1
Que Mario?

Jogos ‘empoeirados’ ganham vida nova com site de trocas

Por Bruno Capelas

Site TrocaJogo já realizou mais de 240 mil trocas em quatro anos de existência. FOTO: Reprodução

Que fã de videogames nunca passou pela situação de economizar durante meses, comprar um jogo, testá-lo por algumas horas, não gostar e deixá-lo no canto pegando poeira, sem nunca mais tocar nele? Entretanto, sempre tem alguém que pode se interessar por aquele game que ficou empoeirado durante um tempão. Pelo menos é nisso o que acredita o site TrocaJogo, criado para intermediar a troca de games através da internet, e que organiza em São Paulo um encontro para reunir fãs de jogos na próxima quarta-feira, dia 3.

Criado em 2010, depois da percepção de que “o preço dos jogos no Brasil é proibitivo”, o site permite a troca de games das plataformas atuais – PS3, PS4, Xbox 360 e One, Wii e Wii U, PS Vita e Nintendo 3DS – por um sistema de classificação de interesses. Após preencher um cadastro, o jogador pode procurar os jogos que tem empoeirados (e estaria disposto a trocar) ou classificar em seu perfil aqueles que gostaria de ter. O site fica com o papel de ser uma plataforma para o encontro de quem quer trocar um “Grand Theft Auto IV” por um “Call of Duty”, por exemplo, cabendo aos jogadores combinarem o envio pelo correio ou a entrega em mãos.

“Temos como único objetivo ajudar os gamers brasileiros, oferecendo a eles uma ferramenta que fosse robusta e bem elaborada, com diversos recursos e facilidades, para terem uma experiência de troca perfeita e acesso a novos jogos”, diz Flávio Banyai, fundador da plataforma, que recomenda aos usuários do site que as trocas sejam feitas em lugares públicos, e, de preferência, com usuários próximos, para evitar quaisquer problemas com os correios.

Atualmente, o site conta com 150 mil usuários cadastrados, e já realizou cerca de 240 mil trocas em seu tempo de existência, com uma média de 8 mil trocas por mês. No momento, o jogo mais desejado pelos usuários do TrocaJogo é Uncharted 3, enquanto o mais oferecido é God of War III.

Retrô
O dono do site, que começou a jogar games na época do Master System e até aprendeu a tocar bateria por causa de Guitar Hero, conta que recebe muitos pedidos para abrir uma seção específica do TrocaJogo destinada a games antigos. Apesar do interesse de muitos gamers, Flávio Banyai conta que a tarefa esbarra em dois problemas: demanda e manutenção, dado ao fato de que cada jogo diferente conta com uma ficha técnica especial no site.

“Se suportássemos uma plataforma como o Atari, haveria alguém exigindo que cadastrássemos um jogo X ou Y, ou pior ainda, uma versão especial de algum desses jogos. O operacional disso não é simples”, explica ele, que comenta ainda que não necessariamente a quantidade de videogames influencia no número de trocas. “O Wii foi uma das plataformas mais populares da geração passada e é um console, em geral, com baixíssima demanda de games para troca”, diz.

Evento
Com o crescimento do site, Banyai percebeu que talvez fosse uma boa ideia levar a troca de jogos para além do mundo dos cliques. “Observamos eventos como a BGS e a Anime Friends, e acreditamos que seria interessante ter uma experiência focada no câmbio de jogos, onde as pessoas poderiam interagir e realizar pessoalmente aquilo que já fazem dentro do site”.

O Encontro Oficial de Gamers TrocaJogo acontece na próxima quarta-feira, 3 de setembro, no SP Diversões, no Butantã, das 18h às 22h. Até às 18h, a entrada é gratuita — depois é cobrado o ingresso de R$ 5,50.

Serviço:
Encontro Oficial de Gamers TrocaJogo
Data: 3 de setembro de 2014
Horário: das 18h às 22h (sendo que até 18h a entrada é gratuita e depois disso o espaço cobra o valor de R$ 5,50)
Local: Espaço SP Diversões – Rua Santa Rosa Junior, 189 – Butantã

Tópicos relacionados