1. Usuário
Blogs

Sonia Racy

Assine o Estadão
assine

Pé de guerra

19.setembro.2013 | 1:08

Maria Bonomi notificou extrajudicialmente a Fundação Bienal e o curador Paulo Venâncio Filho. A artista foi excluída da mostra 30 x Bienal– um resumo, com 111 artistas, sobre as 30 edições do evento. “Levei um susto quando vi o nome da exposição. Nem sequer fizeram pesquisa. É uma leviandade, eu ajudei a fundar a Bienal e faço parte dessa história”, justifica a artista.

Pé de guerra 2

No documento, Maria pede que sua obra seja incluída. Ou então, que troquem o nome da exposição.

Caso contrário, ameaça entrar com processo por danos morais. “A exclusão do nome e da obra da artista constitui, minimamente, lapso ético na falta da verdade para com os fatos que compõem o histórico da Bienal”, diz o texto.

Pé de guerra 3

Luis Terepins, dirigente da fundação, diz que a decisão foi do curador e que “temos de respeitá-la”. Já o curador Paulo Venâncio Filho deixa claro que aceitou o trabalho pela total independência: “Essa é a natureza da mostra”.

Sem Comentários | Comente

Deixe um comentário:

Carolina Kotscho autografou o livro “Não pare na pista – A melhor história de Paulo Coelho”, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional

Carolina Kotscho autografou o livro “Não pare na pista – A melhor história de Paulo Coelho”, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional

Elisa Stecca

Daniela Ramiro

Outras galerias