1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Diário da Copa 2014. Costa Rica 1 x 1 Grécia (5 a 3 nos pênaltis). E o xodó da Copa passou

Luiz Zanin

29 junho 2014 | 21:03

 

 

Não foi o jogo que se esperava. A Costa Rica teve dificuldade de jogar com a Grécia e ambas fizeram um primeiro tempo muito amarrado.

Numa bela jogada, a Costa Rica fez seu gol – uma estocada de sinuca se você pensar bem no lance. Mas como ficou com um a menos em campo, teve de se submeter à pressão da Grécia. Que acabou empatando no, como diziam os locutores de antigamente, “apagar das luzes” da partida.

Prorrogação e a Grécia em cima, tirando cartas de ataque, ela que aposta sempre tudo na defesa. Uma nota: esse time grego pode não encantar. Mas é de uma dedicação total. Time guerreiro. Mais de Esparta que de Atenas, se me entendem.

Enfim, o papel da Costa Rica era resistir. E resistiu, com seu craque, Campbell, arrastando-se em campo. Conseguiu levar para os pênaltis, quando as coisas se igualam. E então foi mais feliz, porque seu goleiro conseguiu defender uma bola. Passou às quartas de final e agora encara a Holanda.

Convenhamos. A Costa Rica já fez História nesta Copa. Agora, toda a responsabilidade fica do lado holandês.

Os Ticos podem jogar com toda a tranquilidade. E, então, quem sabe?

Mas, claro, a Holanda é favoritíssima.