1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Fidel Castro escreve carta parabenizando novo programa de Maradona

Redação Internacional

24 junho 2014 | 09:38

Líder cubano elogia Messi e a seleção argentina

O líder da revolução cubana, Fidel Castro, enviou uma carta ao argentino Diego Maradona lhe dando os parabéns pelo novo programa televisivo chamado “De Zurda” (de canhota), no canal venezuelano TeleSur. Fidel também envia saudações e felicitações à seleção argentina e ao jogador titular da camisa 10 Lionel Messi.

“Inesquecível amigo, todos os dias tenho o prazer de acompanhar seu programa pela TeleSur sobre a espetacular Copa do Mundo de futebol, graças a isso posso observar o extraordinário nível desse esporte universal”, escreve Fidel na carta, lida pelo companheiro de Maradona na atração televisiva, o uruguaio Víctor Hugo Morales.

“Admiro sua conduta por várias razões, tive o privilégio de lhe conhecer quando triunfaram as ideias mais justas de nossos povos e nenhum poder conseguiu esmagá-las”, acrescentou.

Antes de ouvir o conteúdo da carta, Maradona disse: “O melhor que poderia ter acontecido conosco do ‘De Zurda’ era receber uma carta do maior de todos”.

O líder cubano descreve Messi como “um formidável atleta que dá glória ao nobre povo da Argentina”. “Nada pode superar o que ambos têm de glória e prestígio, apesar dos mesquinhos esforços dos intrigantes”, diz o texto.

Fidel também disse a Maradona que não esquecerá “nunca” a amizade e o apoio que o ex-craque sempre ofereceu “ao líder bolivariano Hugo Chávez, promotor do esporte e da revolução da América Latina e dos povos subjugados do mundo.”

O líder da revolução cubana lembra na carta que quando era menino, adolescente e jovem praticava esportes, “atividades nobres para as quais dedicou a maior parte de seu tempo livre”.

Assista trecho do programa com a leitura da carta:

Posts relacionados