12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Radar Econômico
Filtro
Tamanho de texto: A A A A

O Brasil deixou de ser um país emergente? Dê sua opinião

31 de março de 2011 | 10h46

Sílvio Guedes Crespo

O economista Jim O’ Neill afirmou em artigo no jornal britânico “The Times” que Brasil, Rússia, Índia e China deixaram de ser países emergentes.

Há cerca de dez anos, O’ Neill criou o acrônimo Bric para se referir a essas quatro nações que, na opinião dele, passariam a figurar entre as principais economias do mundo. Agora, ele sugere que esses países sejam chamados de “mercados em crescimento”.

Na sua opinião:

O Brasil deixou de ser um país emergente?

Ver Resultados

Loading ... Loading …

O artigo completo está no site do “Times” (em inglês, para assinantes)

Leia resumo em português feito pela BBC Brasil

Ouça comentário sobre o assunto na rádio Estadão ESPN

OBSERVAÇÃO: O portal do Estadão não aceita comentários em que predominam letras maiúsculas

Tópicos relacionados

64 Comentários Comente também
  1. Enviado por: Marcio Marques Alves

    Sim e não.
    Pelo lado econômico talvez, mas sem dúvida, pelo lado social, não. Aliás na parte social, o país é comparado às economias africanas e da América Central. De que adianta o Brasil ser a 7ª ou 5ª maior economia, se socialmente falando, nunca alcaçaremos o padrão de vida dos habitantes dos países que já postulam essas posições. Se temos os processos inflacionários como principal mecanismo de concentração de renda onde, quanto mais cresce o rendimento médio do trabalhador, mais a inflação avança?! Se estamos acostumados e achamamos muito natural o fato de haver favelas em nosso meio, e pessoas sem a mínima noção de cidadania?!

    • Enviado por: Marcela

      Concordo com o Márcio em todas as suas palavras. Esse país carece de uma única coisa: Investimento Pesado na Educação ou de nada adiantará ser uma grande economia, será como colocar a carroça na frente dos bois.

    • Enviado por: Reisender Gerard

      O Brasil está muito longe de emergir de seu subdesenvolvimento. Enquanto tivermos um governo e políticos corruptos, desonestos e exímios em falcatruas, teremos essa educação, essa saúde, essa segurança que aí estão. Ele pode ser considerado desenvolvido se comparado com países miseráveis, paupérrimos e de governos piores do que os de que nós dispomos.

    • Enviado por: André Terra

      O termo “BRIC”, formulado por um economista, refere-se a características econômicas, pertinentes apenas a um matiz do espectro. São tipologias para efeito de análise em perspectivas comparadas. “Erroneamente(?)” adotado como critério cultural, social, e, principalmente, político,em sentido amplo, ou estritamente como “markenting político”, tende-se a pensar que, “de fato” ele existe. Panacéia dos “entusiastas” de plantão.
      Na realidade, não existem países emergentes, avançados, atrasados, desenvolvidos, subdesenvolvidos ou 1º,2º, 3º mundo, “mais a África”. Despido o ranço ideológico, etnocêntrico,racista e preconceituoso dos termos acima, o que existe são os países centrais do capitalismo e os países da periferia do sistema, e as respectivas gradações de poder. Exemplo: Brasil !

  2. Enviado por: Armando

    Sim e não.

    Estando mais para o não. Um país não pode ser medido apenas pelo lado econômico. Precisa também ser medido pelo seu desenvolvimento social. O desenvolvimento social trata do capital humano, e convenhamos que nível de educação estamos longe dos países ditos de primeiro mundo.

    • Enviado por: Angelo Noel

      Armando, só o desenvolvimento de uma economia alavanca a complexidade do capital humano (e outros setores) de uma sociedade. É impossível realizar investimento em qualquer área (desde o ensino de tecnologia de ponta ao centro de recuperação de dependentes químicos) sem uma economia forte e diversificada. Além do governo ser o pior economista existente, porque canaliza os recursos produzidos pela sociedade sem concorrência, o que gera irracionalidade, não somos um páis dotado da cultura da educação, mas cultivamos a obediência ao poder. Fatores que deixam um vácuo enorme entre a nossa situação (o progresso do lema na bandeira) e um verdadeiro progresso…

    • Enviado por: Filipe Carvalho

      Engraçado Angelo Noel, a história recente da Coréia do Sul ensina o oposto ao seu dito. Concentração dos investimentos, mesmo que escassos, em setores fundamentais como a educação (principalmente) alavanca o crescimento econômico (e no LONGO PRAZO) garantindo um desenvolvimento social de verdade.
      Mas como você fez questão de lembrar não temos cultura de educação (o ex presidente que o diga quando disse que leitura é chato), e sim de funcionários públicos que adoram uma boa mamadeira.

  3. Enviado por: stefan

    É lógico que não!
    Quem já viu país ser considerado desenvolvido se é extremamente dependente da tecnologia dos outros.
    É claro que o Brasil é um país que produz alguma tecnologia, alguma ciência, mas se comparar com outros emergentes maiores estaria atrás, comparando com a China, bem atrás.

    • Enviado por: stefan

      Corrijo o termo desenvolvido , para “emergente superior”.
      Creio que apenas a Rússia e o Chile mereçam o título. A China e índia devem esperar um pouco mais até melhorarem suas renda per capta.
      Brasil precisa ser menos dependente de alta tecnologia e aumentar a renda per capta, isso só se consegue aumentando investimento em educação. É um efeito colateral natural.

  4. Enviado por: Manoel Piazza

    País emergente?
    É só dar uma olhada nas portas dos hospitais, nas escolas, nas estradas, nas aposentadorias, na segurança, nos aeroportos, enfim não temos nada para se emergente.

  5. Enviado por: Pedro Paulo

    …falta ainda:atendimento à integra do Ficha Limpa, reforma política de fato, além das tributária e previdenciária!

  6. Enviado por: Clávio Souza

    Pelo lado Social e Educacional … claro que não.

  7. Enviado por: Jairo

    Um país sem saúde e sem educação, não é emergente é deprimente.

  8. Enviado por: @AntoniodaMatta

    Deixou de ser o que nunca foi. Mercado emergente sempre foi , desde que compravamos produtos *do reino * de Portugal. O Brasil não sabe para onde vai, governado por uma elite orgulhosamente analfabeta.

  9. Enviado por: Ruan

    Concordo com o Marcio.
    Sim e Não.
    Depende do aspecto que esta em foco.
    No Brasil ainda falta uma Politica limpa, justa. Impostos mais baixos e diminuição das diferenças sociais. Porem, tendo uma boa persperctiva, o nosso grandioso país está bem encaminhado.

  10. Enviado por: Alexandre

    Um pais sem valores morais e principios, sem sistema de educacao e saude adequados, com pessima infraestrutura, com impostos inadequados onde puni a producao, juros altissimos e com corrupcao generalizada, nao pode ser considerdo nem emergente.

  11. Enviado por: Angelo Noel

    Só se o significado da palavra MERCADO, agora quer dizer GOVERNO/ESTADO.
    O país tem baixo nível de poupança, porque a carga tributária é massacrante deixando o estado é gigantesco.
    A iniciativa privada no Brasil é estrangulada pela verdadeira classe dominante e exploradora.

    Se isso quer caracterizar um mercado (quem dirá “em crescimento”), estamos bem próximos do sonho socialista…

  12. Enviado por: Renato Carvalho

    A heterogeneidade do Brasil faz com que tenhamos alguns exemplos de países de primeiro mundo e as piores misérias e mazelas dos piores dos mundos.

  13. Enviado por: Douglas Marchel

    Eu realmente queria saber de que ângulo se diz emergente o Brasil? pois no geral do geral mesmo, o Brasil é um dos piores do mundo, em termos de infra estrutura, cultura da população, um Brasil onde mais da metade ou 58% dos brasileiros não sabem cantar o Hino nacional. Eu acho isso inexplicável, não nos enquadramos nesta elite econômica e social ainda. Infelizmente.

  14. Enviado por: Rosado Tremendão

    Sim, acho que ele já está no meio termo e está caminhando a passos largos para chegar ao topo, basta ver o que aconteceu com o Brasil nos ultimos anos é claro que ele tem razão não somos mais aquele de antes,com LULA/DILMA na direção que traçaram, entrando muinto dinheiro nesta parada pré-sal etc. não tenham duvida e por favor não torçam contra, porque é bom é para todos e não me digam que o PT vai roubar, esta separação é visão pequena, você não consegue separa pessoas anginhos para um lado e os capetinhas para o outro esta separação é fantasiosa ele só existe quando você mostra os capetinhas de um lado e esconde os capetinhas do outro como tem acontecido. um beijo no corção de todos.

    • Enviado por: stefan

      Pelas suas palavras e seu nome só posso supor que você é um tremendo comediante.
      Acredite, você me fez rir!

  15. Enviado por: JOAQUIM

    O Brasil se encontra há poucos anos de se tornar uma potencia social pois economicamente esta potencialidade está ai. Se os governos criarem mecanismos de maior inclusão social, mais educação, sem duvida nenhuma seremos o melhor pais do mundo. Acontece que os pontos negativos se sobressaem, por exemplo, criminalidade, analfabetismo, falta de investimentos em saude publica, tudo isso ainda precisa ser melhorado mas a sociedade precisa cobrar e muito nossas autoridades. Muito obrigado

    • Enviado por: stefan

      Potencialidade aí??? Aí aonde??? Só se for dentro da sua cabeça, e de uns outros que se deixam levar pela propaganda mentirosa governamental, campeão.
      Inflação aumentando, PIB diminuindo, infra-estrutura destruída.
      De que país você está falando, rapaz?????

  16. Enviado por: Francisco

    O Brasil ainda vai se tonar um país “subemergente” pela total inépcia de seus governantes.

  17. Enviado por: Filipe

    O que muda é apenas uma terminologia para identificar os 4 dos demais países. Em vez de economia em desenvolvimento, economias em crescimento.
    Com esta terminologia, ele quer reforçar que nossos PIBs estão crescendo, até ultrapassar o de várias nações desenvolvidas.

    De fato, concordo: A China é uma nação desenvolvida? Não. Mas, a China é um país em desenvolvimento, como a Venezuela? Também não; pelo contrário, é uma grande potência, com grande capacidade de influência econômica no mundo. Por isso surge a necessidade dessa nova definição.

    Conclusão: Não somos desenvolvidos como EUA, mas também não estamos em desenvolvimento como a Colômbia. Estamos crescendo para termos ainda mais influência na economia e política mundial, antes mesmo de conseguir erradicar problemas como a miséria e a corrupção.

    • Enviado por: stefan

      O problema, prezado Filipe, é que, salvo engano, não existe um país que seja potência e que tenha grande quantidade de miséria e corrupção. Corrupção no nível que tem no Brasil e sem ou com punição muito leniente.

  18. Enviado por: RONALDO

    O Brasil na atualidade está entre as maiores economias do mundo(PAÍS RICO), mas na minha opinião ainda demorará um bom tempo para se chegar entre as nações desenvolvidas. O país possui baixo nível IDH, nível de instrução/educação da população é precário, má distribuição de renda e ainda é considerado um dos países mais corruptos do mundo. ÉTICA PARA POLÍTICOS E EMPRESÁRIOS ALIADOS A ESTA JOGATINA.
    Ex-vice Presidente da República JOSE DE ALENCAR fará muita falta em nosso país!!!!!! Uma pena que não temos pessoas a sua altura para substituí-lo.

  19. Enviado por: a

    Não, continua subdesenvolvido.

  20. Enviado por: Filipe Carvalho

    O termos “desenvolvido”, “em desenvolvimento”, “emergente”, etc tem apenas a ver com crescimento econômico?
    Se não, o Brasil com seu povo extremamente desqualificado, incompetente, mal educado e acomodado (refletido na qualidade de nossa política) está longe de deixar o clube dos países emergentes.
    Se sim, da mesma maneira continua um país emergente. Sua renda per capita está longe de ser considerada alta, e temos ainda um alto contingente de miseráveis. Pergunta: O Chile é emergente? Se for, então o Brasil está pra lá de subdesenvolvido.

  21. Enviado por: Mack

    Manda o Mr. Jim O’ Neill vir trocar uma ideia comigo, que eu lhe mostrarei que esse país não só é emergente como falta muito para deixa-lo de ser.

  22. Enviado por: DIRCEU ALVES

    Obviamente depende do critério adotado. Porém, para quem acha o Brasil uma porcaria, recomendo que experimente a Inglaterra, que tem uma dívida externa de 400% do PIB e alto desemprego. Lá voce poderá se embevecer apreciando a família real passear de carros dourados, porém estará desempregado. Ou experimente a China, que tem mais de 1 bilhão de miseráveis. Ou os Estados Unidos, onde quem manda é á indústria armamentista. Lá voce poderá ser enviado a alguma guerra para servir de bucha de canhão, mas quando retornar da guerra poderá morar na belíssima Miami, mesmo estando desempregado. Enquanto voce estiver no exterior eu ficarei no Brasil de primeiro mundo, num apartamento à beira da praia.

    • Enviado por: Filipe Carvalho

      Ah é, faltou falar que lá na Inglaterra você poderá experimentar caminhar nas ruas no horário que quiser sem ser incomodado, ter acesso a bens sem precisar ser um ricão, poderá experimentar uma infraestrutura de primeiro nível, hospitais de excelente qualidade, ensino de qualidade, poderá assistir a uma política tendo de pedir desculpas por ter pago o aluguel de filmes pornô com dinheiro público, conviverá com uma população com alto nível de educação e cordialidade. Se ficar lá por um bom tempo poderá ver o país se recuperando de uma crise (que eu me lembre o Brasil passou por várias não é?) e vendo seus níveis de emprego voltarem a patamares baixos.
      Ah, e de quebra ainda leva a possibilidade de ver Londres pronta para as olimpíadas mais de um ano antes dos jogos.
      Brasileiro é brincadeira, basta uma crise nos países da quais tem inveja para achar que virou tudo um lixo.

  23. Enviado por: Maria Laura

    O Brasil nao deixou de ser uma economia emergente e nao vai deixar de ser por um bom tempo, desde que nao ocorra nenhum fenômeno de caráter natural e nem uma crise financeira mundial.
    Os BRIC´s são caracterizados pelo crescimento e nao pelo desenvolvimento, e é essa a característica do nosso país.
    Mesmo com todas as políticas monetárias e fiscais restritivas que vêm sendo adotadas, o Brasil continuará crescendo.

    E desde sempre assimilei BRIC´s com “mercados em crescimento”, de fato…são sinônimos!

  24. Enviado por: frederico

    Com esse nível de politicos…lula…dilma…jose dirceu…e ptralhas…arrudas…roris…tiririca……bando de corruptos…stf…não consegue punir nem o garçon…italiano foragido por crimes…mensalõescoitado dele se derrubar café na capa do batman…é dose…terceiro mundo mesmo…impunidades descaradas…sem infra…sem esducação…sem esgoto…aí é díficil…

  25. Enviado por: Lourdes

    Como sou brasileira, acho que o Brasil esta no caminho certo. Primeiro pagar as dividas, depois fazer os investimentos necessarios. Acho que todos os brasileiros deveriam ser otimistas. Afinal tudo acontece com tempo. Ja nao somos considerados emergentes e sim com muito potencial para ser do primeiro mundo. Por que nao!!!

  26. Enviado por: DIRCEU ALVES

    Filipe, pela sua classificação o Brasil deveria então ser rebaixado, sendo até inadequado o termo EMERGENTE. Proponha então classificá-lo como ULTRA-SUBDESENVOLVIDO ou COLÔNIA EUROPÉIA de quarto mundo. O economista Jim O’ Neill, que deve ser leigo na matéria, vai concordar totalmente com voce.

    • Enviado por: Filipe Carvalho

      Ironias minhas à parte Dirceu, o Brasil nada mais é do que um emergente. Jim O’Neill jamais concordaria comigo, até porque ele é um entusiasta dos BRICs tendo ele mesmo criado a sigla. Provavelmente a visão dele já está viesada por seu entusiasmo.

  27. Enviado por: Henrique

    A desigualdade social, perpetuada por essa quadrilha de políticos que se perpetuam no poder não deixa o Brasil seguir .

  28. Enviado por: RENATO SILVA MORISCO

    De que adianta o brasil avançar no senario mundial como as principais economias mundiais , como pais exportador concordo mas somente os empresarios deste pais tem motivos para comemorar pois nosso povo anda numa miseria so , como um pais que cresce tanto , a renda do trabalhador aumenta um pouco mas somos massacrados com esta vergonha que a carga tributaria neste pais e os juros bancarios que sao uma verdadadeira agiotagem legal como o apoio do governo , neste pais grande parte da populacao trabalha apenas para pagar impostos e o que sobra é para comer e tomar uma pinga no bar da esquina , pois nao temos vida social , pois acredito que enquanto nao investirmos em educacao e uma reforma tributaria continuaremos sendo um pais emergentes por muitos e muitos anos , o que o governo na verdade mostra no senario internacional de crescimento economino isto e para minoria da populacao .

  29. Enviado por: Ademir

    Houve muitos acertos, mas ainda pecamos infra-estrutura,seriedade com coisa pública, foco no povo.
    O politico é um simples sindico, que deve e precisa prestar conta dos seus atos.
    O modelo colonialista confundiu a idéia do cidadão, assim ele não cobra, não busca seus direitos, etc..
    O fato de não levarmos a educação a sério, reconhecendo e valorizando o professor etc..

  30. Enviado por: Eduardo

    O Brasil continua sendo um país subdesenvolvido. E tem se esforçado muito para continuar assim.

  31. Enviado por: nilo marcio

    o japão virou primeiro mundo depois da segunda guerra quando se livrou dos americanos e europeus e pararam de só querer brigar de boca com esses países,sua cultura e seu modo de vida continua os mesmo ,e a maior e melhor tecnologia é a japonesa ,enquanto no brasil vive se discutindo educação ,salário de professores,quem quer estudar nesse país para ganhar salário minimo que não dá nem para o essencial na vida.

  32. Enviado por: Tetsuo Shimura

    O economista Jim O’ Neill provavelmente deveria ser um estudante universitário quando o Brasil experimentou o Milagre Econômico durante os governos militares.

    Não faria oposição à sua nova linha de pensamento, mas sua classificação poderia contemplar algumas posições de referências, uma vez que o Brasil no quesito escolar deve estar bem aquém do restante do grupo. A falta de capacidade de interpretações nas instruções ou a falta de habilidade no trato com a matemática limitará o crescimento tanto quanto hoje se observa a falta de mestre de obra para o mercado da construção civil.

    Como qualquer brasileiro com mais de cinquenta anos de idade e vítima dos sucessivos planos econômicos frustrados, diria que o Brasil está em crescimento somente após vinte ou mais anos nesta trajetória com palpáveis melhorias na educação. Do contrário, apenas um evento atípico e cíclico: avança e para.

  33. Enviado por: ivan

    Lógico que não é mais emergente! Hoje temos ex presidente analfabeto recebendo titulo honoris causa em universidades europeias,dinheiro adoidado sobrando para distribuir a eleitores e para terminar, o poder bem distribuidinho, fatia por fatia para ninguem falar mal de ninguem..Sim brasileiros, alegrai vos somos uma superpotencia, vamos finalmente festejar..

  34. Enviado por: Marinetti

    Poucos sao os países onde nao há miséria! Até nos EUA pessoas nao tem saúde pública. Há mais de 20 milhoes desdentados, além de desempregados, sem-teto…Apesar disto é um país desenvolvido…Pelo fato de o Brasil já possuir uma classe média de mais da metade, acho que o país chegou a um estado de desenvolvimento e prosperidade, embora nao total!

  35. Enviado por: Andre

    O Brasil deixou de ser emergente. Ele é submergente.

  36. Enviado por: Maria da Silva

    Emergente é o termo inventado no mercado financeiro para justificar investimentos em lugares exóticos. O Brasil é emergente por causa do Plano Real, de 1994. Mas com a corrupção, a falência da educação e o comunismo não deixará de ser subdesenvolvido. Caminha agora para o buraco.

  37. Enviado por: Thiago Coelho

    Na verdade, economicamente, o Brasil já é realmente um país rico. Entretanto, é um país socialmente em desenvolvimento. Há sérios problemas de segurança, de educação, de infra-estrutura. A saúde brasileira consegue ser mais privada que pública (a saúde universal parece ser uma utopia europeia; sequer aqui a saúde pública é universal e, muito menos, de boa qualidade), estilo Estados Unidos. Politicamente, temos evoluído (apesar da era, graças a Deus, terminada, assim espero…). As diferenças sociais são cada vez menores e já é um país com mais da metade da população na classe média, ou seja, 75% de consumidores potenciais. Assim, é, sim, um país desenvolvido, com mazelas a resolver…

  38. Enviado por: abraão bastos

    O Brasil será sempre um país emergente, pois jamais se igualará ao pleno desenvolvimento social se sua população como ocorre com os paises europeus e alguns tigres asiáticos.

  39. Enviado por: del nero

    O Brasil continua a ser o pais do futuro.
    Aonde o povo ou não sabe ler ou não gosta, sera sempre refem , visto que a educação, saude, transporte, fazem parte significante do desenvolvimento de uma nação, porem esses itens são totalmente ignorados pelos detentores do poder. Uma vez que é conveniente para eles manterem a maior parte da população na ignorancia, deixando-os a se preocuparem com os diversos problemas de sobre vivencia do dia a dia, para que ELES possam usufruir de todas as falcatruas. Portanto tenho a certeza que o Brasil sera ainda somente uma promessa de um pais do futuro. Ser um pais hoje como emergente é apenas um grande piada de mal gosto, ou bajulação de alguns que esta tirando vantagens. Reparem que nada em absoluto funciona no Brasil com lisura, objetividade e simplicidade, tudo é de pessima qualidade, bens e serviços em geral. Como tem alguem com a capacidade de ainda dizer que somos emergentes, aonde estamos mais proximos do naufragio, e entregar por vez o nosso pais aos estrangeiros, ou sermos refens permanentes de um unico partido politico.

  40. Enviado por: Heliana

    Acredito que está sim em desenvolvimento. Quando comentamos de países ricos como os países europeus, não podemos deixar de salientar que eles estão devendo muito. Tudo muito bonito aos olhos dos mais leigos. Acredito que o Brasil está nesta posição, pois a economia está muito mais sólida, mesmo tendo a quantidade de más infra-estruturas.

  41. Enviado por: delnero

    O Brasil continua a ser o pais do futuro.
    Aonde o povo ou não sabe ler ou não gosta, sera sempre refem , visto que a educação, saude, transporte, fazem parte significante do desenvolvimento de uma nação, porem esses itens são totalmente ignorados pelos detentores do poder. Uma vez que é conveniente para eles manterem a maior parte da população na ignorancia, deixando-os a se preocuparem com os diversos problemas de sobre vivencia do dia a dia, para que ELES possam usufruir de todas as falcatruas. Portanto tenho a certeza que o Brasil sera ainda somente uma promessa de um pais do futuro. Ser um pais hoje como emergente é apenas um grande piada de mal gosto, ou bajulação de alguns que esta tirando vantagens. Reparem que nada em absoluto funciona no Brasil com lisura, objetividade e simplicidade, tudo é de pessima qualidade, bens e serviços em geral. Como tem alguem com a capacidade de ainda dizer que somos emergentes, aonde estamos mais proximos do naufragio, e entregar por vez o nosso pais aos estrangeiros, ou sermos refens permanentes de um unico partido politico.

  42. Enviado por: Bruno

    Como um país pode ser considerado rico ou emergente se a maior parte da sua população possui dívidas no cheque especial e/ou cartão de crédito???????

  43. Enviado por: Michael K

    enquanto tivermos estatais e estatização, governo dizendo a empresas o que devem produzir ( vide caso nda Vale ) houver entraves burocráticos imensos à pequena e média empresa para trabalhar livremente, dentro de parâmetros legais claros, não deixaremos de ser um país emergente. país desenvolvido cria leis que valem, um sistema judicial que funciona e deixa a livre empresa produzir, comerciar etc.
    Como podemos ser desenvolvidos se ao se criar uma empresa que deseja atuar na importação de produtos, a mesma é limitada no volume de USD 180.000,00 por semestre, não podendo desenvolver-se no mercado, isto por imposição governamental.

  44. Enviado por: Tetsuo Shimura

    A China já emergiu com toda sua pujança deste bloco tendo mostrado ao mundo toda sua capacidade em diversas áreas. A Índia se esforça para seguir o mesmo caminho com grandes exportações de insumos farmaceuticos, instrumentos e máquinas para paises como o Brasil. A Rússia, antiga potência, também vive da exportação de commodities (petróleo e gás) e pouco se sabe do seu desenvolvimento. O Brasil é o único do grupo a não dispor de armas de disuasão, programas espaciais maduros e pretende sediar dois eventos esportivos importantes; nas Olimpíadas do RJ como o mundo estará nos vendo? A referência será a China.

  45. Enviado por: Domingos Nunes

    Realmente o Brasil é um país que tem uma forte economia, mas a renda ainda nao esta bem distribuida.

    Falta tambem uma boa administraçao na politica e um combate a corrupçao.

  46. Enviado por: Felipe Freitas

    Brasil é um pais a parte, desenvolvidos não somos e emergentes menos ainda. Mas uma coisa é certa nosso pais está se destacando. Quero ver é qualidade isso sim.

  47. Enviado por: Sérgio Vieira

    O país tem potencial para se tornar desenvolvido, porém seus custos altíssimos, sua burocracia “entranhada” e a cultura dependente de um paternalismo arcaico do povo e instituições jamais deixarão que o desenvolvimento se consolide plenamente. Provavelmente passaremos a ser uma potência de “segunda-classe”.

  48. Enviado por: Sérgio Vieira

    Desculpem, o pessoal elogia muito o Chile, mas não é referência de nada… o PIB do Chile é U$ 100 bilhões menor do que o do Estado de SP (> U$ 260 bi). O país tem 15 milhões de habitantes (contra 40 milhões, só em SP)… não tem como comparar.

  49. Enviado por: nelson

    O país deixará de ser emergente apenas, quando deixar der grande exportador apenas de produtos primários, com valor agregado baixo. Apesar de todo o desenvolvimento tecnológico empreendido no setor primário onde alcança padrões de produtividade bastante altos, não é suficiente. De que adianta vender matérias primas e importar manufaturados dessa mesmas? O Estado paquidermico, não ajuda nada com a sua gula de arrecadação e paternalismo e ineficiência de ação, que prejudicam todas as iniciativas de aumento de eficiência produtiva na área industrial e de serviços.
    Desde a década de 1970, o Brasil é a 8ª economia do planeta. E continua na mesma, só que com problemas sociais e estruturais maiores.
    Brasil, Eterno país do Futuro.

  50. Enviado por: Cesar Augusto Irikawa

    Reclamam do Brasil? Perto da Argentina o Brasil é sim um pais desenvolvido. Vá para Buenos Aires e vejam os serviços deles, depois compare com os de São Paulo. Dá para ver o quanto de progresso o Brasil fez, se antes falávamos que a Argentina era melhor que o Brasil o quadro mudou, o Brasil hoje é muitas muitas vezes superior à Argentina.

    O desenvolvimento do Brasil é um fato, basta ir pra fora pra ver o quanto este país e mais precisamente esta cidade em que eu vivo São Paulo está desenvolvida, políticas que funciona, agora vá ver o Metrô da argentina e suas políticas, o setor público da argentina, as condições de trabalho na argentina.

    Posso apontar as seguintes coisas e diferenças entre Sao Paulo e Buenos Aires.

    - O metrô de São Paulo e o trem (CPTM) de São Paulo são infinitamente superiores ao Metrô de Buenos Aires (que fazem protestos quase todos os dias e abrem para as pessoas passarem de graça)

    - Na Argentina não tem concurso público entra-se por indicação (é um país sério?)

    - Não há quase deliveries em Buenos Aires como em Sao Paulo

    - Os museus, parques, zoológicos, centro culturais, boates, saunas da Argentina são fraquíssimos com relação aos de São Paulo.

    - Buenos Aires não tem a mesma diversidade e qualidade gastronomica que Sao Paulo.

    - As férias na argentina não são como as daqui, são férias progressivas depois de 1 ano dão 18 dias e depois vai aumentando, se sair do emprego começa tudo de novo.

    - O emprego em Buenos Aires é mto mais escasso que em Sao Paulo onde temos de montão trabalhos como TMKT e serviços.

    - Em Buenos Aires não há placas nas esquinas para indicação de ruas porque os moradores retiram, em São Paulo não, tem sinalização.

    - Os argentinos não respeitam a lei de nao fumar em lugar fechado, embora essa lei exista, logo suas boates e lugares fechados fedem a cigarro. Em Sao Paulo as pessoas respeitam.

  51. Enviado por: Cesar Augusto Irikawa

    - A moda de São Paulo é fato, as pessoas aqui se vestem bem, São Paulo como capital da moda da América Latina, isso é fato. Vá para a Argentina ver como eles se vestem mal comparando com São Paulo, isso também devido à prosperidade econômica que o Brasil vem tendo. A Moda aqui é desenvolvida sim.

    - Os shopping centers de Buenos Aires não se comparam com os de São Paulo.

    - O pessoal de Buenos Aires consegue dirigir pior que em São Paulo, passam no sinal vermelho, param fora da faixa, mto mto mais que em São Paulo, ciclovias na argentina? nem pensar.

    - Por incrível que pareça mas vale dizer, os carros em São Paulo brilham, já na Argentina…

    - Em Buenos Aires não há coleta seletiva de lixo como em São Paulo.

    - Mendigos se alastram pela argentina até mesmo dentro dos McDonalds, boates, etc. Fiquei pasmo quando em uma manhã de domingo fui comer em um McDonalds e ele estava repleto de mendigos.

    - Serviços como Fast Food e este tipo de coisas na argentina nem pensar, eles são os piores dos piores, já em São Paulo a história é outra, aqui o cliente tem sempre razão mesmo.

    - Dei graças a Deus de ter nascido em São Paulo e não na Argentina. O Brasil é mto mto mais avançado que lá e a tendência é essa.

  52. Enviado por: Rene Luiz Hirschmann

    Eu sempre fico em dúvida quais as variáveis para considerar um país emergente, já que criaram o BRIC, e existe uma comparação de igualdade entre esses países porém, vejo que o Brasil nas comparações, só esta entre eles em produção de produtos primários e extensão de terras e rios, em tecnologia a China, Russia e Índia estão kilometros de distância, Quer em fabricação de foguetes, Transportes coletivos, fabricação bélicas, parque industrial, refinarias, em que quisito somos superiores ou pelo menos equivalentes.

  53. Enviado por: Mateus Araújp

    Eu acho q na minha opinião, O Brasil ta muito longe de ser um país desenvolvido pois temos muitos corruptos, uma taxa grande de pobreza, saúde precaria, mas estão falando q com a vinda da copa para cá ele vai passar de emergente para desenvolvido, mas sinceramente eu acho q ainda não e uma hora para acontecer isto, pois ainda temos q crescer muito mais ainda, o tanto de corruptos q tem neste país e bem difícil. obg pessoal, :}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Blogs do Estadão


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo