ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

04.março.2011 16:50:13

Alckmin é do Opus Dei, diz Matarazzo a diplomatas; governador minimiza

Em diálogos com diplomatas americanos, tucanos afirmaram que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pertencia ao Opus Dei, umas das prelazias mais conservadoras do catolicismo. As declarações partiram de membros do PSDB de São Paulo, entre eles o secretário de Cultura de São Paulo, Andrea Matarazzo, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, durante a campanha eleitoral de 2006.

As informações foram reveladas pelo site Wikileaks e publicadas na edição desta sexta-feira, 4, do jornal “A Folha de S. Paulo”. De acordo com o telegrama obtido, os tucanos disseram ainda que não se empenhariam na campanha de Alckmin à presidência da República, e teriam definido o atual governador como “caipira” e sem visão nacional.

Questionado sobre o teor das conversas, o Alckmin minimizou as informações. “Pelo jeito, os brasileiros nos Estados Unidos não deram muita bola, porque eu ganhei a eleição nos Estados Unidos. Aliás eu ganhei na maioria dos países da América Latina”, brincou. Para o governador, o assunto já está “superado”. “Vamos olhar para a frente. Pé na estrada e servir o povo.”

(Colaborou Anne Warth, de O Estado de S. Paulo)

Tags: , , , ,

Comentários (31) | comente

  • A + A -
31 Comentários Comente também
  • 04/03/2011 - 17:32
    Enviado por: Júlio Lopes

    Matarazzo só falou o que todo mundo já sabe…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 17:54
    Enviado por: Elber Silva

    Se ainda fosse verdade, vá lá….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 18:08
    Enviado por: sergio augusto ricco

    Se dependesse de pertencia ao Opus Dei para ser eleito, eu votaria no Alkmin.
    Melhor ser conservador e crer em Deus, do que certos políticos que são ateus, perdem a eleição (incluindo uma eleição certa de vitória em S. Paulo, a qual foi perdida para J. Quadros) e depois sai falando o tempo todo (conversa para boi ir dormir) de que são religiosos.
    Não são. Pensam que são os bons. Esquecem que todo o dia tem que defecar no banheiro a mando do Criador. É a criatura querendo ser mais do que pode.

    Parabéns Alkmin pela sua fé. Deixe os derrotados pra lá.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 18:15
    Enviado por: Daniela Contin

    Desculpa, eu lí o jornal da Folha e tenho que discordar com este artigo daqui.Segundo o artigo quem disse que Alckmin era do Opus Dei foi APENAS Andrea Matarazzo.
    FHC, segundo a Folha disse apenas que considerava ele “caipira”. Em relação a definição “sem visão nacional” também foi dito APENAS por Andrea Matarazzo. Abs!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 18:21
    Enviado por: marilia castilho

    E daí? Qual a importância do fato?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:08
    Enviado por: macedo

    Da opus dei, eu não sei….agora do PCC, quase certeza, com a moleza que bandido tem nas cadeias e ruas do estado governado por ele e o bando do PSDB

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:31
    Enviado por: Kristini

    Quantos votos Andrea Mattarazzo já teve na vida???

    O caipira e sem visão nacional foi mais votado do que o Serra.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:41
    Enviado por: Cris Azevedo

    E matarazzo nega, veja só. Os mais informados já sabem que ele negou. Ademais, mesmo que Alckmin fosse do Opus Dei, só quem se informa por filminhos da sessão da Tarde, do tipo “O Código da Vinci”, tem medinho da prelazia da Igreja católica, que prega, simplesmente, a mensagem de que o trabalho e as circunstâncias do dia-a-dia são ocasião de encontro com Deus, de serviço aos outros e de melhora da sociedade.
    Se Alckmin fizer isso, está de ótimo tamanho, né mesmo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:50
    Enviado por: celia pereira

    Santo Deus!!

    Os tranbiques do PT que já lesaram milhões de brasileiros, isto ninguem se preocupa.

    Engraçado, foi só o Molusco elogiar este cidadão digno de muita “confiança” (Assange) que já surgiram estas babaquices, eu heim!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:53
    Enviado por: Cris Azevedo

    Mais sobre Escrivá, o santo, que criou a Opus Dei. No próprio, vejam só, Estadão!

    http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100628/not_imp573047,0.php

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 19:54
    Enviado por: Cris Azevedo

    São Josemaría não deixa de enfatizar o valor insubstituível da liberdade – particularmente a liberdade de expressão e de pensamento – contra todas as formas de intolerância e sectarismo. Para ele, o pluralismo nas questões humanas não é algo que deve ser tolerado, mas, sim, amado e procurado.

    A sua defesa da liberdade, no entanto, não fica num conceito descomprometido, mas mergulha na raiz existencial da liberdade: o amor – amor a Deus, amor aos homens, amor à verdade. Sua defesa da fé e da verdade não é, de fato, “antinada”, mas a favor de uma concepção da vida que não pretende dominar, mas, ao contrário, é uma proposta que convida a uma livre resposta de cada ser humano.

    Seus ensinamentos se contrapõem a uma tendência cultural do nosso tempo: o empenho em confrontar verdade e liberdade. Frequentemente, as convicções, mesmo quando livremente assumidas, recebem o estigma de fundamentalismo. Tenta-se impor, em nome da liberdade, o que poderíamos chamar de dogma do relativismo. Essa relativização da verdade não se manifesta apenas no campo das ideias. De fato, tem inúmeras consequências no conteúdo ético da informação.

    A tese, por exemplo, de que é necessário ouvir os dois lados de uma mesma questão é irrepreensível; não há como discuti-la sem destruir os próprios fundamentos do jornalismo. Só que passou a ser usada para evitar a busca da verdade. A tendência a reduzir o jornalismo a um trabalho de simples transmissão de diversas versões oculta a falácia de que a captação da verdade dos fatos é uma quimera. E não é. O bom jornalismo é a busca apaixonada da verdade. O jornalismo de qualidade, verdadeiro e livre, está profundamente comprometido com a dignidade do ser humano e com uma perspectiva de serviço à sociedade.

    A figura de São Josemaría Escrivá, o seu amor à verdade e a sua paixão pela liberdade tiveram grande influência em minha vida pessoal e profissional. Amar o Mundo Apaixonadamente não é apenas um texto moderno e forte. Sua mensagem, devidamente refletida, serve de poderosa alavanca para o exercício da nossa atividade profissional.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 20:16
    Enviado por: Cris Azevedo

    “Meus filhos: aí onde estão nossos irmãos os homens, aí onde estão as nossas aspirações, nosso trabalho, nossos amores – aí está o lugar do nosso encontro cotidiano com Cristo. Em meio das coisas mais materiais da terra é que nós devemos santificar-nos, servindo a Deus e a todos os homens.(…)
    (…)Nós, os homens, é que o fazemos ruim e feio, com nossos pecados e nossas infidelidades. Não duvidem, meus filhos; qualquer modo de evasão das honestas realidades diárias é para os homens e mulheres do mundo coisa oposta à vontade de Deus.

    Pelo contrário, devem compreende agora – com uma nova clareza – que Deus os chama a servi-Lo em e a partir das tarefas civis, materiais, seculares da vida humana. Deus nos espera cada dia: no laboratório, na sala de operações de um hospital, no quartel, na cátedra universitária, na fábrica, na oficina, no campo, no seio do lar e em todo o imenso panorama do trabalho. Não esqueçamos nunca: há algo de santo, de divino, escondido nas situações mais comuns, algo que a cada um de nós compete descobrir.
    (;;;)Interpretai, portanto, as minhas palavras como o que são: um chamamento a exercerdes – diariamente!, não apenas em situações de emergência – os vossos direitos; e a cumprirdes nobremente as vossas obrigações como cidadãos – na vida política, na vida económica, na vida universitária, na vida profissional -, assumindo com coragem todas as consequências das vossas decisões, arcando com a independência pessoal que vos corresponde. E essa mentalidade laical cristã permitir-vos-á fugir de toda a intolerância, de todo o fanatismo. Di-lo-ei de um modo positivo: far-vos-á conviver em paz com todos os vossos concidadãos e fomentar também a convivência nos diversos sectores da vida social.

    «Meus filhos, aí onde estão os vossos irmãos os homens, aí onde estão as vossas aspirações, o vosso trabalho, os vossos amores, aí está o sítio do vosso encontro quotidiano com Cristo. É, no meio das coisas más materiais da terra, onde devemos santificar-nos, servindo Deus e todos os homens» (…).

    QUE COISA HORRIVEL, NÃO? É PURO Opus Dei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 20:20
    Enviado por: Paulo

    O Brasil é um País laico, segundo a constituição federal. O governador Alkmin é um político de grande prestígio no Estado de São Paulo e sua resposta foi bastante polida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 21:21
    Enviado por: Joel Cosme

    Deixa o Alkmin em paz com sua religião.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/03/2011 - 20:13
      Enviado por: João Prado Ribeiro Campos

      Religião Alckmin pode ter a que quiser. Mas como político tem obrigação de dar ao público satisfação de suas coligações:

      “Além das dimensões religiosa e política, a Opus Dei tem uma terceira face: a de sociedade secreta de cunho mafioso. Em seus estatutos secretos, redigidos em 1950 e publicados em 1986 pelo jornal italiano “L´Expresso”, a Obra determina que “os membros numerários e supernumerários saibam que devem observar sempre um prudente silêncio sobre os nomes dos outros associados e que não deverão revelar nunca a ninguém que eles próprios pertencem à Opus Dei.”

      4.03.2006
      A Ópus Dei na América Latina
      Por Henrique Júdice Magalhães, de Lisboa
      http://geosapiens.blogspot.com/2006/04/pus-dei-na-amrica-latina.html

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/03/2011 - 21:29
    Enviado por: Eva Gina

    Não há coisa mais relativa do que as noções de “Verdade” e “Liberdade”. Pelas duas, já se queimou gente na fogueira. A “verdadeira” questão é: se Alck é opus dei ou libra ascendente escorpião, isso é tão irrelevante ao pensamento nacional, que nem fato jornalístico pode ser considerado. Estarei lendo Caras?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 21:30
    Enviado por: Frisca

    Isso não tem nada a ver com a fé. Antes disso e talvez apesar disso, tenha a ver com o poder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 21:41
    Enviado por: Eduardo

    Poderia o Estado de São Paulo, por obséquio, explicar um pouco melhor para o amigo navegante desinformado o que vem a ser e como age a referida Opus Dei, ou será que, no Estadão, são todos tementes ao Papa?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/03/2011 - 12:49
      Enviado por: João Prado Ribeiro Campos

      O Estado de S. Paulo, e a ‘famiglia’ Mesquita que lhe dá o tom, são notórios agnósticos, e disso muito se orgulham.

      Defendem o direito dos religiosos de ter suas religiões. Todas elas. Afinal, a única diferença entre um agnóstico e um religioso é que o agnóstico tem uma religião a menos que o religioso. Dentre tantas possíveis.

      Informações sobre a Opus Dei abundam na internet. Contra, como “Resenha: Opus Dei – a Falsa Obra de Deus: Alerta às Famílias Católicas” http://www.hottopos.com/rih9/amalia.htm ou a favor como em Encontrando a Deus no trabalho e na vida cotidiana http://www.opusdei.org.br/.

      Cada um que tire suas próprias conclusões. Religião, política e futebol, cada qual com seu time.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/03/2011 - 22:12
    Enviado por: RoseF

    Se Alckmin efetivamente fizer parte da Opus Dei, e daí??? Já virou crime ser católico no país dos petralhas?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/03/2011 - 12:37
      Enviado por: João Prado Ribeiro Campos

      O crime não é fazer parte de umas das prelazias mais conservadoras do catolicismo. O crime é um peossoa que abraça a vida pública mentir em público. Alckmin que tenha a religião que desejar, mas não negue em público aquilo que em privado segue e defende.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/03/2011 - 23:11
    Enviado por: POBRE PAULISTA

    eu gosto, me engana, me engana, m engana q eu gosto…
    pobre paulista, pobre sp!!!
    um governador q faz acordo c/ o crime organizado ñ tem moral…mas msm assim, idiotas paulistas ainda votam num partido q, fez essa potencia chamada SP retroceder, atrasar, minguar…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 00:09
    Enviado por: Reinaldo

    Guerra interna do PSDB. Nada mais do que isso. Na proxima poderiam mostrar o anel de energia verde do Aecio ou o bom humor do hulk Serra, ah, aproveita para degelar o picolé de chuchu e tbm, claro, devolvam o cocar do indio. Nada a ver pegarem o cocar dele para fazer chover em SP.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 07:49
    Enviado por: Ismael Pescarini

    Como Petista é asqueroso. Quem fez acordo com o PCC foi quem apoia as fARC e construiu a Estrada da Coca, na Bolivia, com grana do BNDES. Deixem Alckmin em paz e vão mentir em outro lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 08:06
    Enviado por: Hélio Jacinto Pereira

    Opus Dei,não passa de um grupo ultraconservador de extrema Direita,que se abriga na Igreja Católica,seu real objetivo é influir no processo Politico Nacional tentando implantar as diretrizes que eles consideram mais corretas,ou seja um Grupo ligado a Igreja Católica que tem atuação de Lobista em favor de posições conservadoras.
    Alckmim não assume que é pois sabe que como Politico importante do Estado de SP,tem de manter as Portas abertas com todas as correntes politicas.
    Alckmim,não precisa dizer por exemplo que é careca,todo mundo sabe,como também não precisa dizer que é da Opus Dei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 08:08
    Enviado por: nosquevoa

    sabia…tinha q te um monte de “fiel” vino aq p fala q e melhor um conservador cristao do que um ateu kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    bando de idiotas,nao tem a menor noçao do q e uma sociedade secreta e fala q nao tem nada a ver o politico fazer parte dela hahahahahha
    ser maçom tmbm nao tem problema ne pessoal?

    ” a propria palavra segredo e repugnante em uma sociedade livre e aberta”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 20:22
    Enviado por: Francisco Kaveski

    Mas que comentarios fajutos, desconhecem até como o imperio romano tomou conta oficialmente do cristianismo no ano 456 Dc, Quando o imperador romano se tornou o primeiro papa.
    Vamos viver em paz conosco mesmos.
    Vamos aprender a ser honestos Brasileiros e fazer o Progresso do Brasil.
    Progresso é o que interessa, pois o resto ñ tem pressa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2011 - 12:30
    Enviado por: João Prado Ribeiro Campos

    Acho que qualquer um tem o direito de pertencer à seita religiosa que desejar. Eu provei do Opus Dei na juventude e não gostei. Saí a tempo. Não recomendo.

    Só não entendo porque Alckmin tem qu eficar negando duas crenças. Negar a verdade óbvia, para quem abraça a vida pública, é que é nefasto. E não o fato de pertencer umas das prelazias mais conservadoras do catolicismo. Todo mundo tem o direito de ser conservador.

    O mesmo direito que têm os revolucionários.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2011 - 20:09
    Enviado por: João Prado Ribeiro Campos

    A organização Opus Dei actua também no monopólio da imprensa. Controla o jornal “El Observador”, de Montevidéu, e exerce influência sobre órgãos tradicionais da oligarquia como “El Mercurio”, no Chile, “La Nación”, na Argentina e “O Estado de São Paulo”, no Brasil. O elo com a imprensa é o curso de pós-graduação em jornalismo da Universidade de Navarra em São Paulo, coordenado por Carlos Alberto di Franco, numerário e comentarista do “Estadão” e da Rádio Eldorado.

    4.03.2006
    A Ópus Dei na América Latina
    Por Henrique Júdice Magalhães
    http://geosapiens.blogspot.com/2006/04/pus-dei-na-amrica-latina.html

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 21:34
    Enviado por: Anônimo

    (nome omitido a pedido) Mas a Opus Dei é uma seita. Anos atrás uma amiga minha ganhou uma bolsa para estudar jornalismo na Universidade de Navarra, e esta universidade é da Opus Dei. Foi fundada pelo Josemaría Escrivá. Ela me contou várias histórias de horror! E eles fazem pressão em todos os alunos lá. Ela disse que não podia nem ficar estudando na biblioteca – preferia estudar no quarto, porque se ficasse na biblioteca alguém ia abordá-la para falar de Opus Dei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2011 - 16:52
    Enviado por: Arthur Reis

    Só disse, o que todos sabem, Alckmim, sempre foi financiado,

    pelos loucos fanáticos da Opus Dei….

    Não é privilégio do Oriente Médio, ter fanáticos religiosos, envolvidos na política.

    responder este comentário denunciar abuso

Comentários recentes

  • David Gon: Da para acreditar em pesquisas do 2o turno se na semana passada o Serra estava em 3o lugar, agora esta em...
  • Vanessa: E isso Ai Tiririca!!!!! Nos te amamos!!!
  • Marco Aurelio Miquilini: Esse Lula engana e já enganou muita gente, mas a mim nunca enganou. Como pode ter tanta...
  • Fabio Fernando: Ministra Calmon, Nao estamos no Velho Oeste americano, onde funcionava a voz do Xerife, como a sra...
  • Cristina Rodrigues: Dias Toffoli tem alguma relação com o PT, que poderia talvez ser questionada. E Gilmar Mendes,...

Enquetes

Os deputados condenados pelo mensalão devem perder seus mandatos?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Arquivos

Seções

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo