1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Com direito a ‘Oktoberfest’, torcida alemã chega confiante ao Beira-Rio

Seleção Universitária

segunda-feira 30/06/14

Como os holandeses, torcedores fizeram caminhada do centro de Porto Alegre ao estádio

Como os holandeses, torcedores fizeram caminhada do centro de Porto Alegre ao estádio

Torcida da Alemanha faz caminhada pelas ruas de Porto Alegre (Lucas Oliveira/Seleção Universitária)

Lucas Oliveira – especial para o Estado de S. Paulo

PORTO ALEGRE – Iniciando sua caminhada desde o Largo Glênio Peres, no centro da capital gaúcha, a torcida alemã, juntamente com os argelinos, rumou para o estádio Beira-Rio em uma verdadeira Oktoberfest – tradicional festa do país realizada em outubro – fora de época. Foi assim, com as tradicionais bandinhas tocando a polonese e muito chopp, que os torcedores começaram a sua concentração para Alemanha e Algéria, nesta segunda-feira, 30, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

O alemão Frank Mertl, 42, que veio de Nuremberg e está acompanhando a seleção desde Salvador, ficou impressionado com a quantidade de pessoas nas ruas. “Está sendo uma grande experiência. Muitas pessoas estavam conosco na caminhada. Porto Alegre tem uma boa música, boa comida e boas pessoas”, diz Frank, que acredita em vitória contra Argélia. “Será 2 a 1, jogo dificil. Mas acredito na seleção e já estou procurando ingressos para a final.”

Mohammed Mushmarr, 45, sonha alto neste confronto contra os germânicos. “3 a 0 para Argélia. Estamos jogando muito bem e somos mais habilidosos que os alemães”, brinca.

Trânsito. Em função dos novos bloqueios realizados pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o trânsito antes da partida apresentou lentidão. Além dos bloqueios, mais de 60 linhas do transporte público tiveram seus itinerários alterados.