, afirmou o motorista Anderson Reis, que desde o início da paralisação,  tomou o papel de porta voz dos funcionários em greve. (Luiz Fernando Toledo – O Estado de S. Paulo)

Foto: Luiz Fernando Toledo/Estadão

10h29Motoristas e cobradores de ônibus que aderiram a paralisação na manhã desta quarta-feira, 21, vestiram nariz de palhaço no Terminal Lapa, na zona oeste de São Paulo, que está fechado. ”Há muito tempo é essa palhaçada. Eles prometem um aumento, nós esperamos, mas ele não vem. Sentimos muito pela população, mas a greve é necessária”, disse outro motorista, que preferiu não se identificar. Leia a matéria completa clicando aqui.

10h24 – CET também contabiliza 24 semáforos desligados ou em amarelo intermitente.

10h15 - O leitor Fernando Perez envia pelo WhatsApp do Estadão (11) 9-7069-8639 o registro da garagem da Empresa Santa Brigida, em Pirituba.

Foto: Fernando Perez envia pelo WhatsApp/Divulgação

10h11 - A CET registra 8 manifestações acontecendo em São Paulo desde a madrugada desta quarta-feira.

10h06 – Segundo a Assessoria da PM, uma manifestação de motoristas e cobradores de ônibus reúne por volta de mil pessoas no Terminal Jardim Ângela, na Zona Sul de São Paulo.  Os manifestantes bloqueiam todas as faixas da Estrada do M’Boi Mirim no sentido Centro.

10h – No Jardim Ângela, uma manifestação bloqueia totalmente as faixas da Estrada do M’Boi Mirim, no sentido Centro. A CET não soube informar quem participa da manifestação.

09h57 - Motoristas e cobradores vestem nariz de palhaço no Terminal Lapa: clique aqui para ler a matéria.

09h55 - A usuária do twitter Viviane Nascimento (@viviane361) registra a situação no Largo De Osasco, que está totalmente parado neste momento. Ao menos os ônibus da Viação Osasco estão parados nesta manhã.

Foto: twitter/Viviane Nascimento/Divulgação

09h51 - Você tem algo a contar sobre a manifestação dos motoristas e cobradores desta quarta-feira? Envie seu relato para a página do Facebook do Estadão ou no nosso número de Whatsapp: (11) 9-7069-8639.

09h48 - Motoristas e cobradores de ônibus fecham a faixa da esquerda e outra da direita da Avenida Brigadeiro Faria Lima, no sentido Pinheiros, entre as ruas Cardeal Arcoverde e Teodoro Sampaio.

09h37Não há ônibus obstruindo nem a entrada nem a saída do Terminal Pinheiros. Entretanto, segundo funcionários,  das cerca de 20 linhas que operam aqui, poucas estão circulando e com intervalo maior que o normal. Um aviso sonoro alerta os passageiros das linhas que estão ou não operando na manhã desta quarta-feira. As pessoas que chegam ao terminal têm a alternativa de pegar o trem ou o metrô na estação Pinheiros, que fica ao lado do terminal rodoviário. “Desci do metrô para pegar o ônibus até o trabalho.  É muito longe para seguir a pé. Já avisei ao meu chefe e devo voltar para casa porque estudo a noite”, disse a secretária Mariana Guimarães,  de 25 anos. (Laura Maia de Castro – O Estado de S. Paulo)

Foto: Laura Maia de Castro/Estadão

09h34 - Leia aqui a matéria sobre a paralisação dos motoristas e cobradores na madrugada desta quarta-feira. 09h33 – São Paulo tem 98 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

09h30 - Na Rodovia Raposo Tavares, o tráfego lento do quilômetro 29 ao 24 e do 13 ao 10, sentido SP.

09h17 - O leitor do Estadão Caio Rodrigues envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639o registro do cruzamento da Avenida Rebouças com a Faria Lima, onde os ônibus também estão estacionados nas faixas de ônibus, vazios.

Foto: Caio RodriguesCaio Rodrigues/WhatsApp/Divulgação

09h11 – O Secretário Municipal de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, afirma que a paralisação é feita por um terço dos trabalhadores da categoria. Ouça a entrevista de Tatto para a Rádio Estadão clicando aqui.

09h07 - Terminais parados ou praticamente vazios até o momento: Lapa, Vila Nova Cachoeirinha, Casa Verde, Santana,  Sacomã e Pirituba.

09h06 – Avenida Prestes Maia, no sentido Aeroporto, tem 3,9 quilômetros de lentidão entre as Praças Campo de Bagatelle e Bandeira.

09h02 - Os ônibus intermunicipais da Viação Osasco e da Urubupungá também estão parados.

08h53 - Depois de ficar acima da média para o horário, trânsito em São Paulo cai um pouco e atinge 88 quilômetros nas vias monitoradas pela CET.

08h48 - Um acidente envolvendo um carro e moto bloqueia a faixa da esquerda da Radial Leste, sentido Centro, na região da Rua Maciel Monteiro.

08h38 - No Terminal Lapa, um fiscal que não quis se identificar está no terminal da Lapa para “zelar pelo patrimônio da empresa” Santa Brigida. Ele está com as chaves dos ônibus que não estão acompanhados pelos motoristas e cobradores. “Muitos nao aguentaram mais porque estavam aqui desde a madrugada de ontem e foram embora sem rendição.  Infelizmente,  por não terem ficado com o patrimônio da empresa, devem ser penalizados”. O fiscal disse que apoia a luta dos motoristas e cobradores e lamenta que o sindicato dos fiscais  não faça parte do movimento. “A paralisação é justa e chegou a vez de São Paulo”. (Laura Maia de Castro/Estadão)

08h37Rádio Estadão: Terminal Ana Rosa funciona parcialmente, pelo menos três linhas que vão para a Zona Norte estão paralisadas, como Morro Grande e Brasilândia. Acompanhe a cobertura clicando aqui.

08h35 - O rodízio na capital foi mantido até o momento. Os veículos com placa de final 5 e 6 não devem circular entre as 7h e as 10h.

08h33 – Circulação de ônibus e micro-onibus é regular no Terminal CarrãoNão há linhas paradas e a movimentação de pessoas é tranquila, sem filas. (Luiz Fernando Toledo – O Estado de S. Paulo)

Foto: Luiz Fernando Toledo/Estadão

08h32Avenida 23 de Maio, no sentido Santana, tem 4 quilômetros de lentidão entre os viadutos João Julião da Costa Aguiar e General Euclides de Figueiredo.

08h28 – Ouça a entrevista do presidente do Sindmotoristas, José Valdevan, para a Rádio Estadão clicando aqui.

08h23 – No Terminal Lapa, motoristas que aderiram a paralisação vestiam nariz de palhaço na manhã desta terça-feira, 21. Alguns,  como Gilberto Cardoso, de 45 anos, estão no terminal desde as 4h da manhã de ontem.  ”Nenhum representante veio falar conosco. O nosso aumento,  sem contar a inflação é de apenas 2.4%”, disse Cardoso que há 15 anos trabalha como motorista. (Laura Maia de Castro – O Estado de S. Paulo)

08h19 – A paralisação dos motoristas na Avenida Francisco Morato é tratada como uma manifestação. No entanto, eles bloqueiam apenas a faixa de ônibus, nos dois sentidos.

Foto: Amanda Torres/WhatsApp/Divulgação

08h14 - Cinco das nove empresas de ônibus de São Paulo tem garagens paradas: Gato Preto, Santa Brigida, Sambaíba, Via Sul e Campo Belo.

08h12 - Terminais parados ou praticamente vazios até o momento: Lapa, Vila Nova Cachoeirinha, Casa Verde, Santana e Sacomã.

08h09 - Ouça a entrevista do Secretário Municipal de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, para a Rádio Estadão clicando aqui.

08h03 – Um acidente na Marginal do Pinheiros, sentido Castelo Branco, ocupa duas faixas  antes da Ponte Santo Dias da Silva. Marginal tem 8,5 quilômetros de lentidão na pista Expressa, entre o Hotel Transamérica a ponte da Cidade Jardim.

08h01 - Rodovia Raposo Tavares tem trânsito lento no sentido Capital, entre os quilômetros 32 e 19 e do 13 ao 10.

07h57 -No Terminal Penha, Zona Leste de São Paulo,  apenas uma linha está parada: Terminal Penha – Metrô Santana,  que é operada pela Sambaiba, sem previsão de retorno. As outras linhas circulam normalmente. O trânsito é intenso na região. (Luiz Fernando Toledo – O Estado de S. Paulo)

Foto: Luiz Fernando Toledo/Estadão

07h56 – Marginal Tietê, no sentido Castelo Branco, tem 5,6 quilômetros de lentidão entre a Ponte do Imigrante Nordestino e o acesso à Presidente Dutra.

07h53 - A leitora Amanda Torres envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, um registro da situação na avenida Francisco Morato, na Zona Oeste. Motoristas param os ônibus e pedem para os passageiros descerem.

Foto: Amanda Torres/WhatsApp/Divulgação

07h45 – Rádio Estadão: a paralisação dos motoristas de ônibus não tem previsão de acabar, segundo o presidente do sindicato de Motoristas e Cobradores, (Sindmototoristas), José Valdevan de Jesus Santos.

07h41 – O secretário municipal de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, dá entrevista neste momento para a Rádio Estadão. “Estes manifestantes não foram na Assembleia da categoria nem votaram. Agora estão fazendo isso. Eles são uma dissidência. Esta é uma briga política dentro sindicato, mas que acaba afetando cidade”. Tatto defende uma investigação policial para descobrir os líderes dessa manifestação. “Esse grupo não tem interlocutores, as lideranças por não aparecem, não atendem o telefone.”

07h32 - O rodízio na capital foi mantido até o momento. Os veículos com placa de final 5 e 6 não devem circular entre as 7h e as 10h.

07h31 - Radial Leste, no sentido Centro, tem 5,6 quilômetros de lentidão entre a Vila Matilde e o Viaduto Pires do Rio.

07h28- Rádio Estadão: No Terminal Parque Dom Pedro II, o alto-falante informa que 5 linhas que vão para a Zona Norte e Zona Sul não estão operando. Clique aqui para acompanhar a cobertura.

07h22 - O leitor José Silva envia por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639, uma foto da situação Embu das Artes. Ele informa que todos os ônibus da Viação Pirajuçara estão parados. “Não temos como ir para Pinheiros, Santo Amaro e nenhuma estação do metrô”, afirma.

Foto: José Silva/WhatsApp/Divulgação

07h18 - A Marginal do Pinheiros tem 8,5 quilômetros de lentidão na pista Expressa, sentido Castelo Branco, desde o hotel Transamérica até a ponte da Cidade Jardim.

07h13 - O repórter Felipe Cordeiro envia uma imagem para mostrar a situação do Terminal Santana, na Zona Norte, que também é afetada pela paralisação parcial dos motoristas de ônibus.

Foto: Felipe Cordeiro/Estadão

07h10 – O leitor Ricardo Bittencourt enviou uma imagem da situação na estação Luz da Linha 4-Amarela do Metrô, que opera normalmente.

Foto: Ricardo Bittencourt/Divulgação

06h48 – No Terminal Barra Funda, um aviso colado em um poste informa que todos os ônibus estão parados. Apenas os micro-ônibus que operam fora da estação estão operando. (Luiz Fernando Toledo – O Estado de S. Paulo)

Foto: Luiz Fernando Toledo/Estadão

06h46 - Rádio Estadão: 87 ônibus estão parados dentro do Terminal Lapa. Acompanhe a cobertura clicando aqui.

06h43 – A STPTrans informa que 12 garagens não liberaram seus ônibus na madrugada desta quarta: a paralisação afeta as linhas operadas pelas viações Gato Preto, Santa Brigida, Sambaíba, Via Sul e Campo Belo. Apenas o Terminal Lapa continua fechado.

06h32 – O repórter Felipe Cordeiro informa que nenhum ônibus da Viação Sambaíba circula no Terminal Santana, na Zona Norte. As poucas linhas que estão funcionando são do Consórcio Transcooper Fênix, operadas por micro-ônibus. O terminal e a Estação Santana estão vazios para o horário. A movimentação de passageiros é baixa.

06h29 – O usuário do twitter Leonardo Figueiredo (@lfnaascimento) registra a situação no Terminal Sacomã, aparentemente sem ônibus.

 Foto: twitter/Leonardo Figueiredo/Divulgação

06h27 – No Terminal Lapa, o auxiliar de pedreiro Maurício Alves da Silva desistiu de ir ao trabalho, no bairro Rio Pequeno, zona oeste da cidade. “Ontem já tive que andar duas horas a pé de Rio Pequeno até Jaguaré, cheguei depois das 21h em casa. Hoje vou voltar pra casa”, reclamou. “Cada um tem seu direito, mas a gente precisa trabalhar”, disse Silva. Como ele, ao menos 10 pessoas já retornam frustradas do terminal, que permanece bloqueado com um coletivo na entrada. (Luiz Fernando Toledo – O Estado de S. Paulo)

6h20 – O usuário do twitter DJ GuGaSsS (@DJGuGaSsS) registra a situação no Terminal Casa Branca, em Embu das Artes, que está vazia.

Foto: twitter/DJ GugaSsS/Divulgação

06h18 – A manifestação de motoristas e cobradores, que fechavam a Avenida Guarapiranga com ônibus atravessados na pista, foi encerrada e o trânsito volta a fluir.

06h12 -  Na Viação VIP, que atende as Zonas Leste e Sul, apenas a garagem de M’Boi Mirim está paralisada. As demais garagens do Jabaquara, Pinedo e todas da Zona Leste operam normalmente.

05h56 - Segundo a fotógrafa Érica Dezonne, metade dos ônibus que abastecem operam no Terminal Pinheiros não está está funcionando.

05h48 – Segundo o twitter da CET, o rodízio ainda está mantido para esta quarta-feira.

05h42 - Um ônibus bloqueia a entrada do terminal Lapa, por volta das 5h30. Segundo um funcionário que não quis se identificar, não haverá circulação de coletivos durante todo o dia. Ele ainda proibiu a reportagem de continuar fotografando.

Foto: Luiz Fernando Toledo/Estadão

05h39 – A Pista Sul da Rodovia Anchieta está fechada para obras. O motorista que quiser descer para o litoral deve utilizar a Pista Norte.

05h30 – Uma manifestação interdita a Avenida Guarapiranga em ambos os sentidos junto à Rua Guilherme Valente e a  Rua Francisco Xavier da Rocha.

05h25 - Bom dia! Iniciamos a cobertura do trânsito na cidade de São Paulo, principais rodovias do estado e transporte público na capital.