1. Usuário
Blogs

Sonia Racy

Assine o Estadão
assine

Padre cobra empenho do governo Dilma no caso do haitianos

01.maio.2014 | 4:33

O padre Paolo Parise, que abriga os haitianos que tem chegado a São Paulo, foi à festa do 1º de Maio da Força Sindical, na praça Campo de Bagatelle, com um único objetivo: pressionar o governo federal.

Acompanhado de um assessor da Secretaria da Justiça de São Paulo, ele pediu que o ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, ajude a regularizar a situação dos imigrantes, o que é feito pela Polícia Federal. O pedido acontece em meio ao crescente fluxo de refugiados do Haiti que chegaram à capital paulista, nos últimos dias, com passagens pagas pelo governo do Acre.

Segundo o padre – que dirige a Missão Paz, entidade ligada à Igreja Católica que recebe imigrantes e refugiados -, muitos haitianos “entraram em uma enorme fila, sem previsão de atendimento,” à espera do documento, que lhes dá direito a, por exemplo, ter carteira de trabalho e conta bancária.

Carvalho ouviu o apelo e garantiu que entrará em contato com o padre na próxima semana. Assim que o ministro se despediu, Parise sacou o celular e ligou para a advogada que tem acompanhado a situação dos haitianos na capital paulista: “Nossa estratégia deu certo! Falei com o ministro e ele nos deu garantia que a Polícia Federal fará uma força-tarefa na semana que vem.”

Sem Comentários | Comente

Deixe um comentário:

Abertura do festival de animação Anima Mundi, no Espaço Itaú de Cinema

Abertura do festival de animação Anima Mundi, no Espaço Itaú de Cinema

Ademar de Oliveira

Silvana Garzaro

Outras galerias