12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Radar Econômico
Filtro
Tamanho de texto: A A A A

Qual foi a importância do governo Lula na economia?

17 de dezembro de 2010 | 16h43

Sílvio Guedes Crespo

Qual foi a importância do governo Lula na área econômica?

Ver Resultados

Loading ... Loading …

Após votar, registre sua opinião abaixo.

Tópicos relacionados

94 Comentários Comente também
  1. Enviado por: Ermes Parzianello

    Acho até que ele fez um papel político muito bom no exterior, elevando o nome de nosso país. Mas na área econômica ele não acrescentou nada. O país cresceu por sua própria força e pela grande entrada de investimentos estrangeiros.
    Parece que para o lado da família dele fez grandes aquisições.
    Se comparar o discurso dele de uma década atrás, com o plano de governo dele…eu diria que ele cantou o hino nacional de trás para frente…dirtorceu ao extremo!

    • Enviado por: Dany

      bem, eu acho q ele só fez papelão na política externa. abstenção no Irã, se juntar ao Hugo Chavez e Evo Morales, querer ficar emcima do muro no caso da Coréia do Norte, dar asilo ao derrubado ex-presidente quase populista da Honduras(a qual Brasil perdeu um jogo por 3×0, além do povo hondurenho ter apoiado o golpe!), os laços esquecidos das FARCs, “eu num sabia”, o esquecido roubo das nossas refinarias de gás na Bolívia, e muito mais…tá tudo fresquinho aqui na minha memória!

  2. Enviado por: nilo campos

    O mundo academico não vive dentro da teoria da relatividade, está muito presa nos parametros fixos e indices fixos. os fluxos operacionais produzem efeitos relativos em toda economia e quando estao ocorrendo, que é o momento atual, produz riquezas de várias formas por onde passa, o Lula deu muita velocidade nestes fluxos financeiros e produziu riquezas de formas variadas na sociedade. Não acredito que tenha acontecido com programação, foi puro chutometro, mas os resultados estão ai, para quem quizer observar, houve uma enorme distribuição de renda no pais.

  3. Enviado por: Andres Stockert

    Temos que aprender separar a pessoa do Governo. De fato Lula teve o merito de deixar os capazes trabalharem com pouca interferencia. A politica monetaria e fical brasileiras foram fantasticas a ponto que durante a maior crise financeira dos ultimos 70 anos o Brasil não sofreu como em crises do Mexico e Asiaticas.
    Parabens primeiro lugar ao Lula por ser sensato e ao Guido Mantega, Paulo Bernardo e Henrique Meireles pelo EXCELENTE TRABALHO!!!

  4. Enviado por: Mendesmendes

    Por que o meu comentário apresenta Erro?
    Como corrigir?

    • Enviado por: Sílvio Guedes Crespo

      Prezado,
      A lista de comentários aguardando moderação não apresenta nenhuma mensagem sua. Por favor, caso ocorra um erro novamente, peço a gentileza de me enviar a notificação de erro, que eu repassarei para os técnicos consertarem. Meu e-mail é silvio.crespo@grupoestado.com.br.
      Desculpe o transtorno.
      Sílvio

  5. Enviado por: José Carlos Carapeto

    Tenho que reconhecer que ele aumentou a produção de perdigotos com seus discursos! Interessante que ele sempre ignorou o governo anterior como o responsável por um plano que não usava o corte de 3 zeros para renovar a moeda. No entanto, nunca escutei dele, alguma frase criticando os planos de Sarney ou Collor.Nem mesmo quando dizia aqueles clichês manjados, tais como: nunca na história deste país; nos últimos 50 anos…

  6. Enviado por: Andre K

    A contribuição do governo Lula só não é nula devido à maturidade do Enrique Meirelles no comando da política monetária. Caso contrário, a política fiscal do Sr. Mantega já teria causado estragos maiores.

  7. Enviado por: Rafael Lima

    O pais poderia desenvolver-se muito mais se as empresas não sofressem uma quantidade imensa de impostos e encargos funcionais, que só promoveram esse governo, que nada fez para o crescimento do Brasil, somente tirou proveito para os “cumpanheiros” e para sua propaganda enganosa.
    Espero e torço para que Dilma, não seja somente uma sombra deste Sr. que é o rei da enganação, psicopata, que acredita ser o messias.Já vai tarde!!!!!!

  8. Enviado por: andres stockert

    Parabens moderador

    Você só bota as mensagens que te interessa!!! Escrevi a 2h atras e minha mensagem não foi postada.
    Será pq eu elogiei a politica do governo Lula????

    Vcs são do Estadao uma vergonha

    Sou Economista e Mestre em economia monetária.

    • Enviado por: Sílvio Guedes Crespo

      Caro Andres,
      O moderaor deste blog sou eu mesmo, e só eu, por isso nem sempre é possível aprovar os comentários rapidamente fora do horário comercial (como estou fazendo neste sábado). Ontem, no caso, eu já estava fora da redação quando sua mensagem chegou.

      É verdade que, como você deve ter percebido, alguns comentários foram escritos depois do seu e aprovados antes. Isso ocorre porque existe um sistema de aprovação automática. Quem já teve três comentários aprovados e nenhum vetado, passa a não precisar mais de moderação. Os comentários dessa pessoa passam a ser publicados sem passar por mim. Essa é uma orientação que vale para todos os blogs do Estadão e, diga-se de passagem, mudar essa regra está fora do meu alcance.
      Obrigado pela participação.

    • Enviado por: Jose

      Andres,

      isso “Sou Economista e Mestre em economia monetária.” não tem importância no governo Lula, o que vale é o apadrinhamento político, fisiologismo.

  9. Enviado por: Luiz Aurélio

    Foi fundamental ao aplicar a tese de desenvolvimento econômico, defendida pelo maior economista brasileiro , o já falecido Celso Furtado.
    Que era baseada principalmente no fortalecimento do mercado interno e no apoio do Estado a empresas exportadoras nacionais.
    Lula fortaleceu o mercado interno através do aumento acima da inflação, o que acarretou num aumento generalizado de todos os salários e através do progrma bolsa família. No ambito das empresas nacionais exportadoras houveram grandes aportes de financiamento através do BNDES ( JBS, Perdigão-Sadia, Aracruz, Vale, Petrobrás etc). Finalmente no auge da crise , logo após o estouro da bolha no mercado imobiliário americano e quebra do banco Lehman Brothers, o gobverno não vacilou em reduzir impostos para incentivar a produção é comercialização de veículos , construção civíl e móveis da linha branca.

    • Enviado por: Luiz Eduardo

      Sim,aumentou a comercialização de veículos,mas e as estradas para receber esta demanda??? E a educação de base???

  10. Enviado por: manoel

    Tudo que aconteceu de positivo na economia do governo LULA,não foi nemhuma obra de engenharia economica deste governo; até porque ele não descobriu um novo plano economico, apenas segui o mapa da mina deixado pela “herança maldita” de FHC. Mas, o mais importante que teve papel fundamental para que tudo isso fosse positivo, foi o crescimento da economia mundial capitaniada pela China. Este foi o grande trunfo do crescimento economico. O resto é só discurso. Pra se ter uma ideia, a marolinha de 2008 causou um estrago razoável no final do governo. O exemplo disso é o corte de 20% nos investimentos do próximo governo, anunciado pelo Mantega. Portanto, não venha com esta de que o governo de lula foi o inventor da roda.

  11. Enviado por: A.Busa

    Quando os outros países cresciam, impulsionadas pela euforia internacional, nós andamos a passos lentos. Quando a crise mundial explodiu, criamos empregos e crescimento com um individamento interno astronômico (1,7 trilhões), ainda vamos pagar isto logo ali na frente.

  12. Enviado por: joseph simons

    Volte a perguntar daqui a dois anos,ai veremos.

  13. Enviado por: Igor

    Acho interessante como as pessoas tem memória curta. Lula pegou o país após doze longos anos de Fernando Henrique Cardoso, verdadeiro arquiteto e herói que estabilizou a economia quando ministro e depois manteve por mais oito anos o país estável e com inflação controlada.

    Ai vem Lula, não muda absolutamente nada, enriquece a todos os próximos que pode e as pessoas ainda o ovacionam. Deixe-me tentar traduzir, FHC limpou a terra, plantou, regou e protegeu de pragas. Lula colheu. Lula é o herói.

    Me entristece ver a exaltação à corrupção e políticos populistas. Vivemos a era da ignorância, até palhaço como deputado já temos. Viva!

    • Enviado por: paulo gimenes

      Deixa de ser irresponsável. Foi o melhor governo e mais sério de to´do período republicano. Mordam os cotovelos nazi-facistas . Ele é o cara.

  14. O PIOR LEGADO DESTE GOVERNO INRRESPOSÁVEL DO LULA
    DA SILVA, FOI FAZER O POVO ACREDITAR QUE GASTAR
    SEM RESPONSABILIDE. NÃO ENSINOU, QUE UMA POUPANÇA, PENSANDO NO FUTURO, SEJA PARA PODER COMPRAR SUA
    CASA PRÓPRIA, EDUCAÇÃO PARA OS FILHOS, AO INVÉS
    DE AUTOMÓVEIS, APARELHOS ELETRICOS, CELULARES.
    COMO EXEMPLO,MINHA FAXINEIRA, QUE RECEBE 75,OO REAIS POR DIA DE TRABALHO, TEM TRES CELULARES, COM CONTAS DE
    135,00 REAIS CADA, OU SEJA, 405,00/MES, QUE REPRESENTA,
    QUASSE SEIS DIAS DE SEU TRABALHO. ESTE É O LEGADO DO LULA.

    • Enviado por: Conceição

      Excelente comentário. Parabéns!

    • Enviado por: cultpost.com

      Errado, este é o legado de FHC que privatizou as teles e hoje temos as mais altas tarifas do mundo. Sorte que a sua empregada que com o poder de compra elevado pode com o seu trabalho comprar o que quer e gastar como bem lhe convier.
      Pior na era FHC que nem telefone ela poderia ter.
      Se liga, mané.

    • Enviado por: paulo gimenes

      So fez o maior e vitorioso plano da casa própria para o povo.
      Deixa de ser preconceituoso.
      Aprenda e cobre do seu governador que ta acabando SP.

  15. Enviado por: Carlos Jorge Fernandes

    Sua contribuição unica foi manter os fundamentos criados durante o governo anterior, apesar de sempre ter feito oposição a todas as medidas. A redução da dívida líquida de 45% do PIB para 40% foi importante e conquistada durante o período Palocci.
    A atual equipe utilizou-se dos fundamentos financeiros sólidos e conservadores para superar a crise de 2008. Nada de especial. Mesmo os que não dispunham destes fundamentos sólidos o estão fazendo pondo em risco a sustentabilidade.
    O legado negativo é o excessivo aumento do custeio da máquina pública, superando o crescimento real enorme da arrecadação.
    Há muita propaganda enganosa na auto promoção presidencial.
    Os economistas deveriam fazer uma avaliação desapaixonada de sua gestão. Certamente a nação terá uma surpresa.

  16. Enviado por: CARLOS

    A política econômica do governo Lula será julgada pela história, a sustentabilidade dos ganhos obtidos a médio e longo prazo. Veremos?

  17. Enviado por: anibal

    Em 2011 e seguintes, Deus nos Livre do Lula e sua turma. Amem

  18. Enviado por: Gualberto Cesar Santos

    Horas = só não vê e não admite = as transformações positivas; quem é cego ou quer contraditar – como mente “neolibera”.

    • Enviado por: Luiz Eduardo

      A educação de base,segue a mesma,criou cotas,ao invés de dar condições para que independente de raça,cor,condição financeira se chegue a universidade;a saúde,antes da eleição era perfeita,ou próximo,agora precisa de dinheiro;as estradas estão cheias de automóveis,só que não há estrutura para suportar este aumento;a dívida externa segue crescendo;os impostos crescendo.Sim,pagamos a dívida com o FMI,estreitamos laços com a China….que beleza!!!????

    • Enviado por: Jose

      18/12/2010 – 10:08
      Enviado por: Rodrigo Suriano

      Este presidente não colaborou em nada com a economia, deu continuidade as ações iniciadas no governo FHC, apropriou-se de programas do governo anterior, apenas mudando de nome e transformando em uma maquina de arrecadação de votos, instituiu a maior e pior milicia no pais que são seus aliados politicos, que nos roubam descaradamente, ajudou sua propria familia (é claro, pensando no futuro)ja que o lulinha dormiu “jardineiro do zoologico” e acordou “mega empresario”, e como ele mesmo repetiu diversas vezes “não sei de nada”, acho que ele mesmo não contribuiu com “nada” mesmo.

  19. Enviado por: Rodrigo Suriano

    Este presidente não colaborou em nada com a economia, deu continuidade as ações iniciadas no governo FHC, apropriou-se de programas do governo anterior, apenas mudando de nome e transformando em uma maquina de arrecadação de votos, instituiu a maior e pior milicia no pais que são seus aliados politicos, que nos roubam descaradamente, ajudou sua propria familia (é claro, pensando no futuro)ja que o lulinha dormiu “jardineiro do zoologico” e acordou “mega empresario”, e como ele mesmo repetiu diversas vezes “não sei de nada”, acho que ele mesmo não contribuiu com “nada” mesmo.

    • Enviado por: Milton Guedes Guimaraes

      Certo: Taí uma “bela e verdadeira síntese do “desgoverno” lula do sr. Rodrigo.

    • Enviado por: Luiz Eduardo

      Perfeito Rodrigo!!!! Ele foi “cabo eleitoral”,e não presidente na eleição,além de populista,administrou pensão na eleição,e não na nação!!

  20. Enviado por: ERNESTO DIAS

    DAR CONTINUIDADE AO REAL QUE O EX-PRESIDENTE CRIOU E MUITO
    FACIL, MAS OS ESCANDALOS, ROUBOS, DESVIOS DE DINHEIRO CONTINUÃO AUMENTANDO, ESSE LULA QUER SER DITADOR! PRECISAMOS FICAR DE OLHOS NELES ( PT ), ESSA POLITICA DE APOIO A PAISES LOUCOS PODE NOS ENVOLVER NUMA GUERRA…
    ( CONTRA A AMERICA DO NORTE!) ISSO E BURRICE PURA!

  21. Enviado por: Anti PT

    Ele não fez nada porisso o Brasil não sofreu muito com a crise. Se ele governasse com a cabeça do PT, tudo estaria perdido. A estabilidade econômica e as privatizações fizeram o nosso sucesso. O senhor Lulla foi um emplastro, só bla, bla, bla e mais nada. Parabens e muito obrigado.

  22. Enviado por: Luiz Vicente de Almeida

    Ah, ele fez a melhor coisa que alguém poderia ter feito para todos nós, ou seja, ele nos devolveu a inflação que o intelectual FHC nos roubou. Isso é que é coisa de gente que estuda e onde já se viu nos tirar a inflação? Trata-se de um patrimônio nacional.
    No mais, o que ele fez foi aparelhar todo o Estado e ter colocado seu partido acima das nossas leis. Literalmente, transformou o Estado num instrumento de poder do partido dele e que é ele próprio. Depois, nomeou a secretária para o cargo de presidente e agora vai para Unasul aumentar o tamanho do império bolchevize tupiniquim. Como disse o Madureira, serão cinco gerações para consertar o mal que ele nos fez e olhe lá.

  23. Enviado por: Edivelton Tadeu Mendes

    O Sr.Luiz Inácio, se apropriou de ações de FHC e foi beneficiado pela conjuntura externa!Não fez nada!

  24. Enviado por: Sergio Puccetti

    Toda contribuição econômica dada pelo (des)governo que ora se encerra foi em causa própria. “Nunca antes neste país” houve tanta corrupção, roubo e enriquecimento ilícito como nestes dois últimos mandatos. Sr. mollusco, que descanse em paz!!!

  25. Enviado por: adilson

    oe lual na verdade nao entende nada de economia ,senao nao teria votado contra o plano real quando deputado, e a unica coisa que salvou o governo dele, foi o plano real que ele sempre foi contra ele é apenas um demagogo que gosta de criticar o passado, ele nao se deu conta ainda que foi uma figura inutil , ou seja o pais estaria no mesmo nivel ou ate melhor se o governante fosse outro

  26. Enviado por: MILTON FRANCISCO

    INEGÁVEL foi a colaboração política do Sr. Presidente da República para o “sucesso” que estamos experimentar. Apesar, da torcida contrária, da pragmática burguesia, composta na essencia poruma trupe de barnapés que utilizam-se de expediente nefastos a fazer valer seu escusos interesses. Não se pode negar que a ERA LULA foi melhor que o período administrativo de FHC.FELIZ NATAL a todos e PROSPERO ANO NOVO.

  27. Enviado por: alexandre

    O LULA SOMMENTE ENGANOU O POVO,QUEBROU TODOS EXPORTADORE O QUE ESTA DE PE DELES AINDA ESTA FAZENDO MILAGRE PARA SOBRIVIVER,DEU EMPREGO NA CHINA COREIA INDIA MIERELLES SOMMENTE PROTEGEU SEU EX PATARAO BANK OF BOSTON QUE DETEM GRANDE PARTE DE TITULOS DA DIVIDA PUBLICA.FINALMENTE LAMENTAVEL SO DIZENDO QUE ESTE PAIS NAO TEM JEITO.

  28. Enviado por: Milton Guedes Guimaraes

    Ele conduziu o “avião” com piloto automático, no voou, abusou das mordomias, deixou seus co-pilotos meterem a mão no cofre. Mais um exemplo: taí no “Estadão” as empresas particulares de exploração de petróleo compensam a “fraca atuação da Petrobrás. Conseguir “prejudicar a atuação da Petrobrás deve ter sido um grande esforço”

  29. Enviado por: luis guilherme

    Muita retorica , discurso para analfabeto e semi analfabeto . O Brasil no governo Lula andou de lado . BNDES financiou bilhoes a´Petrobras que não aumentou a produção de petroleo , fianciou a Ambev que foi vendida a capital belga , num grande golpe , financiou grande frigorifico para macular desstre da Sadia , incentivando indiretamente desmatamento . Os chineses já tem sua industria automobilistica , compraram empresas no exterior com transferencia de tecnologia eo Lula gasta e não investe 5 bi na transposição do São Francisco .

  30. Enviado por: Luiz Eduardo

    Creio que herdou uma base sólida,do governo anterior e mudou o “rotulo”,mas a essência foi mantida!!Seu mérito,,,,fazer populismo bem feito,como Ele disse,”O povo votou pelo estomago”,disse se referindo a eleição do SR.Cardoso,e agora Lula faz seu sucessor com a mesma frase!!

  31. Enviado por: julio peres

    o fhc privatizou , o lula liquidou a fatura acabando com as unicas industrias brasileiras restantes,as usinas de açucar e etanol.agora para a dilma so restou a petrobras ,ate quando?

  32. Enviado por: levi luiz silva figueiredo

    O governo lula na área econômica foi bem por ter continuado a política econômica herdado do governo anterior,, como as privatizações, lei de responsabilidade fiscal, proer etc…apesar do lula, de forma arrogante, afirmar que durante a crise de 2008, os Banco brasileiros estavam capitalizados, mas, não falou que o PT queria uma CPI por causa do Proer. Deixou transparecer como se fosse obra dele. Quanto a Politica externa foi um vexame só. Nunca se viu neste país tanta incopetência nessa área.

  33. Enviado por: E. Toledo

    Mesmo com todos os ventos a favor das economias emergentes, o Brasil foi a economia desse que menos cresceu, inclusive, menos que o Paraguai.
    Se houvesse mais competência, nosso País teria crescido muito mais.

  34. Inicialmente com Palocci, deu continuidade a politica economica do Governo anterior e soube manter estes principios economicos que estão consolidando nossa economia.

  35. Enviado por: Wagner Linsmeyer

    O Presidente Lula, após permanecer 2 anos na inércia, e após os escandalos, sua equipe economica com vergonha, começou a trabalhar em cima de um regime rigido.Paralela mente o Capital Privado começou a reagir e a desenvolver para a globalização, que ja estava preparada pelo Fernando Henrique. O Lula pagou a divida externa não pagando a divida interna, assim ficou reconhecido positivamente. Fez caixa mas não implantou a Infraestrutura no país. E agora ?

  36. Enviado por: cultpost.com

    Lula pegou o país quebrado: o plano real já estava naufragando, inflação na casa dos dois dígitos, desemprego altíssimo, baixo investimento, alto endividamento externo, milhões de pessoas na miséria e tantas outras mazelas que acabaram por dificultar um voo maior da atual gestão. FHC vendeu o patrimônio público a preço de banana e ainda deixou o país endividado e o povo sem emprego e na miséria.
    Dizer que Lula foi beneficiado pelo governo FHC é uma balela. Da herança maldita que ele recebeu deixará uma herança bendita para a sucessora.
    Parabéns Presidente Lula, que acreditou no país e honrou seu povo.

  37. Enviado por: Osvaldo Jr

    O Governo Lula, foi uma grande surpresa no Brasil. Pois antes de ganhar a primeira eleição em 2002, pairava uma sombra de desconfiança no então candidato. Havia rumores de que ele poderia tomar atitudes ” não recomendadas” como seus colegas Chefes-de-Estado : Hugo Chaves, Evo Moralles , Rafael Correa. O presidente Lula, mostrou que o Brasil sabe honrar contratos e não fez nenhuma irresponsabilidade econômica, como : estatizar multinacionacionais . Melhorou a imagem do Brasil na comunidade internacional e foi buscar novos parceiros comerciais. Imaginem se tivesse sucumbido as pressões de aprovar a Alca, como o Roberto Zoelik queria ? Investiu em reservas internacionais e fomentou a economia. Agora, a sua sucessora, Dilma Roussef, precisava conter gastos públicos, melhorar a educação, fornecer micro-crédito p/ que pessoas montem empresas e saiam das asas de programas assistenciais, promover a segurança dos cidadãos brasileiros atualizando o código penal e muitas outras coisas. Mas que ele foi melhor do que seus parceiros latino-americanos, isto não resta dúvida .

  38. Enviado por: Osvaldo Jr

    O certo é Robert Zöelik , errei .

  39. Enviado por: renato

    DISTRIBUIU RENDA NA MEDIDA DO POSSIVEL
    ELIMINOU A POBREZA EXTREMA NA MEDIDA DO POSSIVEL
    GARANTIU OS SALARIOS DOS BABACAS DA CLASSE A E B
    QUE SEM A POLITICA ECONOMICA ESTARIAM DESEMPREGADOS
    COMO NOS TEMPOS DE FHC
    ATIVOU O PROCESSO EDUCACIONAL EM GERAL
    PARA OS EMPRESARIOS ALEM DE GARANTIR MERCADO FINANCIOU INVESTIMENTOS VIA BNDES ( MESMO PARA OS PEQUENOS )
    TEM 300 BI EM CAIXA
    E O PESSOAL FAZ FILA PARA COMPRAR
    O PEDAGIO NO RODOANEL CUSTA R$ 1.50
    E NA CASTELO DO COVAS R$ 5.00 A CADA TROCA DE MARCHAS
    FORA A PETROBRAS E O MORRO DO ALEMÃO
    TUDO ISSO APESAR DO PIG ( PARTIDO DA IMPRENSA GOLPISTA )

    • Enviado por: paulo pi

      olha companheiro.. vc esta muito mal informado .um telefone em 1995 custava 23 mil reais onde morava o aluguel 500,00,,,
      ,eu tenho gasto hoje com 2 celulare um celular com banda larga,,,,,e um telefone de linha com banda larga…ligando para estado centenas de vez ao mes. e ddi no maximo 450,00 reais sendo 130,00 só de imposto….acho que vc precisa consultar melhor antes de escrever abobrinha,

  40. Enviado por: Rudi

    Enquanto os liberais quebravam a economia mundial, Lula garantiu a estabilidade da nação com um generoso projeto de inclusão social, redução de impostos, crescimento do crédito e principalmente com sua postura de verdadeiro líder. Lembro de sua tão criticada frase de que a crise seria uma marolinha e de que os brasileiros deveriam comprar para garantir seus empregos. Arrostou críticas ferozes mas incutiu confiança que é a principal arma contra crises.

  41. Enviado por: alberto fabrizio

    O ultimo programa economico onde conseguimos debelar as raizes do processo inflacionario, permitiu ao governo Lula o espaço necessario ao inicio do nosso crescimento economico.
    Além deste legado da antiga administração do Sr. Fernando Henrique,contamos com o consumo acelereado do gigantes, Chi-
    nes, Indiano e Russos( Comodites). O nosso agro-negocios,foi fundamental para que a engenharia financeira do Sr.Henrique
    Merelles, pudesse a custas do aumento da divida publica in-
    terna,ancorar algo em torno de 300 bilhoes de dolares no ext. e tbem liquidar a tão profonada divida externa que o
    Sr Luiz Inacio, tanto se orgulha. O que se tornou um er
    ro estratégico absurdo, a considerarmos que a moeda norte
    americana esta em declinio e nos não tiramos neunhum proveito deste momento, o que nestes ultimos dois anos
    nos causou nas contas publicas um prejuizo , acredito de mais de 60.bilhoes de dolares, quando comparamos as taxas
    de juros pagas para manutenção desta divida, hoje em 10,75% contra a que devemos receber sobre nossas reservas no exterior que não chegam a 3 ou 4 % a.a.

  42. Enviado por: renato

    ESQUECI:
    AS TELES DO FHC RASPAM DO BOLSO DOS BRASILEIROS 180 BI POR ANO GRAÇAS AO CONTRATOS FRATERNAIS DO FHC
    ( a SEGUNDA tarifa mais cara do mundo)
    JÁ PENSOU METADE DESTE DINHEIRO NO MERCADO?!!!!!!!!!!

    NAO PRECISA FALAR ECONOMES PARA ENTENDER

    • Enviado por: De Olho no PT

      O PT teve 8 anos para corrigir, ou estavam ocupados para assaltar o povo?

  43. Enviado por: julio bonetto jr

    FOI P/ POIS FEZ O QUE SEPROPOIS A FAZE-LO EMBROMOU,ATENDEU
    OS FINS PARTIDARIOS,COMPORTO-SE COMO UM FUNCIONARIO SE COMPORTARIA AO ASSUIR A PRESIDENCIA DA METALURGICA ,PRIMEIRO TEM DE APRENDER A SER EMPRESARIO DEPOIS !!! NÃO FOI MUITO DIFERENTE DE UM TIRIRICA DA VIDA POS AS CONDIÇÕES SÃO EQUIVALENTES.

  44. Enviado por: julio peres

    Qual economia voces tanto falam, se a industria brasileira é´praticamente as fabricas de pé´de moleque e linguiça de porco ,o resto é capital estrangeiro ,o sr. Lula apenas gere os impostos arrecadados, que nao sao poucos.Precisamos de uma presidente mais nacionalista e com o vigor e impeto da sua juventude nao tao distante.Estamos otimistas e anciosos com a posse de DILMA

  45. Enviado por: De Olho no PT

    O governo tem alardeado de que estamos bem e estável…será?
    Um espirro na inflação o juro sobe…que estabilidade é essa?
    Para atrair investidores(especuladores) o Brasil precisa de um dos juros mais altos do mundo que país seguro é esse? estamos com um dos indices mais baixos em todos os segmentos dos ditos países emergentes…que progresso é esse?(perdendo o cavalo selado)

    • Enviado por: moreira

      e isso ai…”de olho no PT”, sintetizou bem o assunto…ainda qualquer espirro nos faz “gripar”…veremos ate onde isso tudo (nunca na estoria deste Pais) vai ser verdade !!!! os proximos dois anos dirao ….

  46. Enviado por: Fábio Varpechowski

    O QUE NÃO FOI FEITO:
    - Reforma Política (O indice de corrupção beira a 48%, considerado um dos piores do mundo)
    - Reforma tributária (44% incide no consumo do pobre e 22% incide no cosumo para os ricos)
    - Distribuição da terra a favor da agricultura familiar (indice de guine terra na mão de grandes empresas estrageiras e latifundios, centralização de 99%)
    - Diminuição Taxa de juros ($$ bi pagos a divida interna)
    - Melhora na educação (continua um dos piores ensinos que existem em termos de qualidade, desde ensino fund. até o superior).
    - Infraestrutura (precarrísima, portos, aeroportos, burocráticos e ineficientes, malha ferroviária curta, e malha rodoferroviária ruim além de pedagiada)

    Se um plano efetivo não foi iniciado em 8 anos para resolver estes GRAVES problemas, o resto foi política básica.

  47. Enviado por: José Noronha Sobrinho

    O único mérito de Lula foi nada ter feito, uma vez que os resultados favoráveis da economia tem origem nas ações do governo anterior. Nenhuma reforma digna e pouco investiu em infraestrutura. Na vedade, Lula investiu em si mesmo e nos seus aliados, incentivando a prática do privilégio e da gstança em desperdício.
    Foi magistrado em populismo. Seu governo não teve sequer controle nos gastos, gerando corrupção em todos os níveis.
    Baseado no consumo interno, auamentou a arrecadação de impostos e promoveu a gastança. Zombou da Justiça e até estimulou a prática da falta de ética. Além de desperdiçar um período de ouro, Lula deixa um legado triste para a sua sucessora. Ela terá que optar por dar
    “um chega pra lá” ou amargará um insucesso terrível. Talvez Lula até queira que isso aconteça para que ele retorne com o salvador. Nada disso vai acontecer e ele será vaiado em praça púlica, talvez já a partir de 2011. É por isso que ele não desencarna da Presidência.

    • Enviado por: paulo gimenes

      O meu. se ele continuasse o que o FHC fez, nós estavamos no buraco que nem SP, EUA E EUU. Dirigiu coisa que pouca gente sabe.

  48. Enviado por: João Carlos Braga Jr

    Ele, infelizmente, governou para si mesmo e sua patota. Fez cortesia com o chapéu alheio. E o nosso país continua com os mesmos sérios problemas. Nunca antes na história deste país houve um presidente com tão pouco censo de ridículo.

  49. Enviado por: Glúon

    .
    ________________________
    .
    Entreouvindo em Brasília
    .
    ________________________
    .
    .
    - Ô Dilma, você viu o resultado da pesquisa do ‘Radar Econômico’?
    - Ainda não, presidente Lula. E qual foi?
    - 15% dos leitores disseram que eu não ajudei nem atrapalhei.
    - Acho que eles estão me desejando “boa sorte”, né?
    .
    .
    ______________________________
    .

  50. Enviado por: Julio Porto

    Para analisar os oito anos de governo do Presidente Lula é necessário deixar de lado a questão partidária. Certamente muita coisa ainda precisa ser feita, porém, não podemos esquecer que em oito anos não se muda totalmente um país. Em minha opinião o maior avanço do governo Lula foi em relação à economia. Ao estimular o consumo, em plena crise mundial, ele aplicou uma Lei básica da economia, qual seja: o consumo é quem gira a roda da economia. Se não houver consumo, não tem produção, não tem empregos, o governo não arrecada e, consequentemente, não tem ocorrem investimentos públicos. Na política externa também ocorreram grandes avanços. Hoje o Brasil é respeitado como Nação, não precisando rastejar aos pés das grandes potências. O Presidente Lula entra para a história do Brasil como um grande Estadista que mudou os rumos do país, ao lado de Getúlio Vargas e Juscelino.

  51. Enviado por: Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

    Fundamentalmente, a política do governo Lula, embora o próprio Chefe de Estado diga ao contrário, ainda se vale dos eficientes instrumentos da política econômica concebidos e implantados pelas duas gestões de FHC, como a estabilização monetária, o câmbio flutuante, o controle da inflação mediante a política de juros do Banco Central e do COMPOM e a Lei de Responsabilidade Fiscal. Os únicos méritos que podem ser creditados à política econômica do Governo de Lula, se é que assim devem ser considerados, foram a continuidade da adoção daqueles mecanismos e a redução de IPI de manufaturados populares, possibilitando, durante o auge da crise econômica internacional (2008-2009), a continuidade dos patamares de consumo e da atividade industrial. Contudo, deve ser registrada a incompetência da atual política econômica em outras áreas, sobretudo quanto ao aumento dos gastos públicos pela via do aumento da folha de pagamento e do repasse de recursos do tesouro para o BNDES, e quanto aos critérios de concessão de crédito por parte deste agente financeiro. Devem ser ainda ressaltados os duvidosos artifícios adotados pelo Ministério da Fazenda na elaboração do balanço das contas públicas.

    • Enviado por: Salvador Vaz

      Marcelo, concordo plenamente com o seu texto.
      E tudo isso que vc descreve o PT VOTOU CONTRA.

  52. Enviado por: claudio campos

    quem cria a riqueza do nosso país e´o povo traballhador junto com os empresários empreendedores,esses desgraçados que dominam o estado quando ganham o governo ,historicamente só tem causado prejuizos ao povo e´´ corrupção e mais corrupção roubos e mais roubos uns desgraçados; creio se tivermos um estado eficiente não precisaremos desses ladrões todos nos governando e lembrando a sem vergonhice e´tanta que o dinheiro do povo é usado para pagar motel…. ”o sono do cidadão cria o corrupto”… acorda cidadão

  53. Enviado por: Ronaldo Braz de Araujo

    Olha morei na europa 14 anos ,vi o quanto o LULA e respeitado lá, na minha opinião ,sem interesse partidario,foi o presidente que melhor governou esse país.

  54. Enviado por: Fabio Figueiredo

    O governo Lula recebeu o “campo economico” para um grande avanço. Infelizmente, apenas manteve o rítmo e perdeu a oportunidade de proporcionar um grande avanço que poderia ter substituido os subsídios sociais. Era só acreditar na educação como indutor, fazer investimentos para reduzir o custo e aumentar a eficiência da economia em geral e diminuir o “peso” do estado “lotado” de comanheiros e “ongs” amigas.

  55. Enviado por: Sergio

    O Governo Lula fez a diferença. Levou o país ao crescimento e ao inclusão. Outros Governos seriam como foram no passado, no menor susto se teriam crise de soluço e estariam internados no FMI. Parabéns Presidente,

  56. Enviado por: César

    Apesar de manter os critérios do plano real, manteve a barafunda no campo tributário, cujos reflexos serão sentidos na gestão que ora se inicia. Ademais, dobrou o valor da dívida interna que segundo veiculado já está na casa de 1 trihão de dólares.

    A crise mundial está instalada e não se pode prescindir da redução do custeio da máquina pública!

  57. Enviado por: flavio

    O que sei é que minha vida e de todos que conheço melhorou muito, comparado aos antecessores foi o melhor, ouvi muito a frase “nunca antes na história desse país” porém digo a qualquer um, contra fatos não há argumentos, nunca na história desse país esse país foi tão bem economicamente, saúdo Lula, vc é o cara

    • Enviado por: wellington

      Parece que nosso amigo não consegue visualizar os fatos. Se contra os fatos não há argumentos, o fato é que sem o real, o governo lula não estaria passando por bons momentos na economia. Se sua vida melhorou meu amigo, não foi apenas por obra do governo lula, isso vem de governos passados que passaram por maus momentos, aprenderam a lidar com a economia e passaram a utilizar melhor os instrumentos de política monetária, como por exemplo, o cambio flutuante, o plano real que foi o plano mais bem sucedido da história deste país e outros.
      Portanto meu caro aprenda não ficar preso a apenas fatos ou historias contadas por políticos, veja o que foi feito antes, e quais formam os resultados dessas praticas depois análise e comente.

  58. Enviado por: M.B.Silva

    Não entendo o motivo do povo “levantar tanto a bola” deste Lula. O brasileiro tem memória curta. O Lula só deu continuidade a uma política econômica implantada pelo governo do FHC. O Plano Real foi um grande acontecimento que tirou a Brasil do buraco que se encontrava. Não foi obra do Lula, nem do PT. Plano este, criticado e achincalhado pelos petistas que agora posam de “milagreiros”, e donos da verdade. Esta aprovação que ele recebe na maioria do brasileiros é enganosa. Hitler, Moussolini, Sadan Hussein, etc, também tinham grande aprovação popular. Como diria Nelson Rodrigues: A unanimidade é buuuuuurrrrrrrrra.

  59. Enviado por: Mendesmendes

    Importância nenhuma, tudo foi feito pelo FHC, plantou lá
    no Céu, por isso ninguém viu. Com a chegada do governo Lula, as coisas já estavam florescendo e depois… foi o que se viu, aquela enxurrada de dinheiro, alimentos, casas, petróleo, televisão, celular, tudo em fim, caindo do Céu.

  60. Enviado por: Luis

    Se fosse a oposição teria mudado o plano real pois estava decretado o seu fracasso, assim como fizeram com os demais planos. A diferença principal foi essa, corrigir o que existia e não inventar coisa nova.

  61. Enviado por: José Luiz Martin

    Considero médio o desempenho do Sr. Lula. Motivos:
    - pegou um govêrno do FHC estruturado.
    - levou em frente o plano Real.
    - pisou na bola na diplomacia, mas conseguiu superar com seu carisma.
    - chamou a crise internacional de “marolinha” e acertou, pois optou pelo consumo em um país onde o pobre se viu prestigiado.
    - o nosso Real ficou valorizado, mas teve sorte porque o mundo estava de bem com o Brasil.
    - chutou o balde do meio ambiente, mas tinha que ter uma opção, então usou sua lábia para adiante o PAC e se deu bem.
    - a corrrupção continua solta, mas conseguiu multar e prender alguns empresários via receita federal.

  62. Enviado por: Salvador Vaz

    Ele surfou na boa politíca de base econômica e estrutural deixada por FHC e também nos juros baixos e a excessiva liquidez da economia mundial, para fazer uma politica expansionista e populista aumentando em muito as despesas com pessoal, repasses de verbas subsidiadas ao BNDES, aumento excessivo das reservas internacionais,…etc, que em suma está traduzida em uma dívida bruta de R$1,7trilhão.
    Perdeu uma grande oportunidade, pois tinha cacife político e apoio do povo, para fazer as reformas Políticas; Administrativas; Fiscal; Previdenciára…. e outras. Preferiu jogar para a plateia, não foi um Estadista que visa o Longo Prazo. Foi um Populista demagogo.

  63. Enviado por: wellington

    Após o governo do FHC ter passado por cinco grandes crises econômicas, nosso presidente colheu os bons frutos plantados na era FHC. Como seria o governo Lula sem o Plano Real, sem a lei de responsabilidade fiscal. Imaginem o Lula enfrentando uma inflação de 1000% ao ano, ou então Lula sem a lei de responsabilidade fiscal. Certamente nosso presidente iria bater um recorde dele mesmo, onde nunca antes na historia deste país se roubou tanto dinheiro como na era Lula. Logo para mim a contribuição do governo Lula foi nula, porque após a era FHC não houve nada de tão importante que o país necessitava feito por ele, como por exemplo, a reforma fiscal a reforma tributaria e outras.

  64. Não sei, mas ele vetou a lei que elininava o fator previdênciario,majorou as taxas de juros,e etc. Agora se acha o salvador do BRASIL. È muita petulância.

  65. Enviado por: A. K. DE OLIVEIRA

    DESPEDIDA DO CRUSTÁCEO.
    Ele foi e é medíocre. Falou e fez asneira o quanto seu tamanho e sua boca permitiram. Viajou pelo mundo inteiro como se fosse um magnata do petróleo, mas as nossas custas. Pensa que é o tal; tentou comprar a imprensa mundial para se popularizar e obter o Premio Nobel… Só se for premio da mediocridade… Deu dinheiro suado do povo brasileiro para FIDEL, CHAVES e outros ditadores loucos… Teve a sorte suprema de se sair bem numa crise mundial, visto que o Brasil já estava preparado anteriormente por outro governo, “muito menos ruim” que o dele. Alem de tudo nunca soube de nada do que acontecia embaixo de seu nariz, ou era um idiota ou era o “bobo da corte”; tudo isso para não o chamarmos ladrão. “Comprou os pobresinhos” com dinheiro e comida o que justifica sua popularidade duvidosa. Por fim, agora, quer deixar o nome pra posteridade… Forçando a troca arbitrariamente do nome de uma plataforma de petróleo por “lula”. É muita CARA DE PAU. Agora só resta ir morar no nordeste próximo ao SARNEY e COLLOR. Enfim vá! Vá pra bem longe! Esqueça-se de nós! Vá vender medicamento genérico na África… Já que aqui neste espaço não caberia todas as asneiras e mediocridades juntas feitas em 8 anos de desgoverno. Não se esqueça de levar sua corja de pelegos sindicalistas para os quintos dos infernos. E… Boa viagem … Acabou o “poire e o caviar” à custa do povo brasileiro.

  66. Enviado por: renato

    serei breve control control v
    leia com atenção :
    Theotonio dos Santos: Carta aberta a Fernando Henrique Cardoso

    Meu caro Fernando

    Vejo-me na obrigação de responder a carta aberta que você dirigiu ao Lula, em nome de uma velha polêmica que você e o José Serra iniciaram em 1978 contra o Rui Mauro Marini, eu, André Gunder Frank e Vânia Bambirra, rompendo com um esforço teórico comum que iniciamos no Chile na segunda metade dos nos 1960. A discussão agora não é entre os cientistas sociais e, sim, a partir de uma experiência política que reflete com tudo este debate teórico. Esta carta assinada por você como ex-presidente é uma defesa muito frágil teórica e politicamente de sua gestão. Quem a lê não pode compreender por que você saiu do governo com 23% de aprovação enquanto Lula deixa o seu governo com 96% de aprovação. Já discutimos em várias oportunidades os mitos que se criaram em torno dos chamados êxitos do seu governo.

    Vários estudiosos discutimos, já no começo do seu governo, o inevitável caminho de seu fracasso junto à maioria da população. Pois as premissas teóricas em que baseava sua ação política eram profundamente equivocadas e contraditórias com os interesses da maioria da população. (Se os leitores têm interesse de conhecer o debate sobre estas bases teóricas, lhe recomendo meu livro já esgotado: Teoria da Dependência: Balanço e Perspectivas, Editora Civilização Brasileira, Rio, 2000).

    Contudo nesta oportunidade me cabe concentrar-me nos mitos criados em torno do seu governo, os quais você repete exaustivamente nesta carta aberta.

    O primeiro mito é de que seu governo foi um êxito econômico a partir do fortalecimento do real e que o governo Lula estaria apoiado neste êxito alcançando assim resultados positivos que não quer compartir com você… Em primeiro lugar vamos desmitificar a afirmação de que foi o Plano Real que acabou com a inflação. Os dados mostram que até 1993 a economia mundial vivia uma hiperinflação na qual todas as economias apresentavam inflações superiores a 10%. A partir de 1994, TODAS AS ECONOMIAS DO MUNDO APRESENTARAM UMA QUEDA DA INFLAÇÃO PARA MENOS DE 10%. Claro que em cada pais apareceram os “gênios” locais que se apresentaram como os autores desta queda. Mas isto é falso: tratava-se de um movimento planetário.

    No caso brasileiro, a nossa inflação girou, durante todo seu governo, próxima dos 10% mais altos. TIVEMOS NO SEU GOVERNO UMA DAS MAIS ALTAS INFLAÇÕES DO MUNDO. E aqui chegamos no outro mito incrível. Segundo você e seus seguidores (e até setores de oposição ao seu governo que acreditam neste mito), sua política econômica assegurou a transformação do real numa moeda forte. Ora, Fernando, sejamos cordatos: chamar uma moeda que começou em 1994 valendo 0,85 centavos por dólar e mantendo um valor falso até 1998, quando o próprio FMI exigia uma desvalorização de pelo menos uns 40% e o seu ministro da economia recusou-se a realizá-la “pelo menos até as eleições”, indicando assim a época em que esta desvalorização viria e quando os capitais estrangeiros deveriam sair do país antes de sua desvalorização. O fato é que quando você flexibilizou o câmbio o real se desvalorizou chegando até a 4 reais por dólar. E não venha por a culpa da “ameaça petista” pois esta desvalorização ocorreu muito antes da “ameaça Lula”. ORA, UMA MOEDA QUE SE DESVALORIZA 4 VEZES EM 8 ANOS PODE SER CONSIDERADA UMA MOEDA FORTE? Em que manual de economia? Que economista respeitável sustenta esta tese?

    Conclusões: O plano real não derrubou a inflação, e sim uma deflação mundial que fez cair as inflações no mundo inteiro. A inflação brasileira continuou sendo uma das maiores do mundo durante o seu governo. O real foi uma moeda drasticamente debilitada. Isto é evidente: quando nossa inflação esteve acima da inflação mundial por vários anos, nossa moeda tinha que ser altamente desvalorizada. De maneira suicida, ela foi mantida artificialmente com um alto valor que levou à crise brutal de 1999.

    Segundo mito: segundo você, o seu governo foi um exemplo de rigor fiscal. Meu Deus: um governo que elevou a dívida pública do Brasil de uns 60 bilhões de reais em 1994 para mais de 850 bilhões de dólares quando entregou o governo ao Lula, oito anos depois, é um exemplo de rigor fiscal? Gostaria de saber que economista poderia sustentar esta tese. Isto é um dos casos mais sérios de irresponsabilidade fiscal em toda a história da humanidade.

    E não adianta atribuir este endividamento colossal aos chamados “esqueletos” das dívidas dos estados, como o fez seu ministro de economia burlando a boa fé daqueles que preferiam não enfrentar a triste realidade de seu governo. UM GOVERNO QUE CHEGOU A PAGAR 50% AO ANO DE JUROS POR SEUS TÍTULOS, PARA EM SEGUIDA DEPOSITAR OS INVESTIMENTOS VINDOS DO EXTERIOR EM MOEDA FORTE A JUROS NORMAIS DE 3 A 4%, NÃO PODE FUGIR DO FATO DE QUE CRIOU UMA DÍVIDA COLOSSAL SÓ PARA ATRAIR CAPITAIS DO EXTERIOR PARA COBRIR OS DÉFICITS COMERCIAIS COLOSSAIS GERADOS POR UMA MOEDA SOBREVALORIZADA QUE IMPEDIA A EXPORTAÇÃO, AGRAVADA AINDA MAIS PELOS JUROS ABSURDOS QUE PAGAVA PARA COBRIR O DÉFICIT QUE GERAVA. Este nível de irresponsabilidade cambial se transforma em irresponsabilidade fiscal que o povo brasileiro pagou sob a forma de uma queda da renda de cada brasileiro pobre. Nem falar da brutal concentração de renda que esta política agravou drasticamente neste pais da maior concentração de renda no mundo. VERGONHA, FERNANDO. MUITA VERGONHA. Baixa a cabeça e entenda por que nem seus companheiros de partido querem se identificar com o seu governo…te obrigando a sair sozinho nesta tarefa insana.

    Terceiro mito: Segundo você, o Brasil tinha dificuldade de pagar sua dívida externa por causa da ameaça de um caos econômico que se esperava do governo Lula. Fernando, não brinca com a compreensão das pessoas. Em 1999, o Brasil tinha chegado à drástica situação de ter perdido TODAS AS SUAS DIVISAS. Você teve que pedir ajuda ao seu amigo Clinton que colocou à sua disposição 20 bilhões de dólares do tesouro dos Estados Unidos e mais uns 25 BILHÕES DE DÓLARES DO FMI, Banco Mundial e BID. Tudo isto sem nenhuma garantia.

    Esperava-se aumentar as exportações do país para gerar divisas para pagar esta dívida. O fracasso do setor exportador brasileiro mesmo com a espetacular desvalorização do real não permitiu juntar nenhum recurso em dólar para pagar a dívida. Não tem nada a ver com a ameaça de Lula. A ameaça de Lula existiu exatamente em consequência deste fracasso colossal de sua política macroeconômica. Sua política externa submissa aos interesses norte-americanos, apesar de algumas declarações críticas, ligava nossas exportações a uma economia decadente e um mercado já copado. A recusa dos seus neoliberais de promover uma política industrial na qual o Estado apoiava e orientava nossas exportações. A loucura do endividamento interno colossal. A impossibilidade de realizar inversões públicas apesar dos enormes recursos obtidos com a venda de uns 100 bilhões de dólares de empresas brasileiras. Os juros mais altos do mundo que inviabilizavam e ainda inviabilizam a competitividade de qualquer empresa. Enfim, UM FRACASSO ECONÔMICO ROTUNDO que se traduzia nos mais altos índices de risco do mundo, mesmo tratando-se de avaliadoras amigas. Uma dívida sem dinheiro para pagar… Fernando, o Lula não era ameaça de caos. Você era o caos. E o povo brasileiro correu tranquilamente o risco de eleger um torneiro mecânico e um partido de agitadores, segundo a avaliação de vocês, do que continuar a aventura econômica que você e seu partido criaram para este país.

    Gostaria de destacar a qualidade do seu governo em algum campo mas não posso fazê-lo nem no campo cultural para o qual foi chamado o nosso querido Francisco Weffort (então secretário geral do PT) e não criou um só museu, uma só campanha significativa. Que vergonha foi a comemoração dos 500 anos da “descoberta do Brasil”. E no plano educacional onde você não criou uma só universidade e entrou em choque com a maioria dos professores universitários sucateados em seus salários e em seu prestígio profissional. Não, Fernando, não posso reconhecer nada que não pudesse ser feito por um medíocre presidente.

    Lamento muito o destino do Serra. Se ele não ganhar esta eleição vai ficar sem mandato, mas esta é a política. Vocês vão ter que revisar profundamente esta tentativa de encerrar a Era Vargas com a qual se identifica tão fortemente nosso povo. E terão que pensar que o capitalismo dependente que São Paulo construiu não é o que o povo brasileiro quer. E por mais que vocês tenham alcançado o domínio da imprensa brasileira, devido a suas alianças internacionais e nacionais, está claro que isto não poderia assegurar ao PSDB um governo querido pelo nosso povo. Vocês vão ficar na nossa história como um episódio de reação contra o verdadeiro progresso que Dilma nos promete aprofundar. Ela nos disse que a luta contra a desigualdade é o verdadeiro fundamento de uma política progressista. E dessa política vocês estão fora.

    Apesar de tudo isto, me dá pena colocar em choque tão radical uma velha amizade. Apesar deste caminho tão equivocado, eu ainda gosto de vocês (e tenho a melhor recordação de Ruth) mas quero vocês longe do poder no Brasil. Como a grande maioria do povo brasileiro. Poderemos bater um papo inocente em algum congresso internacional — se é que vocês algum dia voltarão a frequentar este mundo dos intelectuais afastados das lides do poder.

    Com a melhor disposição possível mas com amor à verdade, me despeço

    • Enviado por: roberto cabral

      Sr. Renato realmente acho que esta carta aberta do Sr.Theotonio dos Santos fantástica pois demonstra de forma sintética o absurdo que foi o Governo Fernando Henrique realmente o caos em termos de resultado. Mas o governo Lula conseguiu ser pior divida de novecentos bilhões de dolares pagando juros de 10% ao ano e trezentos bilhões de dolares aplicados com os credores recebendo 0,25% ao ano. Nos últimos 16 anos estamos sendo governados por representantes do Sistema Financeiro internacional e nacional estamos sendo roubados diariamente Fernando Henrique, Lula, Serra e Dilma são a mesma coisa absolutamente iguais.

  67. Enviado por: Edivelton Tadeu Mendes

    Lula nada fez – manteve o que FHC deixou. Mas em CORRUPÇÃO, Lula e sua turma de sindicalistas deram um SHOW!

  68. Enviado por: roberto cabral

    Um Presidente que deixa uma divida de US 900.000.000.00 (novecentos bilhões de dolares ) pagando juros de 10% ao ano e tendo US 300.000.000.00 (trezentos bilhões de dolares ) aplicados com seus credores a 0,25% ao ano não pode ser uma pessoa seria. Tal fato nunca foi abordado pela imprensa. Acho isto muito esquisisto bem como as perguntas acima relacionadas que sao de baixissimo nivel.

  69. Enviado por: Jeferson Menezes

    A política econômica no governo Lula foi uma política expancionista, apesar de no governo do FHC ter sido mais conservadora, teve fundamental importância para manter um equilíbrio na política econômica do Brasil. A criação do plano real foi sua maior e importante criação. Já com uma moeda estável, e uma política estabilizada, o governo Lula expandiu o mercado brasileiro, aumentando as EXPORTAÇÕES e também a reserva cambial (dólares americanos), que já somam mais de R$ 240bi.O mercado contianua estimulado, embora lento, o Brasil continua.crescendo

  70. Enviado por: Danilo Pastorelli

    Não entendo porque insistem dar uma importância às ações econômicas do gov. Lula que não existiram. Baixar o IPI não salvou o Brasil de amargar um crescimento negativo de 0,1% no Pib.

  71. Enviado por: Rafael Flores

    O governo do presidente Lula usufrui de medidas politicas economicas, idealizadas pelo govermo anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Blogs do Estadão


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo