1
Que Mario?

Pais vendem filhos para comprar itens em games na China

Por Bruno Capelas

FOTO: Reprodução/Guandong TV

Um casal de pais solteiros chineses está sendo acusado de vender dois de seus filhos para o tráfico de seres humanos, a fim de usar o dinheiro obtido na transação para comprar itens dentro de games online.

De acordo com uma reportagem da televisão local, o primeiro filho do casal foi fruto de uma gravidez não planejada, mas, no lugar de criar o garoto, eles decidiram vendê-lo ainda bebê para traficantes de crianças na cidade de Fujian, a fim de sustentar o vício do pai em jogos online. “Ele gosta de comprar itens e de ficar a noite inteira jogando em cyber cafés”, disse ela em uma entrevista.

Meses depois, a mulher ficou grávida pela segunda vez, e, uma vez que o orçamento da casa estava sendo drenado pelos games, eles decidiram vender o segundo filho para tentar sanar algumas de suas dívidas – algo que é bastante comum na China.

Após uma acusação feita pelos avós das crianças, o casal aguarda por julgamento.

Atualmente, jogos “freemium” – aqueles onde o download é gratuito, mas é preciso pagar para ter benefícios dentro do game – são uma febre na China, com muita gente gastando dinheiro em roupas, armaduras e armas para ter vantagens na hora de se divertir.

Tópicos relacionados