1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mexicanos reclamam da arbitragem

Seleção Universitária

sexta-feira 13/06/14

Torcedores sul-americanos tomaram a areia de Copacabana para assistir ao jogo contra Camarões no Fifa Fan Fest

Torcedores sul-americanos tomaram a areia de Copacabana para assistir ao jogo contra Camarões no Fifa Fan Fest

Lara Monsores – especial para O Estado de S. Paulo

RIO DE JANEIRO – No segundo dia de Fan Fest no Rio, a arena na praia de Copacabana foi tomada por mexicanos, que viram sua seleção bater Camarões por um a zero, com gol de Peralta, em mais uma polêmica atuação da arbitragem, que anulou três gols no duelo.

O resultado, porém, trouxe confiança para Zully Garcia, 27, mexicana de Guadalajara que veio para o Brasil com mais quatro amigas. “Como sempre, nós, mexicanos, temos algo que se chama esperança”, disse. “Por isso somos felizes, pois vivemos esperando milagres e esse milagre acontecerá na Copa.”

Vestindo trajes típicos do México, como o tradicional e enorme chapéu, Zully disse que Neymar é o segundo melhor jogador da Copa, atrás apenas do argentino Lionel Messi. “Mas no meu coração, Cristiano Ronaldo é o primeiro”, afirmou a mexicana.

O México é o próximo adversário do Brasil no Mundial em partida que acontecerá na terça-feira, 17, em Fortaleza, às 16h. Para esse jogo, o mexicano Marcos Klimek, 31, não teme apenas as jogadas de Neymar. “Estamos prontos para enfrentar os brasileiros, mas o que me preocupa é a arbitragem.”

A equipe de Miguel Herrera teve dois gols anulados pela arbitragem no confronto contra os camaroneses – para muitos, anulações duvidosas. E, na partida entre Brasil e Croácia, o trio de árbitros também foi criticado pela marcação de um pênalti sobre Fred, classificado como “ridículo” pelo treinador croata, Niko Kovac.