ir para o conteúdo
 • 

Patrícia Campos Mello

26.fevereiro.2008 13:39:36

Como adestrar seu marido

Os programas do Cesar Millan, o “dog whisperer” que é uma espécie de superbabá de cachorros, fazem o maior sucesso por aqui. E agora lançaram um livro com técnicas de treinamento de animais – para usar em maridos.
O livro chama “What Shamu Taught Me About Life, Love, and Marriage: Lessons for People from Animals and Their Trainers”. A autora, Amy Sutherland, passou um ano aprendendo técnicas de adestramento de cachorros e resolveu aplicá-las em seu marido para resolver problemas como tampa de privada levantada, meias sujas no bidê, etc..

O segredo, segundo ela, é ignorar manias irritantes e recompensar hábitos positivos. Ela aplica várias técnicas de treinamento de animais – inclusive de golfinhos – para “consertar” seu marido.Ela usa até métodos pavlovianos.

O livro me lembrou de um filme muito antigo que passava na TV, que uma mãe trazia para a filha um manual de adestramento de cães, e dizia para a filha tentar com seu marido. “Deu um google” e descobri que o filme chama “If a man answers”, é de 1963, com a Sandra Dee.

comentários (83) | comente

  • A + A -
83 Comentários Comente também
  • 26/02/2008 - 15:48
    Enviado por: Marcos

    Realmente usando a tecnica certa da para mudar os habitos da outra pessoa sem que ela perceba. Mas o melhor é procurar um profissional especializado mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 00:09
    Enviado por: Regina

    Se tiver que adestrar um marido,eu prefiro ficar com um cão mesmo.
    Marido bom,já vem adestrado,se não gostar troque de marido,dá muito menos dor de cabeça.
    E quem precisa de marido hoje em dia? Fique com o adestrador esse já conhece os truques.
    Pode ser muito útil com as crianças.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 07:57
    Enviado por: jefferson

    Se o título fosse “Como adestrar a sua mulher” seríamos acusados de machistas, ogros, etc.
    Como o título é “Como adestrar o seu marido” fica algo no ar do tipo ” ah, essas mulheres modernas….um dia ainda dominarão o mundo”.
    Quanta hipocrisia!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 08:46
    Enviado por: Roberto

    Essa abordagem comportamental parece meio simplista mas faz parte desta nova era que vivemos onde há um certo recuo como resposta a tudo aquilo que não deu certo. Se uma pessoa for apenas recompensada ela pode fugir do controle já que as recompensas de nada adiantam sem que hajam as punições e mesmo a falta de recompensas ja representa um certo aspecto punitivo. A vida ficaria sem sentido. Enfim bagunçar a coisa, trocar o certo pelo errado em última análise pode até piorar as coisa. Acho que mais esse manual embora poetico e romantico é mais uma esquisitisse desses malucos americanos que não perdem a mania de inventar coisas novas a toda hora e momento.
    Nao sei porque um livro “serio” como esse chamou a atenção de “tanta gente”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 11:40
    Enviado por: Linda

    Olá Patrícia,ainda bem que você ezxiste!!!!!!
    Foi bom ter consultado o google antes,mas saiba que já vi também muitas comédias ensinando mais ou menos (sutilmente) como adestrar maridos,sejam quais forem!!!! e eles pensam que nos enganam….a haa haa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 12:44
    Enviado por: Bulwer Lytton

    Ridículo. Lembra as técnicas pavlovianas de condicionamento de animais. No fim das contas, é disso mesmo que se está tratando neste admirável mundo novo americano ou, quem sabe, globalizado: de animais adestrados. É o que resta quando já não há mais amor entre as pessoas. Não há mais seres humanos, mas apenas cascas ambulantes, com conteúdos que podem ser trocados a qualquer momento. “The horror! The horror!”, Joseph Conrad (Coração das Trevas).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 14:42
    Enviado por: simone

    Oi Jeferson, não fique chateado não! As mulheres precisam mesmo de um livro semelhante.

    E lá em casa meu marido compraria, pois quem deixa a toalha molhada na cama sou eu…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 16:33
    Enviado por: Jakob Ibrahim

    Prezada Patrícia,

    sou obrigado a concordar com o sr. Bulwer Lytton (aliás, um excelente nick, em homenagem ao grande escritor britânico, autor de “Zanoni”). Só haveria duas hipóteses de aceitar-se uma publicação dessas: uma, como chacota; a outra, como demonstração do baixo nível a que os americanos vêm chegando, em suas relações afetivas e interpessoais. Parece-me que, infelizmente, predomina este segundo caso, pois num país onde idiotices como “Marley & Eu” faz sucesso, fica claro que o ser humano -e a própria idéia de ser humano- vem sendo substituído ou por mercadorias ou por animais. Cabe lembrar também que uma tal “obra”, como a citada, também é best seller entre a classe média inculta brasileira.

    Se alguém deseja conhecer alguns belos livros sobre a relação enre homens e animais, recomendo a leitura das obras de Jack London (“O Chamado das Selvas”). Outra opção é o belíssimo “Dança com Lobos”, filme dirigido por Kevin Costner. Em nenhuma destas obras há uma tentativa de humanização dos animais, e sim uma relação direta entre ambas as partes. O ser humano, com sua egolatria inconsequente e ininterrupta, procura antropomorfizar tudo: torna as pedras ídolos, e lhes dá vida. Com os animais, idem, conferindo-lhe suas próprias emoções e mazelas. Chega ao cúmulo de criar linhas de produtos (utilitários) para animais, tais como xampus, cremes dentais, comida colorida (como se cães enxergassem cores) etc. etc. Lembra uma antiga história sufi (misticismo islâmico), de um indivíduo que ensinou seu cachorro a comportar-se como um ser humano. O animal chegou a tal nível de perfeição, que ele mesmo se vestia e comia com talheres, junto com os donos. Um dia, contudo, em que o cão “almoçava”, apareceu um gato. O cachorro pulou sobre a mesa, rasgando as próprias roupas, indo atrás do felino. Simplesmente, continuava sendo um cão.

    O único ‘animal’, capaz de elevar-se e transcender sua própria condição, é o ser humano. Não é rebaixando-o e tratando-o igual a um bicho, que ele mudará verdadeiramente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 17:29
    Enviado por: Ismael Vaillon

    O sr. Jakob Ibrahim, resumiu com sábias palavras, tudo que pensei a respeito disso. Há pessas que simplesmente querem ridicularizar a existência humana, pela falta de capacidade de agregar algo novo à sociedade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 19:00
    Enviado por: Regina

    Eu fiz uma brincadeira no primeiro comentário, pois o assunto foi apresentado com leveza,mas não deixava de mostrar o absurdo e ridículo desse tipo de comparação.
    O filme citado é uma comédia ,por sinal bem engraçada.
    Mas falando sério, animais e seres humanos são muito diferentes, como disse o Jakob, os melhores livros sobre animais,lobos que se socializam com homens e os cães que para sobreviver tornam-se selvgens.
    Nenhuma descrição foi tão contundente como as de Jack London, The call of the wild e o famoso Caninos Brancos são as obras mais perfeitas sobre como o ambiente pode modificar o comportamento mas nunca o instinto.
    Se quiser ter um animal procure algum que combine com seu temperamento e não tente adestrá-lo. Digo o mesmo com relação a seres humanos.
    Os fatores compreensão e paciencia são decisivos em qualquer tipo de relacionamento.
    Marley, é um best seller bobo, concordo plenamente, mas devo confessar que apesar de nem ser assim tão amante de animais, chorei 3 dias e não conseguia acabar o livro, pois fiz uma relação com a decadência física do cão e a velhice incapacitante do ser humano.
    Não foi a história que me pegou, foi essa passagem que me mostrou como numa tela o que acontecia naquele momento com meus velhos pais.
    Ou seja, o livro não era nada especial, mas no momento da leitura ele abriu uma porta que eu sempre havia deixado bem trancada e tinha um enorme medo de saber como seria esse pedaço da vida.
    Piegas, mas me pegou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 19:17
    Enviado por: Roberto

    Deve ser coisa do tipo se fez certo ganha um doce, se fez errado não ganha nada e o pior, é ignorada! Mas seria uma atitude mais pró-ativa deixar as coisas passarem quando estão erradas e valoriza-las quando do seu agrado. A pessoa precisa mudar o seu comportamento para mudar o do parceiro. Daria até para fazer um filme educativo sobre as técnicas mas deveria ter algo que homenageasse os pobres animais que são estorquidos em sua dignidade por vãos e hipócritas agrados e relegados a micos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 19:26
    Enviado por: Jakob Ibrahim

    Cara Regina,

    possivelmente, o livro teve um efeito tão contundente sobre você, porque operou a partir de um conteúdo seu já existente. Serviu para trazer à tona alguns aspectos emocionais e mnemônicos que precisavam ser trabalhados. Digamos que a obra foi o pretexto que seu eu mais íntimo encontrou, naquele momento, para que você tivesse contato consigo mesma, da forma como ocorreu.

    O problema maior desse tipo de “literatura” é querer criar relações que não existem, vínculos fantasiosos entre homem e animal. Cada vez mais, as pessoas evitam encarar-se umas às outras de frente. Nunca dizem o que pensam ou sentem, com medo de ser mal-educadas, rejeitadas, despedidas ou ter as portas fechadas. Abre-se, assim, campo para a hipocrisia ou toda sorte de aberrações nas relações humanas. Por isso é tão fácil arranjar um animal para companhia ou como espelho de si mesmo: ele jamais responde à altura; apenas reage no nível de seus instintos; e não obriga ninguém a mudar, a reconhecer os próprios erros e a amar ao próximo. Salvo raras exceções, o que se vê é sempre uma tentativa de se humanizar o animal (‘o bicho parece ser gente’, como se diz), e jamais ocorre a humanização do próprio indivíduo que tem contato com o bicho. Porque quando uma pessoa se humaniza, ela ama a tudo ao seu redor, e seu amor não se particulariza, nem é destinado para um só ser ou ente vivo.

    Abraço fraterno

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 20:51
    Enviado por: Dom Alessandro

    Isso é bem políticamente incorreto, não? Comparar-nos com cachorros? É este o tipo de homem que a mulher moderna quer? Não me admira que as mulheres estejam tão desorientadas e perdidas em relação ao seu próprio sexo e em sua relação com os homens. Como disse o amigo acima, o contrário seria considerado machismo, políticamente incorreto ou uma demonstração da eterna grosseria masculina. É melhor amarem os cachorros, mesmo. Eles se contentam com qualquer coisa. E têm mais paciência do que nós.
    Pobre dos cachorrinhos, rssssssssss.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 07:07
    Enviado por: LE Di Nardi

    Quanto o marido precisa ser treinado ao estilo dos cães, não vale a pena perder tempo com ele… e nem com ela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 10:17
    Enviado por: Atilio

    Homem tá trabalho!
    Mulher também!
    Crises de TPM! Gritos, choros, bate porta, quebra louças, fala sem parar!
    Vivem nos dando ordens!
    Dizem que a única diferença entre o casamento e a prisão é que na prisão eles deixam vocês jogar bola no final de semana.
    Eu gosto de mulher! Porém existe uma coisa que eu gosta mais, que é a minha liberdade.
    Apesar de já ter sido pedido em casamento duas vezes, preferi continuar solteiro!
    Dizem que quanto uma mulher casa os seus problema acabam!
    Quando um homem casa os seus problemas começam!
    LIBERDADE!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 11:20
    Enviado por: Cômico.

    Interessante isso…Enquanto os Estados Unidos se afogam na psina da arrogância, matam pelo mundo afora, decidem o futuro presidente, se afundam com seu dolarzinho a cada dia, são cada vez mais detestados pelo mundo afora, tem um maluco na presidência a oito anos, não fazem questão de enfrentar problemas ambientais, enfrentam problemas de franco atiradores todos os dias, exportam sucata de informática, pneus, etc. com título de doações, causando sérios problemas ambientais pelo mundo afora, sua população a cada dia engorda mais, e se endivida também, constroem um muro de separação com o México(Canadá não), compram petróleo agora a mais de 100dólares(recorde histórico), estão loucos querendo reaver a ilha de Cuba e fazer da ilha um bordel novamente, são os maiores poluidores do mundo, estão desafiando a Russia a cada dia(Instalação de mísseis na Polônia), Usam cada vez mais seu poder bélico como forma de dominação sendo os maiores fornecedores de armas ao resto do mundo, são os maiores exportadores de pornografia, Etc Etc, enquanto isso e muito muito mais, recai diretamente sobre os Estados Unidos neste momento, existe um blog no Brasil, que traz notícias e curiosidades de Tio San, que neste momento discute a interesantíssima matéria de um livro que insinua usar técnicas de adestramento de cães em maridos por suas esposas.Muito interessante isso… muito mesmo…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 11:43
    Enviado por: Comércio Internacional

    Passa ano e entra ano e as mulheres sempre reclamam dos homens, mas na verdade, elas não gostam de “homem-cão”, quietinho, domestico o que realmente elas gostam é do homem que maltrata, que seja bom de cama e do homem safado.
    A mulher no seu eu, gosta de ser submissa ao homem, pois é da natureza das mulheres.
    A mulher gosta de ser dominada, carinho ela ganha da família.
    Quem não conhece um homem que trata sua mulher com todo respeito (na cama), da carinho, não deixa faltar nada em casa, é atencioso e leva uma “guampa” com um cara que trata ela totalmente oposto do marido? SUA NATUREZA. Se estão comparando do homem com um cão, compare a mulher com a fêmea de qualquer animal que vão ver que na maioria dos casos a fêmea fica submissa ao macho, tirando o caso da aranha que come o “seu” macho após a relação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 11:44
    Enviado por: TENNISON

    Estou aqui rindo. Nesse mundo capitalista, quanta merda tentam vender para as pessoas. Acho isso um oportunismo. Besta quem compra.Por mim essa mocinha passa fome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:11
    Enviado por: Linda

    A comparação com o homem (masculino) é apenas uma brincadeira,mas tem os que levam a sério,né.Fazer o que,hoje em dia as pessoas não combatem o estresse delas e acabam jogando suas mágoas e revoltas nos outros…sinal dos tempos.Se fizessem exercícios de relaxação todos os dias não ficavam maldosos,aprendiam a se controlar e encarar tudo de modo zen…be cool,people!!!!!
    and take it easy,men!!!!
    relax…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:15
    Enviado por: Linda

    daqui a pouco uma comédia qualquer vira tragédia grega,e rir vai ser proibido…até onde pode ir a intolerância,hem!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:17
    Enviado por: Fernando

    Hipocrisia pura essa matéria. Se um homem publicar uma matéria dessas em relação às mulheres (noticiando algum adestramento moderno para mulheres ou algo do tipo), as mulheres “cairão matando a pau” o autor da matéria. Mas como a matéria só atinge negativamente os homens, tudo bem, né? É muita falta de bom senso das pessoas que pensam assim, inclusive da Patrícia, que deveria ter um mínimo de senso de responsabilidade para não publicar coisas que ofendam a dignidade humana. E que isso sirva para os homens também. O melhor jeito de acabar com “machismos” e “feminismos” é parar de vez com qualquer tipo de manifestação relacionada a isso. É mais ou menos como a divisão por raças, o ideal é acabar de vez com tudo isso do que, por exemplo, criar a cota pra negros em universidades e concursos públicos, porque a discriminação nunca sairá da pauta de assuntos na sociedade dessa forma e, conseqüentemente, continuarão surgindo adeptos desse pensamento racista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:23
    Enviado por: Linda

    dá pra ser sério 24 horas/dia???? já sei,a situação no brazil é tão caótica que ninguém mais tem humor…imagino um casal na maior formalidade com medo de ser preso ou atacado por bandidos…assim não dá pra relaxarem mesmo,enten do….se a mulher diz brincando que vai educá-lo leva uma tapa!!!!!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:29
    Enviado por: nomercy

    Hehehe!!! ADOREI!!! Para homens mentirosos, mulherengos e que adoram insultar a inteligência de suas parceiras com desculpas ridículas, recomendo o método PÉ NA BUNDA. O método CHIFRE, desde que acompanhado da devida publicidade, também pode ser usado.
    NO MERCY pra homem safado!!! Adestramento neles!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:51
    Enviado por: Sandra

    Patrícia. Apesar das críticas, acho estes temas, se não úteis, curiosos e este ainda tem base científica. Continue a garimpar estas prá nós. Valeu !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 12:55
    Enviado por: Dom Alessandro

    Vou sair em defesa da mediadora, agora.
    Eu tenho certeza de que a informação acima, uma postagem de costumes, uma curiosidade, não deve refletir a opinião da mesma.
    E nem toda mulher pensa da mesma forma que a autora idiota deste manual de auto-ajuda para mulheres, insatisfeitas e distantes de si mesmas e da realidade.
    A incrível pressão que a mulher moderna sofre, de todos os lados atualmente, a tem confundido e a levado a confundir o seu papel na sociedade, imitando a postura masculina para se impor no mercado de trabalho ou tirando a roupa para receber a atenção masculina.
    A mulher precisa da atenção do homem como o peixe precisa da água. E o homem precisa do acalanto e do amor feminino com a mesma intensidade.
    Eu diria que, hoje, passados mais de 30 anos da queima dos sutians pelo movimento feminista, a mulher continua tão escrava quanto antes. Sua situação sofreu uma reviravolta tão grande que a noção do seu papel perante o homem, a família e a sociedade foram totalmente pervertidos e deturpados dentro de uma economia de consumo que a trata como um pedaço de carne ou como uma emulação do homem.
    Eu amo as mulheres e sinto-me triste com a perda desta feminilidade em prol de uma visão de mundo que as fez adotar todos os males do comportamento masculino. E devo dizer que o homem perdeu muito da sua masculinidade também. Como disse o amigo Jakob, acima, em uma outra ocasião, o homem está deixando de ser homem e a mulher de ser feminina porque vivemos em uma sociedade egóica onde os papéis foram confundidos em nome de uma igualdade que só deveria existir perante a lei.
    Homens e mulheres não são iguais. Vêem o mundo de formas completamente diferentes. São biológicamente diferentes e possuem funções naturais opostas e compelmentares. A falta de entendimento disto agravada pela confusão que esta ditadura do pensamento alinhado e alienado do “políticamente correto” ajuda a consolidar tem levado ao distanciamento do diálogo entre os sexos e a injustiças irreparáveis. E o que é pior: têm gerado homens e mulheres insatisfeitos, vazios e carentes de amor.
    Nós homens e mulheres somos como duas metades de uma laranja. Vcs mulheres, sempre foram a metade mais doce e nos davam segurança e sustentação. O que será de nós, homens, ou da família, das crianças, ou da felicidade da nossa união, agora, que vcs resolveram ser iguais a nós e parece que, cada vez mais, dormimos com homens em corpos femininos em vez de seres que devem achar em nós o seu complemento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:10
    Enviado por: Cristinapb

    Estou casada à 20 anos com um ex-solteirão.
    Usei o método dos elogios quando ele tomava atitudes legais que nos favorecia como casal.
    Os erros eu ignorei, já que eu mesma sou um saco de imperfeicões. Isso funcionou e hoje é super natural meu marido não deixar um rastro ridículo atráz de si.
    Nos tratamos com muito respeito e isso é bem importante.
    Três dos nossos quatro filhos são meninos.
    Eles são criados participando ativamente nas tarefas de casa, catam brinquedos, arrumam seus quartos e ganham uma pequena mesada por isso.
    Roupa suja tem lugar.
    Eles sabem, ninguem está atráz deles pronto para fazer aquilo que é trabalho deles.
    Espero que com isso esteja produzindo 3 homens conscientes da sociedade onde vivem.
    Não é ”bonitinho” se comportar como um moleque mal acostumado quando se é adulto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:13
    Enviado por: CECILIA MEIRELLES

    Acredito que quando se há amor não há necessidade de adestramento… Somos seres humanos e como exposto em alguns depoimentos, um complementa o outro.. Da mesma maneira que existem homens horríveis, existem mulheres horríveis… Nossa sociedade é machista e revoltante, muitas mulheres são machistas ou feministas ao extremo… Um jamais será igual ao outro, mas como seres humanos têm direito iguais, talvez deveres e funções diferentes, mas um sempre complementa o outro como Eduardo e Monica, como feijão com arroz…O ser humano se esquece do principio do amor e diante de tanta competição para provar quem é melhor, homem ou mulher, acaba sendo esquecido o fato de que um não foi feito para viver sem o outro… Harmonico seria se ambos pudessem contribuir para a melhoria continua do outro por amor, jamais por competição ou superioridade ou propriedade, uma vez que cada um é melhro em algo, superior em algo e nunca dono de ninguem…
    Contribuir para o crescimento um do outro para que juntos alcancem seus objetivos, realizem seus sonhos e sejam felizes mutuamente….

    Que maravilha um homem que vem te buscar em casa e te leva para jantar cheio de galanteios… Que marvilha fazer um jantarzinho romantico e colocar um roupa de que ele goste e ser bem feminia e frágil para ele te proteger…

    Vamos baixar as armas e amar mais….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:13
    Enviado por: Edu

    Já tem muita mulher sobrando com o cão, ou pior, apenas com o livro, cuidado que a concorrência é grande, trocar de marido não é fácil, agora de mulher!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:18
    Enviado por: Vlamir

    Vou dizer uma coisa…………se a Patrícia só se envolve com sujeitos idiotas é problema dela, agora dizer que as mulheres vão adestrar seus maridos com técnicas usadas no adestramento de cães é o mesmo que nós utilizarmos os ensinamentos do alcorão para lidar com as mulheres.
    Patrícia, vc ta precisando rever seus conceitos, mulher.
    Caso vc queria meu telefone, me manda seu email pessoal que eu mando o número, ai sim vc vai saber como um homem pode transformar uma mulher em uma rainha.
    Abraços
    Vlamir

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:38
    Enviado por: Marco

    Caramba, ler os comentários acaba sendo mais interessante do que ler o post. Acho que ficou faltando o tradicional “…com tanta gente passando fome …” prá esquentar um pouco mais o bate-teclas.

    Magine’ntão se fosse assunto sério!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:41
    Enviado por: Carlos

    Que falta de dignidade. Depois se queixam porque os homens traem tanto as mulheres…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 13:42
    Enviado por: ABOBORA SEVALGEM

    aiaiaiai…. fala sério, tantos problemas sociais a serem resolvidos e existem pessoas pequenas querendo transformar outras a seu proprio gosto, no meu mundo isso se chama egoismo… mas tambem o que instristece são jornalistas menores ainda que publicam noticias insignificantes, quando poderiam estar fazendo algo produtivo em prol de alguem que precise. (fala sério vai carpir lote)…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:18
    Enviado por: Dom Alessandro

    Cecília,
    Perfeito seu comentário. É isto que todos nós procuramos. A força da mulher é diferente da do homem. A da mulher é acalanto e cuidado. A do homem é a proteção da mulher amada das covardias deste mundo. A beleza de vcs é a coisa mais fascinante do mundo para nós.
    Abraços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:41
    Enviado por: Noemi

    hahaha TO COM VC REGINA!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:44
    Enviado por: Geraldo

    Cadê o livro “Como adestrar um mulher para que ela não fica fazenda escandalo por causa de coisas irrelevantes, como por exemplo uma meia no chão.”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:56
    Enviado por: Machista sempre!

    As mulheres são quem precisam ser adestradas! São todas sangue sugas, vulgares e superficiais! E ainda querem nos mudar? É muita pretensão! Somos nós quem sustentamos seus luxinhos e as despesas do salão… Vocês precisam é de trabalho!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:58
    Enviado por: Paulo

    E verdade, temos que nos preocupar com os proximos. Estimular comportamentos corretos e perdoar os incorretos isso sim é que é certo. Quem sabe assim não teremos um mundo melhor. Espero que esse maravilhoso livro seja logo traduzido pois com certeza valerá a pena. E nada de provocar ciumes nos maridos, bonecas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 15:22
    Enviado por: Patricia Lopes

    Olá a todos!
    Eu como uma mulher linda e fatal gosto que os homens fiquem aos meus pés, afinal isso faz o ego de qualquer mulher, tanto o meu marido tanto com os meus outros homens gosto que fiquem sob meu controle, principalmente na hora do sexo. Vê-los presos por algemas e vendados, é o melhor que ta tendo, tomo conta do meu prazer e do dele… É DESSA FORMA QUE CONSIGO ADESTRAR OS MEUS HOMENS.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 15:34
    Enviado por: Carlos

    Hey regina, compre um cachorro pra vc… soh assim pra te aguentar mesmo… não vai reclamar da dona… no máximo, latir pra você… afinal de contas, as mulheres não tem defeito…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:12
    Enviado por: Ademilton Fontana

    Já que o assunto é adestrar o Marido, vamos elucidar o comportamento masculino, muito bom e vale a pena ler.

    REPASSANDO – NUNCA ISTO FOI DITO COM TANTA HONESTIDADE

    Foi lendo um monte de besteiras que as mulheres escrevem em livros sobre o ‘universo masculino’, que resolvi escrever esse e-mail.
    Não tenho objetivo de ‘revelar’ os segredos dos homens, mas amigos, me desculpem. Não se trata de quebrar nosso código de ética.
    Isso vai ajudar as mulheres a entenderem os homens e, enfim, pararem de tentar nos mudar com métodos ineficazes.
    Vou começar de sola.
    Se não estiver preparada nem continue a ler.
    E digo com segurança: o que escrevo aqui se aplica a 99,9% dos homens brasileiros (sem medo de errar).

    Não existe homem fiel.
    Vc já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo.
    É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens.
    Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel (ou porque está apaixonado, (algo que não dura muito tempo – no máximo alguns meses – nem se iluda) ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo. (Isso vai se voltar contra vc).
    A única exceção é o crente extremamente convicto.
    Se vc quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.

    Não desanime.
    O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo.
    A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia.
    Não é como a da mulher.
    Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento.
    O homem só precisa de uma bunda.
    A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.

    Não fique desencantada com a vida por isso.
    A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário.
    O cara que fica cercado, sem trair é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça.
    Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes.
    Se quiser alguém que pense como vc, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um viado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social.
    Todo ser humano busca a felicidade, a realização.
    E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, tá tudo no cérebro).
    A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho.
    O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vêm de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada,
    etc., mas nunca virá se não puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão.
    Se vc cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa, o cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela) vc vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente.
    (Vai ser um cara sem ambição e sem futuro).

    Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira, etc… nada disso vai adiantar.
    É lógico que quanto mais largada vc for, menor a vontade do homem de ficar com vc e maior as chances do divórcio. Se ser perfeita adiantasse Julia Roberts não tinha casado três vezes.
    Até Gisele Bunchen foi largada por Di Caprio, não é vc que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha).
    O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares).
    Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora.
    Isso é o segredo para um bom casamento.
    Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.

    Se vc busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que vc imagina.
    Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem
    esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja,
    não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher(para não criar vínculos) e, sobretudo
    são muuuuuito discretos: não deixam a esposa (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc saberem).
    Só, e somente só, um amigo ou outro DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual.
    Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar.
    As traições do homem perfeito geralmente são numa escapolida numa boite, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade.
    O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras.
    Elas são causadoras de problemas.
    Isso remete ao próximo tópico.

    ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS – É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES:
    Esqueçam de uma vez por todas esse negócio que homem não gosta de mulher fácil.
    Homem adora mulher fácil.
    Se ‘der’ de prima então, é o máximo.
    Todo homem sabe que não existe mulher santa.
    Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra.
    A demanda é muito maior do que a procura.
    O mercado ta cheio de mulher gostosa.
    O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte.
    Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema).
    Ou, como se diz na gíria, é pepino puro.
    O fato de vc não ligar para o homem e ele gostar de vc não quer dizer que foi por vc se fazer de difícil, mas sim por vc não representar ameaça para ele.
    Ele vai ficar com tanta simpatia por vc que vc pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher.
    Ele vai começar a se envolver sem perceber.
    Vai começar ELE a te procurar.
    Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo.
    Pata para outro e deixe esse de stand by.
    Não vá se vingar, vc só piora a situação e não lucra nada com isso.
    Não se sinta usada, vc também fez uso do corpo dele – faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.

    90% dos homens não querem nada sério.
    Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento.
    Portanto, são máximas as chances do homem mentir em Quase tudo que te fala no primeiro
    encontro (ele só quer te comer, sempre).
    Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado e dê logo para
    ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele.
    Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2007 e não em 1957 .
    Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.

    Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte:
    Tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele.
    Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação.
    Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa.
    Nada de sufoco, de ‘conversar sobre a relação’, de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc.
    Vc pode até criar ‘muros’ para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos.
    Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir.

    A última dica:

    Se vc está revoltada por este e-mail, aqui vai um conselho:
    vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado.
    Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida.
    Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se vc é dessas, boa sorte!).
    Mas tudo é a pura verdade.
    Seu marido/noivo/ namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com vc, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico.
    O homem que vc deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5º.
    Diferente disso ou é crente, ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres)
    O que vc procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que vc pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que vc nunca vai encontrar.
    Lembre-se sempre, você é a única fêmea do reino animal que concebe um macho sem estar no período fértil.
    O macho, pela sua característica, está sempre no período fértil, sempre pronto pra procriar.
    O homem trair é coisa natural e a natureza não muda!
    Espero ter ajudado em alguma coisa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:31
    Enviado por: Licinio de Andrade Correia

    Será que tem talvez algum livro que ajude os maridos a adestrarem as suas esposas a não apertarem o tubo do creme dental no meio, ou a não usarem o nosso aparelho de barbear p/ depilar as pernas e o sovaco, ou até ensinar que o box do banheiro não é varal para calcinhas!!!! Existe uma cultura prazeirosa nas mulheres de só enfatizarem as coisas erradas dos homens… Sentem tanto prazer em apontar isso que, quando o parceiro não tem estes defeitos, não tem graça prá elas Ora!!! vão ler o livro e vê se aprendam a dar valor nas coisas boas que só os maridos podem lhes proporcionar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:43
    Enviado por: José Antônio

    A artigo, apesar de relatar o método pavloviano de condicionamento da autora, não esclarece o que venha a ser recompensa positiva, entretanto reside aí a sutileza do que isto significa no universo erótico-emocional , pois sómente no campo da sexualidade masculina pode-se falar em retribuição positiva : Relaxa e…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:43
    Enviado por: Percio

    Que saudades do Nelson Rodrigues… As mulheres modernas bem que poderiam ler algumas obras dele para tentar entender um pouco da natureza humana!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:43
    Enviado por: Inês

    Muito bom!
    Adorei esse texto do Ademilton Fontana

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:46
    Enviado por: José Eduardo Leme

    Geralmente as mulheres que reclamam dos seus maridos são péssimas na cama, bagunceiras de primeira classe e chatas de dar dó.

    As que acham que precisam adestrar seus homens para se sentirem bem, o melhor procedimento é permanecerem solteiras, siliconadas, cheias de botox, celulite e mesmo assim com os peitos e a bunda caída.

    O período de namoro e noivado serve para que ambos se conheçam e saibam de ante-mão onde irão “amarrar seus burros”. Depois de casados não adianta querer mudar a regra do jogo, melhor é a separação e cada um para seu lado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:47
    Enviado por: Moritz,Morcegão e Sarah

    Estamos revoltados com esse post, esse método de adestramento jamais vai funcionar com seres humanos, e a comparação é lamentável.
    Nós tres que somos cães educados e fieis , tivemos treinamentos diferentes,
    Eu Moritz tive apenas uma aula e aprendi logo que não se deve tentar copular com desconhecidos, levei uma mordida e agora só com consentimento da outra parte na época adequada, só isso já me diferencia e muito de um ser humano, que jamais vai entender a hora certa para transar.
    Eu, Morcegão tive umas tres aulas enão consegui aprender nada, talvez por ser SRD tenha mais dificuldade, mas sou bastante carinhoso e compreensivo apesar de meu tamanho, sou mestiço labrador e roteweillwer, então me atrapalho um pouco pois raciocino como poodle, não há manual que resolva, imagine isso num ser humano, é o cara desajeitado que quer abraçar e te enforca.
    Eu, Sarah, Border collie, sou considerada a mais inteligente das raças, tenho anos de treinamento, com bolinhas, frisbee, sou linda carinhosa, e tenho até PHD feito no exterior, sou muito viajada.Mas, como tudo tem um mas, não consigo aprender a fazer minhas necessidades no lugar certo, è mais ou menos o caso do pipi fora do vaso, ou a tampa da privada.
    Somos superiores, sem dúvida mas nem tudo dá para aprender, por isso acho que esse livro não está com nada, e o homem é bem mais burro e teimoso do que nós.
    Entramos neste blog para protestar contra a indiscriminação de tratamento.
    ´Moritz, Morcegão e Sarah- os cães .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:55
    Enviado por: Edu Heinz

    Quero ver Pavlov, Comte, Durkhein ou qualquer outro criarem métodos comprovadamente eficazes de fazer com que as mulheres GASTEM SÓ O NECESSÁRIO…!!!

    E também: QUE APRENDAM A DIZER O QUE QUEREM, E NÃO ESPERAREM COM OLHARES SÔFREGOS QUE ADIVENHEMOS O QUE ELAS QUEREM…

    Aí sim o(a) cara é um gênio !!!

    Nós somos fáceis! Os comandos são claros, objetivos e eficientes…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:02
    Enviado por: Regina

    Carlos,
    Não preciso comprar um cão, já tenho, e ele não late ,é um chow-chow, muito educado,sem ter sido necessário o uso de nenhum manual.
    E nem devo ser tão insuportável assim ,pois tenho também um marido maravilhoso e não precisei de manual para nada, ele já veio adestrado ,ops, educado e gentil como todos os homens deveriam ser.(As mulheres também)
    Mas para ser bem honesta uma recompensa sempre ajuda para melhorar o comportamento de qualquer um.
    Medalha, medalha,medalha.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:09
    Enviado por: Muttley

    Vou comprar o manual para usar com o Dick(Vigarista).
    Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsrrsrrsrrsrrsrrrsrsrsr

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:12
    Enviado por: John Lennon

    “Todo homem é um diabo, não há mulher que o negue; mas todas elas procuram um diabo que as carregue”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:16
    Enviado por: Sabrina

    Acredito que não devemos julgar as pessoas porque elas tem uma opinião diferente da minha. Mas, tenha a consciência de que hoje as mulheres perderam um pouco do respeito que tinham antes, pois algumas abusam de seus corpos para ganhar dinheiro, outras acham que podem ser melhor que um homem, e tem as que odeiam o dia em que as mulheres resolveram se rebelar com a famosa queima dos sutiãns. Assim, percebe-se neste livro um dos meios que a mulher criou para se adaptar à realidade em que vive, pois no passado, por mais que não aceitassem uma meia jogada no chão, aceitariam porque simplesmente tinham que agradar o marido. E hoje, houve uma mistura de sentimentos em que a mulher quer ter sua liberdade, mas quer ter filhos, trabalhar ou ter um marido que seja recíproco aos seus desejos.
    Acho que é assim…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:37
    Enviado por: Alguém - Avaré

    É um absurdo isso. Mulheres precisam de curso ou teorias pra domar os Maridos, já os Maridos é só ter grana e status que já as tem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:49
    Enviado por: Geraldo S.

    As mulheres precisam adestrar os homens, porque o homem deixa toalha molhada em cima da cama. Mas quando é o contrário, e o homem reclama a resposta dela é que ele tem que calar a boca, porque ela não consegue fazer tudo ao mesmo tempo. Ou seja, a mulher vê todos os defeitos dos homens, mas não não enxerga que faz exatamente a mesma coisa. O segredo da convivência não é saber adestrar o outro, o segredo da convivência é saber aceitar o outro nas particularidades, e saber lidar com os gostos do outro. etc. etc. Acho que a pessoa que escreveu o livro, deve ser uma pessoa que se acha perfeita, e só procura apontar os erros nos outros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:53
    Enviado por: Emília

    Recentemente li algo sobre os novos excluídos nos EUA: homem branco, hetero, cerca de 40 anos, competente. Claro! É o único que não tem porque processar ninguém! É a nova classe de perseguidos! Se demitir mulher, machismo. Se demitir outras etnias, racismo. E por aí vai. O rei da criação virou pária. Tudo tem limites, né?

    Homem que deixa tampa do vaso aberta está dentro da normalidade. Nós não somos a antítese que a deixa sempre abaixada? Qual o problema de levantar ou abaixar (a tampa)?
    É só por um cachorro em casa que roube as meias fora do lugar que qualquer um, inclusive eu, aprende a se organizar. Adoro cães, mas sem roupinhas nem frescurinhas, apenas sua personalidade (ou cachorralidade?) própria.

    Ah, tb li outra reportagem que, quanto mais alta a escolaridade (ou a segurança) de um homem, mais ele ajuda em casa. E é verdade.
    Essa história de homens-porcos (vai ver é a nova versão dos sátiros) é para homens-burros (a versão decadente dos centauros)…
    Mas homus canis, submisso, não dá. Tem que ser companheiro, afinal, os cães não são brinquedos, são amigos para brincadeiras.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 18:11
    Enviado por: Emília

    Ademilton Fontana,

    Discordo de uma coisa: quanto aos crentes. Acho que quanto maior a repressão, maior o desejo, portanto… suponho (não tenho nenhuma base científica) que traiam mais. Até porque deus perdoa.
    Não quero causar polêmicas religiosas, é apenas uma opinião.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 19:24
    Enviado por: Carlos Massaranduba (Direto do Eden)

    Oi Donzinho,
    estou visitando.
    como e’ que esta’ aqui?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 20:00
    Enviado por: Oma

    quantos anos voce tem Sr. Ademilton Fontana – dono da verdade e tanta experiencia(?????)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 11:49
    Enviado por: Ninina

    Ademilton vc é um babaca!
    Não concordo com o texto da Patrícia, mas daí a ter q ler uma palhaçada dessas. Não é pq vc é um mau-caráter, mentiroso e com certeza recalcado pq todas as mulheres já viram q vc não presta mesmo, que todos tem q ser iguais. Talvez se vc respeitar mais as mulheres, com o verdadeiro sentido da palavra, se é q vc conhece, com certeza vc vai encontrar uma pessoa legal.
    Agora por favor, não me venha com essa d que todo homem trai. Se a tua mulher, namorada, noiva, esquema, sei lá…te faz de otário ninguém tem culpa. Essas asneiras q vc falou são típicas de homem recalcado q levaram chifre a vida toda e agora quer se vingar….
    Se manca rapá!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 12:29
    Enviado por: Diego

    Boa tarde,

    Li os comentários sobre o texto do Sr. Ademilton Fontana, na minha opinião foi um e-mail direto e verdadeiro sobre a natureza masculina, claro que as mulheres com suas concepções e convicções não gostam de ler este tipo de declaração, infelizmente a verdade as vezes doí, e faço aqui um convite aos homens que discordam deste texto, que exponham sua opinião, mulheres serão a maioria, infelizmente irão se enganar a vida toda atrás de um principe encantado como a Nininha que combina com tadinha.

    AAAHHH os Homens traem por prazer as mulheres quando traem é realmente por desilusão, infelicidade perda de admiração do parceiro atual.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 13:04
    Enviado por: Jakob Ibrahim

    Ademilton,

    você é um medíocre. Não tome os outros por você. Seu “texto” é uma prova apenas do que você é e faz com sua vida. Pessoas como você só criam animosidade entre os outros. Todos já tivemos muito disso. Homens e mulheres podem caminhar juntos, com respeito e amor.

    Há mulheres excepcionais e mulheres desqualificadas. Assim como há homens excepcionais e homens como você.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 13:52
    Enviado por: Dom Alessandro

    Femme Fatale, P.L,
    Vc precisa de um homem mais selvagem na sua vida. Que deixe vc apaixonada e docinha, docinha…
    Que entre no labirinto da sua mente e invada seus pensamentos se apossando do que quiser. Pilhando seu coração… rsssssssssssssss ;-)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 14:16
    Enviado por: Ninina

    Jakob, meus parabéns!

    Pensei q só ia aparecer homens sem escrúpulos para concordar com esse mau-caratismo explícito.

    E Diego, axo q eu q estou com peninha de vc. Tão solitário…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 14:40
    Enviado por: Dom Alessandro

    Carlitos,
    Agora a coisa está começando a esquentar. Acho que neste blog da Patrícia o pomo da discórdia será a guerra dos sexos, rsssssssssss.
    Jakob,
    Vc está sendo muito politicamento correto. E uma coisa que eu aprendi, para mim, é que eu não gosto de fazer média com as mulheres sobre este assunto.

    Acho que o que o Adenílson descreve é, realmente o caráter gregário do homem comum. Todos nós, homens, sentimo estes impulsos e, no íntimo, desejamos realizá-lo. Senão não é realmente um homem no sentido biológico do termo.
    Eu acho que é possível ter controle sobre isso quando achamos que valha a pena e quando encontramos uma mulher que nos entenda. Depois dos 30 nós entendemos que a vida não é só sexo e passamos a dar mais valor para coisas consideradas piegas, no universo masculino, como o sentimento, por exemplo.
    Agora, quando não compensa manter este impulso por causa de uma mulher que não te dá sossego e te azucrina a vida e vc não deseja , sob hipótese nenhuma, uma separação, vc nem tem saída. É a sua válvula de escape natural.
    Também as mulheres têm traído cada vez mais, quero acreditar que por motivos diferentes dos nossos, e acho que fechar os olhos para essa realidade é querer ser hipócrita.
    Parém com essa crença, que virou uma trava nos olhos de todos, de conceitos como o “politicamente correto” . Isso não tem ajudado e o abuso e banalização disso só tem atrapalhado a evolução da relação homem e mulher pela perda das referência do que venha a ser o melhor papel para ambos os sexos no mundo atual.
    Quem sabe um re-encantamento, uma outra forma de romantismo ainda seja possível. :-)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 15:07
    Enviado por: Ana Beatriz

    Acho q todos vcs precisam é de um pouquinho de humor, relaxar um pouco.. Criar uma p*** briga por conta de um post inofensivo…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 15:16
    Enviado por: Jakob Ibrahim

    Dom Alessandro,

    boa tarde.

    Se há algo que abomino, é o politicamente correto. Essa postura sempre ficou clara em meus comentários, desde que comecei a participar destes blogs. Entendo seu ponto de vista e, do ponto de vista biológico, é fato que um homem pode fecundar dezenas de mulheres e uma mulher pode ser fecundada apenas por um homem. Mas não se trata disso, e sim da elevação disto. Ou seja, de como o homem pode transcender uma de suas naturezas, que é a animal-instintiva, e caminhar para algo mais dentro de si mesmo e na relação com seus semelhantes, no caso, com sua companheira.

    Falar sobre traição, domesticação etc. com relação a seres humanos, quando se tem tanto a crescer e percorrer, é rebaixá-los. O ser humano pode muito mais do que isso. E só assim é possível espiritualizar-se, não no sentido de uma disciplina estúpida, feita de medos e auto-repressões. Mas na direção de uma abertura interior, que propicia ao homem e à mulher o sentido da unidade.

    Não sou expert em mulheres -passei por um casamento-, mas não tenho a menor dúvida que as mulheres, no mínimo intuitivamente, compreendem exatamente isso que estou falando.

    Um abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 15:45
    Enviado por: Oma

    heloooo…. ninguem ainda me tirou a duvida da idade destes “intelectuais” taaaao experientes e que tem “tanta” vivencia — donos da verdade(???)

    estou me divertindo ….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 16:19
    Enviado por: Comércio Internacional

    Oma!!!
    Idade? Você acha que precisamos chegar aos 60 para poder falar algo sobre as mulheres?
    Então, qual a sua idade? Já tens experiência suficiente para falar dos homens?.
    A questão não é vivência e nem experiência, e sim o que você conseguiu tirar de bom e de ruim em algum contato com alguma mulher/homem (no caso das mulheres).
    Com certeza você conhece pessoas mais velhas que fazem as mesmas “M” que faziam no início de sua “vivência” ou “experiência”. Então, será que ainda dependemos da idade para ter “vivência” ou “experiência”, note que mesmo sendo vocês, mulheres mais velhas ou novas, esse post ainda interessa vocês e ainda você se diverte.
    Infelizmente, não tenho muita vivência e experiência, mas te garanto que a mulher adora e ama o homem desse jeito mesmo, delicado, atencioso e calmo….claro, com 75 anos….ele é o seu homem perfeito!!!!! Todas essas qualidades com uma vasta vivência e experiência.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 17:51
    Enviado por: Dom Alessandro

    Jakob,
    Esta é a via da superação. É porisso que o Novo Homem precisa da Nova Mulher. É uma classe de seres nova, espiritualizada, com abertura para entender o outro e capaz de superar estas dicotomias.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2008 - 06:35
    Enviado por: Edu Heinz

    Evocando Nelson Rodrigues já citado por um colega acima:

    “Judie o suficiente da sua mulher, porque se você não o fizer alguém o fará, e ela vai gostar!!!!”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2008 - 06:41
    Enviado por: Edu Heinz

    Nova mulher? Novo homem?

    Pra mudar isso tem que ser no brainstorm da criação, na mesa de reuniões do paraíso…

    A mulher tem sempre que ter a esperança que vai mudar o homem, e o homem tem a esperança de que a mulher não mudará (a partir do namoro).

    A única coisa que mulher não gosta é de homem bundão….no resto elas acham que podem dar um jeito.

    Mas não podem! e isso é interessante pra elas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2008 - 14:36
    Enviado por: Parsifal

    Bem, se eu fosse casado com a Camila Pitanga e ela me “adestrasse” premiando-me sempre que fizer algo que ela acha correto, tudo bem… Ela teria primeiro que descobrir o que seria exatamente um prêmio para mim…
    Camila, pode me adestrar, Au…Au…Au!!!!

    Nunca entendi muito bem esta coisa da tampa da privada, pois eu não me importo em levanta-la, então por que elas se importam em abaixa-la?
    Eu matenho a tampa sempre abaixada em minha casa, porque acho mais fácil manter tudo limpo fazendo xixi sentado. Como isso até hoje não afetou minha masculinidade até hoje, manterei o hábito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2008 - 23:53
    Enviado por: Simone

    Puxa, esse livro parece piada pronta: a livraria poderia vender assim “Você, sua cachorra, agora pode ensinar seu parceiro a atender suas vontades, compre agora esse livro e leve de brinde uma coleira de diamantes, não para ele é claro”.
    Não dá para levar esse livro a sério, é ridículo demais. Parabéns Patrícia, pela descoberta hilária.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 09:23
    Enviado por: giorgio

    Para a tristeza da mulherada ….., Antes de tentarem por em prática os ensinamentos desse livro, leiam outros livros tbm sobre adestramento e procurem entender bem oque signifia ” individuos com temperamento submisso , passivo , reagente e dominante.
    Bom os Homens que forem submisos , esses dificilmente uma mulher quer.
    Os passivos , algumas ate podem passarm um tempinho com ele , mas logo cairá na rotina e o casamento ira por agua a baixo .
    Os reativos , até que para muitas mulheres o relacionamento duraria um pouco mais , pore´m com o passar do tempo deixariam de reagir a determinados estímulos pq ele com o tempo irá querer tornar-se dominante e nessa caso ja ira começar uma disputa
    Os Dominantes esses sim que a mulherada que adestrar ñ tem jeito mesmo.. ele sempre será dominante . se alguma mulher o conseguir adestrar ele só obedecerá a ela . mas logo ele dara um jeitinho de escapar , pular a cerca , o portão e ganhará a rua..nunca mais volta e nunca mais ele obedecerá outra mulher…
    No mundo animal , as Fêmeas procuram sempre os machos mais fortes saudáveis e corajosos para se acasalarem e darem continuidade a espécie
    Hoje a mulherada reclama que ñ existem mais homens ….algumas tomam a forma ou a atitude de um homem ( se veste como tal . fala grosso . bate e oscambau..)ESTÃO TODAS LOUCAS Ñ SABEM OQUE QUEREM ,,,QUEREM NOS MUDAR E MUITAS AGEM COMO NÓS,,,,,,,,HAHAHA SO RINDO MESMO…
    Querem um conselho ?
    Sejam femeas , comporten-se como tal , meiga carinhosa , prestativa , que nós machos seremos sempre , protetores , caçadores , dominantes ..pois é assim que a natureza …os mais fortes sobrevivem.
    Se ~vc ñ esta contente com seu marido , não o tente mudar , mude vc

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2008 - 09:41
    Enviado por: Digo

    Simplismente ridículo, o marido dessa autora deve realmente ser o que chamamos de “BANANA”…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2008 - 16:59
    Enviado por: LUISA BARROS DE MELLO

    O DIA QUE EU TIVER QUE ADESTRAR O MEU MARIDO E PORQUE REALMENTE ME TORNEI UMA VERDADEIRA CADELA NO SENTIDO LITERAL DA PALAVRA.
    CADELAAAAAAAAAAAAAA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 11:27
    Enviado por: Allê

    Olha … até gostei do “Como adestrar seu marido” rsrsrs, mas essas técnicas light’s não funcionam eu mesmo já tentei várias vezes é tempo jogado fora.. rsrsrs… mas aqui vai uma sugestão… que tal usarmos as técnicas do BEHAVIORISMO? Uma técnica interenssantíssima… Mas tem que ser feita por profissinoais especializados… Vocês podem ver mais sobre essa técnica no filme LARANJA MECÂNICA.

    bj’s.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2008 - 07:24
    Enviado por: Simeão

    Isso aí do livro eu já apliquei pra cima da minha mulher, e como o adestrado nunca adestra o adestrador meus problemas se acabaram-se…É assim: Se me deixa ir ao futebol, churrasco, festinhas e etc e tals, eu deixo o cartão com ela e pronto. Já se não deixar eu uso o método dolivro que é ignorar completamente a proibição, assim vou onde quero ir do mesmo jeito e ainda fico sem o rombo no cartão. Garanto que funciona!!! Concordo com o Adamastor( ou ademilton ou edmilson,, sei lá) quando diz que todo homem trai, acho que o homem trai quando a vida de casado não vai bem, mas se tudo estiver bem ele trai também. Homem trai quando está infeliz e quando está feliz (quer melhor que um jantar em família para comemorar uma promoção? Que tal uma noitada boa com os amigos e umas garotas no meio.) Depois devemos lembrar que a traiçãojá é traição apenas na intenção, uma pessoa é traida primeiro na fantasia (e aqui desafio homens, mulheres e outros gêneros esquisitos: Quem não traiu?) depois sim na prática sexual. Afinal um homem não se torna traído porque sua mulher sai com outro, ele já é traído quando ela achou (ou teve certeza) de que poderia sair com outro sem problemas. Falei e disse.Abaixo a hipocrisia. Para as mulheres que gostam de homens sinceros e não mentirosos, que dizem apenas a verdade – Fone 555-2525.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2008 - 07:29
    Enviado por: Simeão

    AllêÊ

    Talveza técnica do POMPOARISMO funcione melhor….ahahahahhahahaahhahaha

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 21:54
    Enviado por: vagner cecilio pereira

    antes deste livro, eu pensava que já havia me deparado com as maiores IDIOTICES do mundo…
    mas isso é ridiculo…
    acho que nenhuma mulher gostaria de ser comparada a uma CADELA…
    cara ‘patricia campos’, com o que está tentando arranjar briga?
    o que quer dizer com isso?
    lembrando a citada escritora que comparar pessoas com animais é uma SÉRIA OFENSA.
    peço que tome cuidado com suas palavras
    você me ofendeu e ofendeu muitos homens do país
    devido a minha edução, não a chamarei do que me chamou (e a todos homens) em sua “glorificada” obra…
    mas me vejo na obrigação de definir seu livros em algumas palavras:
    DISCRIMINATÓRIO;
    IMPARCIAL;
    ABSURDO;
    EXTREMAMENTE OFENSIVO;
    E ULTRAJANTE.
    e por favor, quando for escrever seu proximo ‘best seller’, procure insultar menos os SERES HUMANOS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 09:28
    Enviado por: RONI/CAMPINAS

    Aqui em casa são 3 mulheres duas filhas e a minha esposa, eu que fico tentando organizar a casa que fica uma bagunça (não suja) vem uma empregada uma vez por semana, após a limpeza a em dois dias a bagunça volta. Sera que vou precisar de um livro para domesticar a minha familia? Com certeza não ,porque tenho a capacidade de administrar e não vou precisar de nenhum livro.Sera que as mulheres não tem a capacidade de organizar o seu marido ou seu namorados? É facil é só tratar com respeito ,carinho e dedicação que tudo se resolve.É uma pressa de dominar o mundo, de ser a mais gostosa da cidade, mostram bundas e caras e se esquecem de amar e de ser amada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2008 - 21:04
    Enviado por: maria

    Oi para todos
    Sr Jakob não fique nervoso com o Sr Ademilson, ele acredita nisso, coitado!
    Pois eu acredito, sr ademilson, que existem homens que não traem e que respeitam suas esposas e filhos. Meu marido me disse que não conseguiria me trair mesmo em crise porque não teria coragem de encarar nossos filhos no dia seguinte. Eu acredito e acreditarei sempre, porque eu vejo o amor dele pelos nossos filhos, não que eu mereça, mas ele expressa a verdade. Sabe o que é isso.. O amor sempre fala mais alto, por mais que o mundo diga que não, o amor verdadeiro sempre vencerá… A propósito, um homem crente é um homem que toda mulher sábia gostaria que seu marido fosse…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2008 - 10:18
    Enviado por: Luiz Domingos de Luna

    A Emancipação da Tigresinha

    Luiz Domingos de Luna

    Na caverna do grito
    A pura opressão
    À serviço do cão
    Vida em conflito

    Corrente de aço
    Freio da civilização
    Da beleza – a punição
    Da suavidade – o pedaço

    Poder de coação
    Infligindo ao belo
    Um mundo em farelo
    Não tem emoção

    Força da maldade
    Criaste a ferida
    A gaiola trazida
    Leveza sem liberdade

    Passiva e paciente
    Um mundo a voar
    Na tela a quebrar
    A emoção consciente

    Planeta continuado
    Ao futuro povoar
    Nos grilhões a chorar
    O caminho trincado

    Semente da preservação
    Maltratada e dolorida
    Julgada e oprimida
    Não tem solução

    A Lutar no tempo
    Vencer o preconceito
    Um simples direito
    No véu do tormento

    Casa e guerra
    Que nunca termina
    Luta genuína
    O silêncio encerra

    Abri sutileza – a mordaça
    Deixa passar
    Precisa caminhar
    Liberdade da fumaça

    A dona do tempo
    Forma nova geração
    Para que opressão
    Tigresinha – O momento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2008 - 15:44
    Enviado por: LISANDRA

    OMO EDUCAR OS HOMENS

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Arquivos

Blogs do Estadão