1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quarta-feira 30/07/14

Em Minas, Anatasia lidera pesquisa por vaga no Senado

O ex-governador Antônio Anatasia (PSDB) lidera com 38% das intenções de voto pesquisa para senador por Minas Gerais, encomendada ao Ibope pela TV Globo, e divulgada nesta quarta-feira. Depois, vem o candidato Josué Gomes (PMDB) com 7%. Os candidatos Edilson Nascimento (PTdoB), Margarida Vieira (PSB) e Tarcísio (PSDC) têm 2% cada. Atingiram 1% Geraldo Batata (PSTU), Graça (PCO) e Pablo Lima (PCB). Os indecisos somam 31% e os que declararam que vão votar em branco ou nulo são 15%. A pesquisa ...

Ler post
sexta-feira 25/07/14

Eleições 2014 em números

      Gráficos elaborados com base em dados publicados pelo TSE em 25.07         Os dados foram extraídos do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre os dias 24 e 25 de junho e podem mudar em razão da análise dos pedidos de registros de candidaturas, ainda em andamento nos tribunais eleitorais.

Ler post
sexta-feira 18/07/14

Segundo turno está ‘mais próximo’, diz Aécio

O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves, avaliou que o resultado da pesquisa de intenção de voto do Instituto Datafolha, divulgada nessa quinta-feira, 18, reforça a possibilidade de a eleição presidencial ser decidida no segundo turno. "Segundo turno cada vez mais próximo", escreveu o tucano em seu perfil no Twitter, no final da noite. O levantamento mostrou que a presidente Dilma Rousseff oscilou dois pontos porcentuais para baixo. Na primeira sondagem feita após a derrota do Brasil para ...

Ler post
quarta-feira 16/07/14

Filho de Cabral tem panfletos com Dilma e Aécio no Rio

Foto: Reprodução

Luciana Nunes Leal

RIO – Candidato a deputado federal, Marco Antônio Cabral (PMDB), filho do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), tem material de campanha com os dois principais adversários na disputa pelo Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB).

Depois do lançamento da candidatura própria do PT ao governo do Estado, o PMDB-RJ se dividiu entre aliados da presidente e o grupo que lançou o movimento “Aezão”, que prega o voto em Pezão e Aécio. Em meados do ano passado, quando começou a ganhar força a candidatura do petista Lindbergh Farias ao Palácio Guanabara, Cabral, em reunião com a direção nacional do PMDB, ameaçou apoiar Aécio e citou o parentesco de três de seus filhos com o tucano. Aécio é primo da primeira mulher de Cabral, Susana.

Foto: Reprodução

“Meus filhos se chamam Neves Cabral”, lembrou o ex-governador. Depois disso, Cabral, Pezão e o prefeito Eduardo Paes prometeram apoio a Dilma, mas o movimento “Aezão” ganhou força. Na disputa por uma vaga na Câmara, Marco Antônio Cabral faz dobradinha com vários candidatos à Assembleia Legislativa.

A reportagem recebeu nesta quarta-feira, 16, dois panfletos. Em um deles, Marco Antônio divide a propaganda com a deputada Cidinha Campos (PDT), o candidato ao Senado Carlos Lupi (PDT), Pezão e Dilma. Em outro, está com Marcelo Queiroz (PP), Pezão, e Aécio Neves. O espaço para o Senado está em branco, mas a assessoria de Queiroz informou que o candidato oficial da coligação, Cesar Maia (DEM), será incluído em uma nova remessa.Antigo adversário do governador, Maia fechou apoio a Pezão na última hora. A entrada do DEM provocou a reação do PDT, que deixou a aliança para lançar a candidatura do ex-ministro Carlos Lupi ao Senado. Cabral desistiu da candidatura ao Senado em favor de Cesar Maia.

Foto: Reprodução

 

Ler post
quarta-feira 16/07/14

Aécio tem ‘pouca criatividade’ ao confirmar manutenção de programas do governo, diz PT

Foto: Robson Fernandjes/Estadão

Carla Araújo São Paulo - O PT publicou uma nota nesta quarta-feira, 16, comentando as declarações do candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves, durante sabatina promovida por Uol, Folha de S. Paulo, Rádio Jovem Pan e SBT. De acordo com o artigo publicado pela legenda e compartilhado em sua página oficial do Facebook, Aécio deu respostas "incompletas" e "evasivas". Além disso, segundo o PT, Aécio confirmou ter "pouca criatividade" ao assumir a promessa de manter programas criados pelos governos do ...

Ler post
quarta-feira 16/07/14

Aécio falta a dia de ‘esforço concentrado’ do Senado

Pedro Venceslau O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves faltou ao primeiro dia de esforço concentrado do Senado antes do recesso branco, nessa terça-feira, 15. O tucano passou o dia em São Paulo em reuniões internas com sua equipe de comunicação. O senador só volta à Brasília no fim da tarde desta quarta-feira. Em junho, Aécio afirmou que se afastaria do mandato em agosto para se dedicar exclusivamente à disputa presidencial.

Ler post
terça-feira 15/07/14

Aécio lança vídeo com a família em rede social

aeciodiv

Luciana Nunes Leal RIO - Um dia depois de reativar a conta no Twitter, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, publicou nesta terça-feira, 15, em seu perfil no Facebook o vídeo "Aécio Neves em família", com depoimentos de parentes próximos. O filmete mostra a mãe de Aécio, Inês Maria, a mulher, Letícia, a filha mais velha, Gabriela, e a irmã Andrea, que trabalhou com Aécio no governo de Minas Gerais e agora está na coordenação ...

Ler post
sexta-feira 11/07/14

Liminar que barrava candidatura de Padilha é derrubada

Foto: Divulgação

Valmar Hupsel Filho A Justiça de São Paulo derrubou nesta sexta-feira, 11, parte da liminar em favor do deputado estadual Luiz Moura que anulava os efeitos da convenção estadual do PT para as eleições deste ano. Com isso, a candidatura do ex-ministro Alexandre Padilha ao governo paulista está confirmada. Mas caberá à Justiça Eleitoral decidir se o parlamentar pode ou não concorrer à reeleição. A medida ocorre um dia após o PT recorrer da liminar pedida pelo deputado. Moura entrou com representação ...

Ler post
sexta-feira 11/07/14

Aécio acusa governo de ‘oportunismo’ e diz que País não precisa de uma ‘Futebras’

RIO - Embora esteja no Rio de Janeiro sem agenda pública nesta sexta-feira, 11, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, divulgou nesta tarde uma nota em que responde ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que defendeu na quinta-feira, 10, maior participação do poder público na gestão do futebol. "O País não precisa da criação de uma 'Futebras'", disse Aécio, em referência aos nomes de grande parte das estatais brasileiras. O tucano acusou o governo de "oportunismo" na ...

Ler post