1. Usuário
Assine o Estadão
assine

A alma do negócio

Oscar Quiroga

domingo 29/06/14

 

Às 5h43 de domingo 29-6-14 a Lua que começa a crescer ingressou em Leão e está em sextil com Vênus, trígono com Urano, quadratura com Saturno, sextil com Marte e Mercúrio até 7h de terça-feira 1-7-14, horário de Brasília. No mesmo período, Vênus e Netuno em quadratura.

Tu sabes o que se quer dizer quando se fala a frase “ a alma do negócio”, tenta se descrever esse algo sem o qual tudo o mais perde sustentação e significado.

Por isso, não tens como negar que conheces o significado da alma, toda nossa humanidade sabe que a alma existe, é uma questão de bom senso, e se ainda não sabes o que significa bom senso, vai aqui a explicação para refrescar tua consciência. Bom senso é aquilo que todo mundo sabe sem necessidade de aprender. Por exemplo, se você fala para alguém que nunca ouviu falar de costura, nem nunca viu nada parecido, que faça o favor de remendar uma camisa e apresentas uma colher, um relógio e uma agulha e linha para fazê-lo, essa pessoa, pelo bom senso, utilizará a agulha e linha.

Nossa humanidade reconhece a alma porque é de bom senso fazê-lo, registramos essa percepção como um campo de expressão, porém, a despeito disso, a alma não é, ainda, nosso mundo natural.

Conhecemos a alma em teoria, mas desconhecemos seu efeito prático, porque não nos atrevemos a focar a consciência nela e aplicar o conhecimento na prática.

Quando se fala que alguém é ignorante e que é feliz assim é porque a alma dessa pessoa acredita piamente que é a forma que a contém, e como resultado sua personalidade é vibrante e desprovida de dilemas.

Tu, que lês estas linhas, fazes parte da turma em que a dolorida diferenciação da consciência está em andamento, discriminando entre a forma que contém a alma e a alma em si mesma. Por isso, o foco de tua consciência oscila constantemente, porém, já trabalhas com a certeza de haver outro campo de expressão, mais sutil e abrangente do que o de teu corpo.

Em algum momento isso te levará a perceberes que há algo além dessa dualidade, algo que não é alma nem corpo, e tua consciência conhecerá a Vida que mora no centro do teu coração, em unidade com a Vida que mora no centro do coração de nossa humanidade, em unidade com a Vida que mora no centro do planeta, em unidade com a Vida que mora no centro do sistema solar, em unidade com a Vida que mora no centro da galáxia…