12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Radar do Emprego
Filtro
Tamanho de texto: A A A A

‘Gestão de carreira deve começar na faculdade’

4 de dezembro de 2013 | 19h19

Redação

Professor da Universidade de Coimbra  defende que iniciar cedo o processo ajuda a  preparar jovens para um mercado competitivo

Edilaine Felix

Psicólogo e coordenador científico do Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Vocacional e Social da Universidade de Coimbra (Portugal), Eduardo João Ribeiro dos Santos veio ao Brasil para desenvolver atividades acadêmicas e ministrar a palestra “Gestão de carreiras e mercado de trabalho: uma mudança de paradigma”, realizada na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) terça-feira passada.

Santos defende que a gestão da carreira precisa começar dentro da própria universidade, onde os alunos devem iniciar uma imersão na carreira desde o início da graduação, independentemente da profissão que, ao final, será escolhida. Ele também fala sobre a necessidade fundamental de conseguir fazer uma gestão eficiente do currículo e promover o marketing de relacionamento para tentar se aproximar mais do mercado de trabalho (veja quadro abaixo).

Competitividade

“A carreira tem de ser preparada desde a entrada na universidade”, ensina Santos, para quem é necessário estimular atitudes profissionais nos jovens logo no primeiro ano da faculdade, não importando qual seja o curso. Segundo ele, preparar e desenvolver os alunos para um mundo competitivo e exigente garantirá maior probabilidade de sucesso. “Eu acredito no learning by doing (aprender fazendo)”, diz Santos.

Experiências reais “Os alunos devem ter contato com casos reais de empresas, como acontece nos cursos de MBA”, afirma o psicólogo, destacando que essas experiências não precisam ser complexas. “Mas devem apresentar grau razoável de negociação e de técnicas para permitir que o aluno avalie detalhes do dia a dia da profissão a ser escolhida.”

Planejamento

Para ter esse contato com a profissão, é preciso, segundo Santos, ter uma abordagem mais prática nas aulas. “Cada disciplina deveria dar uma dimensão do que é um planejamento de carreira e de como fazer isso”, diz ele, considerando que desenvolver essa visão do mundo organizacional, ainda na universidade, ajudará a tomada de decisões do aluno quando estiver no mercado de trabalho, auxiliando-o na tarefa de enfrentar os conflitos da profissão. “É preciso compreender que uma empresa tem nuances, e o profissional deve saber trabalhar todas elas. Esse entendimento começa na faculdade.”

Definição profissional

“Um estudante que desenvolve uma gestão de carreira, durante sua vida acadêmica, chega ao mercado mais maduro para definir quais rumos profissionais deverá seguir”, diz. “Na universidade, essa gestão é exploratória, tentando encontrar mundos e opções, fazer experiências e estágios, observar as empresas e promover simulações.” Segundo Santos, após se formar, ele estará apto a implementar o projeto que pôde experimentar na faculdade. “É melhor começar na graduação, aprender e seguir evoluindo”, diz. “A carreira é o resultado de cargos acumulados na trajetória profissional.”

Sinergia

Santos defende que as universidades e o mundo empresarial estreitem relações, pensando na qualidade dos profissionais que chegarão ao mercado de trabalho. Ele sustenta que as instituições de ensino tenham no seu corpo diretivo representantes das empresas, assim como as companhias podem ter em seus conselhos membros da academia. “Quando houver essa parceria, a qualidade da mão de obra aumentará”, acredita.

Geração Y

“Os jovens são insatisfeitos”, diz. Para ele, a geração Y precisa alinhar a vida pessoal e profissional, além de negociar mais, para encontrar a forma satisfatória de realizar as atividades, sem embates, entendendo o tempo e os processos do trabalho.

Sem conflito

“A globalização permite o contato com culturas que apresentam soluções diferentes para os problemas de trabalho e emprego”, afirma. “Quando falamos em gerenciar carreira, estamos discutindo como gerenciar um projeto de vida, que tem dimensões familiares.” Para Santos, essa é uma “visão zen, mais filosófica”, que aproxima a vida pessoal da profissional, prática adotada pela cultura japonesa. “Acho importante não haver conflitos entre família e trabalho, mas a ânsia pelo sucesso pode provocar rupturas familiares, que podem ser improdutivas para o profissional.”

Mercado de trabalho

“Um cenário de pleno emprego no Brasil permite que profissionais dediquem maior atenção ao gerenciamento da carreira”, avalia. Para Santos, o mercado de trabalho no País está mais direcionado a investimentos em qualidade, “enquanto no sul da Europa estamos investindo na quantidade de postos” de trabalhoIP>. O brasileiro, segundo ele, está numa fase em que pode conseguir um trabalho melhor e bem remunerado, que culmine com avanço em seu projeto de desenvolvimento profissional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Blogs do Estadão


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo