Estado.com.br
Sexta-feira, 29 de Julho de 2016
Trágico e Cômico
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

O voto no ‘menos pior’

Categoria: Eleições 2012

Eu combato com todas as forças essa tese consolidada na cabeça do eleitor brasileiro, de que no segundo turno temos de votar no “menos pior”. Numa primeira análise, até faz algum sentido, se pensarmos que um dos dois vai ganhar de qualquer jeito. Portanto, que fiquemos com o mal menor, certo? Mas aí sou eu que lhe pergunto: existe “menos pior”? Antes de analisar, vamos aos fatos: tanto PT quanto PSDB se provaram, por inúmeras vezes, indignos de nossa confiança. Partidos que abusaram sistematicamente do poder quando o tiveram, que fazem política na base do troca-troca de cargos e verbas, que fecham as alianças mais imundas e rasteiras. Mas acima de tudo, são partidos que, em vez de expulsar seus corruptos, os protegem. Inventam perseguições políticas, justificam a roubalheira como um mal necessário, um roubo a favor do povo, da democracia, do que vier à mente. Tudo parte de um grande teatro, para transformar patifes em vítimas.

Apesar de tudo, mesmo decepcionado, ainda resta ao eleitor algum resquício de simpatia. É aí que eles atacam. Apelam para o discurso que sensibilize o eleitor, que o traga de volta para o seu lado, que faz com que o eleitor veja o roubo como algo justificável, um roubo “a favor” dele, enquanto que o roubo do outro seria o roubo “contra” ele, um roubo contra “o povo”. A consequência disso é a conhecida indignação seletiva de petuscos e tucaneiros.

Votando nulo, sei que não altero o resultado nas urnas, mas prefiro manter a minha opinião, em vez de vendê-la ao jogo do “menos pior”. Votem em quem quiser, mas tenham alguma convicção, pelo menos. Caso contrário, por que os políticos se esforçariam para melhorar, se sabem que o eleitor se contenta com o “menos pior”?

Tópicos Relacionados

,

5 Comentários Comente também
  1. Enviado por: Levi

    Caro Diogo,
    Concordo com voce, quando diz que todo mundo tem seus “pecados”. Entretanto devemos analisar os pontos positivos e os negativos, e quando levamos sèriamente em consideração os dois lado, vemos que o PSDB é melhor. É como o Capitalismo…não é perfeito, mas ainda é o melhor com todos os defeitos.
    Lembre-se que a era FHC foi quando foram executadas as mais importantes reformas e mudanças que o Brasil teve nos últimos 50 ou 60 anos, que mudaram a face do Brasil. Exemplo: Plano Real, Lei de Responsabilidade Fiscal, Privatizações ( como sabemos as estatais e empresas públicas, assim como os bancos públicos eram sorvedores de recursos e prestavam um péssimo serviço à população, apenas favorecendo exageradamente seus funcionários e fontes de corrução ), ENEM, Genéricos, Plano anti-aids, só para citar alguns…

    E o PT SEMPRE foi contra todos estes planos. Depois , já no poder, se vangloriou como se tudo fosse criado por eles. O lulla até ofereceu pessoal
    técnico para “ensinar” ao Barack Obama como aplicar o PROER (criado também no governo FHC).

    Sugiro a voce, se ainda não leu, leia A SAGA BRASILEIRA de Miriam Leitão, e fique por dentro de tudo o que foi feito de mudanças na era FHC.

  2. Enviado por: aluisio de oliveira braga

    Meu caro Diogo Salles, sua colocação foi perfeita, parabéns!

  3. Enviado por: Carlos Eduardo

    Vamos também analisar os pontos positivos do PT, porque se não da impressão que o PSDB fez tudo. Vejamos: Aumenta da renda do brasileiro, milhões de brasileiro saindo da pobreza extrema. Além de politica econômica acertada, mas que seja continuação do PSDB é corajosa, porque rompeu a postura do próprio partido.

    • Enviado por: Levi

      Caro Carlos
      Não nos esqueçamos que o maior fator para aumento da renda do brasileiro foi o Plano Real, pois suprimiu o famoso “imposto inflacionário”. Não sei se v. se lembra, mas o Brasil chegou a ter uma inflação maior que 80,00% em apenas um mes. As pessoas acabavam o mes ganhando menos da metade do que no início do mes. Um outro fator, menos relevante foi o “bolsa família”, que na realidade foi criado na era FHC com o “bolsa escola” e o “bolsa-gás”, este último criado por D. Ruth Cardoso. O lulla ( com minúscula mesmo ) queria fazer o “fome zero”, que era um plano de distribuição de alimentos por todo o Brasil. Até uma indústria de caminhões, provavelmente vendo aí uma chance de vender milhares deles, simbolicamente deu um para o governo. Como dá para imaginar, este plano quando colocado em prática, seria de difícil logística,
      além de fonte de corrupção. Daí o lulla juntou o que já existia, e chamou de “bolsa família”, já implantado com outros nomes, e muito mais fácil de distribuir riqueza.
      Agora no que o PT realmente se notabilizou foi na apropriação do Estado, com “cumpanheiros” por toda parte, muitos deles incompetentes, sem falar na corrupção. Lembra-se da falta de remédios que fez cancerosos sofrerem no Rio, sem verba para o Instituto do Cancer, ou o famoso “Matador de Velhinhos”, Sr. Berzoini, que cancelou a aposentadorias de milhares de brasileiros para que provassem que ainda estavam vivos, quando deveria ser o contrário, chamando-os para provar que ainda estavam vivos e se não, só aí, suspender os pagamentos ?

      E a “cereja do bolo” foi mesmo “O Maior Escândalo da República”, o famoso MENSALÃO, com julgamento e tudo, e não apenas boatos.

      Sabe por que o pt ainda continua grande ? Porque boa parte da nossa população ainda tem baixa instrução e não lê ou lê pouco.
      Outro dia questionei um motorista de táxi, depois confesso eleitor do pt, que acha que o Plano Real foi criação do collor……Por aí você ve a ignorância ( desconhecimento dos fatos )….

      Como eu disse, todos têm seus pecados…. Mas no balanço final, como o Capitalismo, o PSDB é melhor do que o pt……

  4. Enviado por: Ed Fernão

    Em todas as eleições deste planeta, apenas podemos votar no “menos pior”. Política é M… Poder é M… Quem enfia a mão aí só pode feder. Devemos começar a pensar numa sociedade mais anárquica. Ninguém deveria ter poder de proibir nada. Ninguém deveria poder ganhar rios de dinheiro num mundo famélico. De que vale a riqueza num mundo miserável?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>