1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Juro, CET e custos de documentação devem ser comparados na portabilidade de crédito

Yolanda Fordelone

segunda-feira 05/05/14

As novas regras de portabilidade de crédito que passam a valer nesta segunda-feira, 5, levantam algumas dúvidas entre os clientes, afinal, além do juro, o próprio prazo de financiamento pode mudar ao transferir a dívida de um banco para outro. A portabilidade vale para todas as operações de crédito imobiliário, financiamento de veículos, Crédito Direto [...]

As novas regras de portabilidade de crédito que passam a valer nesta segunda-feira, 5, levantam algumas dúvidas entre os clientes, afinal, além do juro, o próprio prazo de financiamento pode mudar ao transferir a dívida de um banco para outro.

A portabilidade vale para todas as operações de crédito imobiliário, financiamento de veículos, Crédito Direto ao Consumidor (CDC), crédito pessoal e as linhas de crédito consignado (INSS, público e privado). Novas regras foram instituídas a fim de diminuir a burocracia na transferência da dívida.  Veja o passo a passo para solicitar a migração do crédito entre bancos.

Para calcular se a portabilidade vale a pena, devem ser considerados três pontos:

financiamento2.jpgCET

O Custo Efetivo Total leva em conta o juro e todas as despesas do financiamento, como as tarifas bancárias. Ao comparar as condições de crédito, é este custo que deve ser considerado e não somente a taxa de juros.

financiamento2.jpgCustos com a portabilidade

Apesar de o banco ser proibido de cobrar taxas na portabilidade, o novo contrato deverá ser averbado em um Cartório de Registro de Imóveis. O valor deste registro também deve ser considerado.

financiamento2.jpgJuros no longo prazo

Na portabilidade, o que é transferido é o valor do saldo devedor. Sobre ele, o cliente deve realizar cálculos de quanto será a economia no pagamento de juros ao longo dos anos. Em geral, se a economia no valor total pago for menor do que 5% não vale a pena a transferência.

Fonte: Cartilha da Proteste

Fotos: Stock Xchng

financiamento1.jpg