1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Acesso ao Beira-Rio teve forte esquema de segurança

Seleção Universitária

25 junho 2014 | 14:15

Mesmo com muitos policiais militares no entorno do estádio, houve roubos de ingressos

Houve roubos de ingressos mesmo com muitos policiais militares no entorno do estádio

Tropa de Choque, cavalaria e helicópteros fizeram a segurança do local (Lucas Oliveira/Seleção Universitária)

 

Lucas Oliveira – especial para o Estado de S. Paulo

PORTO ALEGRE – Um forte esquema de segurança foi montado para a partida entre Argentina e Nigéria nesta quarta-feira, 25. Apesar disso, foram feitas ocorrências de torcedores tentaram roubar ou comprar ingressos.

Torcedores relatam que a tática utilizada é pedir para tirar uma foto e roubar a entrada. Segundo o subcomandante Geral da Brigada Militar, Silanus Mello, apesar das ocorrências, o policiamento está sendo bem realizado. “Barramos e prendemos torcedores com ingressos falsos e nossos agentes de inteligência – que se vestem como civis e se misturam com a multidão – já realizaram alguns flagrantes e detiveram quem tentava roubar ou vender ingressos”, falou.

O argentino Freddy Valentini, 40, de Baya Blanca, a 700km de Buenos Aires, tem ingresso para a partida e achou normal o policiamento. “Está tudo tranquilo. Em todas as sedes que vi jogo da Argentina foi assim, e o clima é de festa. É incrível a quantidade de argentinos aqui, está parecendo Buenos Aires”, afirmou.

Dois argentinos, ambos sem documentos, foram detidos na barreira de acesso ao estádio, pois tentaram roubar o ingresso de um brasileiro. A Polícia Militar flagrou um deles com o ingresso roubado no bolso. Também, um nigeriano foi preso em flagrante tentando vender seu ingresso para um argentino. Todos os detidos foram levados para a unidade móvel da Polícia Cívil, próxima a barreira que embaixo do viaduto da Avenida Borges de Medeiros, com a Avenida José de Alencar.

Muitos torcedores tentaram passar com ingressos de outros jogos, como Bósnia e Argentina e até mesmo França e Honduras.