1. Usuário
Assine o Estadão
assine

PT responde movimento #nãovaitercopa e cria o #vaitercopa

Lilian Venturini

segunda-feira 13/01/14

Desde domingo, 12, sigla vem utilizando redes sociais para promover o evento que vem sendo alvo de críticas de movimentos sociais Carla Araújo São Paulo – Após a presidente Dilma Rousseff publicar no Diário Oficial da União, no último dia 10, decreto que destinou dois novos funcionários para Secretaria-Geral da Presidência para promover “diálogo com [...]

Desde domingo, 12, sigla vem utilizando redes sociais para promover o evento que vem sendo alvo de críticas de movimentos sociais

Carla Araújo

São Paulo – Após a presidente Dilma Rousseff publicar no Diário Oficial da União, no último dia 10, decreto que destinou dois novos funcionários para Secretaria-Geral da Presidência para promover “diálogo com os movimentos e segmentos sociais por ocasião da Copa do Mundo FIFA 2014″, o Partido dos Trabalhadores (PT) usou a página da presidente e do partido no Facebook para estimular uma campanha defendendo a realização da Copa no País.

Com a marca #VaiTerCopa, no domingo, 12, o PT publicou a mensagem: “Tá combinado. Uma boa semana para todos que torcem pelo Brasil. #VaiTerCopa”. Já na página oficial da presidente, que é administrada pelo partido, a mensagem afirmava: “LÍQUIDO E CERTO. Uma boa semana para todos que torcem pelo Brasil. #VaiTerCopa.”

Apesar de a expressão ser evidentemente uma resposta ao protesto que tem sido marcado para o próximo dia 25 em todo o País, com a mensagem “Não vai ter Copa”, o responsável por gerenciar as redes sociais do PT, o vice-presidente do partido, Alberto Cantalice, afirmou que a ideia “Não teve um objetivo concreto. É porque as pessoas ficam cobrando que a gente fale alguma coisa.”

Segundo Cantalice, a ideia não foi para fazer contraposição ao provável protesto. “Não foi uma coisa para fazer resistência à movimentação popular, até porque a população é amplamente favorável à Copa”, afirmou. Ele disse ainda que a ideia de colocar mensagem na página do PT e da presidente foi uma forma de “testar, para ver se a mensagem ia pegar”. “Não foi nada articulado, só colocamos ali para ver como ia ser e foi extremamente positivo”, avaliou.

Até a tarde desta segunda-feira, a mensagem postada pelo PT havia sido compartilhada por 595 pessoas e curtida por 1.059 pessoas. A página petista tem pouco mais de 75 mil seguidores. No caso da página da presidente, o texto foi replicado por 1.796 e curtido por mais de 5 mil pessoas. A página de Dilma possui 185 mil fãs.

Confira a mensagem postada pelo PT no Facebook

Foto: Reprodução

 

Além da página administrada pelo PT, Dilma se comunica com os internautas por meio da página do blog Dilma Rousseff* (Confira correção no final do texto), onde as mensagens costumam ser mais institucionais. Apesar de não ter postado até o momento a mensagem #vaitercopa, a página postou nesta segunda-feira, 13, um texto destacando a situação do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, que já está com 97% das obras concluídas.

Protesto. Após os protestos de 2012, internautas tentam se mobilizar para realizar a primeira grande manifestação do ano utilizando o apelo da Copa no Brasil. O movimento, que ganhou o nome de Não Vai Ter Copa, está se organizando nas redes sociais para o próximo dia 25 um ato de repúdio ao evento esportivo. A comunidade oficial do ato no Facebook, no entanto, ainda não atingiu um grande número de pessoas comparado aos eventos de 2013. Criada no dia 15 de julho do ano passado, a comunidade possui apenas 4.764 seguidores até o momento.

Em São Paulo, o protesto está marcado para as 17h, no vão livre do Masp. Até o momento, a página criada para estimular o evento tem 1.653 participações confirmadas. O texto com a assinatura “We are Anonymous” (nós somos anônimos) critica os gastos do governo com a Copa e cobra ações da presidente Dilma prometidas durante as manifestações. “Junho passou. Cadê a reforma política prometida pela presidenta Dilma? Via plebiscito ou não, desapareceu. Não houve nenhuma mudança real no parâmetro político ou social desde o começo dos levantes”, diz o texto.

Os ativistas dizem ainda que durante a Copa das Confederações no ano passado “todas as cidades lutaram pelo fim dos jogos”. “O Brasil precisa mudar, e não é no futebol. O clamor popular de Janeiro em diante terá apenas uma voz: NÃO VAI TER COPA”. No Rio de Janeiro, o grupo que criou a comunidade oficial do movimento também está organizando os protestos para as 17 horas do dia 25. A princípio, conforme informação publicada no Facebook, o local da manifestação será em frente ao Copacabana Palace.

 

* Diferente do que foi originalmente publicado na matéria “PT responde movimento #nãovaitercopa e cria #vaitercopa”, a presidente Dilma não se comunica com os internautas por meio da página do ‘blog Dilma Rousseff’. A Secretaria de Imprensa da Presidência da República informa que as páginas institucionais do governo são: Blog do Planalto, Portal Brasil, Portal Planalto. No Facebook, a página oficial é a do Palácio do Planalto. No Twitter, informações institucionais são veiculadas por meio da conta do blog do Planalto e da Secretaria de Imprensa.