1. Usuário
Blogs

Sonia Racy

Assine o Estadão
assine

Capital do design

31.outubro.2014 | 1:11

Foto: Iara Morselli/Estadão

A missão de Waldick Jatobá e Bruno Simões vai muito além de criar um evento de design renomado – algo que eles já conseguiram. O ponto de partida do MADE (Mercado Arte Design) é “descobrir” talentos pelo Brasil. E também aí o projeto vem surtindo efeito. Se em 2013 eram 16 os jovens designers com obras expostas na feira, este ano eles são 28. “É um trabalho de garimpagem que não termina, estamos sempre em busca de novidades”, explica Bruno, cocurador do MADE.O evento – que abre dia 4 para convidados e dia 5 para o público – acontece no Jockey Club e homenageia, este ano, o designer norte-americano Michael Young. Além de reunir algumas das melhores galerias do País bem como coletivos.

“Nesta edição teremos oito espaços de exposição, todos inspirados na arquitetura da Lina Bo Bardi”, conta Waldick. E a feira pode ganhar novos cenários a partir de 2015. Segundo os curadores, o Rio de Janeiro está no horizonte da organização.

“Queremos fazer de São Paulo a capital nacional do design, mas também vamos investir na democratização do projeto, com eventos-cápsula, estilo pop-up, espalhados pelo País”, completa Waldick. /DANIEL JAPIASSU

Sem Comentários | Comente

Tutti amici

31.outubro.2014 | 1:10

O Brasil contratou escritório italiano especializado em direito penal para atuar no caso Pizzolato: o Studio Gentiloni Silveri, fundado em 1981, com unidades em Roma e Paris.

Da proposta de 21 páginas, aprovada pelo governo Dilma, consta previsão de custos hora/advogado para tentar fazer com que o ex-diretor do BB, condenado no mensalão, cumpra pena ou responda a processo na Itália – caso a extradição seja negada em definitivo.

O máximo a ser desembolsado pelo governo brasileiro, segundo o documento, seriam 75 mil euros. Sem incluir aí as despesas extras com a tarefa, tradução de documentos e encargos fiscais.

Amici 2

O texto, aliás, mostra que esta não é a primeira vez que a Itália desconfiou oficialmente da qualidade das cadeias brasileiras – principal alegação para negar a extradição de Pizzolato até agora.

Michele Gentilone Silveri, autor da proposta, cita que a Corte Suprema italiana enviou à Corte de Apelação, em Bolonha, um outro processo de extradição, “para que fosse mais bem investigada” a condição das prisões do Brasil – com base em relatórios de organizações internacionais “que as descreviam em termos incompatíveis” com o tratado de extradição Brasil-Itália.

Amici 3

O advogado explica, ainda, que o Brasil poderá pedir à Corte Suprema a “reconsideração integral do acontecido” – alegando razões de mérito e não apenas de “simples legitimidade”, como violação da lei ou falta de motivação.

Sem Comentários | Comente

Meeting

31.outubro.2014 | 1:08

Reunião do diretório nacional do PT, dias 28 e 29 de novembro, em Fortaleza, fará a primeira avaliação da performance do partido nas urnas. BH foi cotada para sediar o encontro, mas a ideia foi abandonada para não parecer… provocação.

Sem Comentários | Comente

A conferir

31.outubro.2014 | 1:06

Kassab deve ser o ministro das Cidades de Dilma. Aliás, com a fusão de PSD e PL, o ex-prefeito será líder do quarto maior partido do Congresso.

Sem Comentários | Comente

Onde há fumaça

31.outubro.2014 | 1:05

Players do mercado de ações desconfiam que a CVM achou alguma prova de fraude contra Zeinal Bava, ex-presidente da Oi.

A comissão promove investigações para apurar se alguém de dentro da empresa sabia da compra de quase 900 milhões de euros em papéis da Rioforte (holding do Grupo Espirito Santo) pela Portugal Telecom.

Sem Comentários | Comente