1
Que Mario?

‘Watch Dogs’ vende 335 mil cópias no Brasil em um mês

Por Bruno Capelas

Um dos grandes jogos do ano acaba de revelar números impactantes de suas vendas: Watch Dogs, lançado pela Ubisoft há um mês, vendeu 600 mil cópias na América Latina – 335 mil delas, no Brasil. Os números foram divulgados pela Ubisoft em comunicado à imprensa nessa sexta-feira.

O jogo, que põe o gamer na pele do hacker Aiden Pearce em uma versão modificada e altamente conectada de Chicago, provocou debates sobre a segurança das informações pessoais na internet e a maneira como elas são utilizadas pela polícia e pelo governo. Watch Dogs está disponível para os consoles da nova geração (PS4, Xbox One) e da antiga (PS3, Xbox 360), além de uma versão para computadores.

Leia mais: Watch Dogs traz temática hacker para os games

Outro dado surpreendente é que as vendas para a nova geração somaram 41% do total no Brasil – nada menos que 137 mil unidades. Watch Dogs é vendido a R$ 199,90 para videogames, e R$ 129,00 para PCs. “A venda representou um faturamento de cerca de R$ 120 milhões, um valor importante que poucos produtos de entretenimento conseguem atingir nesse intervalo de tempo”, diz Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft na América Latina. Para Chaverot, os bons números animam a empresa para seus lançamentos no fim do ano: Assassin’s Creed: Unity e Far Cry 4.

Para efeitos de comparação com outras indústrias do entretenimento, vale dizer que o disco mais vendido do Brasil no ano passado, o EP Já Deu Tudo Certo, do Padre Marcelo Rossi, vendeu cerca de 900 mil cópias – mas custava R$ 9,90 nas lojas (em um faturamento de R$ 8,9 milhões no ano). Se fosse um CD, Watch Dogs teria alcançado o terceiro lugar no número de vendas no País.

Abaixo, assista uma entrevista com o diretor de conteúdo do game, Thomas Geffroyd:

Tópicos relacionados