12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Radar Tecnológico
Filtro
Tamanho de texto: A A A A

Como e por que atualizar o seu Android

30 de janeiro de 2012 | 11h03

Nayara Fraga

Atualizado às 11h23

GALAXY_S__II_Product_Image_1.jpgO sistema operacional do celular responde pela eficiência do aparelho – controla todos os recursos e gerencia tarefas e energia. É comum que, de tempos em tempos, mudanças sejam feitas e novas versões da plataforma surjam. O Android, criado pelo Google, já está em sua oitava versão, chamada Ice Cream Sandwich ou 4.0, na escala numérica. [Isso sem contar as versões geradas entre 2.3 e 2.4 (Gingerbread) e entre 3.0 e 3.2 (Honeycomb, só para tablets).]

Obter a versão mais avançada do sistema, no entanto, exige pesquisa e esforço do usuário. Se o celular comprado na loja vem com o Android 2.2, também chamado de FroYo, e depois surge atualização disponível para 2.3 (Gingerbread), o processo não é automático. O dono do aparelho tem de descobrir como fazer essa atualização (veja abaixo).

Antes disso, claro, é preciso saber qual a versão do seu Android. No menu, navegue por configurações até encontrar o item “sobre o telefone”. O subitem “versão do firmware” é o que informa o número da versão do sistema.

Se a que está no seu celular é antiga, isso não significa necessariamente que há atualizações disponíveis. A liberação das versões depende do fabricante e das operadoras. O Spice, celular da Motorola, permanecerá na 2.1, por exemplo. Isso porque a fabricante pode optar por não fornecer atualização de softwares para equipamentos que tenham certos recursos limitados e não suportem novo sistema.

Vantagens

Havendo atualização disponível, o ideal é instalar o novo Android o quanto antes. “De forma bem resumida, essas atualizações promovem grandes melhorias de estabilidade, velocidade, segurança e suporte a novas tecnologias”, explica o editor-chefe do Google Discovery, Renê Fraga.

De repente, a tela poderá responder melhor ao toque, o menu ficará mais organizado, a instalação de aplicativos não disponíveis para sua antiga versão poderá ser feita, a energia será melhor gerenciada, entre outras novidades.

Veja abaixo se há para seu celular (da marca Samsung, Motorola, LG ou Sony Ericsson) alguma atualização disponível e saiba como proceder. Não se esqueça de salvar seus dados antes de instalar a nova versão do Android:

Samsung

Samsung Galaxy 5: não há atualização disponível. Foi lançado na versão 2.2 e permanece nela.

Samsung Galaxy S: lançado originalmente com 2.1. Recebeu atualização para 2.2 e 2.3. Não será liberada atualização para a versão 4.0, pois verificou-se que ela poderia deixar o aparelho mais lento.

Samsung Galaxy SII: lançado na versão 2.3 e poderá ser atualizado para a versão 4

Samsung Galaxy Note: lançado na versão 2.3 e poderá ser atualizado para a versão 4 (veja o Galaxy Note aqui)

(Segundo o Google, quase todos os aparelhos com 2.3 estariam capacitados a receber a 4.0.)

Como fazer a atualização: baixe o programa Kies, da Samsung, em seu computador (Windows ou Mac). Conecte o celular no computador. Se houver nova versão do Android disponível, o Kies avisará automaticamente. Basta clicar em “firmware upgrade” para obter a nova versão. Você encontra o Kies aqui.  [Galaxy Note e Galaxy SII não exigem conexão com computador. Esses aparelhos vêm com o aplicativo Firmware Over The Air (FOTA), que é capaz de fazer a atualização.]

Motorola

Motorola Milestone 2 e Motorola Atrix: chegaram ao mercado na versão 2.2 e têm atualização disponível para 2.3

Motorola Defy: chegou ao mercado na versão 2.1 e tem atualização disponível para 2.2

Motorola Spice: chegou ao mercado na versão 2.1. Não há atualização disponível.

Motorola Milestone 3: chegou ao mercado na versão 2.3. Por enquanto, não há atualização disponível.

Como fazer a atualização: baixe o programa de atualização do software no site da Motorola e conecte o celular ao computador com um cabo USB. O programa avisa se houver atualização disponível. Antes de fazer o download do programa, o site pede para você informar a operadora à qual você está vinculado.

Sony Ericsson

Toda a linha Xperia de 2011 (arc, PLAY, Neo, Neo v, arc S, Minis) veio com a versão 2.3 de fábrica. Haverá atualização disponível para a versão 2.3.4 em breve.  E a atualização do Android 4.0 deve ser liberada ao longo de 2012.

Já o Xperia X10, lançado na versão 1.6 em 2010, tem atualização disponível até a versão 2.3.

Como fazer a atualização: Em alguns casos, basta fazer a instalação por meio do software ‘PC Companion’. Veja a explicação no site da Sony Ericsson. Em outros, como no do Xperia X10, é preciso entrar em contato com o atendimento técnico da Sony Ericsson para atualizar de 2.1 para 2.3. O serviço é grátis e leva sete dias corridos. Contato: xperia.br@support.sonyericsson.com/ 4001-0444

LG

Os aparelhos Optimus One, Optimus Black, Optimus 2x e Optimus 3D chegaram ao mercado na versão 2.2. Já podem ser atualizados para a 2.3 (a atualização do Optimus Black será liberada em fevereiro).

O Optimus Me foi lançado na versão 2.2 e ainda não tem previsão para atualização.

Como fazer a atualização: Os usuários dos modelos que têm atualização disponível podem instalar o Android 2.3 a partir do download do aplicativo LG Mobile, disponível no site da empresa. Veja os detalhes no site da LG.

 (Fonte: assessorias das fabricantes e editor-chefe do Google Discovery, Renê Fraga)

-

Obsoletos

Atualizar o Android de uma versão antiga para a última lançada depende de diversos fatores, segundo o editor-chefe do Google Discovery, Renê Fraga. Potência do processador, espaço para armazenamento e a capacidade dos recursos gráficos são alguns dos que podem impedir uma atualização de longo alcance. “Em outras palavras, estamos observando uma evolução monstruosa a cada lançamento, o que faz com que os aparelhos antigos sejam realmente antigos e impede o suporte às novas gerações da plataforma”, diz.

Exemplo disso, segundo Fraga, é a geração 2010 de aparelhos com Android. A maioria não deve mais passar por atualizações.

Tópicos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo