1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Argentinos se mostram confiantes para partida contra a Holanda

Seleção Universitária

terça-feira 08/07/14

Hermanos dizem preferir enfrentar o Brasil caso cheguem à final, no domingo, 13, no Maracanã

Hermanos dizem preferir enfrentar o Brasil caso cheguem à final, no domingo, 13, no Maracanã

 

Alexandre Senechal e Pedro Hallack – especial para O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – O confronto entre Argentina e Holanda na quarta-feira, 9, pelas semifinais da Copa do Mundo, parece não assustar os argentinos. Pelo menos aos torcedores da Argentina que já estão em São Paulo.

O casal de arquitetos Osvaldo Carapella e Gisela Rodríguez, de Buenos Aires, está no Brasil desde o dia 29 de junho, tendo passado pelo Rio de Janeiro e por Brasília além da capital paulista. Eles, que voltarão à capital carioca para acompanhar o jogo contra a Holanda na Fan Fest do Rio, em Copacabana, se mostraram otimistas para o duelo. “Vai ser uma partida equilibrada”, disseram. “A nossa vantagem é que, enquanto os holandeses estão caindo de produção com o passar dos jogos, a Argentina está evoluindo.”

Porém, Osvaldo e Gisela não acreditam que a seleção hermana conquiste o título. “Queríamos que o Brasil fosse à final, para que protagonizássemos um segundo ‘Maracanazo’, repetindo o que o Uruguai fez em 1950”, afirmaram. “Mas achamos que a Alemanha se classificará e ganhará o título em cima da Argentina. Eles têm o melhor time no momento.”

O grupo de amigos Leonardo García, Adriano Vassolo e Sebastían Díaz também está confiante para o confronto da próxima quarta-feira, na Arena Corinthians. Enquanto Leonardo aposta no placar de 1 a 0 para a Argentina, com gol de Messi, Adriano arrisca um 2 a 1. Para ele, além de Messi, Higuaín, marcará um dos gols.

Os três ainda estão tentando comprar ingressos para o jogo, que ocorrerá, à17h na zona leste de São Paulo. Caso não consigam as entradas através do site oficial da Fifa, eles tentarão adquiri-las com cambistas nos arredores do estádio antes da partida começar. Se o grupo não conseguir entradas dessa maneira, eles rumarão para a Fan Fest paulistana, que está sendo feita no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade.

Leonardo e Adriano, que afirmaram vir ao Brasil com regularidade, elogiaram a preparação do Brasil para o torneio. “Acho que a Copa está sendo muito bem organizada”, afirmou o primeiro. “Estão tratando muito bem todos os estrangeiros. Até os argentinos”, disse, em tom de brincadeira. Para Adriano Vassolo, a Copa está sendo “excelente”.

Sebastían Díaz, o terceiro membro do grupo, apesar de ter vindo ao Brasil menos vezes do que seus dois amigos, mostrou a sua simpatia pelo País. “Me considero brasileiro por adoção”, disse. “Gosto muito daqui e espero que o Brasil faça a final contra a Argentina.”