ir para o conteúdo
 • 

Ponto Edu

Quem pretende realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2014 já pode começar a se organizar para os simulados da prova. A prova é realizada em dois dias e, segundo professores e especialistas, é preciso treino para se sair bem.

Duas instituições já têm data para seus simulados, ambos abertos ao público e gratuitos:

O Cursinho Objetivo realiza o simulado nos dias 17 e 18 de maio, nos mesmo moldes do Exame (uma redação e 180 questões objetivas, divididas em quatro áreas do conhecimento)

Sábado – 17 de maio, das 13h às 17h30
Ciências Humanas e suas Tecnologias
Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Domingo – 18 de maio, das 13h às 17h30
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
Matemática e suas Tecnologias

Para participar, basta que o estudante inscreva-se gratuitamente até 15 de maio pelo site www.curso-objetivo.br. O Objetivo vai premiar os participantes com o melhor desempenho.

A Abril Educação realiza um simulado do Enem, mas em apenas um dia.

Domingo – 27 de abril, às 13h

Para participar, é só se inscrever gratuitamente até 24 de abril no site www.simuladoaberto.com.br.

O simulado da Abril, em parceria com a sua rede de escolas conveniadas dos Sistemas de Ensino Anglo, GEO, Farias Brito e pH, ocorre em vários locais de prova, distribuídos em 21 Estados brasileiros.

*

O MEC já tem data para o próximo Enem; confira no blog Nossa Educação: http://migre.me/iMWdt

sem comentários | comente

  • A + A -

Pesquisadores brasileiros terão a chance de estudar ao lado de ganhadores do prêmio Nobel. Estão abertas até 24 de abril as inscrições, gratuitas, para concorrer a uma bolsa de estudos de doutorado pleno em Física (Grafeno) na Universidade de Manchester, na Inglaterra. Os pesquisadores da Andre Geim e Konstantin Novoselov, da instituição britânica, ganharam o Nobel de 2010 por experimentos com o grafeno, uma forma mais forte de carbono.

A oportunidade é possível pela parceria entre o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras e a instituição de Manchester. Pode tentar a bolsa apenas quem terminou a graduação e o mestrado em Física em uma das 65 instituições de ensino superior cadastradas – Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp), 47 federais, dez estaduais e cinco particulares.  Ainda participam a Mackenzie, a Metododista, a Federal de São Carlos (UFScar), a Federal do ABC (UFABC) e a Federal de São Paulo (Unifesp).

Caso o candidato não tenha o título de mestre, pode comprovar ter sido bolsista do Programa de Iniciação Científica do CNPq, por período mínimo de um ano e seis meses. As aulas e atividades acadêmicas do intercambista serão todas em inglês. Os interessados podem conferir a lista de instituições parcerias no site do Grupo Coimbra e se inscreverem nas Pró-Reitorias de Pesquisa e Pós-graduação ou nas assessorias de Relações Internacionais.

O resultado da seleção será divulgado no dia 3 de junho nos sites do GCUB e da Universidade de Manchester. O selecionado começa o doutorado em setembro de 2014, em curso de 3 anos.

sem comentários | comente

  • A + A -

Já pensou em fazer intercâmbio e viver na casa do seu professor? O Student Travel Bureau (STB) está com essa novidade entre seus programas. A proposta, em parceria com a empresa britânica InTuition, permite que o aluno pratique mais intensamente o idioma

Ao demonstrar interesse pela experiência de intercâmbio, o aluno é entrevistado por um dos agentes do STB para saber sobre objetivos e afinidades. Depois disso, a InTuition pesquisa qual profissional é mais indicado para hospedar o aluno.A ideia não é que o tutor pegue no pé do aluno 24 horas por dia, mas juntar pessoas com afinidades. Se o jovem gosta de surfar ou cozinhar, por exemplo, a equipe procura um professor com gostos iguais.

É possível optar por 15, 20, 25 ou 30 horas semanais de aula. O pacote inclui hospedagem em quarto individual, café da manhã, almoço e jantar, e dois dias de passeios turísticos por semana com o professor. Há 326 profissionais estão cadastrados no programa, a maior parte no Reino Unido. Também existem professores em outros países, como França, Espanha, Irlanda, Itália, Austrália, Estados Unidos e Canadá.

O pacote de 15 lições semanais custa aproximadamente R$2,7 mil, o que inclui apostilas, hospedagem, aulas, passeios e o deslocamento na cidade estrangeira.

Saiba mais sobre o programa no site do STB.

 

 

sem comentários | comente

  • A + A -

Para quem quer estudar inglês nos Estados Unidos, Austrália ou Nova Zelândia, a agência S7 Study promove nos próximos dois sábados (dias 5 e 12 de abril), palestras gratuitas sobre os programas de intercâmbio para esses países. Para os participantes com mais de 18 anos, serão sorteadas bolsas de estudo de quatro semanas em Miami (EUA), Sydney (Austrália) e Queenstown (Nova Zelândia).

Nos encontros, será possível tirar dúvidas sobre visto, ver as melhores opções de cursos, financiamentos e trabalho em cada um dos destinos.  Os encontros acontecem na Rua Frei Caneca, nº 558, Auditório Consolação, na capital paulista. As inscrições são limitadas. Mais informações pelo telefone (11) 4506 2999.

 

Veja o horário das palestras:

05/04 (sábado)

11h – Palestra sobre a Austrália*

14h – Palestra sobre a Austrália*

*Inscrições pelo site www.australiabrasil.com.br. Sorteio de bolsa de estudos para a Greenwich English College, em Sydney (Austrália), com duração de quatro semanas + taxas administrativas.

16h30min – Palestra sobre os Estados Unidos**

**Inscrições pelo site www.estadosunidosbrasil.com.br. Sorteio de bolsa de estudos para a Sol Schools, em Miami (EUA), com duração de quatro semanas + taxas administrativas.

 

12/04 (sábado)

14h e 16h – Palestra sobre a Nova Zelândia*

*Inscrições pelo site www.novazelandiabrasil.com.br. Sorteio de bolsa de estudos para a Language Schools, em Queenstown (Nova Zelândia), com duração de quatro semanas + taxas administrativas.

sem comentários | comente

  • A + A -

A Confederação Nacional de Trabalhadores em Educação (CNTE) iniciou nesta semana campanha para mudar os nomes das escolas públicas que homenageiam autoridades do regime militar. A ação aproveita o gancho dos 50 anos do início da ditadura no País, completos em 31 de março.

O objetivo da entidade é incentivar o envio de projetos de iniciativa popular às assembleias legislativas e câmaras de vereadores sobre as trocas de nomes.

O site colaborativo ditaduranuncamais.cnte.org.br explica como construir essas propostas. Segundo a CNTE, dados do Instituto Nacional de Estatísticas e Pesquisas Educacionais apontam que quase mil escolas ainda levam os nomes de presidentes da época da ditadura.

sem comentários | comente

  • A + A -

 

Estão abertas as inscrições para o Desafio Google de Marketing Online de 2014. A competição está na sétima edição e já contou com 65 mil alunos de 100 países desde seu início.

Na competição, times de 3 a 6 estudantes têm de criar campanhas de marketing online usando o Google AdWords, a plataforma de publicidade do Google, e a rede social Google +. As equipes selecionadas terão US$ 250 de orçamento cedido pelo Google para fazer o projeto.

As equipes serão selecionadas por funcionários do Google e por um painel independente de acadêmicos. Os alunos concorrem a prêmios como uma viagem de sete dias para São Francisco, incluindo um dia na sede do Google em Mountain View, Califórnia, para conhecer a área de AdWords, programas universitários e equipes de marketing, além de doações no valor total de US$ 15 mil para ONGs. Os vencedores globais e regionais em todas as categorias ganham dispositivos digitais e os vencedores regionais podem fazer visitas a escritórios locais do Google.

Os estudantes que queiram participar precisam de um professor para tutoriá-los. Ambos, professores e equipes de alunos, precisam se inscrever até o dia 21 de maio, no site www.google.com/onlinechallenge.

sem comentários | comente

  • A + A -

 

Mais de 50 mil pessoas se inscreveram para concorrer às bolsas de estudo da Fundação Estudar. As inscrições acabaram em março, mas uma nova temporada de cadastros será aberta a partir de outubro – a Fundação ainda não confirmou a data exata.

O programa dá bolsas de estudo para graduação no Brasil, graduação no exterior, intercâmbio acadêmico no exterior durante a graduação e duplo-diploma no exterior durante a graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado no exterior. Além do valor da mensalidade, há possibilidade de bolsa também para custo de vida, moradia, alimentação, transporte, etc. O valor total é avaliado de acordo com o detalhamento de estudos e de planejamento do aluno.

Para quem está fazendo o processo seletivo ou quem pretende se inscrever no segundo semestre, a especialista de recrutamento e seleção da Fundação Estudar, Mariel Vieira, dá algumas dicas. É ela quem conduz todo o processo de seleção do programa de bolsas e, por isso, conhece os principais ‘errinhos bobos’ que eliminam candidatos ao longo das etapas.

Confira as dicas:

Dados básicos
O candidato deve prestar muita atenção ao preencher os campos de dados básicos, como telefone e e-mail, para garantir que não haverá nenhum erro de digitação e que todas as informações fornecidas sejam verdadeiras. Estes contatos serão o único elo com o candidato, a única forma de avisarmos sobre as novas etapas do processo de seleção do Programa de Bolsas. Já aconteceu de enviarmos e-mail e vários deles retornarem, por serem inválidos. Acaba sendo comum o candidato digitar os dados de forma errada, por causa da pressa, ou ter receio de passar o número de telefone, por exemplo.

Teste de lógica
A duração do teste de lógica é de 45 minutos. Ele é composto basicamente de perguntas sobre analogias, padrões lógicos e problemas numéricos. Muitas pessoas alegam que tem um baixo desempenho em teste de lógica, sendo que tiveram excelente desempenho em outros testes (como SAT, por exemplo). Um dos motivos para essa diferença de desempenho é que a maioria dos candidatos se prepara muito bem para vários testes, mas quando se trata do teste de lógica, não dão o devido valor e importância. A dica é ser responsável ao realizar também o teste de lógica: se preparar com antecedência e realiza-lo em um ambiente calmo, onde não terá interrupções e no qual a conexão com a internet seja boa. É importante ressaltar que o teste de lógica tem um peso importante no processo de seleção, pois o enxergamos como um dos filtros iniciais para escolher os candidatos que passarão para as etapas presenciais.

Vídeo
O importante do vídeo não é a qualidade da gravação necessariamente. O que mais vale é que seja possível ouvir e ver bem o candidato. Algumas pessoas querem ser criativas e colocam fotos, trilha sonora, não aparecem no vídeo, etc., mas o essencial é atentar -se para as orientações descritas no regulamento. Ou seja, o vídeo deve ter a duração entre dois e três minutos, sem trilha sonora. O candidato não pode esquecer que o principal objetivo do vídeo é responder a seguinte pergunta: “Quais foram as suas maiores conquistas ao longo da sua vida? Cite pelo menos 3.”

Uma dica técnica: o candidato deve fazer upload do seu vídeo no YouTube e classificá-lo como “não listado”. Para saber como configurar o vídeo, basta acessar o link: https://support.google.com/youtube/answer/157177?hl=pt-BR&rd=1. Caso o vídeo seja classificado como “privado”, algo que acontece com muita frequência, não será possível visualizá-lo e o candidato poderá ser desclassificado. Este é um problema que comumente acontece, seja por confusão quanto à classificação do vídeo, seja por receio de fazer o upload de um vídeo.

Documentação
Envio de foto digitalizada, carta de recomendação e histórico escolar, assim como histórico de ensino superior e resultados de testes (quando for o caso), são itens que exigem um tempo maior para organizar e reunir. É importante que o candidato não deixe para o último minuto, pois precisará solicitar carta de recomendação, ter a foto em mãos para enviar, etc.

Etapas presenciais
O objetivo das etapas presenciais é conhecer os valores e a essência de cada candidato. No entanto, muitos candidatos se preocupam demais com o que vão falar e, com isso, moldam demais as suas respostas Isso acaba prejudicando-os no processo seletivo. Para conseguir um bom desempenho nestas etapas, nada melhor do que se conhecer muito bem e saber contar sua trajetória, ressaltando pontos que impactaram o candidato e fizeram com que ele seja quem é hoje.

sem comentários | comente

  • A + A -

A Universidade Minerva já selecionou 45 estudantes para a sua turma inaugural. Até esta segunda-feira, 31, havia 1794 inscritos. O processo já tem candidatos de 88 países e os selecionados são de dez nacionalidades: Brasil, Canadá, China, Alemanha, Malásia, Nigéria, Espanha, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos. As inscrições vão até o dia 15 de abril pelo site http://minerva.kgi.edu.

Os nomes dos alunos já selecionados não foram divulgados, mas a instituição garante que o critérios “foram baseados estritamente nos mais rigorosos padrões e exames intelectuais, não considerando ascendência, capacidade atlética, Estado ou país de origem ou recursos para contribuições”.

A turma inaugural iniciará os cursos na plataforma de tecnologia da Minerva. No primeiro ano os estudantes morarão na residência da universidade em São Francisco, nos Estados Unidos, onde terão atividades que complementarão os trabalhos formais do curso. Nos anos subsequentes, os estudantes serão incentivados a morar e estudar nas residências da Minerva localizadas em até sete das principais cidades do mundo.

Para saber mais sobre a Universidade Minerva, leia esta matéria.

 

sem comentários | comente

  • A + A -

Um consórcio entre instituições de ensino superior brasileiras com a Laspau, uma organização filiada à Universidade de Harvard, dos EUA, vai promover a formação de 300 professores para adoção de metodologias e tecnologias de ensino inovadoras que favoreçam o aprendizado. Chamado de STHEM Brasil (as iniciais em inglês de Ciências, Tecnologia, Humanidades, Engenharia e Matemática), o consórcio terá duração de três anos – com o objetivo de formar 100 professores a cada ano.

Integrado por 14 instituições brasileiras de ensino superior, entre públicas e privadas, o consórcio é resultado de uma parceria do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) Lorena com a Laspau (Academic and Programs for the Americas). Cada professor será o multiplicador dos conhecimentos adquiridos para no mínimo outros cinco professores da instituição em que trabalha. Além da Unisal, fazem parte do consórcio a ESPM, UNESP Guaratinguetá, UNIFEI de Itajubá (MG), UNISUAM, FATEC Guaratinguetá, FATEC Cruzeiro, FATEA, FARO, Toledo, UNISALESIANOS, UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), UNIPAC (MG) e Faculdade Dom Bosco de Resende.

O lançamento, que ocorre quarta-feira, dia 19, em Lorena, terá a presença dos professores Eric Mazur, físico da Universidade de Harvard. Ele fará uma palestra sobre Inovação Acadêmica. Também participam do evento os professores Jennifer Craig, do Massachusetts Institut of Technology (MIT), Jonathan Stolk, do Olin College (EUA) e a diretora da Laspau, Angélica Natera.

O investimento vai girar em torno de US$ 180 mil neste primeiro ano, para a vinda dos professores estrangeiros e o deslocamento e permanência dos professores participantes em Lorena. Os gastos serão divididos em cotas pelas instituições participantes. Cada instituição de ensino superior integrante do consórcio arcará com os custos da formação dos seus professores.

Fazem parte do conteúdo design, avaliação de aprendizagem, gestão de aprendizagem, Team Based Learning, estratégias para motivação do aluno, entre outros. A formação presencial dos professores será feita em Lorena, no período de 26 a 30 de maio, e os participantes farão ainda um curso online, entre setembro e novembro de 2014. Os cursos serão ministrados por professores de Harvard, Universidade Northwestern, MIT, Universidade Notre Dame, Universidade de Albany, Olin College (EUA) e da Escola Politécnica de Montreal (Canadá).

 

Veja também:

Universidades brasileiras formam consórcio para importar técnicas de ensino dos EUA

Saiba mais sobre Project Based Learning e Peer Instruction

‘Até o erro é produtivo’, diz aluna da USP sobre métodos ativos de ensino

 

sem comentários | comente

  • A + A -

Estudantes de escolas públicas e privadas do ensino básico e técnico de todo o País vão apresentar 331 projetos estudantis de inovação na 12ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que acontece de 18 a 20 de março na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP). Esta é a mostra de projetos finalistas da competição nacional. 

O evento vai ocorrer em uma tenda com 2,2 mil metros quadrados instalada no estacionamento da Escola Politécnica, na Av. Prof. Luciano Gualberto, nº 3, travessa 3, Cidade Universitária, na zona oeste. A entrada é gratuita.

Entre os destaques desta edição está um robô de 30 cm de altura que ajuda nas tarefas domésticas. Desenvolvido por Estudantes da Fundação Nokia de Ensino, de Manaus, ele controla a dispensa dos alimentos, sugere receitas com os produtos em estoque, e dá um alerta quando o vencimento do prazo de validade de um item está próximo ou quando é preciso fazer mais compras. O robô ainda ajuda a fazer a coleta seletiva do lixo. Por comando de voz, ele recolhe o lixo e o deposita no coletor, conforme o tipo de material a ser reciclado.

Já alguns estudantes da Escola Técnica de Eletrônica da cidade de Sapucaí, em Minas Gerais, criaram um avaliador postural, equipamento que oferece uma alternativa mais barata para hospitais e clínicas ortopédicas que precisam deste recurso, hoje importado e caro no País.

Para dar mais segurança a policiais e bombeiros, uma estudante da Escola Técnica Carmelino Corrêa Júnior, de Franca (SP), desenvolveu uma formulação que, aplicada ao couro, torna os calçados resistentes ao fogo. A ideia surgiu após um tio policial ter sofrido queimaduras nos pés durante uma ocorrência. Além da formulação inovadora, o protótipo do calçado foi feito só com resíduos de couro. A ideia agora é desenvolver uma roupa com o mesmo conceito.

Entre os projetos expostos, estão um bafômetro para controle de ignição em veículos, teclado em braile maleável para ser sobreposto no teclado convencional, uma lousa digital de baixo custo e um cão-guia robô.

Serviço:
A mostra de projetos da Febrace 2014 ocorre de 18 a 20 de março, das 14h às 19h.
Mais informações: www.febrace.org.br.

sem comentários | comente

  • A + A -

Arquivo

Blogs do Estadão

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo