1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Confiança (or lack thereof)

Carlos Eduardo Gonçalves

sábado 23/08/14

Falta de confiança…

Após mais um resultado decepcionante do crescimento da Economia, um diálogo:

– Vai por sua empresa pra investir mais na Economia ou não vai? Hein?

– Mas, presidente, veja, não me falta vontade nesse sentido. O problema é que falta confiança…e então…

– O que é? Não confia nos rumos do meu governo, nas medidas todas que tomamos, em todas as áreas?!?

– Não é isso, não é isso, são os outros que não estão confiantes, presidente. Eu estou, e muito !! Mas eles não estando, não ajudam a economia a rodar, não investem, não vão às compras, entende? E aí se apenas a nossa empresa aumenta a produção, e ninguém mais, aí complica pro nosso lado. E o acionista fica em cima, pode acreditar.

– Ok, ok, façamos assim então, chame seus amiguinhos todos para uma reunião aqui mesmo, daqui a um mês, para vermos o que está “pegando”, quais são as demandas dos empresários para voltarem a investir nesse nosso brasilsão de dimensões continentais e potencialidades inenarráveis. Que acha?

– Brasilsão não é com z, presidente?

– Deixa de ser imbecil ! Quer corrjir meu português castiço? Eu sempre estou cert_

– Ah, sim, perdoe-me, foi um lapso. E claro, claro, será ótimo, ótimo mesmo, o pessoal vai achar uma boa ideia, presidente! Diálogo sempre ajuda, não é mesmo?

Um mês depois…

– Então, meus senhores, por que vocês não estão investindo na Economia? Gostaria imensamente de saber, dado que fizemos tudo correto.

Silêncio de 2 minutos

– Vamos, desembuchem logo, podem confiar em mim, quero saber o que está “pegando”.

Um corajoso:

– Justamente isso, presidente, a questão está na confiança…

– Ah é?

Faz sinal para seu assessor, um homem grande e espadaúdo, de óculos escuros, parado ao pé da porta de entrada

– Oh Telêmaco, telêmacoooo! Fecha as portas, fecha filhão, por obséquio.