1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Guerra do Vietnã – Imagens do horror

Nilton Fukuda

sexta-feira 30/04/10

Há 35 anos encerrava-se a Guerra do Vietnã no sudeste asiático, uma das mais sangrentas do século XX. O conflito envolveu de um lado, a República do Vietnã (Vietnã do Sul), um país capitalista sob regime ditatorial e apoiada pelos EUA; e do outro, o Vietnã (Vietnã do Norte), apoiado pela Frente Nacional para a Libertação (FNL), comandados por Ho Chi Minh, de orientação comunista. As batalhas tiveram início em 1959 e terminaram em 30 de abril de 1975. Ideologia e política, foram os principais motivos do conflito, em um momento histórico em que o mundo era dividido em dois blocos: comunista e capitalista. No ano de 1964, os EUA entraram na guerra de fato. Em território vietnamita, os norte-americanos perderam milhares de soldados, em um conflito que consumiu milhões vidas. A guerra terminou com a rendição das tropas sul-vietnamitas e a retirada dos militares norte-americanos. Entre vencedores e vencidos, ficaram as imagens que serviram, e servem, para alertar o mundo sobre os horrores da guerra. Leia a matéria: O destino da menina que foi a cara de uma guerra.

Kim Phuc, na época com 9 anos, foge após ataque com bomba de napalm. A imagem correu o mundo e foi uma das fotos que marcou a guerra. Trang Bang, Vietnan, 08/06/1972. Foto: Nick Ut/AP

Kim Phuc, na época com 9 anos, foge após ataque com bomba de napalm. Trang Bang, Vietnã, 08/06/1972. Foto: Nick Ut/AP

Tanque norte-vietnamita invadiu o Palácio Presidencial em Saigon, que significou a queda do Vietnã do Sul e decretava o fim da guerra. 30/04/1975. Foto: AP

Tanque norte-vietnamita invadiu o Palácio Presidencial em Saigon, que significou a queda do Vietnã do Sul e decretava o fim da guerra. 30/04/1975. Foto: AP

População escala muro da embaixada norte-americana em Saigon, hoje chamada de Ho Chi Minh. 29/04/1975. Foto: Neal Ulevich/AP

População escala muro da embaixada norte-americana em Saigon, hoje chamada de Ho Chi Minh. 29/04/1975. Foto: Neal Ulevich/AP

Mãe sul-vietnamita carrega suas três crianças. Saigon, 29/04/1975. Foto: AP

Mãe sul-vietnamita carrega suas três crianças. Saigon, 29/04/1975. Foto: AP

Um homem carrega corpo do filho, próximo á fronteira com o Camboja. 19/03/1964. Foto: AP

Um homem carrega corpo do filho, próximo á fronteira com o Camboja. 19/03/1964. Foto: AP

Homens do exército norte-americano atravessam rio em Ben Cat. 25/09/1965. Foto: Henri Huet/AP

Homens do exército norte-americano atravessam rio em Ben Cat. 25/09/1965. Foto: Henri Huet/AP

Médico James E. Callahan trata de um soldado da infantaria atingido na cabeça. Saigon, 17/06/1967. Foto: Henri Huet/AP

Médico James E. Callahan trata de um soldado da infantaria atingido na cabeça. Saigon, 17/06/1967. Foto: Henri Huet/AP

Helicópteros das forças armadas dos EUA fazem manobras. Saigon, 1966. Foto: Henri Huet/AP

Helicópteros das forças armadas dos EUA fazem manobras. Saigon, 1966. Foto: Henri Huet/AP

Militar norte-americano, Lacey Skinner, rasteja em plantação de arroz em Thi. 1966. Foto: Henri Huet/AP

Militar norte-americano, Lacey Skinner, rasteja em plantação de arroz em Thi. 1966. Foto: Henri Huet/AP

Soldado não identificado EUA tem escrito em capacete: 'a guerra é o inferno'. 18/06/1965. Foto: Horst Faas/AP

Soldado não identificado EUA tem escrito em capacete: 'a guerra é o inferno'. 18/06/1965. Foto: Horst Faas/AP

Soldado norte-americano é morto em combate na selva, perto da fronteira cambojana. 1966. Foto: Henri Huet/AP

Soldado norte-americano é morto em combate na selva, perto da fronteira cambojana. 1966. Foto: Henri Huet/AP

Mulheres e crianças buscam proteção em um canal lamacento, durante intenso fogo cruzado em Bao Trai cerca de 20 quilômetros a oeste de Saigon. 01/01/1965. Foto: Horst Faas/AP

Mulheres e crianças buscam proteção em um canal lamacento, durante intenso fogo cruzado em Bao Trai, cerca de 20 quilômetros a oeste de Saigon. 01/01/1965. Foto: Horst Faas/AP

Monge budista, Quang Duc, ateia fogo em seu próprio corpo, como forma de protesta contra a perseguição dos budistas por parte do governo sul-vietnamita. Saigon, 11/06/1963. Foto: Malcolm Browne/AP

Monge budista, Quang Duc, ateia fogo em seu próprio corpo, como forma de protesta contra a perseguição aos budistas por parte do governo sul-vietnamita. Saigon, 11/06/1963. Foto: Malcolm Browne/AP

Helicópteros no exército dos EUA sobrevoam região no noroeste de Saigon, próximo à fronteira com o Camboja. 03/1965. Foto: Horst Faas/AP

Helicópteros no exército dos EUA sobrevoam região no noroeste de Saigon, próximo à fronteira com o Camboja. 03/1965. Foto: Horst Faas/AP

Soldados norte-americanos entrincheirados, em Phuoc Vinh. 15/06/1967. Foto: Henri Huet/AP

Soldados norte-americanos entrincheirados, em Phuoc Vinh. 15/06/1967. Foto: Henri Huet/AP

Soldado sul-vietnamita usa punhal para ameaçar um agricultor acusado de favorecer os vietcongs. 09/01/1964. Foto: Horst Faas/AP

Soldado sul-vietnamita usa punhal para ameaçar um agricultor acusado de favorecer os vietcongs. 09/01/1964. Foto: Horst Faas/AP

Uma mulher sul-vietnamita chora sobre o corpo do marido, encontrado com mais 47 outros em uma vala comum perto de Hue, no Vietnã. 04/1969. Foto: Horst Faas/AP

Uma mulher sul-vietnamita chora sobre o corpo do marido, encontrado com mais 47 outros em uma vala comum perto de Hue, no Vietnã. 04/1969. Foto: Horst Faas/AP

Soldados norte-americanos emergem de suas trincheiras ao nascer do sol, depois da terceira noite de ataques contínuos dos norte-vietnamitas. 21/09/1966. Foto: Henri Huet/AP

Soldados norte-americanos emergem de suas trincheiras ao nascer do sol, depois da terceira noite de ataques contínuos dos norte-vietnamitas. 21/09/1966. Foto: Henri Huet/AP

General sul-vietnamita Nguyen Ngoc Loan, chefe da polícia nacional, dispara sua pistola contra a cabeça de Nguyen Van Lem, oficial Vietcong, em Saigon. Com a foto Eddie Adams, ganhou o Prêmio Pulitzer daquele ano. 01/02/1968. Foto: Eddie Adams/AP

General sul-vietnamita Nguyen Ngoc Loan, chefe da polícia nacional, dispara sua pistola contra a cabeça de Nguyen Van Lem, oficial Vietcong, em Saigon. Com a foto, o fotojornalista Eddie Adams, ganhou o Prêmio Pulitzer daquele ano. 01/02/1968. Foto: Eddie Adams/AP

comentário(s)
Denunciar

Denúncia comentário feito por

Você pode digitar 600 caracteres.

Denuncie

comentário(s)
faca seu login no estadão

Entrar Esqueci minha senha

ou use o cadastro de outras contas:

Ainda não tem cadastro? Faça Agora!

Quero me cadastrar

Aviso:Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

comentário

Responder

Você pode digitar 600 caracteres.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.