Ainda não sou cadastrado

Você está em: Paladar > Blogs > Blog do Paladar
Paladar
SEÇÕES
ARQUIVO
TAMANHO DO TEXTO

Paladar
  • Twitter
  • DIGG
  • Share
BUSCA NO BLOG

Noma é eleito o melhor restaurante do mundo

  • 28 de abril de 2014|
  • 14h34|
  • Por Redação Paladar

O Noma, em Copenhague, foi eleito o melhor restaurante do mundo na edição 2014 do ranking da revista britânica Restaurant. O restaurante do chef René Redzepi volta para a colocação que ocupou em 2010, 2011 e 2012.

O El Celler de Can Roca, número 1 no ano passado, ficou em segundo desta vez. O D.O.M. de Alex Atala caiu uma posição e ficou em 7º lugar na lista. Já o Maní, de Helena Rizzo e Daniel Redondo, subiu 10 posições e agora ocupa o posto de 36º melhor restaurante.

+ Veja lista completa com os 50 melhores restaurantes do mundo
+ Conheça o Noma, o melhor restaurante do mundo

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO

Veja abaixo como foi a cerimônia de premiação dos 50 melhores restaurante do mundo.  O Paladar faz a cobertura ao vivo com informações do repórter Roberto Almeida que está em Londres para o evento. Acompanhe por aqui ou pelas nossas redes sociais – Twitter, Facebook e Instagram.

17h24 – 1º: O Noma voltou a ser o melhor restaurante do mundo. O restaurante do chef René Redzepi já frequentou o topo do ranking por três vezes em 2010, 2011 e 2012

17h22 –  2º: El Celler de can Roca, que tinha sido o primeiro ano passado, ficou em segundo lugar

17h20 – 3º: Se mantendo na mesma posição, Osteria Francescana, em Módena

17h2 – 4º: Eleven Madison Park, de Daniel Humm, em Nova York. Em 2013, a casa estava na quinta posição

17h19 – 5º: Dinner de Heston Blumenthal, em Londres, ficou em quinto lugar

17h17 – 6º: Mugaritz, de Andoni Aduriz, no País Basco, caiu duas posições e ficou no sexto lugar

17h15 – 7º: O D.O.M. de Alex Atala caiu uma posição e ficou em sétimo lugar, ficando a frente de Arzak, em San Sebástian, em oitavo e Alinea, de Chicago, que ficou na nona posição

17h14 – O londrino The Ledbury ficou com a 10° posição

17h12 – Fergus Henderson é ovacionado ao receber o prêmio pelo conjunto da obra

17h11 – O tailandês Nahm foi eleito o melhor restaurante da Ásia e ficou na 13° colocação

17h10 – O 15º da lista deste ano é também o restaurante que mais subiu no ranking de 2013 para cá: o Central, em Lima, era o 50º colocado o ano passado

17h09 – Les Creation De Narisawa, em Tóquio ficou com a 14° posição

17h06 – Em 15° lugar aparece mais um restaurante da América Latina. O peruano Central do chef Virgilio Martinez

17h03 – O peruano Astrid y Gastón, eleito o melhor da América Latina o ano passado, caiu 4 posições e ficou em 18º lugar

17h02 – O chef enviou uma mensagem gravada agradecendo os presentes pelo prêmio (Chef’s Choice). O fotógrafo Sérgio Coimbra foi receber a honraria em nome de Atala

17h00 – Chef’s Choice: O chef escolhido como o melhor por seus pares foi o brasileiro Alex Atala, que não está presente na premiação

16h54 – No 35º lugar, o espanhol Martin Berasategui, que possui três estrelas Michelin

16h50 – O melhor restaurante da Australásia é o australiano Attica do chef Ben Shewry. Número 32 na lista geral de melhores do mundo

16h48 - Helena Rizzo subiu dez posições com o Maní e ficou na 36° posição. Ela já havia ganhado o prêmio de melhor chef mulher do mundo

16h46 – O restaurante mais sustentável entre os 50 é o espanhol Azuremendi

16h43 – A novidade do ano é a inclusão da categoria Pâtissier, que celebrará o melhor chef responsável por doces e sobremesas. O eleito foi o Jordi Roca, do El Celler de Can Roca

16h41 – Mais um restaurante acostumado às altas posições no pódio fica na parte baixa da lista: The French Laundry, do norte-americano Thomas Keller é o 44º lugar. A casa foi considerada a melhor do mundo durante três anos consecutivos: 2003, 2004 e 2005.

16h39 – O restaurante Fat Duck, do chef Heston Blumenthal, fica na 47º posição do ranking. O restaurante já esteve no topo da lista da Restaurant.

16h35 – A revista escolheu o Saison, em San Francisco, do jovem chef Joshua Skenes, como o restaurante para se ficar de olho durante este ano (One to Watch Award)

16h32 – Drew confirma que haverá a segunda edição do 50 Best América Latina, em setembro

16h24 – A “academia” do prêmio é formada por mais de 900 especialistas que respondem à seguinte pergunta: Qual o melhor restaurante onde você comeu nos últimos 18 meses?

16h22 – William Drew, editor da Restaurant abre oficialmente a cerimônia

16h11 – Em entrevista ao Paladar por telefone, Alex Atala afirmou que deixar de ir à cerimônia não é uma forma de protesto. Leia a entrevista.

16h04 – Os participantes começam a tomar seus lugares. A cerimônia vai começar

16h02 – Helena Rizzo está presente. Ela foi eleita a melhor chef mulher do mundo

16h00 – Foram perfilados os três primeiros colocados do ano passado. Agora a cerimônia deve começar

15h57 – Os irmãos Roca explicam sobre a atenção sensorial de sua comida e o desejo de sempre criar pratos inovadores

15h53 – René Redzepi fala sobre a inspiração que o manteve entre os melhores nos últimos anos. O Noma ficou em primeiro lugar em 2010 e 2012.

15h48 – Massimo Bottura da Osteria Francescana fala sobre a importância das tradições de Modena em sua cozinha contemporânea. A Osteria ficou em terceiro lugar ano passado

15h38 – El celler de can Roca dos irmãos Roca foi eleito o melhor restaurante do mundo no ano passado

15h21- Os chefs continuam a chegar. Na foto abaixo, Gastón Acurio do Astrid y Gastón, eleito o melhor restaurante da América Latina, ao lado de Massimo Bottura da Osteria Francescana

15h00 – Enquanto a cerimônia não começa, entenda como funciona o ranking da Restaurant

14h49 – Chef Yoshihiro Narisawa chega ao evento. Ele comanda o Les Creation De Narisawa, em Tóquio, restaurante eleito o melhor da Ásia e o mais sustentável entre os 50 melhores do mundo em 2013; este ano, a casa ficou com a segunda colocação no ranking asiático.

14h40 – O repórter Roberto Almeida diz que a movimentação já é grande. O chef Fergus Henderson, que ganhou o prêmio pelo conjunto da obra foi dos primeiros a chegar

14h34 – Algumas das categorias tiveram os vencedores divulgados anteriormente. A brasileira Helena Rizzo foi eleita a melhor chef mulher do mundo em 2014.

14h31 – O chef brasileiro Alex Atala, do restaurante D.O.M., ficou na sexta posição em 2013. Esse ano, alegando cansaço, ele não estará presente na cerimônia.

14h20 – Veja as expectativas para a cerimônia desta tarde de World’s 50 Best Restaurant, em Londres.

Tópicos relacionados

Deixe um comentário:

Blogs do Estadão