1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Comentário de Marina Silva sobre morte de José Saramago gera confusão no Twitter

sexta-feira 18/06/10

Por André Mascarenhas A equipe da candidata do PV à Presidência, Marina Silva, teve que se retratar depois de ter retuitado, no perfil da senadora, comentários críticos ao escritor português José Saramago, morto hoje aos 87 anos. Em post publicado no blog da campanha, sob o título “O que Marina disse sobre Saramago”, assessores da [...]

Por André Mascarenhas

A equipe da candidata do PV à Presidência, Marina Silva, teve que se retratar depois de ter retuitado, no perfil da senadora, comentários críticos ao escritor português José Saramago, morto hoje aos 87 anos. Em post publicado no blog da campanha, sob o título “O que Marina disse sobre Saramago”, assessores da candidata verde afirmam ter havido um “equívoco no modo como a Equipe Marina respondeu a mensagens publicadas pelo Twitter sobre a morte do escritor José Saramago”.

marinatwitter

A polêmica começou por volta das 9 horas, quando a candidata escreveu “Morre José Saramago. O mundo perde um grande escritor e os países da língua portuguesa, o nosso primeiro prêmio Nobel”. De acordo com a explicação do blog, a mensagem gerou críticas entre seguidores da senadora.

E, para respondê-las, a equipe de Marina resolveu publicá-las no Twitter: “Como podemos lamentar a morte de uma pessoa que blasfemou contra Deus a vida toda?”, escreveu a seguidora Iara Meirelles.

Outro procurou relativizar a notoriedade de Saramago: “Grande escritor é muito subjetivo.Alguém que não RESPEITA a fé alheia não é exatamente um GRANDE escritor”, reagiu o seguidor identificado como @wvmedeiros.

As respostas de Marina foram dadas após cada RT: “@iara_meirelles A vida é um dom dado por Deus para quem crê e para quem não crê. Louvado seja Deus”. E “@wvmedeiros Mas o que aprendemos com Jesus é que temos que amar e respeitar todas as pessoas, mesmo as que não respeitam a nossa fé”.

Embora tenham tentado esclarecer o episódio no próprio Twitter, com o post “Caros, a Marina não está apoiando os comentários de @wvmedeiros e de @iara_meirelles. Ela cita para responder. Leiam tudo”, o estrago já estava feito. “Marina Silva não sabe nem administrar seu Twitter,imagina a presidência de um País?”, escreveu @renobile.

Mesmo a tentativa de corrigir o erro foi criticado pelos usuários da rede social. “A Marina Silva fez besteira no twitter e rapidamente deram uma maquiada. Nada como ter o presidente da Natura como vice”, alfinetou @microcontoscos.

Com uma campanha focada na web, essa é a segunda vez que Marina precisa explicar declarações suas difundidas pela internet. No dia 2 de junho, em entrevista ao portal UOL, a senadora declarou ter opinião “não favorável” ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. “O casamento é uma instituição entre pessoas de sexos diferentes, uma instituição que foi pensada há milhares de anos para essa finalidade”, disse na ocasião.