1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Turistas pretendem voltar a Salvador após a Copa, aponta pesquisa

Seleção Universitária

segunda-feira 07/07/14

Rede hoteleira teve ocupação de 92% durante Mundial

Rede hoteleira teve ocupação de 92% durante Mundial

 

Luiz Fernando Teixeira – especial para O Estado de S. Paulo

SALVADOR – Os moradores da capital baiana aprovaram a realização de seis partidas da Copa do Mundo na cidade e os turistas que a visitaram durante a competição também gostaram de estar em Salvador, tanto que boa parte deles pretende voltar. De acordo com pesquisa realizada pela Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura (Sedes), em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Seção Bahia (ABIH-BA) e apresentada nesta segunda-feira, 7, 94% dos visitantes informaram que pretendem voltar à cidade após o Mundial.

A ocupação dos hotéis durante a Copa condiz com o levantamento, pois cerca de 700 mil pessoas, sendo 70 mil estrangeiros, estavam em Salvador em dias de jogos na Arena Fonte Nova. A ocupação hoteleira foi de 90%, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, com 92%. “Com a terceira maior rede hoteleira do país e a primeira da região nordeste, Salvador demonstrou estar preparada para atender a essa demanda, tanto em quantidade como em qualidade de seus estabelecimentos hoteleiros”, afirmou Manolo Garrido, presidente da ABIH-BA.

O prefeito ACM Neto também comemorou o sucesso da capital baiana durante a Copa do Mundo. “A cidade se mostrou extremamente capaz de receber um evento como a Copa do Mundo. Salvador passou no teste, fez bonito, principalmente porque o povo recebeu de braços abertos aqueles que nos visitaram”, disse.

De acordo com o prefeito, a Copa do Mundo deixa uma série de lições para a capital baiana, entre elas a importância de cuidar dos espaços públicos e de oferecer alternativas de entretenimento para o turista. Ainda assim, ele acredita que ainda há o que se aperfeiçoar, sobretudo na cadeia ligada ao turismo.