1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Desperdício de água na zona oeste

Luciana Magalhães

14 agosto 2014 | 11:10

A Sabesp não faz nada, reclama leitor

 Por Luciana Magalhães

Reclamação do leitor: Moro na Rua Vupabussu, em Pinheiros, e perto da minha casa há um estacionamento no qual os carros são lavados todos os dias. Liguei na Sabesp para reclamar e o funcionário me pediu o endereço para mandar uma cartinha de conscientização, a fim de os resposáveis pararem de desperdiçar água. Um absurdo! Fui informado de que não podem enviar uma equipe, pois a Sabesp teria de multar a empresa. Questionei sobre o motivo da não aplicação da multa e a resposta que recebi foi de que a empresa só manda equipe ao local para multar quando há algum tipo de irregularidade, como puxar água clandestinamente, por exemplo. Estou indignado com a resposta e peço providências quanto a esse absurdo. Marcio Gullo / São Paulo

Resposta: A Sabesp informa que não tem controle sobre a forma de utilização da água pelos clientes e que conta com o bom senso de cada um. Principalmente neste período de estiagem e escassez de chuva, que leva a uma das maiores crises hídricas de todos os tempos. Esclarece que neste caso, que em 5/8, encaminhou ao cliente uma notificação de denúncia de desperdício de água e dicas de economia. Ressalta ainda que não tem poder de polícia para autuar no caso de desperdício.

Réplica do leitor: A situação permanece a mesma. Ficaram 2 dias sem lavar os carros, mas no 3.º dia voltaram a desperdiçar água. Enquanto isso eu e outras pessoas fazemos a nossa parte economizando para outros desperdiçarem. Um absurdo!