1. Usuário
Assine o Estadão
assine

PMs de BH mudam planejamento por causa de roubos

Seleção Universitária

terça-feira 17/06/14

Policiamento se reorganiza horas antes do jogo entre Bélgica e Argélia, desta terça-feira, 17

Policiamento se reorganiza horas antes do jogo entre Bélgica e Argélia, desta terça-feira, 17

 

Gabriel Gama – especial para O Estado de S. Paulo

BELO HORIZONTE – O número de efetivo de 420 Policiais Militares do Batalhão Copa continua o mesmo no entorno do Mineirão para o segundo duelo, entre Bélgica e Argélia, nesta terça-feira, 17.

Segundo o major Frederico, responsável pelo trabalho de segurança nas redondezas do estádio, as ocorrências de roubos de ingressos e a atuação de cambistas com bilhetes falsos, que aconteceram no sábado, não alterou na quantidade de PMs em atuação, mas obrigou uma mudança de planejamento.

“Em decorrência dos furtos e roubos que surgiram no primeiro jogo, decidimos realocar os nossos policiais para pontos mais sensíveis e com maior aglomeração de pessoas. Há uma concentração de nosso efetivo em pontos próximos aos bares da avenida Abraão Caram, onde aconteceram mais ocorrências”, explicou.

Segundo o oficial, o raio de revista das Fan Walks se estendeu algumas centenas de metros. “No jogo de sábado, nos posicionamos em frente a portaria da UFMG. Desta vez, instalamos as áreas de verificação logo na entrada da Abraão Caram”, concluiu.

Apesar do perímetro ter aumentado, a fragilidade nas revistas continua. Torcedores mal mostram os ingressos e os policiais já liberam. Em alguns casos, sequer a revista acontece.

Bombeiros. Se por um lado a PM teve de mudar a estratégia, o Corpo de Bombeiros segue da mesma forma com 92 bombeiros, 87 brigadistas e 5 carros. Para o capitão Fábio, responsável pela operação, o trabalho deve ser tranquilo como foi no duelo entre Colômbia e Grécia, por isso que o efetivo não alterou. “Tivemos que encaminhar para o posto médico da secretaria de saúde da prefeitura apenas três casos de pessoas que se machucaram, sendo que nenhum foi grave. Vamos fazer o mesmo trabalho de sábado”, disse.

A atuação dos fiscais na detecção de metais e materiais proibidos logo na entrada para a Fan Zone e os portões de acesso segue no mesmo rigor. Cornetas são proibidas e até canetas devem ser descartadas pelos torcedores.

Tenente Figueiredo ainda frisou que não será tolerado a venda de cervejas a preços ilegais por parte de ambulantes credenciados da Fifa no entorno. Após a denúncia feita pela Seleção Universitária no sábado, as polícias militares e civis estão mais atentas.

Caso ocorra extorsões, o vendedor será encaminhado para a delegacia mais próxima qur tomará as medidas cabíveis. Até às 11h, não foi identificado nenhum caso de comercialização de bebidas acima do preço combinado de cinco reais.