1
Que Mario?

E3: ‘Hyrule Warriors’ é a aposta para revolucionar Zelda

Link quer virar gente grande. Não como em Ocarina of Time, quando alterna entre adulto e criança no clássico do enredo da trama para Nintendo 64, mas numa guerra nos moldes de Dinasty Warriors (PS2/PS3).

Os desenvolvedores, que cresceram jogando a franquia, disseram-se ansiosos pela experiência. “Uma grande diferença entre este e outros jogos de Zelda é que você está lutando com um exército. Além disso, há múltiplas batalhas acontecendo na tela ao mesmo de uma só vez.”, conta Eiji Aonuma, um dos produtores.

O multiplayer é possível mesmo sem dividir a tela. É aí que entra a mágica do gamepad: metade da ação rola na TV; para o outro jogador, no controle.

Desta vez, vários personagens podem ser controlados, até mesmo a princesa Zelda, sonho de muitos fãs da série.  Impa e Midna (Twilight Princess) também estão disponíveis. Assista:

/Luiz Fernando Toledo

Tópicos relacionados