Ainda não sou cadastrado

Você está em: Paladar > Blogs > Blog do Paladar
Paladar
SEÇÕES
ARQUIVO
TAMANHO DO TEXTO

Paladar
  • Twitter
  • DIGG
  • Share
BUSCA NO BLOG

Birra com borra

  • 18 de junho de 2014|
  • 19h59|
  • Por Heloisa Lupinacci

Cerveja e café são as duas bebidas mais queridas no Brasil. E, felizmente, ambas estão em bom momento: vêm ganhando atenção e tratamento cuidadoso. Assim como a cerveja, o café vem passando por uma revolução, com cada vez mais gente exigindo grão de qualidade, com nome e sobrenome, tipo de tosta, método de extração.

No fértil mundo da cerveja artesanal os cervejeiros são atentos a tudo, inclusive à movimentação em torno do bom café. Fruto disso, há uma leva de cervejas que levam café em suas receitas – e, reflexo da criatividade entre cervejeiros, uma é totalmente diferente da outra. Da claríssima Hop Arábica, american blonde com café criada pela Morada Cia Etílica, à escurona Cirilo, coffee stout da Seasons, todas as cervejas dessa rodada são surpreendentes e deliciosas.

E como café vem à mesa no final da refeição, nessa leva combinamos todas elas com sobremesas. A degustação foi feita com o beer sommelier Rene Aduan Jr. Alguns dos rótulos ainda são um pouco difíceis de achar, mas vale a pena procurar por eles.

FOTOS: Divulgação

Dama Coffee IPA
Origem: Piracicaba (SP)
Preço: R$ 14 (355 ml)
Estilo e grão: Imperial IPA com adição de infusão a frio de grãos de torra média da Morro Grande, de Piracicaba
É um arraso essa cerveja, que foi lançada oficialmente nesta segunda-feira. O café está muito integrado. Ele fica exatamente entre as notas do malte e as de lúpulo. É como se estivessem todos de mãos dadas: o malte dá a mão ao café que dá a mão ao lúpulo. Ela é potente, tem algo picante e uma complexidade de aromas e amargores: começa nos abiscoitados do malte, passa pelo amargo do café e chega no herbal e amargor do lúpulo, tudo num lindo flow. Combina com crème brûlée.

Morada Cia Etílica Hop Arábica
Origem: Curitiba (PR)
Preço: R$ 14,90, 355 ml
Estilo e grão: American blonde com catuaí da fazenda Sertão (MG). Parceria com a Lucca Cafés, a infusão a quente é feita na Lucca, resfriada e levada à cervejaria, onde vai na cerveja já pronta.
Surpreende, de cara, pela cor: é amarelo-ouro. O aroma é de café recém-passado. Leve, tem amargor refrescante. O gole começa mais cerveja e termina mais café. Para quem se interessa por experimentação cervejeira, ela é obrigatória. Combina com bolo de fubá com semente de erva-doce.

Seasons Cirilo
Origem: Porto Alegre (RS)
Preço: R$ 28 (500 ml)
Estilo e grão: Stout com café do Cerrado mineiro torrado pela Café do Mercado. A infusão, a frio, vai na maturação da cerveja. A primeira coisa que chama a atenção é a cremosidade, que faz pensar na crema do expresso bem tirado. O final é bem amargo e convida a um próximo gole, mais um cafezinho, por favor. Ganhou bronze no South Beer Cup. Os rótulos da gaúcha Seasons andavam sumidos por que a fábrica estava em obras. Agora, com a capacidade produtiva triplicada, eles prometem que nos próximos meses será mais fácil encontrar as cervejas por aqui. Combina com butter toffee.

Colorado Demoiselle
Origem: Ribeirão Preto (SP)
Preço: R$ 12,69 (600 ml)
Estilo e grão: Porter com “dry-coffening” feito com o café sweet yellos, da Daterra, elaborado a partir de grãos de bourbon amarelo. O café é torrado e moído e, no mesmo dia, usado como filtro para a cerveja – é como se você passasse um café, mas em vez de usar água, usasse cerveja. Escura, ela lembra café gelado, com cremosidade e potência. É fácil de beber e faz pensar em sobremesas – é ingrediente de sorvete artesanal, da receita do brownie do Cateto, e do bombom La Brésilienne da marca francesa Cadiot-Badie. Dá vontade de substituir por ela o café do final da refeição. Combina com pudim de leite bem caramelizado.

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 19/6/2014

Tópicos relacionados

1 Comentário Comente também

Deixe um comentário:

8° Paladar Cozinha do Brasil
Blogs do Estadão