1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Curitiba não se anima com Fan Fest na estreia da Copa

Seleção Universitária

12 junho 2014 | 20:45

Cerca de 10 mil pessoas foram até a Pedreira Paulo Leminski torcer pela seleção brasileira

Cerca de 10 mil pessoas foram até a Pedreira Paulo Leminski torcer pela seleção brasileira

Em Curitiba, torcedores não se animaram com a Fan Fest (Alexandre Senechal/Seleção Universitária)

Alexandre Senechal – especial para O Estado de S. Paulo
CURITIBA – A população curitibana não se animou muito em assistir o jogo de estreia da Copa do Mundo na Fan Fest. Cerca de 10 mil pessoas foram até a Pedreira Paulo Leminski para torcer pelo Brasil no evento.
No início, o público se comportou como se estivesse em um estádio, desde o Hino Nacional até o gol da Croácia. A partir daí, a plateia só fez barulho com os gols do Brasil e quando vaiou e protestou contra a presidente Dilma Rousseff, após aparecer na transmissão.
O público pequeno também ajudou na segurança do evento. A guarda municipal afirmou que não houve grandes incidentes e o clima foi de tranquilidade.
Esse foi apenas um dos quatro eventos com público de até 15 mil pessoas que a Pedreira vai receber durante a Copa. Desde agosto de 2008, o lugar que antes abrigava os grandes shows que aconteciam em Curitiba, passa por problemas judiciais, que impediram a realização de eventos até o mês de março deste ano. Por isso, sem contar os quatro dias escolhidos para os grandes eventos – dois em cada mês, como permitido pelo Ministério Público -, o público máximo na Fan Fest pode chegar apenas até a duas mil pessoas.