1. Usuário
Assine o Estadão
assine


TV de porteiro ‘salva’ chilenos sem ingresso

Seleção Universitária

18 junho 2014 | 18:52

Grupo assistiu ao jogo na portaria de um prédio ao lado do Maracanã

Grupo assistiu ao jogo na portaria de um prédio ao lado do Maracanã

Chilenos assistem ao jogo na portaria de edifício ao lado do Maracanã (Luiz Gonzaga/Divulgação)

 

Lara Monsores – especial para O Estado de S. Paulo

RIO DE JANEIRO – A televisão de 14 polegadas de Luiz Gonzaga, 50, porteiro há 14 no edifício Sel, foi a salvação de um grupo de aproximadamente 50 chilenos que, sem ingressos para entrar no Maracanã, assistiram ali, na portaria do prédio, à vitória do Chile por 2 a 0 sobre a Espanha, nesta quarta-feira, 18.

A arquibancada improvisada fica na esquina das ruas Visconde de Itamaraty e Eurico Rabelo, na Tijuca, zona norte do Rio, a menos de dez passos do estádio onde a partida acontecia. Com bom humor, o solidário porteiro explica porque teve essa iniciativa.

“Estava vendo o jogo, aí eles pediram pra eu virar a TV para rua para que eles pudessem ver também e eu virei”, disse. A cada gol ou lance perigoso a turma gritava e cantava, o que incomodou um único morador do edifício Sel. Ele pediu a Seu Luiz que acabasse com a farra, mas obteve uma negativa. “Não dá, se eu tirar eles vão ficar fazendo bagunça aqui do mesmo jeito”, falou.

Um dos telespectadores do improviso era o chileno Juan Diaz, 48, que viajou mais de 6 mil quilômetros de carro, durante 15 dias, de Santiago ao Rio, mas não conseguiu comprar ingresso para o jogo contra a Espanha. “Vimos pequeno, mas é melhor que nada”, afirmou. “Ele (Seu Luiz) nos salvou de não conseguirmos ver o jogo”, comemorou Michel Diaz, 24, filho de Juan. Os dois foram ao estádio na esperança de comprar entradas, mas acharam caro o valor de R$ 1.100 que um cambista lhes propusera.

No apito final, os gritos do Maracanã ecoaram do lado de fora e a festa chilena estendeu-se até a Rua Visconde de Itamaraty, onde Luiz Gonzaga virou o “rei dos chilenos” e comemorou a vitória junto com os novos vizinhos de 90 minutos.