Olhar Sobre o Mundo


Celebração do Natal Ortodoxo

7 de janeiro de 2011 18:29 por Natália Russo
  • A + A -

Diferentemente dos católicos romanos, os ortodoxos comemoram seu Natal no dia 7 de janeiro, com base no calendário juliano. A maior parte dos católicos ortodoxos está concentrada nos países eslavos e na Rússia, mas também há um número significativo de fiéis na Grécia, em Israel e no Egito.

Os ortodoxos não reconhecem o Papa como autoridade máxima da Igreja. Para eles, o chefe é o próprio Jesus Cristo. A Igreja Ortodoxa se separou da Romana no século XI e por isso não reconhece dogmas católicos recentes.

Russos lipovanos comemoram hoje, 07/01, o Natal Ortodoxo de acordo com o Calendário Juliano, implantado pelo líder romano Júlio César. 07/01/2011. Foto: Vadim Ghirda/AP

Membros do Clero de West Bank realizam procissão pelo Natal da Igreja Ortodoxa. Cisjordânia. 06/01/2011. Foto: Ammar Awad/Reuters

Fiéis acendem velas antes da meia-noite do Natal Ortodoxo, na Eslovênia. 07/01/2011. Foto: Srdjan Zivulovic/Reuters

Em celebração do Natal, participantes caminham em procissões chamadas "Alilo", em Tbilisi, na Geórgia. 07/01/2011. Foto: David Mdzinarishvili/Reuters

Lipovanas rezam em Carcaliu, pequena cidade da Romênia com mais de 3 mil habitantes. 07/01/2011. Foto: Vadim Ghirda/AP

Menino celebra o Natal à meia-noite da data sagrada na Catedral da Santa Trindade, em Tbilisi, na Geórgia. 06/01/2011. Foto: David Mdzinarishvili/Reuters

 
 

Na Macedônia, fiéis também celebram o Natal de acordo com o Calendário Juliano. Skopje, 07/01/2011. Foto: Boris Grdanoski/AP

Belgrado, Sérvia. 07/01/2011. Foto: Ivan Milutinovic/Reuters

Igreja Svyato-Blagoveshchensky, que significa "A Anunciação", na cidade da Sibéria, Krasnoyarsk, Rússia. 07/01/2011. Foto: Ilya Naymushin/Reuters

Padre ortodoxo aguarda início de cerimônia en West Bank, Cisjordânia. 06/01/2011. Foto: Ammar Awad/Reuters

Califórnia, Estados Unidos, 06/01/2011. Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Para os ortodoxos, o Natal não revelou um peso tão grande quanto aos católicos; para eles, a data mais significativa ainda é a Páscoa. Georgia, 06/01/2011. Foto: David Mdzinarishvili/Reuters

Cerca de 40 mil lipovanos, de maioria russa, comemoram o Natal Ortodoxo. Romênia, 07/01/2011. Foto: Vadim Ghirda/AP

Tela do celular de Padre Copta. Alexandria, Egito. 03/01/2011. Foto: Asmaa Waguih/Reuters

Carcaliu, Romênia. 07/01/2011. Foto: Vadim Ghirda/AP

Padres Ortodoxos lançam uma cruz de metal nas águas congelantes de Larnaca, no Chipre, para abençoar os rios da cidade. 06/01/2011. Foto: Petros Karadjias/AP

Grupos atenienses agem violentamente contra celebrações ortodoxas na Grécia. 03/01/2011. Foto: Thanassis Stavrakis/AP

Papa Copta pede ações do Egito contra discriminação religiosa. Houve confronto entre manifestantes e polícia no Cairo. Egito, 03/01/2011. Foto: Nasser Nasser/AP

Padres Ortodoxos rezam em cerimônia de bênção à água no dia de Epifania, em Eretria, Atenas. 06/01/2011. Foto: Yiorgos Karahalis/Reuters

Dança da Bulgária chamada "Horo" é realizada em águas congelantes do Rio Tundzha e representa a saúde que um terá durante o ano. Kalofer, Bulgária. 06/01/2011. Foto: Valentina Petrova/AP

Silueta de sinos na torre da catedral de Bishkek, no Quirguistão. 07/01/2011. Foto: Vladimir Pirogov/Reuters

Catedral da Santa Trindade, em Tbilisi, Geórgia. 07/01/2011. Foto: David Mdzinarishvili/Reuters

Catedral de São Clemente, na Macedônia. 07/01/2011. Foto: Ognen Teofilovski/Reuters

A vela para os Ortodoxos é o símbolo da consumação. Síria, 06/01/2011. Foto: Khaled al-Hariri/Reuters

Segundo as tradições ortodoxas, as crianças dividem o pão à procura de uma moeda de ouro que é escondia no meio do alimento. Sérvia, 07/01/2011. Foto: Marko Djurica/Reuters

Freira reza na igreja ortodoxa de Bethlehem. Cisjordânia, 06/01/2011. Foto: Bernat Armangue/AP

Moscou, Rússia. 06/01/2011. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Cristões Coptos protestam pelos ataques violentos no Egito. 02/01/2011. Foto: Asmaa Waguih/Reuters

17 Comentários Comente também
  • 07/01/2011 - 20:02
    Enviado por: Gustavo Pugliesi Sachs

    Adoro acompanhar o blog (tanto quanto o Big Picture do Boston Globe, acho que as galerias do Olhar sobre o Mundo têm o mesmo padrão de qualidade de fotos), mas recentemente tenho tido dificuldades para visualizar as publicações no meu feed do Google Reader. Gostaria de saber se o problema é no servidor de vocês ou por causa de feed/navegador.

    E parabéns pelas escolhas das imagens.

    Gustavo

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 07/01/2011 - 20:36
    Enviado por: Dimas Rocha Maia

    Haverá um só rebanho e um só Pastor, disse Jesus. Somos todos Cristãos, portanto, filhos do mesmo Pai, Deus todo poderoso, irmãos de Jesus que deu sua vida por nós e do Espírito Santo que está em todos nós pela graça santificante.
    No final só o Amor restará. (1Cor. 13,8)
    Abraços e bênçaos aos irmãos ortodoxos.
    Dimas Maia e família

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 08/01/2011 - 00:03
    Enviado por: SMJ

    Para os Católicos Romanos a Páscoa de Nosso Senhor também é a Festa mais importante do calendário litúrgico…

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 08/01/2011 - 06:13
    Enviado por: Bogdan Blagodarney

    por que nehuma foto dos ortodoxos e das igrejas ortodoxas aqui do Brasil não foram postadas aqui? Temos igrejas em São Paulo e no Paraná que celebram o Natal também. Vergonha para os reporteres do Brasil….

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 19/02/2011 - 20:31
      Enviado por: Rone

      Isso e verdade…Tem sim, porque eu sou a prova porque eu fui na missão, além do que passou uma reportagem do nosso natal na tv aqui do Paraná

  • 08/01/2011 - 09:12
    Enviado por: RUI OLIVEIRA DE MENEZES

    SÃO PAULO, 08 DE JANEIRO DE 2011.

    SAUDAÇÕES AS CRIANÇAS DO PLANETA TERRA E QUE O CRIADOR, QUE É INFALÍVEL, PORQUE É INCOMENSURÁVEL, AMPARE E DEFENDA AS CRIANÇAS INDEFESAS QUE SÃO, DE FATO, O VERDADEIRO PATRIMÔNIO E FUTURO DA RAÇA HUMANA DE ONTEM, DE HOJE E DO AMANHÃ.

    SOBRE OS DIREITOS HUMANOS DAS CRIANÇAS E A DOXA DA RELIGIÃO E/OU DA DOXA DO RE-LIGARE. O CRIADOR É UM CORPO DO SEXO MASCULINO HETERO-SEXUAL INCOMENSURÁVEL. ISSO PODE SER TIDO DE UMA OUTRA FORMA: O CRIADOR É UM HOMEM HETERO-SEXUAL COM 03 DIMENÇÕES INFINITAS. ELE É ÚNICO E UNO. O CRIADOR, E SOMENTE ELE, É DE FATO INFALÍVEL, POIS É INCOMENSURÁVEL.O CRIADOR ABOMINA A INJUSTIÇA, POIS A INJUSTIÇA É UM ATO DE FRAQUEZA E COVARDIA. O CIRADOR DIZ: TU LUTARÁS PARA VIVER TUA VIDA COMBASE NA SABEDORIA DO CORPO E DA MENTE. TU LUTARŚ PARA QUE TUAS CRIANÇAS VIVAM E SE DESENVOLVAM NUM MUNDO SAUDÁVEL EM TODOS OS SENTIDOS, LOGO: NUM MUNDO DE JUSTIÇA E AMOR A VIDA DAS CRIANÇAS E RESPEITO AOS OUTROS QUE TEMBÉM DEVEM, DE MODO INTRANSPONÍVEL, LUTAR PELO MESMO, ÚNICO E EXLUSIVO CAMINHO QUE O CRIADOR DETERMINA E ORDENA DE MODO CLARO E OBJETIVO. O CRIADOR DIZ: TU NÃO LUTARÁS PELA DESGRAÇA DOS INOSCENTES E MUITO MENOS DAS CRIANÇAS INDEFESAS. O CRIADOR DIZ: UMA RELIGIÃO É TÃO SOMENTE UMA RELIGIÃO. O CRIADOR É O CRIADOR. O CRIADOR NÃO É UMA RELIGIÃO, JAMAIS FOI E JAMAIS SERÁ. QUE AS MULHERES E OS HOMENS DE BEM, QUE CONFIAM SOMENTE NO CRIADOR, E NADA MAIS, E, DE FATO, LUTAM PELO FUTURO DAS CRIANÇAS SEJAM SAUDÁVEIS EM TODOS OS SENTIDOS.

    RUI MENEZES: O MESMO CRIACIONISTA DE ONTEM, DE HOJE E DO AMANHÃ.

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 27/01/2011 - 10:38
      Enviado por: Luís Paulo Domingues

      Senhor Rui,

      O que o senhor digita com tanta eloquência (até com letras maiúsculas) soa como uma imposição ao próximo. A mim me parece que o senhor precisa ter tanta certeza do que está dizendo que precisa impor aos outros sua crença – algo meio esdrúxulo, diga-se de passagem (criacionismo?). Para boa parte dos habitantes deste planeta, sua prosopopeia certamente se assemelha às declarações de um insano. Leia de novo o que escreveu: “Deus é homem e heterossexual… é um indivisível, mas é três.”
      E o pior é que o senhor sabe que esse tipo de declaração pública tem o poder de, somente, causar rolo. Nunca soube de um caso de alguém se converter lendo comentários de fotos do Estadão.

    • 09/12/2012 - 02:58
      Enviado por: tissia yamamoto

      Nosssa! Quanta expressão de um desejo inconsciente por um pai, quiçá cobrindo com o falo divino e a emissão abundante da espermogênese, uma passividade receptiva do mana criador…Nessa visão esdrúxula, antropomórfica, patriarcal e homofóbica, além de misógina, sendo Deus um (?) homem heterossexual, e portanto, uma imagem humana…A imagem divina do homem ficaria desfalcada? Imagem de quem seríamos nós , mulheres? Do diabo? Nasceria de quem o Filho, a segunda emanação da divindade? De uma chocadeira? Vamos e venhamos, senhor Ruy, nessa idade e o senhor ainda crê na teologia hindu do Lingam e no “criacionismo”? A senhora sua mãe era uma criatura sem imagem, portanto disforme e sem alma, uma energúmena? Pelo que eu sei, NO PRINCÍPIO MACHO E FÊMEA OS CRIOU, À IMAGEM DE DEUS OS CRIOU…é o que está escrito. Homem e mulher são de natureza divina, embora quanto ao senhor, possamos perfeitamente “rever a questão”! Talvez tenha sido um “criacionismo” da serpente, ou como dizem os conspiracionistas…um “reptiliano”. Põe réptil nisso!

  • 08/01/2011 - 09:24
    Enviado por: Ortodoxo

    Vocês do Estadão estão muito mal informados. Os ortodoxos dos quais o Papa de Roma se separou comemoram o Natal no dia 25 de dezembro e têm quatro Patriarcas (Papas) localizados em Constantinopla, Jerusalém, Antioquia e Alexandria. Com o de Roma eram cinco.

    Sugiro que o autor desta reportagem vá à Catedral Ortodoxa localizada no Paraíso em São Paulo ( http://www.catedralortodoxa.com.br ), que segue o Patriarca de Antioquia, e se informe melhor, possivelmente com o Arcebispo Dom Damaskinos Mansour. Sim, é aquela igreja vistosa com a cúpula.

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 27/01/2011 - 10:41
      Enviado por: Luís Paulo Domingues

      E daí?

  • 08/01/2011 - 22:55
    Enviado por: Ari

    Lindas, lindas, lindas

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 11/01/2011 - 15:24
    Enviado por: Antonio

    A Páscoa é a festa mais importante para todos os católicos, e não existe uma “PAPA ‘COPTO’”.

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 21/01/2011 - 17:09
    Enviado por: Glúon

    Fotos esclarecedoras.

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 17/12/2011 - 14:53
    Enviado por: Marcos Ioannis

    Cristo está entre nós!

    É muito bom ver fotos de nossa amada Igreja Ortodoxa, a Igreja de Cristo, a fé dos apóstolos.

    Só fico triste em ver que pessoas que não detem conhecimento sobre ela vem colocar suas ideias como se aceitassemos como verdade.

    O Cristianismo Ortodoxo é a fé dos primeiros cristãos, imutavel, não corrompida pelo tempo.

    Existem Ortodoxos que de fato celebram o natal segundo o calendário novo, mas isso não é tão aceito pelo mundo ortodoxo, embora toleravel, mas a grande maioria preserva o calendário tradicional, para manter a unidade.

    A Páscoa continua sendo a festa mais importante não somente do calendário liturgico, mas para os fiéis, diferente do Ocidente que o Natal é mais celebrado. =)

    Em Cristo,

    Marcos +

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 08/01/2012 - 01:03
      Enviado por: Bruno Sina

      Marcos Ioannis, A igreja Romana (latina) e a Igreja Ortodoxa (grega/bizantina) são os dois pulmões da Igreja Católica (Ocidente e Oriente) que para infelicidade do Corpo Místico de Cristo, em 1054 se separaram . Rezemos ao Senhor da messe, para que abrevie o dia da reunificação, para que A Igreja de Cristo, volte a respirar a plenos pulmões, para a Sua maior Gloria!

  • 17/12/2011 - 15:37
    Enviado por: Quadratus Constantinou

    Belas imagens. Parabéns!

    Ps.: Ortodoxos são as igrejas em comunhão com a Grande Igreja de Cristo em Constantinopla e dessas algumas seguem o calendário Juliano e outras o Juliano revisado, que no Natal coincide com a festa celebrada pelos católicos romanos.

    Ps.2: Os coptas são melhor caracterizados como Coptas Ortodoxos ou simplesmente Coptas, pois chamando-os como Ortodoxos dá a entender que eles estão em comunhão com a Igreja de Constantinopla.

    Ps.3: O estadão deveria tirar fotos das diversas igrejas ortodoxas no Brasil, temos paróquias de tradição eslava e grega.

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 08/01/2012 - 00:51
    Enviado por: Bruno Sina

    Incrível a falta de informação, principalmente por parte daqueles que são responsáveis pela divulgação da noticia. Os ortodoxos celebram o Natal em 25 de dezembro e não em 7 de janeiro!
    Ocorre que a Igreja Ortodoxa, não aceitou a reforma do calendário, promovida pelo Papa em 1582, a qual corrigiu a defasagem de 13 dias que havia entre a data calendário e a data real da mudança das estações – equinócios e solstícios – fazendo com que assim a Páscoa, pudesse ser celebrada no primeiro plenilúnio da primavera, a qual tem inicio no equinócio em 21 de março para o hemisfério Norte. Assim sendo, os ortodoxos, continuam celebrando o Natal em 25 de dezembro, pelo calendário Juliano enquanto que o mundo todo, que acabou aderindo à reforma católica, utilizando-se do calendário Gregoriano, já celebrou o Natal, o Ano Novo de 2012 e já está no dia 7 de janeiro. Em 14 de janeiro (do nosso calendário Gregoriano, usual) os ortodoxos estarão celebrando o Ano Novo de 2012, 1 de janeiro.

    responder este comentáriodenunciar abuso

Deixe um comentário: